Total de visualizações de página

A pombagira

Meus livros de Magia Astrológica no link

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Profissionais de saúde, fisioterapeutas, massagistas, médicos e enfermeiros



Nesse ano de regência mercuriana, já temos um grande enfoque na area da saúde do trabalho, da medicina, do trabalho com as mãos do cuidado ao corpo e das habilidades de Cura. Ainda mais inclinada a todos os profissionais da area de saúde, pelo fato de Mercurio se encontrar forte por casa na entrada do Ano Astrológico 2011.

E com a presença de Jupiter e Urano ao regente do ano, configura-se a possiblidade de muitas mudanças reajustes e acontecimentos na vida de quem trabalha no ramo da saúde. Em especial, enfoca mais arianos, aquarianos, virginianos, sagitarianos e piscianos. Mas, em especial os arianos, pelo fato de Aries ser o signo da casa da saúde no novo ano astrológico e onde Mercurio se encontrará nesse novo portal.

E como Mercúrio sempre revela alguma coisa referente a reorganização, temos enfoque na area do conhecimento, trabalho e pensamento. Mas, para os arianos, em em especial arianas, há um bom aspecto entre este astro e Netuno, o que quer dizer que revelações e necessidades de readaptações ou redenções carmicas e espirituais serão e já estão sendo importantes e necessarias na vida das arianas neste ano.

Muitas arianas vivem crises terriveis de trabalho, de descontentamento, de queda de falta de dinheiro, de amor e até de sexo, como também possiveis problemas de saúde. Assim aqueles que não tão com esses problemas e estão bem, aproveitem bem, pois, ou estão no caminho certo, ou estão bem protegidos. Mas, aquelas que se identificaram ao menos com parte desses problemas, repense seu passado, reavalie se não é hora de pedir perdão a alguem, pedi ajuda a pessoas que estão dispostas a ajudá-los ou se redimir de algo. Chega de orgulho.

Axé a todos.

Carlinhos Lima astrologo

Energias básicas agindo sobre nós



Nós temos sete energias básicas formando nosso composto sétuplo. Elas atuam em nossa vida da seguinte forma: uma manifestação é na forma cristalina, esta energia é fundamental às operações no campo religioso e é a energia básica da Fé. Ela alimenta nossos sentimentos religiosos e sustenta nossa evolução nesse sentido da Vida. Também fundamental energias na forma mineral, atuam com às operações no campo do amor. Ela alimenta nossos sentimentos fraternais e sustenta nossas concepções, servindo-nos com seu magnetismo agregador. Atuante também em forma vegetal, as energias infundem em nós, uma força que é fundamental às operações mentais no campo do raciocínio. Sua expansividade serve para alimentar nosso raciocínio e aguçar nossa percepção, dando leveza e agilidade à nossa mente. O intelecto absorve esta energia, pois é ela que o alimenta.

Outra energia básica Ígnea, esta energia é fundamental ao equilíbrio mental no campo da razão. A absorção dela é vital para que alcancemos um ponto de equilíbrio em todos os sentidos da Vida. Assim como cada substância tem seu ponto de equilíbrio, medido em graus Celsius ou Fahrenheit, nós também temos esse ponto. e dependendo da absorção dessa energia ígnea, tanto podemos acelerar quanto paralisar nosso racional, deixando de usar a razão e recorrer à emoção ou aos instintos.

Já a Energia Básica Eólica é fundamental ao arejamento mental e ao equilíbrio emocional. Se absorvemos muito, tornamo-nos emotivos e “aéreos”, mas se absorvemos pouco, tornamo-nos densos e “bitolados”. Ela areja nossa mente, direciona nossa evolução e fortalece nossos sentimentos virtuosos.

E seguindo em frente na avalição das energias, chegamos a mais uma forma Básica que é a Telúrica, energia fundamental para a estabilidade do ser. Se absorvemos muito, nos “petrificamos”, tornando-nos conservadores, ou dogmáticos; se absorvemos pouco, aí nos desestabilizamos e nos tornamos muito liberais ou libertinos.

Pra completar temos ainda a Energia Básica Aquática fundamental à criatividade do ser, se absorvida na quantidade certa. Se absorvemos pouco, deixamos de ser criativos; se absorvemos demais, nos tornaremos devaneadores. Energias estas que estão diluídas no “prana”, o qual é absorvido pelos nossos chacras e é internalizada e armazenada nos órgãos energéticos dos sentidos, os quais são usados em nossa operações mentais relativas aos sete sentidos da Vida. Estas revelam sentidos de religiosidade, ordenação, concepção, saber, raciocínio e criatividade, que estão relacionados com os Tronos de Deus.

E, ainda que na origem de tudo só exista uma energia viva que denominamos de divina, dependendo do padrão vibratório por onde Deus a emana, então vão surgindo energias puras, já passíveis de classificação como fatores, ou energias fatorais. Enfim, nosso planeta é energia condensado em estado de repouso, mas que também energiza o meio ambiente, tornando-o próprio para a vida como a conhecemos.

Não adianta criticar o Zodiaco é poderoso e funciona



Pra todos aqueles que pegaram o gancho da reportagem sensacionalista da Revista Veja sobre Astrologia, já deu pra notar que o Zodiaco não é pra brincadeira. Lembrando aspectos poderosos já no segundo semestre do ano passado (quadratura T, 2010), e agora com a regencia de Mercurio o planeta que age reorganizando as coisas, como pelo regente do ano nos orixás, o Senhor Oxumaré, orixá de transformação e que revela a liberdade para mudar, como também a entrada de Jupiter com Urano no signo de Aries, quadrando Saturno e Plutão, vimos quantos acontecimentos já ocorreram. Só os acontecimentos, revoltas e mudanças no Oriente Médio, já seriam capazes de nos deixar ligados no poder do Zodiaco, com a força influenciadora, tanto pelos ciclos, quanto por eventos causados pelas influencias astrológicas. Mas, tivemos outras coisas que também nos chamaram atenção, como desastres naturais acentuados e causados nas ocupações desordenadas, nos desequilibrios sociais e quanta reboliço extra ocorreu no campo político.

Nas eleições, inseriram-se temas religiosos, aborto e até liberdade de Imprensa. O salário Minimo, fazia tempo que não causava tanta discusão como agora e também todo enfoque nas favelas do Rio de Janeiro como nunca se viu.

Enfim, são reformas, incitações de Mercurio, transformações de Oxumaré e a velocidade das noticias, nos boatos e nas organizações de grupos que aproveitam o momento para atacar os problemas de seu povo. E assim temos nós plena consciência que a astrologia funciona sim, que Deus existe e que através de seus santos mensageiros nos revelou os misterios sagrados e que a espiritualidade é importante para todos nós.

Axé a todos!

Carlinhos Lima - Astrologo, Tarologo e Pesquisador.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Conheça o excelênte livro, Decifrando o Arqueômetro de Orlando Júnior


Nome do livro: Decifrando o Arqueômetro
Autor : Orlando Junior
Sinopse

O Arqueômetro, como afirmava Saint Yves d´Alveydre, é um instrumento das altas ciências e das artes, pois integra em seus fundamentos todos os princípios universais e apresenta diversas revelações sobre as universidades dos saberes ligadas às antigas sociedades de mistérios.

Baseado nestes preceitos este livro visa resgatar as vozes dos grandes condutores da humanidade.

Contém as revelações dos conhecimentos herméticos do Planisfério Arqueométrico de Rama, propiciando iluminar os corações dos desejosos, pois são jóias da sabedoria que emanam seus brilhos perpétuos sobre todos nós.

Luz e paz,

Orlando

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

O homem faz parte do todo!




Você que estudo esoterismo, filosofias espiritualistas, astrologia, tarô ou qualquer outro seguimento sobrenatural, seja de muito tempo ou de agora, vai se deparar com determinadas afirmações que na verdade viraram moda entre os buscadores de todos esses ramos! Duas delas sempre chamarão mais nossa atenção, uma a que repete-se em todos esses seguimentos que é a palavra Carma e a outra que é o livre-arbítrio.

Geralmente as duas são inseridas juntas em quase todos os estudos ou teorias sobre nossa existencia, problemas ou buscas, mas, na verdade hoje em dia, tenta-se explicar uma usando a outra. Ou seja, para grande maioria dos pregadores desse seguimento sofre-se com uma geralmente por causa da outra!

Eu na verdade mesmo correndo o risco de ser chamado de contraditório, não me canso de repetir que generalizar é além de perigoso torna-se simplista demais ao tentar traduzir as coisas somente por um foco pré-determinado. Ou seja, casa caso é um caso, cada pessoa tem seus limites, defeitos, missões, regras, dons, liberdades e códigos proprios contidos na alma.

É por isso que interpretar astrologia é dificil por demais! Pregar esoterismo ou espiritualidade é muito complexo, e explicar os porquês das coisas que acontecem no mundo real, é quase impossivel! Isso por quê o ser humano é muito limitado. Aliás, limitadissimo! Apenas o que se tenta é entrar em harmonia com forças regentes superiores pra ver se essas nos ajudam no processo de busca e revelações, por que sozinhos é uma missão dificil e aterrorizante.

Temos linhas de pregações que não ajudam o homem me nada, como por exemplo uma idéia que pra mim é puramente maligna e distorce a realidade de nossa existência, estou falando da culpabilidade humana! Em tempos passados a pregação Cristão se deu encima da obediência, onde um Deus, o qual todos temos que aceitar como o Deus de amor, pois, já deu provas disso, também tinha se tornando em um "Deus de punição", especialmente caindo castigos enviados por este Ser Soberano sobre aqueles que desobedeciam os costumes e regras de instituições chantagistas. Pois bem, naquela época, assim tambem como em tempos ainda mais antigo, como nos conta a Biblia, as pessoas se viam proibidas de seguir seus desejos, onde quase tudo era proibido, pecado e fazia mal a alma. Assim por essa pregação, formou-se líderes, entidades poderosas e ditaduras. Sempre na base do medo.

Agora com um novo conceito social, vemos uma mudança, onde as pessoas se dizem "livres" tanto pra fazer o que acham melhor pra sí, como tambem para acreditar no que quizerem. No entanto grande parte da filosofia de hoje é tão aprisionante quanto a do passado, apenas os metodos são diferentes. Se naquela época o julgo caia encima dos desobedientes, onde não fazer o que as regras mandavam é que revelavam os pecados, hoje em dia, o jugo nas pessoas é segundo "especialistas em espiritualidade" da propria pessoa, através do tão divulgado Carma!

Pra mim essa idéia que parece tão esclarecedora, tão bem embasada e tão bem divulgada, é apenas mais uma distorção da real situação do homem em toda sua existência. Na verdade é apenas mais uma armadilha de forças malignas ocultas que tentam desviar a atenção do homem. Por isso é tão perigoso falar sobre esses assuntos velados. Mas, se estamos aqui pra divulgar a filosofia e mensagem cosmica dos ancestrais, temos que ser corajosos.

Vimos ao longo do tempo nas buscas revelações e desaparecimentos de conhecimentos sagrados, a formação de sociedades secretas, de metologias de sempre anuviar as coisas, esconder o grande jogo no qual estamos inseridos e como as pessoas desatentas, não iniciadas ou escolhidas foram influenciadas, enganadas e bloqueadas ao longo do tempo. Não pense apenas que a Inquisição foi a unica coisa cruel que se deu contra buscadores não! Na verdade aquele foi apenas um dos diversos metodos que o Mal, usou para repreender, mudar o rumo das coisas e para encobrir malignidades.

Bem, sem me aprofundar muito, apenas deixo a mensagem para aqueles que como dizem as Escrituras "quem tem ouvido ouça", sabe muito bem captar a essência do divino em sua alma e perceber a verdade superior quando ela chega aos nossos ouvidos. Então voltando ao Carma, quero dizer que eu também acredito na sua existência, mas, de forma um pouco diferente do que é pregado hoje mundo á fora por diversos meios de divulgações.

Primeiro, eu acredito que o Carma é pra libertar; segundo, que o Carma não está contigo em todas as criaturas, pois, muitas delas estão encarnando pela primera vez em nosso mundo; e também acredito que o Carma não opera cem por cento em nossa predeterminada trajetória, mas, é apenas parte de nosso processo evolutivo. Ou seja, em nossa existência temos que lidar com acasos, com nossa proprias escolhas e erros, como também com forças externas, que nada tem haver com o que fizemos no passado, mas, que planejam apenas coisas ruins para nosso futuro. E também aquelas auxiliadoras que trabalham pela nossa proteção, nossa elevação e crescimento, tanto mental, quanto espiritual. Assim temos no trabalho dos orixás, anjos e Deus, o qual atua tanto no nível fisico zodiacal, quanto no divino e espiritual.

Enfim meus irmãos estamos numa existência onde o bem e o mal são processos reais, e onde nem sempre o que acontece conosco é por nossa culpa. É claro que os erros existem que parte de nossa vida é livre e por isso existe o pecado. Mas, nem tudo e talvez grande parte de tudo que vivenciamos em nossa existencia, está longe de nosso querer. Assim muitos sofrimentos, quando não são casuais, provocados por nossas escolhas ou desaranjo existencial, são na verdade vontade de forças que estão além de nossa compreensão.

Por isso, não se deixe enganar por toda aquela ideologia bonitinha que chamam de "O Segredo", ou nas tão bem formuladas "Leis de Marphy", pois, na verdade elas funcionam sim pra muita gente, mas, tenha certeza que pra maioria delas não vai funcionar. Isso porque todos nós temos missões diferentes, estamos sujeitos a todo tipo de pressão, reação e acontecimento, e assim muito pouco do que acontece conosco é porque temos vontade que aconteça.

É claro que sabemos que nossa ação é importante, pois faz parte do nosso processo existencial e aprendizado, como também sabemos que pagamos por nosso erros e que a fé é importante. Apenas o que quero deixar claro é que muitas coisas formam o código da vida, não são apenas alguns itens, filosofias ou segredos, mas, um grande aglomerado de léis, regras e forças.

Assim essa teoria de querer jogar a culpa nas costas do homem é uma tentativa maligna, pois, o homem não é tão forte quanto querem pregar porai não. Somos na verdade indefesos e por isso, sempre buscamos ajuda do Criador e de forças superiores pra nos proteger e orientar. Não se engane com aquela babozeira de dizer que tudo é feito com o poder da mente, pois não é, se Deus não permitir nada vai acontecer. E por falar em Deus, quero também tocar num outro ponto importante, que é a de colocar tudo nas mão de Deus, sejam coisas e acontecimentos bons e ruins. Deus não é responsavel por nossos pecados, assim tambem como não tá o tempo todo protegendo uns e exluindo outros. Como eu disse anteriormente, há um processo com muitos itens que formam um grande sistema existencial. Por isso o homem até mesmo intuitivamente busca sua harmonia com Deus e com o universo.

Não perca sua fé em Deus, nem sua autoestima, acredite sim em seu poder mental e espiritual, mas, acima de tudo saiba que tudo tem limite, tem leis e há necessidade de prudencia. Assim trabalham os magos, buscando o saber, o equilibrio e a verdade.

Nunca seja um extremista, nunca ache que consegue sozinho, mas, também nunca ache que Deus fará tudo por nós. Na verdade há um processo de harmonia e equilibrio que ao ser encontrado é que nos revelará o sucesso em nossa existencia.

Axé a todos!

Carlinhos Lima - Astrologo, Tarologo e Pesquisador.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Não use suas incertezas pra atacar as certezas dos outros



Pois é irmãos, estudar espiritualidade não é fácil, é cansativo, precisa dedicação e envolve muito tempo. E nesse processo de busca e estudo, hoje em dia não se estuda apenas um seguimento como se fazia antigamente. Por isso, hoje em dia um astrologo não estuda só astrologia, um númerologo, tarólogo ou esoterico não estuda apenas o assunto ao que está intimamente ligado, mas, uma gama muito maior de informaçõa é buscada por ele tanto para se aprimorar e aumentar o conhecimento, como tambem para ajudá-lo a compreender melhor a filosofia que está mais adaptado.

Hoje em dia há uma forma diferente de se estudar Umbanda por exemplo, ou Candomblé e Espiritismo. Assim não estamos tão vulneráveis ao sectarismo, fanatismo e manipulação, ao contrario de muitas seitas da moda, que insere até mesmo as crianças a uma ditadura da Biblia, querendo passar a essas pessoas que os livros da Biblia é "a unica verdade absoluta" no entanto nenhum desses manipuladores de plantão conseguem provar isso! Na verdade não tem como se provar até onde a Biblia é inspiração e revelação ou imaginação e manipulação.

Temos que levar em conta que todos aqueles autores, grande parte deles mediuns e profetas importantes, viveram em tempos conflituosos, sem informações até mesmo sobre sua propria cultura, a não ser as que tinham visualmente. A Igreja com todos os seus concílios tentou e imprimiu com força através do poder que tinha e ainda tem, uma confirmação de que todos os livros da Biblia tem uma ligação entre sí e que uns comprovam os outros. Mas, se observarmos sem um olhar religioso, vamos perceber que cada homem que deixou sua marca, seus ensinamentos e sua filosofia divina ou pessoal, fez isso ou em momentos de dor e atribulação ou extasiado num ritimo de fé de momento totalmente diferente de seus sucessores ou antecessores! O autor que escreveu algo no ano 2000 antes de Cristo jamais imaginou ou prémeditou ligação com um outro que escreveu coisas no ano 50 depois de Cristo!

Cada autor enfrentou adversidades aterrorizantes, muitos viveram em tempos de guerra, de dor, de autodescobrimento, de angustia, de solidão e de sacrificio. Muitas visões realmente aceitamos como revelação divina, mas, não temos duvida tambem de que muito do que vemos nos escritos biblicos pode ser apenas imaginação, delírio ou simples poema, como por exemplo os capitulos da Criação no livro do Genese.

Hoje em dia nos tempos de uma Era mais liberal e dinâmica, onde não se "enfia goela à baixo" a crença de fanáticos, ditadores ou pessoas manipuladoras, temos mais informações, mais campos de pesquisas e não estamos mais reféns dos confissionários ou inquisições.

É evidente que pra nós que cremos em Cristo, respeitamos sua historia e admiramos as historias de todos os profetas e guerreiros que lutaram pelo amor do Criador, nunca descartaremos a Biblia, sempre respeitaremos e recorreremos a ela, até porque ela tem mensagems que nunca se apagarão ou perderão o valor, mas, o que temos consciência hoje é que muitas outras verdades estão contidas também fora dela, muitos ensinos foram transmitidos a homens santos e mestres que não fazem parte do contexto biblico, como tambem sabemos que Deus não tem dono e que essa historia de "povo escolhido" não passa de mais uma manipulação política daqueles que querem ter o poder.

Nesses novos tempos de estudo, não descartamos a Biblia, mas, usamos ela para aperfeiçoar nossas revelações e conhecimentos. No entanto, sabemos tambem que não podemos usar a ciência para contestá-la, pois, as revelações contidos nos vários fragmentos deixados pelos profetas ao longo da Biblia não pode ser contestato ou testado por conhecimentos humanos. E também não aceitamos dizer que a Biblia "É a palavra de Deus" em todo seu conteudo. Sabemos que muito da Biblia foi modificado, muito é apenas imaginação do autor e muito foi usado de forma a fornecer poder político. Por isso o verdadeiro buscador tem que usar a mente, o espirito e o coração para saber se conectar e detectar quais os fragmentos importantes para sua evolução.

Uma das cooisas que mais barra os avanços do buscador ou iniciado é o exagero, como tambem a entrega ao fanatismo de sua mente e o sectarismo de seu coração. Na verdade o hotem tem que sentir Deus dentro de si, e assim ele sentirá Deus também fora de si, sabendo dessa forma detectar suas mensagens em qualquer tempo e caminho.

Assim com um olhar pautado pela liberdade, pelo amor a verdade e pela busca do que realmente revela sabedoria, o homem vai sentir-se mais seguro, menos influenciado e mais leve. Chega de manipuladores. Chega de Pais de Santo dizendo o que fazer só por vaidade, querendo vender banhos, querendo fazer oferendas o tempo todo só pra dar obrigaçoes; Chega de Pastores exibicionistas, estericos e que se acham santos sem nem saberem como está sua alma na visão de Deus; Chega de gritar nas praças e sinagogas se achando melhor do que os outros, ou escolhidos, só porque leêm a Biblia todo dia, ou porque vai ao tempo fazer culto aos sabados! Por que muitos se dizem senhores de si, falando que não fazem isso ou aquilo, mas, não deixam os apetites do ventre, os desejos sexuais e a sede gananciosa por dinheiro. Falar em Deus é fácil o dificil é cumprir o que ele quer! Dizer que cura e gritar o tempo todo trechos da Biblia é fácil, mas, deixar de acumular bens, jatinhos, imovéis para fazer caridade com os irmões que precisam de ajuda isso é mais dificil do que se pensa.

Criticar a Umbanda, o Candomblé ou Astrologia, é fácil, pois, esses seguimentos não estão interessados em usar a ciência humana pra comprovar nada. Elas precisam serem sentidas no coração, na alma e no espirito. Elas não precisam de um sêlo acadêmico ou da comprovação de um ciêntista que nada mais é que um humano comum. As ciências esotericas reveladas por grandes mestres, não estã aqui pra serem usadas com senscionalismo, mas, também não estão aquie pra serem atacadas o tempo todo. Se não acreditam em nada tudo bem, mas, não usem uma ciencia tão limitada como o conhecimento humando pra querer denegrir. Ou muito pior, usar a Biblia que também não pode e não deve ter comprovação cientifica pra atacar outros seguimentos filósoficos. Antes de buscar comprovação cientifica para Astrologia, Tarô ou Espiritismo, primeiro se pergunte até quando e quanto da Biblia você pode provar que realmente é aquilo que você pensa.

Carlinhos Lima - Astrologo, Tarologo e mago de Umbanda Astrologica

SALMO DO ANJO DA GUARDA

SALMO DO ANJO DA GUARDA
FAZER O SINAL DA CRUZ.
Deus seja louvado por todos os séculos dos séculos assim seja.
Aleluia, aleluia, aleluia.
Deus confiou as almas aos santos anjos, para que as guiassem e as conduzissem pela estrada da salvação.
Anjo de Deus, que possuis o poder; a graça virtude e caridade, executor do que ordena o Pai Celeste, salve, salve aleluia, aleluia, aleluia.
Meu puro Anjo da Guarda, que sois meu defensor e meu guia; pela misericórdia divina; acompanha meus passos, protegei-me, orientai-me.
Pelos caminhos da vida. Ascendei no meu coração as chamas de caridade e do amor aos meus semelhantes; irmãos em Jesus Cristo.
Dai-me fé inquebrantável na justiça e na sabedoria de Deus. Tenho confiança em vós; tenho a esperança de que me consolareis em minhas aflições; que correreis em minhas dificuldades, que me ajudareis a vencer as tentações e estará ao meu lado da hora da minha morte sendo meu advogado perante ao Juiz Supremo.
Disse o Senhor meu Deus: enviarei meu anjo diante da tua face; para guarda-te no caminho e leva-te ao lugar que te tenho preparado. Assim seja.
Rezar essa oração com uma vela acesa de preferência ao levantar de manha em necessidade pode ser rezada a qualquer hora do dia.

Carlinhos Lima.

Veja mais no Climazzen Total

Veja mais sobre anjos no Cllimazzen Astrologia

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Mediunidade nas crianças e jovens! O grande desafio


  O grande desafio
Mediunidade nas crianças e jovens! O grande desafio

Ser médium desemvolvido é uma tarefa difícil

Livro de Umbanda Astrológica - http://www.americanas.com.br/produto/125493849/livro-umbanda-astrologica


Na verdade, todos deveriam ser orientados e cultivar uma vida espiritual, ter uma crença, uma compreensão além da matéria, pois facilitaria muito caso houvesse uma eclosão repentina da mediunidade. Muitos adolescentes passam por provações espirituais, como transtornos de humor, que se agravam com as oscilações hormonais, com picos descontrolados de alegria e tristeza, baixa autoestima, orgulho, raiva, apatia, etc. Se as portas da sua mediunidade estão abertas, eles poderão ficar à mercê de entidades hipnotizadoras e vampirizadoras.

O despertar da mediunidade, pode ocorrer em tenra idade, onde não é incomum a criança que seja feliz, e em família equilibrada, ter experiências visuais, ver amigos familiares espirituais, mesmo conversar com eles, ou ter lembranças vívidas da última encarnação, citando nomes, datas, até em outra língua que não a sua atual de origem.

Estas crianças, provavelmente não encontrarão amparo na medicina convencional, sentindo-se mais confortáveis com terapias complementares e vitalistas, como a Homeopatia, Acupuntura, Florais, Cromoterapia, Reiki e outras. Com certeza também serão muito aliviadas com passes, água fluidificada, e, além disso, seria conveniente acompanhá-las, se possível com a conjunta orientação dos pais quanto à necessidade de manter-se a firmeza e disciplina moral, para que a espiritualidade protetora possa atuar de forma mais abrangente.

Os bons espíritos vêm informando que as colônias trevosas vem cada vez mais utilizando a inteligência como recurso para a produção de vídeo games cada vez mais violentos e deturpadores da verdade, das noções de Bem e Mal. Isto não é fanatismo, nem absolutamente se estende a todos os jogos, mas quem tem um jovem em casa, alucinado por dias diante de uma tela de computador, sem sair de casa, ver o sol, amigos, sem comer ou dormir direito, saberá do que estou me referindo.

Bem orientada, uma criança com fortes dons mediúnicos conseguirá lidar com isso,aos poucos percebendo que as outras crianças ao redor, não têm as mesmas interações, e a partir dos 7 anos geralmente isso se ameniza, podendo aflorar novamente na adolescência ou em qualquer momento da vida adulta.
Outras crianças, porém, cuja mediunidade se manifesta cedo, podem estar em lares desequilibrados ou seus familiares pertencem a religiões radicais em relação a fenômenos espirituais, ou suas vivências podem não ser agradáveis, através de visões que causam medo,ou constantes adoecimentos.

Geralmente na maioria dos casos, crianças com mediunidade (um bom exemplo foi Chico Xavier)nascem em lares conflituosos, com pais desorientados, onde esses seres são provados à todo momento. Isso quase sempre acontece, porque estas pessoas encarnam numa condição expiatória, missionária ou probatória. Em apenas raros casos, iluminados, nascem no conforto e nos palácios ou numa família bem estruturada como nasceu Sidarta o Buda. Quase sempre nascem em famílias pobres como aconteceu com o Cristo.

No entanto cada Era é um ciclo cósmico dominante. Agora em nossa Era, que muitos dizem já ser a de Aquário, mas, não acredito que seja, apenas estamos ensaiando para adentrá-la, percebemos que muitos jovens tem mediunidade, muitas crianças são especiais, e que por ter muita estrutura, famílias voltadas ao consumismo e materialismo apenas, acabam se desvirtuando, caindo nos laços das drogas. Assim não cumprem sua missão espiritual.

Ações superprotetoras, até piedade e excesso de condescendência podem agravar o quadro, ao contrário de mais disciplina e bom senso.Muitos jovens se perdem porque se tornam joguetes de verdadeiras gangues espirituais e ninguém percebe. Allan Kardec já avisava que somos muito mais influenciados pelo mundo espiritual do que possamos sequer imaginar.

Podem sofrer muitos desacertos na vida e terminam em dizer que não são agraciados pela sorte. Sabemos que especialmente aqueles que têm de andar nas fileiras umbandistas, são dos mais solicitados e sofrem bastante quando decidem não seguir os chamados das Forças dos Orixás.

Aqueles que tiveram uma formação moral e religiosa sólida estarão muito mais fortalecidos para compreender e combater em si estas tendências obsessivas, fruto por sua vez, de verdadeiras obsessões vindas de outros planos. E em outras ocasiões, os pais conseguem o discernimento para buscar ajuda espiritual, quando notarem que as atitudes do (a) filho (a) estão fugindo o controle.

Mediunidade não é um castigo, nem faz ninguém especial ou diferenciado. Todos têm em menos ou maior grau, porém para alguns, seria conveniente desenvolvê-la na atual encarnação, para poder dar prosseguimento em sua caminhada, resgatar dívidas, corrigir erros e aperfeiçoar seu aprendizado, sua sensibilidade e seus sentimentos d’alma.

Há também aqueles que conhecem sua mediunidade, estão conscientes dela e de quanto seria importante desenvolvê-la em prol da caridade ao próximo e resgate de suas próprias faltas passadas, mas, no entanto, porque não querem assumir compromissos, se acham jovens e com a vida pela frente, ou consideram-se já assoberbados pelo mundo material, alegam não ter condições ou tempo, para umas poucas horas semanais em um Centro Espírita , Terreiro de Umbanda, ou Igreja.

É preciso saber que mediunidade não é espetáculo, não é leitura de sorte, previsão de futuro, trabalhos encomendados, modificar o destino das pessoas, comandar o bem e o mal, ultrapassar o livre arbítrio de quem quer que seja. A trajetória pessoal de um médium é constante e nunca termina. Sempre haverá necessidade de burilamento, de harmonia com os mentores e guias, muitas e muitas situações onde haverão testes, em muitos dos quais se fracassa e fica a lição dolorosa. Mas deve-se prosseguir sempre, com uma imperiosa necessidade de se despir do orgulho, egolatria, desejos.

Os médiuns que se deixam encantar por falsos espíritos elevados, vão vibrando cada vez mais baixo, acabando por afastar os espíritos de verdadeira Luz… Não estamos fazendo apologia à fuga do jovem ao desenvolvimento da mediunidade. Pelo contrário, as palavras são fruto da necessidade de fazer um alerta, mostrando que tem de ser guerreiro, com coragem, desprendimento, sobretudo Fé e Compreensão que é o caminho da Caridade, da Paciência, do Estudo, do Burilamento e Conquista do Eu, que na verdade vai conduzir à verdadeira Felicidade e Bem Estar!

Cada um aprende suas lições quanto a isso, chegando à conclusão que cada um tem o que precisa o que plantou e vibrou não necessariamente o que se deseja. Infelicidade e depressão hoje em dia é muito fruto disso. Excessiva oferta de coisas, sonhos e atitudes, os quais na sua maioria, não são atendidos, e logo já aparecem outros tantos. Se não estiver provido de Equilíbrio, Auto conhecimento e Objetivos é certo a instalação de depressões e outras prisões espirituais, que muitas vezes envolvem irmãos que certamente não querem que o Bem prevaleça.

O estudo mais importante para o buscador é estudar a si mesmo, antes de estudar o mundo e as filosofias espirituais. Pois, sem a compreensão necessária de si mesmo e do ambiente onde ele existe, tudo fica mais difícil de ser compreendido. Outra coisa que o ser iluminado precisa compreender e ensinado é que nem tudo pode ser visto apenas pelos olhos carnais. Aliás, pouco do que é importante é percebido pelos olhos físicos. Temos que ter a sensibilidade de perceber não só energias, mas, também as mensagens dos nossos Mestres interiores, nossos guias, protetores e Ancestrais. Aquele que rejeita suas raízes e seu passado cósmico, na verdade rejeita a sí mesmo.

Carlinhos Lima - Astrólogo, Tarólogo, Pesquisador e Mago de Umbanda Astrológica

 Umbanda Astrológica


Conheçam, meu novo Blog: Climazzen Total

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Pelo quarto portal! O Imperador - a quarta lâmina do Tarô

 
  a quarta lâmina do Tarô
Pelo quarto portal! O Imperador - a quarta lâmina do Tarô


Daleth, a 4ª lâmina do Tarot expressa o quaternário


Daleth, a 4ª lâmina do Tarot expressa o quaternário, o cíclo completo e encerrado pelo segundo He (Iod-He-Vau-He). Segundo a tradição o elemento Jod está ligado ao elemento Ar, o primeiro He liga-se à Terra, Vau representa a Água e o segundo He é Fogo. Chamamos a essa analogia os Elementos do Quaternário.


No plano metafísico o Ar é o Tempo, Água é o Espaço, Terra relaciona-se com o princípio da estagnação e inércia, a Matéria e o Fogo corresponde ao estado cinético dessa Matéria. No plano moral Ar é "ousar", Água é "saber, Terra é "calar-se" e Fogo é "querer".



A última correspondencia está ligada à apresentação do Quaternário das figuras simbólicas, ou seja dos animais sagrados (a Esfinge). A águia ousa, o homem sabe, o touro cala e o leão é fogoso.



No plano físico os quatro elementos correspondem aos quatro estados da matéria. A terra é sólida, a água é líquida, o ar é gasoso e o fogo é irradiante. No ocultismo falamos dos quatro elementais; os nomes desses habitantes elementares são os Silfos, Ondinas, Gnomes e Salamandras. Esses seres são feitos da matéria em que vivem e podem apenas ser sentidos através de um médium, é aquilo que chamamos manifestações químicas e físicas.



No universo alquímico o Quaternário Iod-He-Vau-He tem a seguinte correspondencia. Ar designa-se por solvente universal "Azoth", cujo símbolo é um caduceu com três circunvoluções encimado por asas de águia. Água corresponde ao Mercúrio seu símbolo é .



O Azoth frequentemente é tb chamado "Mercúrio dos Sábios" ou "Mercúrio dos Filósofos", mas em nada igual ao Mercúrio metálico. Ao termo Terra corresponde o "Sal". Seu símbolo uma esfera travessada por uma linha horizontal. O Fogo é o "Enxofre", cujo símbolo é uma cruz encimada por um triângulo ascendente.



A simbolização do quaternário representado pelos quatro braços da cruz evoca a ideia do esquema geral de todo o processo dinâmico, completo, no universo. Esse processo caracteriza-se gnosticamente de seguinte modo: O princípio activo, masculino e expansivo (Iod) fecunda o princípio feminino, passivo e atrativo (1º He).



Deste casamento ou união resulta o princípio neutro, andrógino (Vau), que por sua vez vai transmitir tudo que recebe do plano superior ao plano inferior. Com esta seqüência surge a ideia da familia, melhor, a idéia de um cíclo completado de manifestação. Este núcleo (familiar) actua como uma unidade independente.



Quando se quer expressar que o ciclo (Iod, He, Vau) tenha sido completado, basta colocar atrás das letras uma quarta, o segundo He, passivo e que confirma o facto de que o cíclo tenha sido fechado. Tal ciclo elementar corresponde ao terceiro grande nome de Deus: Iod-He-Vau-He.



Distribuindo o cíclo na cruz do quaternário, lê-se a mesma palavra em ambas as direcções do movimento giratório. Lendo o nome em sentido inverso é considerado como símbolo da anarquia e não vai ser exposto aqui por razões óbvias.

Os misterios de Egum

  Egum
Os Aparaká são Egun mais jovens: não têm Abalá nem Bantê e nem uma forma definida; e são ainda mudos e sem identidade revelada

A poderosa e "perigosa" força ancestral



Égùn Os mortos da família devem ser honrados. Entre os yoruba, os mortos manifestam-se a seus descendentes por intermédio de uma entidade chamada Egun. É o espírito dos mortos que retorna à terra debaixo de belos panos decorados com aplicações de tecido recortado, bordados e ornamentados com búzios, espelhos e miçangas. Sociedades estritamente reservadas aos homens constituíram-se em torno dos Egun.

São esses homens que invocam os mortos, os chamam e cuidam deles na terra. O Egun serve de intermediário aos espíritos do além. Ele aparece a certas famílias alguns dias após a morte de um de seus membros ou durante as cerimônias realizadas para honrar a memória desses mortos. Vêm também trazer a bênção dos ancestrais aos casamentos de seus descendentes.

Por ocasião de suas aparições fazem-lhe oferendas de comida e de dinheiro. O Egun fala com voz rouca e profunda. Dança de bom grado ao som dos tambores bata, de preferência ou, na sua falta, ao som dos tambores obgon. O contato de sua roupa pode ser fatal aos vivos. Assim sendo, os mariwo, membros da sociedade Egun, os acompanham sempre munidos de compridas varas (isan), para afastar os imprudentes.

O vento provocado por suas roupas, quando ele dança, girando é, ao contrário, benéfico. Egun não significa, de modo algum, esqueleto, como afirmam certos autores. A pronúncia desse termo (Egun) é diferente. Os Egun manifestam-se no Brasil apenas entre os descendentes dos Yoruba, que permaneceram muito fiéis às tradições africanas e que ainda sabem tratá-lo e invocá-lo de acordo com as formas apropriadas.

O Egun é invocado, chamado, batendo-se no chão três vezes com uma vara (izan). Para os espíritos dos antigos, é necessário estabelecer a distinção entre a alma e a cabeça. A alma(emi, okan) é representada pela sombra (ojiji) das pessoas. Diz-se que existem três espécies de sombra: de manhãzinha, as pessoas têm duas sombras, uma à esquerda\ e uma à direita; ao meio dia, ela se torna uma só; após as seis horas da tarde, elas são em numero de três.

Essa sombra é enterrada com o morto e, ao cabo de três dias, torna-se areia no fundo do túmulo. No nono dia, a alma (emi) deixa o túmulo com essa areia para tornar-se a sombra de um recém nascido. A cada dia acorrem, em princípio, duzentos enterros e duzentos nascimentos. A alma pode ir para qualquer família.

Quando, debaixo de sua roupa, ele vem visitar seus filhos, dirigem-lhe a oriki (louvações) da família ou então ele mesmo os recita a seus descendentes. Grandes festas são organizadas para comemorar sua vinda e freqüentemente, durante essas reuniões, o Egun realiza "milagres".

Dissimula-se ao centro de uma praça, sob um grande pano, e sai dele tendo assumido diversas formas, para grande alegria das pessoas reunidas. Assim, transforma-se sucessivamente em camaleão (agemo), crocodilo (oni), píton (ere), velho (sambala), mulher jovem (awele), etc. Entre os Yoruba existe outra entidade, Oro, que tem o poder de comunicar-se com os mortos. Oro manifesta-se por meio de queixas estridentes, urros e gritos inarticulados. Quando se faz ouvir, de dia ou de noite, as mulheres e os não iniciados devem trancar-se nas casas, fechando todas as portas e janelas. Unicamente os membros da sociedade Oro podem sair e ir sauda-lo.

Esses relatos aqui publicados são sobre os Eguns que trabalhados pela ritualistica dos sacerdotes capazes no terreiro, vão trabalhar na sua missão em caminho da evolução. Mas, temos tambem os eguns que desordenadamente, nada têm haver com sacerdotes falecidos, mas, que sem luz e sem rumo perturbam a vida das pessoas. Em ocasião oportuna, falaremos mais sobre o asunto!

Axé a todos!

Carlinhos Lima - Astrologo, Tarologo e Pesquisador.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Uma ariana que fez escolhas ruins ao longo da vida!

Há alguns meses atrás eu fiz algumas analises sobre uma amiga de São Paulo, (Vera Saião) e este artigo chamou atenção de muita gente, não só porque muitas pessoas se identificaram com o carma, erros e desafios dessa minha amiga, mas, também porque muitas pessoas que nasceram nessa mesma época das analises apresentadas, entraram em contato dizendo-se impressionadas pois, passaram pelas mesmas provações da Vera, mesmo tendo nascido em lugares diferentes, acharam impressionante como o Horoscopo as influenciou duramente.
Não vou relatar todos os casos de pessoas que entraram em contato comigo, pois nem todas pediram analises apenas relataram como as analises zodiacais mexeram com elas, somente relato aqui a historia de uma mulher de Minas Gerais, da cidade de Palmopolis, ela não se chama Vera, como a Saião do artigo anterior que escrevi, mas, tem hora, dia e ano compatíveis com minha amiga, por isso falarei um pouco dela.
Elmíria Sá, nasceu no dia 23/03/1970  uma ariana com o elemento fogo muito evidenciado, pois seu Ascendente em Sagitário e mais Mercúrio, Vênus e Netuno em signos de fogo, alimentam este elemento.
Não somente por causa do elemento (fogo), mas, pela demonstração dos traços marcantes do horoscopo, já percebemos facilmente quantos erros, impetuosidade e teimosia essa mulher cometeu ao longo da vida.
Uma bela mulher que encantava os homens, conquistando com facilidade, mas, que por ser uma pessoa ambiciosa e se achar esperta, só degenerou seu dharma e o carma pesado dificultou suas empreitadas por dinheiro e facilidade.
O triste nessa historia é que essa mulher carrega uma forte proteção ancestral, proteção espiritual e mediunidade, que foram ignorados por uma visão puramente materialista ou distorcida implantadas por uma incredulidade mundana.
Assim ela proporcionou fim de casamentos, ódio de pessoas rivais, mas também das pessoas próximas, como também teve que conviver com maridos ineficientes, sem habilidades para amar e dar prazer, como também cometeu muitos pecados, sendo o maior deles o de desperdiçar o amor de pessoas que na verdade lhe queriam muito bem.
Por ser uma pessoa charmosa e de inteligência mundana ela conquistou corações, mas, nunca se doou de verdade. O certo é que só se doou pra quem não merecia, não queria dar amor verdadeiro ou que só queria usá-la. E assim se envolveu em casamentos dantescos, com homens bem mais velhos, preguiçosos, doentes e sem animo pra prosperar. Enfim sua sede por fartura, fortuna e boa vida, na verdade sempre a deixou mais longe disso.
O que ela mais se lastima é que apareceram sim pessoas de bom caráter, de boas intenções que chegou até a ajuda-la profissionalmente, mas, ela por imbecilidade decidiu esnobar, se afastar e agiu cruelmente com quem queria dar amor de verdade. Ao longo de sua juventude, ela chegou a envolvimentos com pessoas inescrupulosas, sendo que em um desses relacionamentos, se viu usada e sozinha, tendo até que cometer um aborto, coisa gravíssima para alguém com tanto enfoque na casa 5 casa de filhos.
Esse aborto cometido por ela, lhe pesou muito o carma podendo vir a ter um final de vida de solidão e amargura. Não somente pelo aborto, mas, por uma serie de acontecimentos ligados ao carma ao longo de sua vida. E um de seus maiores erros espirituais é a ingratidão, a crueldade e a forma como despreza as pessoas com facilidade.
Em seu segundo casamento chegou a ter um filho, esse filho certamente a julgará no futuro pois ela cometeu uma serie de erros dos quais a leva hoje a ter uma vida de pobreza, solidão, falta de sexo e viver como uma mulher separada e sem sucesso.
Seu mapa evolutivo mostra que seu presente está focado numa encruzilhada, ela poderá ressurgir, buscar uma redenção e dias melhores, ou poderá continuar em queda livre, com riscos de distúrbios físicos, como também psíquicos, já que sua única taboa de salvação se dá por Netuno na casa 12 onde ela tem por dever desenvolver sua espiritualidade, pedir perdão as pessoas que magoou, buscar apagar magoas, procurar pessoas que querem explicações e tentar se reaproximar de alguém especial que ela desprezou em momentos de pura ignorância.
No seu mapa evolutivo, seus próximos anos, caminham pela casa 9, o que quer dizer que ela terá que adentrar dentro de si mesma, vencer o egoísmo, aflorar a mulher verdadeira que passou toda sua vida adormecida e buscar pedir perdão aqueles a quem fez sofrer. Ou poderá ter uma vida duríssima nos próximos anos.
Os trânsitos astrológicos, mostram que ela vive um presente de pouca grana, trabalho cansativo e insatisfatório e falta de fé na vida, pois, vem nos últimos anos, nadando sem sair do lugar. No entanto, o mapa dela demonstra ainda um forte poder de amar, de ressurgir e de dar prazer, e que positivamente, a alguém especial que ainda a ama, por isso ela deveria procura-lo, buscar seu perdão e reconquistá-lo. Esse homem de valor, é o único que poderá salvá-la ser seu “príncipe encantado num cavalo branco” e que esse “salvador”, que carrega grande magoa no peito, precisa também dela pra livra-se do carma, da dor da rejeição e que juntos podem formar uma boa base familiar.
Essa mulher que nasceu no dia 23 de março de 1970 num arcano de duvidas, de traição, de diversão e perversão, trouxe também a regência de Iansã e Xangô, com Exus e Pomba giras que operam sobre ela, os quais por serem desprezados ou ignorados durante toda sua vida, tornou seu destino e sua alma, presas numa encruzilhada existencial. E ela não tem muito tempo pra se libertar e recomeçar. Na verdade 2011 é um ano chave, por isso, deve usar o charme que ainda tem e a capacidade interna de pedir perdão e tentar limpar erros e maculas do passado.
Nunca é tarde pra ser amada, nem para amar, como também pra resgatar a liberdade da alma! Se deixar passar esse portal 2011 possivelmente não terá outra chance, aliás, chance que ela desperdiça durante toda sua vida.
Salve Iansã.
Carlinhos Lima – Astrólogo, Tarólogo, pesquisador e mago de umbanda astrológica.
Veja o artigo da Vera Saião

O ano do Coelho Manso já começou! Tudo de bom em 2011

O coelho manso


Años: 1903-1915-1927-1939-1951-1963-1975-1987-1999-2011-2023
Simpática, falante, sensível, amável, leal, amoroso, pacífico.

Tende a cuidar dos outros, para o mundo e pouco a si mesmo. Os problemas dos outros pode lhe dar muitas preocupações, como eles vão tentar ajudar sempre que podem. Têm tendências a bondade, a solidariedade. Quando eles veem um aviso sobre os problemas do mundo têm uma tendência a querer enviar dinheiro ou fazer algo para mudar o mundo, mas raramente tomar tal iniciativa. As coisas tendem a ocorrer mais de duas vezes e tomar decisões muito ocasionalmente.

A facilidade com que eles vivem é apenas aparente, porque as suas preocupações, por vezes, ralar o inaudito. É possível vê-los tristes por motivos desconhecidos, eles querem compartilhar com quem está disposto a ouvir. Eles gostam de conversar e fazê-lo bem. Com um pouco de preparação pode ser um grande orador ou executar trabalhos que envolvam negociações sensível e abrangente com outros (diplomacia, vendas, política, jornalismo). Eles são magníficos na interpretação de outros papéis, pois eles podem se sentir em muitas maneiras. Pode ser tocado com as emoções dos outros, apenas por ler um livro pode se identificar com seus personagens ou até mesmo a visão de um filme pode fazer você viver emoções diferentes.

É por isso que os conselheiros são muito bons. Seus amigos vão apreciar a sua sensibilidade ao tempo aconselhar ou simplesmente ouvir os problemas.

No amor deve ser cuidado, pois eles tendem a esperar muito dos outros, que possam idealizar o parceiro, o que resulta em desapontamento e posterior dissolução. Portanto, os coelhos deve pensar cuidadosamente sobre o casamento tão estável e para sempre. Encontra as falhas nos outros e aceitá-los como reais e inevitáveis.

Eles estão de cabeça grande e muitas vezes guardamos rancor contra as pessoas que os fizeram ver o seu erro. Então, deve estar alerta para aceitar todos os males deste mundo, incluindo o erro humano e, sobretudo, seus próprios.

Eles querem ser feliz, viver em harmonia e conseguir a paz de espírito. Sua busca desesperada por esses valores é frustrado idealistas e refugiar-se em itens de evasão. Seu problema fundamental é a falta de sentido da realidade.

É apenas o outro lado da moeda são um povo cheio de bondade, dispostos a dar e receber amor. No entanto, eles são capazes de superar as dificuldades como qualquer outro signo, pois eles estão acostumados a sentir decepção e frustração.

Astrologia 2011 - Regentes, previsões e analises

O planeta regente de 2011 será Mercúrio. a influência de Mercúrio, como planeta regente do ano 2011 se fará mais tensa nos meses de Abril, Agosto, Novembro e Dezembro, pois estará retrógrado e isso costuma trazer muitas confusões, mas também nos oferece a oportunidade de repensarmos e realizarmos os nossos projetos pessoais. O planeta Mercúrio representa a nossa mente e, por isso, aspectos ligados aos pensamentos, raciocínio e quaisquer outros elementos ligados a mente estarão em alta em 2011.

Mercurio adentra o ano, transitando o vigésimo grau de Sagitario, posição que não é muito forte, mas, ele se encontra em bom aspecto com Saturno, o que significa um toque de ordem maior para os desajeitados. E como ele transita a casa do poder, é um bom sinal em termos de administração pública, dando maior responsabilidade e vontade de resolver as coisas com eficiência para gestores dos executivos em todas as esferas.

O planeta que entra o ano mais proximo dos ângulos é Vênus, o qual foi o regente de 2010, como se tivesse que passar a faixa ao novo regente, ao mesmo tempo que transita no Fundo do Céu, em bom aspecto com Jupiter, Netuno e junto a Lua. Vênus passa o cetro a Mercúrio as 20hs23min do dia 31 de dezembro, na forma de transição, pois, o governo de Mercurio começa definitivamente em 20 de março.

O que dá pra notar é que o foco do ano tende a ser a saúde e o trabalho. O Sol tambem foca esses temas e transitando entre Marte e Plutão, pode forçar uma melhor atenção neles durante o ano 2011.

Mercurio dará atenção especial as crianças, aos transportes, favorecerá os esportes, automobilismo, ciclismo e corridas de cavalos. Como tambem, atletismo e jogos de raciocínio. Mercurio rege um ano com parceria ao frio Saturno o que deixa claro que exigirá eficiencia em todas as areas, especialmente as criativas, como publicidade, artes e educação. Os ineficientes, terão um ano muito dificil.

Com foco de Vênus e Lua na familia e sexo, veremos que muitas mulheres buscarão forças e na verdade terão para se libertarem de companheiros ruins, mas, tambem, tendem a valorizar mais e melhor sua sexualidade. Abusadores, cruéis, aproveitadores e mentirosos que usam as pessoas indefesas pra tirar proveito, terão surpresas ruins nesse ano.

Tende a ser um ano de novos comunicadores, escritores e professores aparecerem revelando grandes talentos. Mas, no trabalho e saúde, as pessoas dos signos cardeais poderão ser bem provadas. Os signos fixos, serão testados tambem, mas, se agirem direito e com coragem, poderá ser um ano de muito proveito e sucesso. Em especial para os escorpianos.

Este será um ano onde a espiritualidade se sobrepõe ao sexo, assim muitas pessoas se converterão e deixarão a vida de promiscuidade. Enquanto outros se enfiarão no mundo das drogas, depressão e sexo escravizante! Mas, estes apenas os de coração impuro, os sem fé e que não buscarão as coisas do bem e do amor.

Poderemos ter um agravamento de infecções pulmonares, problemas respiratorios, de coluna, acidentes de veículos aumentando, problemas nos tornozelos e osteoporose aparecendo em muitas pessoas. Além de problemas de peles mais graves que em 2010!

O ano será regido por Oxumaré e Ibejís, com influencia de Oxalá e Ogum. Oxumaré vai auxiliar muito a agricultura, e assim poderemos ter um clima mais agradável no Norte e Nordeste e chuvas mais moderadas no Sudeste. Haverá grande dificuldade nos aeroportos brasileiros.

Segundo a ASTROLOGIA a PREVISÃO ASTROLÓGICA para os SIGNOS DO ZODÍACO para o ANO ZODIACAL de 2011 será a seguinte:
*Áries, Saúde: Alta, Amor: Média, Dinheiro: Baixa
*Touro, Saúde: Alta, Amor: Média, Dinheiro: Alta
*Gêmeos, Saúde: média, Amor: Média, Dinheiro: Média
*Câncer, Saúde: média, Amor: Média, Dinheiro: baixa
*Leão, Saúde: Alta, Amor: Média, Dinheiro: Alta
*Virgem, Saúde: Média, Amor: Média, Dinheiro: baixa
*Libra, Saúde: Alta, Amor: Média, Dinheiro: Média
*Escorpião, Saúde: Alta, Amor: Média, Dinheiro: Alta
*Sagitário, Saúde: Baixa, Amor: Baixa, Dinheiro: Alta
*Capricórnio, Saúde: Alta, Amor: Média, Dinheiro: baixa
*Aquário, Saúde: Alta, Amor: Média, Dinheiro: Alta
*Peixes, Saúde: Alta, Amor: Média, Dinheiro: Alta;

Todo ano é regido por um planeta que atribui uma energia diferenciada em nossas vidas. A tabela abaixo ajuda a saber qual planeta está regendo cada ano. Segundo os antigos Caldeus (Os Caldeus foram uma tribo que viveu no litoral do Golfo Pérsico e se tornou parte do Império da Babilônia), a atribuição de um planeta regente a um determinado ano, tinha como base ciclos maiores, de 36 anos cada, aos quais também lhes eram atribuídos uma regência.

Essa escolha baseava-se na “Estrela dos Magos”; uma estrela de sete pontas, onde estão representados o Sol, no topo, Vénus e Marte, nas pontas seguintes, direita e esquerda, respectivamente, nas mais abaixo Mercúrio e Júpiter, seguindo a mesma ordem e faltando ainda Lua e Saturno, nas pontas voltadas para baixo, também seguindo a ordem direita, esquerda. Estão nesta Estrela , representados os planetas visíveis a olho nu.

Os ciclos de 36 anos, seguem a ordem; Saturno, Vénus, Júpiter, Mercúrio, Marte, Lua e Sol (curiosamente é inversa à atribuída, para os dias da semana), considerando-se desde 1981, o ciclo atual, regido pelo Sol, até 2016. O primeiro ano de cada ciclo é regido pelo mesmo planeta do ciclo, seguindo a ordem; Saturno, Júpiter, Marte, Sol, Vénus, Mercúrio e Lua. Quando o Sol entra no signo de Carneiro, então começa o novo ano astrológico sob a governação de um outro planeta.

Os últimos ciclos de 36 anos e respectivos regentes; 1º. Ciclo – Saturno (1765-1800) 2º .Ciclo – Vénus (1801-1836) 3º. Ciclo – Júpiter (1837-1872) 4º .Ciclo – Mercúrio (1873-1908) 5º. Ciclo – Marte (1909-1944) 6º -Ciclo – Lua (1945-1980) 7º- Ciclo – Sol (1981-2016)

O ciclo do Sol e os regentes anuais; 1981-Sol 1982-Vénus 1983-Mercúrio 1984-Lua 1985-Saturno 1986-Júpiter 1987-Marte 1988-Sol 1989-Vénus 1990-Mercúrio 1991-Lua 1992-Saturno 1993-Júpiter 1994-Marte 1995-Sol 1996-Vénus 1997-Mercúrio 1998-Lua 1999-Saturno 2000-Júpiter 2001-Marte 2002-Sol 2003-Vénus 2004-Mercúrio 2005-Lua 2006-Saturno 2007-Júpiter 2008-Marte 2009-Sol 2010-Vénus 2011-Mercúrio 2012-Lua 2013-Saturno 2014-Júpiter 2015-Marte 2016-Sol

Segundo a astrologia o ano de 2011 será regido pelo planeta Mercúrio e pelo signo do Coelho do horóscopo Chinês e Oxumaré pelos orixás de Umbanda Astrológica. Mercúrio favorece o comércio, a fertilidade em recursos, o uso de conhecimento em diversos setores: artes, ciências, comunicação e indústrias. Mas, como já havia dito acima, as configurações, dão um pouco de penalidade aqueles que não forem eficientes, ou seja, vai premiar e abençoar aos criativos, estudiosos e talentosos, mas, preguiçosos, espertalhões e despreparados, o ano é de pena.

A palavra chave de Mercúrio é ‘comunicação’. Lida com a mente consciente, com a capacidade de raciocínio e de expressão intelectual. É o impulso para expressar a inteligência por meio da habilidade e da palavra. Simboliza a necessidade de aprendizado e de relacionamentos. Mensageiro do Ego, Mercúrio reflete o que vê, ou seja, recebe os impulsos da mente e os comunica com grande agilidade. Funções psíquicas: pensamentos e sensações. Em equilíbrio: uso criativo da inteligência, raciocínio rápido, clareza verbal, objetividade, brilhantismo, poder de persuasão. Em excesso: mau uso da inteligência, excessivamente racional, parcialidade na expressão de opiniões, ambiguidade. Em falta: raciocínio lento, dificuldade para se expressar, comunicação ineficiente.

Correspondências de Mercúrio: - Principal atributo: a Palavra (“o verbo se fez carne”) - Natureza ou polaridade: andrógina, bipolar, dupla, instável - Virtude: a Verdade - Vício: a Falsidade, a Desonestidade - Dia da semana: Quarta-feira

- Arcanjo: Mikael – Ordem: Arcanjos - Metal: Mercúrio - Cores: todas as nuances do azul, laranja e multicolor - Pedras: ametista, ágata, opala, lápis-lazúli, jade, esmeralda, calcita laranja

- Plantas: margarida, dente-de-leão, lírio, amor-perfeito, prímula, violeta

- Perfumes: mástique, cálamo, lavando, cítricos - Partes do corpo que rege: membros, ombros, braços, mãos, língua, tireóide, cerebelo

- Chakra: Laríngeo – Vishuda – Ressonância do Ser – Azul Turquesa - Saúde: rege o sistema nervoso, as sinapses e conexões, os fluxos e os tubos do corpo, o aparelho respiratório, os cinco sentidos, as faculdades mentais, a comunicação e a locomoção.

- Ação mórbida: neurastenia, asma, bronquite, problemas na fala ou na mente, tensão nervosa, insônia, paralisia, ansiedade - Símbolo: um semicírculo simbolizando a consciência que quer se conectar com o espaço e os planos superiores, sobre um círculo, a imagem da individualidade e da integridade, e sobre a cruz da matéria. Ou ainda, alma(semicírculo) e o espírito(círculo) materializados no corpo(cruz)

- Deuses e entidades: Hermes, Thoth, Kiuma. Exú e Pomba-gira - Animais: Águia e Leão - Números: 1, 5, 7

Vemos tambem que a numerologia e o Tarô nos mostram pelo número do ano, a presença nesse governo 2011 de Iansã. Como citamos acima, Oxuamaré, fará o governo espiritual e Iansã será responsavel pela ordem material. Ela regerá todos os Guias que trabalharão auxialiando, mediuns, magos e buscadores durante todo o ano. Depois, falaremso mais sobre qual entidade trabalhará nessa vibração e seu respectivo exu.

Como Mercúrio também rege a moeda de cada país, veremos neste ano uma grande preocupação das nações com a circulação de dinheiro e fazendo enorme esforço para protegerem suas moedas de desvalorização, o que certamente ocorrerá, principalmente na Europa e Estados Unidos, este será o lado mais difícil este ano. Outro ponto negativo será a manipulação das informações, será preciso que fiquemos atentos para que não sejamos enganados, que é o lado mais complicado de Mercúrio. Na verdade o que as configurações nos revelam, é que vai se depender muito dos líderes, os chefes de executivo. Assim erros, falta de coragem, criatividade baixa e teimosia poderão trazer graves perdas.

Carlinhos Lima - Astrologo, Tarologo e Mago de Umbanda Astrológica

A IMPORTANCIA DA UMBANDA

[417362_orion300c.jpg]
Infelizmente, grande parcela da culpa que responde pelas críticas à AUM+BANDA repousa no mau uso que dela fazem os próprios profitentes, em sua maioria pessoas simples, de pouca cultura, hábitos nem sempre exemplares e escassa educação.

Essas pessoas são a pior propaganda da AUM+BANDA, porque, com o maior despudor e com a maior cara de pau, afirmam, por exemplo, que são briguentas porque são filhas de OGUM, que são poligâmicas porque são filhas de XANGÔ ou que não param com homem algum porque são filhas de IANSÃ.

As mais assanhadas explicam sua própria prostituição pela presença constante, segundo elas, de uma BOMBOGIRA ao seu lado, que as impele a repetidos coitos. Essas pessoas mentalmente destrambelhadas transformam seus orixás em bodes expiatórios muito convenientes para os seus delitos e certamente nem coram de vergonha porque sofrem de "anemia moral".

Graças ao comportamento de tais pessoas e às lendas que passam umas às outras como autênticas dentro do panteão africano o que sobra para a AUM+BANDA no final de tudo isso é uma verdadeira cornucópia de vexames abominados por qualquer pessoa de bem.

Outro costume bastante grave é a utilização direta dos exus sem a mediação de uma entidade de luz, seja essa entidade um caboclo ou um preto-velho. Em tais circunstâncias o exu, que ainda é um espirito atrasado, fica inteiramente solto e sem ninguém a quem prestar contas pelo que fez ou se propôs a fazer. Ele, então, pede em troca do favor pedido o que bem entende ou é ditado pela sua "gula".

Isoladamente e sem estarem inseridos numa gira (sessão) comandada por uma entidade de luz eles reincidem nos mesmos erros e atrasam a sua jornada em direção à Luz. Agora perguntamos: quem é, em tais casos, o verdadeiro culpado? Será o exu agindo ao arrepio da luz e dentro da sua inferioridade passageira ou o(a) consulente que lhe vai pedir absurdos ou maldades? As pessoas que só gostam de falar com exus isolados e fora de uma gira própria e controlada criam obstáculos para a evolução do exu e, na verdade, procurando benefícios, estão trazendo prejuízos para ele.

Infelizmente, por defeito nosso e de mais ninguém, as giras de exu são as mais procuradas pelas pessoas que nunca souberam direito o que é a AUM+BANDA, o que acaba refletindo para o público leigo uma imagem errônea ou altamente equivocada sobre essa magnífica religião.

Preferimos escrever AUM+BANDA ao invés de UMBANDA porque a sua etimologia mais oculta recomenda que revelemos, de antemão, a sua origem sonora baseada na sílaba mística AUM, sílaba essa que o ouvido atento pode encontrar levemente velada em muitos dos pontos cantados nos terreiros. Esses "pontos cantados" ocultam essa sílaba na ordenação das letras que, em si mesmas, chegam a ser simplórias e, até, tolas.

No entanto, ao serem entoadas como cânticos, elas levam embutida essa sílaba sagrada, que, ao vibrar, faz estremecer o plexo solar, situado em cima do estômago, mas por baixo do qual se encontra o poderoso chakra SVADISTHANA com suas pétalas vermelhas e verdes. Este chakra é o chakra da mediunidade, razão pela qual muitos médiuns, sejam eles da Umbanda ou não, encontram nele seu ponto de maior excitação psíquica, o que, por vezes, se reflete no físico sob a forma de dor ou enjôo. É sobre ele que incide a vibração tanto de guias de luz como de obsessores. É também o ponto de convergência de nossas simpatias e antipatias.

Nos processos epilépticos ele é o ponto de convergência da vibração da entidade trevosa responsável pelo ataque, sendo todo o resto mero efeito nervoso manifestado pelas contorções e mãos crispadas do atacado. Caso os leitores não saibam, em paralelo com todos os ataques epilépticos há sempre o concurso secreto de uma entidade do Astral Inferior, entidade essa que pode ser detectada ao lado do corpo contorcido por um(a) vidente autêntico.

JEAN RIVIÈRE, autor francês famoso por suas pesquisas religiosas em terras tibetanas, mostra-nos em um de seus livros vários mandalas traçados no Teto do Mundo onde reconhecemos, sem grandes dificuldades, os mesmos símbolos grafados na AUM+BANDA. Ali estão, além de letras sagradas e de nomes de poder, os mesmos pentáculos tão comuns na Magia, inclusive a suástica em sua versão autêntica e os famosos "garfos de exu" (tridentes) que, analisados mais profundamente, correspondem a determinada letra grega (psi), cuja ordem seqüencial a coloca curiosamente entre o alfa e o ômega daquele alfabeto, isso sem falar nos vários sinais mágicos que podemos encontrar, apenas a título de exemplo, na obra "TRATADO COMPLETO DE ALTA MAGIA, cujo autor tem o pseudônimo oculto de Vasariah, cujo conteúdo contempla uma coleção de grandes pentáculos e talismãs com os quais a AUM+BANDA aparentemente nenhuma ligação parece ter.

Mas ela, de fato, tem! Nos grandes templos e "stupas" do Himalaia o símbolo correspondente ao garfo exu ali se encontra, do lado de fora, como a dizer aos que passam que ali se encontram guardiães invisíveis. Nada mais justo, pois, na AUM+BANDA o exu é um guardião dos trabalhos executados.

A África não é nem nunca foi a origem nem da AUM+BANDA nem do CANDOMBLÉ. Ela, apenas, serviu de ponte para trazer ao Brasil, à América do Norte e aos países caribenhos o seu panteão e aquilo que, por tradição da boca ao ouvido, haviam aprendido dos remanescentes da Raça Negra, raça essa que um dia dominou a Terra. Não foi por "coincidência" nem por acaso que, ao tempo do nascimento de Cristo, este foi visitado não por 3 Reis Magos, mas por 4, cujo quarto representante era JETRO, um árabe retinto.

Essa mistura de crenças foi mais longe. No Haiti o Vodu surgiu como religião dominante e especializou-se na invocação de forças muito ligadas ao cemitério, às quais eles ainda dão o nome de "lois" (leia-se luás) e que são, entre outras entidades, dominadas pelo perigosíssimo BARON SAMEDI, que aparece à vidência como um homem muito alto e magro com rosto de caveira, todo vestido de negro, com a cabeça coberta por uma cartola. Tanto ele quanto as demais entidades do Vodu falam o "créole", uma mistura de Espanhol com Francês. Seus pontos riscados são feitos com farinha de trigo, ao invés de com uma pemba, o que, novamente, não os distancia muito dos mandalas tibetanos que são plasmados à base de pós coloridos.

A predominância da Deusa Serpente Dhambala no Vodu, entidade essa que é feminina (-), tem arrastado a maior parte dos voduístas a práticas de Magia Negra, cuja repercussão tem sido muito explorada pelos filmes de terror de Hollywood. O "miolo", no entanto, é verdadeiro e ali há, realmente, a predominância a Magia Simpática (bonecos de pano crivados de alfinetes), bem como a horrenda vivificação de cadáveres a quem damos o nome de zumbis. A força do cemitério predomina no culto vodu.

A contraparte negra da AUM+BANDA gerou a QUIMBANDA, que só trabalha preponderantemente para o Mal, arrastando para o seu jugo todos aqueles que abrigam sentimentos inferiores em seus corações. Mais ou menos como o que aconteceu com o Protestantismo, desde a aprovação da Teoria do Livre Exame da Bíblia, os adeptos do assim chamado Africanismo ( termo com o qual não concordamos ) ficaram entregues a suas próprias interpretações de seu credo, disso resultando um verdadeiro vulcão de contradições, crendices e distorções das mais repulsivas.

Sendo, por um lado, um misto de manifestações mediúnicas e, por outro, de magia pura não é de estranhar que as entidades da AUM+BANDA lidem com grafias herméticas que exigem o concurso paralelo de rituais de invocação, fixação e proteção.

As reuniões da a AUM+BANDA começam com a incorporação do espírito que vai trabalhar não apenas com passes, mas com magias, e, em seguida, o ritual exige que o espirito comunicante trace o seu ponto riscado para fins de sua própria identificação e para o desnudamento velado das forças mágicas que precisa invocar para o bom êxito do seu trabalho. Tais espíritos, na AUM+BANDA, nunca vêm sozinhos e sua presença, por isso, se faz sempre acompanhar de uma numerosa falange de outros trabalhadores menores afinados com a tarefa a ser cumprida. Entre os membros dessa extensa falange acham-se alguns exus, que funcionam como sentinelas ou seguranças, concorrendo assim para o bom êxito da empreitada.

A presença e o apoio dos exus nesses trabalhos de caridade confere-lhes, pouco a pouco, a LUZ de que precisam para, algum dia, se transformarem em caboclos. Os exus, a quem preferimos chamar de NOSSOS IRMÃOS MENORES, não são capetas nem servos do Diabo como tantas vezes ouvimos os ignorantes dizerem. São, na verdade, espíritos atrasados, sim, mas a quem as entidades luminosas da AUM+BANDA dão a mão para lhes oferecer uma oportunidade de redenção e iluminação pelo serviço amoroso ao próximo.

Na mesma categoria desses trabalhadores menores acham-se incluídas as falanges de almas (eguns) arrebanhadas principalmente pelos pretos e pretas-velhas na Calunga Grande (o mar) e na Calunga Pequena (o cemitério) para também ajudarem em seus trabalhos. Assim trabalhando, essas almas se iluminam, tomam consciência do seu destino final e se libertam do seu karma de serviço fora do corpo físico. Bem-aventurados sejam, portanto, esses pretos e pretas-velhas que funcionam, no invisível, como verdadeiros pastores de almas...

Carlinhos Lima - Astrologo, Tarologo e Pesquisador
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores