Total de visualizações de página

A pombagira

quinta-feira, 20 de março de 2014

Umbanda: o Diabo e o inferno existem sim - e o mal nunca dorme



A patacoada que virou grande parte da Umbanda brasileira, por causa da influência do sincretismo e do Kardecismo, como também cristianismo, lança muito mais confusão do que clareza sobre temas relevantes. Uma coisa curiosa, por exemplo é o crescente aumento de terreiros e templos, que ao invés de seguir os preceitos de Umbanda e espiritualismo ancestral, preferem usar uma Bíblia numa mão e o Livro dos Espíritos na outra. Tudo bem, mas, ai o contraditório chega a berrar, a ponto de surdar todo mundo! Por que? Pelo fato de se curvarem ao cristianismo, e por isso, adotarem muito mais práticas kardecistas que umbandistas, mas, ao mesmo tempo, selecionar em quais dogmas eles colocam a mão e quais eles rejeitam! Aliás, essa pratica é muito usada pelos protestantes e seitas da moda. 

Quer ver um exemplo? O Diabo é um desses exemplos! Ou seja, se professa a Bíblia, se acredita em santos, em Deus, no bem, em profetas, em espíritos, mas, no Mal e no Diabo não! Oxe! Num intindi o que ele falô! É isso mesmo, esse pessoal que diz acreditar na Bíblia, simplesmente ignoram trechos famosíssimos das Escrituras. Como por exemplo, vem com esse papo furado de "umbral, crostra terrestre, dimensões de espíritos curadores, obsessores, entre outras coisas, mas..." ao mesmo tempo afirma: "não acredito no Diabo e nem no inferno!". Ora, vamos filosofar um pouco mais pessoal e usar a teologia só um bucadinho!

Alguém ai pulou o trecho onde Jesus se refere ao pobre que vai pro céu e o rico avarento que vai para o inferno? A leu! Mas, vem com aqueles teorismos que nada tem de teologia, inventados pelos kardecistas, fazendo uma analise mirabolante pra justificar outras simbologias! Sei. Jesus falou claramente na figura do inferno e também do Diabo. Aliás, a tentação do deserto é bem clara, não é simbolismo não. A figura do Príncipe das Trevas foi revelada ali claramente.

É muito bom achar que não teremos punições, que Deus perdoa tudo, basta chorarmos e orar. Mas, Deus só é um Deus bom, porque é um Deus de Justiça. E pra ser justo, tem que ser bom para os justos e punir os ímpios. Aliás, os Salmos deixam isso muito claro. Mas, não é com essa baboseira de encarnações sem fim não. A encarnação existe sim, mas, elas  tem limite, chegando a um momento onde o espírito irrecuperável vai pro inferno ou iluminado vai para o paraíso. Deus é um Senhor de Justiça, por isso fica claro nas Escrituras, que ele é "terrível" quando necessário. 

Não se trata de que Deus tenha criado alguém pra se opor a ele, mas, a desobediência e estultície ingrata, levou um de seus filhos mais amados a se revoltar e cair de sua posição. É por ignorar a figura do Diabo e a existência do inferno que muito mal é cometido na Terra. É evidente que o modo exagerado como a Igreja usou essas figuras pra matar, roubar e fazer medo, criou um estigmatismo onde alguns ainda exageram e outros por criarem repulsa as pregações insanas, tentam se anestesiar e ignorar sua existência. Mas, o Diabo é real, tanto quanto o Criador. O que acontece é que ao cair da luz ele se apoderou das sombras já existentes no Cosmos não para confrontar Deus ou não apenas isso, mas, para cumprir um papel de equilíbrio cósmico. As pessoas acham inconcebível acrescentar a figura do Diabo no contexto da existência humana e divina, mas, muito mais exagerado é pensar que o homem é capaz de tudo sozinho.

Então caros irmãos, de duas uma: ou acha-se que a Bíblia tem respostas reveladoras ou que não tem. Mas, pegar aqui e ali, catando como galinha comendo milho e pulando revelações é que não ajudara em nada nos estudos do Sagrado. A Bíblia é clara sobre a existência do Diabo, como os Evangelhos também deixaram claro a existência do inferno. Exorcismos foram feitos segundo os Evangelhos, pelo próprio Jesus. E exorcismos sempre tiveram presente na história de todas as religiões, mesmo nas primitivas!

Sem essa de querer dizer que todo obsessor é kiumba, desencarnado e só! Na verdade, muitos obsessores são demônios sim. E pior. Muitos demônios se passam por entidades militantes da Umbanda o tempo todo. Por isso fique sempre com o pé atrás do que certas entidades, especialmente as desbocadas, te dizem nos terreiros. Em especial, aqueles lugares sórdidos, gananciosos e cheios de maldade.

Há uma luta constante entre o Bem e o Mal. Anjos e Demônios guerreiam, desde o início dos tempos. E parem com isso, de reduzir a Umbanda só a orixás, encantados e exus. Não ignorem os anjos, os demônios e saibam que o Mal tá sempre a espreita, assim com o Bem não vacila. Por isso muito pai de santo prepotente, incompetente e despreparado, teologicamente, fica fazendo patacoada, quando tentam combater um mal bem perigoso, com macumbinhas como se tivesse tratando de entidades de terreiro. Saibam que tem muita gente que chega ai em seu terreiro e templo, com maldições pesadas, magias negras absurdas e que seus ebózinhos, incensos e pontos não vão quebrar assim tão facilmente se não utilizar magias sagradas, evocar os arcanjos e mostrar humildade.

Tem pais de santo, irresponsáveis e gananciosos que vão tentar ajudar ou extorquir um pobre que chega a eles precisando se livrar de uma maldição, e eles ao invés de auxiliar com correntes de fé e magia sagrada, vão e fazem mais feitiços. Sendo que jogar feitiço em cima de maldições é como jogar gasolina em cima de brasas.

Chega de vivenciar a Umbanda com dogmatismos ultrapassados. Ela precisa de liturgia, de ritualismo, de orações sagradas e de conhecimentos divinos. Não encerre a Umbanda só em incorporações, passes e giras. Precisamos estudar, incansavelmente e buscar as forças e conhecimentos sagrados.

quarta-feira, 19 de março de 2014

O Portal Zodiacal 2014: Abertura do Ano Astrológico de Xangô




Estava eu escrevendo sobre o novo Ano Astrológico 2014, quando liguei a TV Senado e vi o Senador Aécio Neves, fazendo um discurso duro contra o escandaloso episódio da compra injustificável da refinaria. E me dei mais conta de como será difícil ou muito mais difícil este ano para o governo! Apesar do clima de "já ganhou" do PT, a verdade é que a realidade é bem diferente! E nem tivemos ainda as campanhas, nomes e coligações definidos. Além disso, muitos assuntos complexos vão caindo no colo da Dilma que se mostra cada vez mais perdida no palácio do planalto que acima de tudo, parece está muito mal assessorada, tanto politicamente, quanto técnicamente...



Bem, este ano que abre as portas nesse dia 20 de março às 13hs56 de Brasília, com o Sol na nona casa e Câncer no Ascendente. Mas, os aspectos formados é que nos chamam mais atenção até do que as posições dos signos em si. Um aspecto que nos chama muita atenção é a quadratura T formada por Júpiter em Oposição a Plutão, onde ambos quadram Urano. Portanto, sendo Urano o astro que predomina nesse aspecto. Sendo este último o planeta focal, mostra-nos que vivemos num tempo de agitação febril e revolucionário e isso vai afetar os governantes, ainda mais agora quando se aproxima o Sol dele Urano.

E para nós aqui no Brasil ele atua na casa 9, dificultando a comunicação entre governo e congresso, como também com o povo! Urano passou a Áries, o signo do pioneirismo, da vanguarda e da guerra, da ação, adicionando mais tecnologia, eletricidade e energia nuclear – atributos que representa - a disposição da indústria bélica. Aries, sendo um signo de individualidade, tem interesses conflituosos com Capricórnio, que representa a lei, a ordem, o interesse do Estado – considerando ou não que este Estado seja a representação autorizada da vontade de muitos, mas tbem da elite do poder constituído. Até porque, Urano inflama todas as classes, dificulta a comunicação do governo com o povo, além de incentivar a inflação e colocar pólvora em qualquer boato que apareça.


Esse T formado pelos 3 astros citados acima,  com Júpiter em Câncer apontando os valores tradicionais que buscamos, como por exemplo, segurança no clã e da família, em resposta à crise econômica marcada por Plutão em Capricórnio, exige das pessoas pra se livrar da mão pesada do Senhor do mundo obscuro (Hades), que elas tenham generosidade, sirvam umas as outras e evitem manipulações. Pois é isso que Júpiter exaltado exige de nós. Que os líderes sejam honestos, sinceros e pensem no bem da maioria e da nação como um todo. Por isso erros do governo não serão tolerados facilmente. De cabeça também serve, políticos e poderosos que se opõem ao desenvolvimento ou dificultam o crescimento das famílias. Júpiter em Câncer, além dessas exigências citadas acima, também pede que as bases da economia sejam reforçadas, que as bases da política sejam reformuladas e que a equipe econômica do Brasil, faça os ajustes necessários pra evitar as perdas do país. A quadratura envolvendo, Plutão e Urano, revela-nos um poder que torna-se totalitário e extremista, assim o governo pode ser visto pelas massas como se tornando ditatorial. Júpiter exagera tudo e a linha de fundo corresponde aos tempos turbulentos em que vivemos.

Urano, gerando ainda, dissidência, revoluções, levantes. Plutão gera lutas de poder e corrupção, ou joga a tona, assuntos escondidos, referentes a corrupção e prejuízos ao país. E ainda, tendências destrutivas e totalitários. Já Júpiter alguns resíduos, alguns fanatismo nacionalista. Disso eu já falei antes, no entanto e infelizmente essas tendências nos acompanhará até março de 2015. Considere os locais mais afetados pela Praça T. Já Marte um outro planeta enérgico e agressivo, permanece retrógrado até 19 de maio. A retrogradação é uma espécie de retrocesso, uma segurada, tudo com que Marte - o planeta da ação e do impulso - não lida bem. Ainda mais que ele está fraco no signo de Libra, pertinho da Cabeça do Dragão e desfavorecendo, governos, como também autoridades e executivos de grandes empresas. E no mapa do Brasil ele está atuando na casa 9, dificultando também a comunicação do governo, especialmente com os aliados do Congresso e também complicando sua política exterior. Em especial, com nações em conflito. Sendo que assim que tomar seu movimento direto, Marte buscará o retorno na carta do Brasil.
E o primeiro sintoma ligado a essa frustração da natureza essencial do planeta vermelho é o aumento da irritabilidade, podendo gerar desentendimentos, com risco de grandes brigas. Marte é um soldado, lutador, engenheiro, esportes e não é à toa que a Copa do mundo é em 2014 com marte retrógrado. É da casta guerreira. Marte em Libra vai fazer um aspecto com Saturno e rahu, sendo um período explosivo na política, as pessoas revoltadas, nas ruas muito protesto. Libra representa a democracia, os advogados, disputas. Ligado a relacionamentos explosivos. Mas, muitos homens, podem se sentir lerdos, com pouca energia, mas retrógrado vai exigir uma atitude na vida. Marte faz você consertar os relacionamentos. Pode dar problemas em casamentos e parcerias. Possibilidade de separações aumentarem. Por isso, será importante nós pensarmos duas vezes antes de comprarmos um conflito. Acalmar os ânimos e ter frieza para administrar divergências, no entanto, não vai ser nada fácil e irá requerer boas doses de autocontrole.

Saturno ainda transitando por Escorpião, signo de poder para o Brasil, de governo e de decisões, soma-se a influência astrológica que a quadratura Urano-Plutão, vigente até o final de 2015, responsável pela grande revolução social que estamos vivendo, e a de Netuno, que ingressou em Peixes (no ano de 2011), para ficar 14 anos neste signo - um posicionamento que produz um profundo questionamento coletivo em relação a desníveis e injustiças.

Também vemos que as famílias e as pessoas sofrem com o peso da inflação, ataques da violência e do crime as sociedade até março de 2015, pois a a Lua conjunta com Saturno, além de entrar o ano astrológico em queda, ainda tem uma indisposição com Vênus. Assim é bom para as pessoas, famílias, muito controle e buscar harmonia. Pode haver muito estupros nesse ano, especialmente garotas, podem ser atacadas dentro de casa. O sesquisquare entre o Sol e a Lua indica que os governantes devem buscar sintonizar-se muito mais com o povo. No entanto, Netuno em Peixes trígono Júpiter traz coisas muito positivas. Netuno traz espiritualidade, sensibilidade, intuição, compaixão, criatividade artística, criativa fantasia. Socialdemocratas favorece tendências, embora também possa estar faltando discernimento lógico.

Saturno em Escorpião em trígono com Júpiter em Câncer até 16 de Julho de 2014, só dará solidez e longevidade aquilo que estiver amparado por realismo e consciência, individual e universal.Na vida pessoal, todas estas influências têm obrigado as pessoas a enxergarem e enfrentarem seus problemas, procurando novas abordagens e mudanças. Saturno em Escorpião favorece a manifestação de crises. Apesar disso parecer negativo, quando a crise emerge com força acaba nos obrigando a nos mexer e procurar pela cura ou solução do problema. Ou seja, ela tem um efeito mobilizador. Para muita gente 2014 será um tempo de curar, regenerar, reconstruir e também perseverar. Só sairá da crise quem fizer por onde.

Júpiter em Câncer nos indica um ano em que vamos ou devemos fincar, reajustar, corrigir, avaliar ou fortificar nossas bases, fazer nossas escolhas de convívio afetivo e profissional. E acima de tudo bases familiares. Júpiter está associado à sorte e a expansão e Câncer é a base emocional, a família e a capacidade de dar e receber afeto. Júpiter, regente de Sagitário e corregente de Peixes, é o otimismo, o bom humor, a expansão da consciência, o desenvolvimento da visão através do conhecimento e das regras de bom convívio, a ética e as leis. Júpiter representa os códigos sociais que possibilitam o convívio humano justo, que distribuem as benesses e a felicidade idealizada para todos, que elimina a violência, a hipocrisia e o desrespeito. Sagitário é o conhecimento e o raciocínio em alto nível, Peixes o amor transcendental, a evolução espiritual, o fim que prepara os novos começos que se dão em Áries, o senhor das explosões, da penetração e da fecundação de tudo que vive e acontece.

O planeta Júpiter tem grande afinidade com o signo de Câncer, pois neste signo expande o afeto, o sentimento, a vontade de ter/manter um par, os vínculos. Faz valorizar a família, a casa, a vida privada e o mundo interior. Cria nas pessoas um desejo maior de estarem bem, ao invés de só parecerem bem. Por este motivo, Câncer é considerado a exaltação do planeta Júpiter (este é o nome dado para quando um planeta fica muito bem em um determinado signo), porque nos faz buscar os verdadeiros valores e o bem-estar. Júpiter entrou em Câncer em 2013. Júpiter, por onde anda, mostra o que a comunidade está representando como ideal, ‘o máximo’, aquilo que todos tem. Câncer é o cuidado, conforto, mães e crianças, água e fontes de água. De todos os astros de impacto coletivo, Júpiter é o que mais força construtiva tem, até julho próximo, quando então entrará em Leão, agudizando ainda mais as contradições atuais. Em Câncer, até lá, ele está exaltado.

Em 2014 teremos além de Júpiter em Câncer até a metade do ano quando entra em Leão expandindo as individualidades, as originalidades e a necessidade de sermos únicos dentro do coletivo, e com isto carregar o amor e o respeito que queremos para nós, para o tratamento ao outro e a todos. Estas serão as bases para que se tenha um ano com fundações sólidas e visibilidade para o que viemos projetando desde meados de 2013, passando por vários momentos difíceis com as quadraturas de Urano e Plutão e a oposição de Júpiter a Plutão. Toda essa energia astrológica, revelou-nos que num ano de Xangô, com influência de Iemanjá e interferência de Nanã, associada a Obaluaê, refinando o carma, as bases não só física, como também as emocionais, tem que está sempre fortificadas.

Como Júpiter em Câncer favorece os vínculos, solteiros querendo encontrar um relacionamento não deverão se acomodar agora, e sim sair em busca do preenchimento que tanto anseiam. Trata-se, também, de uma grande época para o crescimento emocional. No entanto, essa oportunidade só estará disponível para quem estiver disposto a se abastecer interiormente de novas ideias e valores, procurando livros, cursos ou terapia que ajudem nesta tarefa. Júpiter vai ficar em Câncer até meados de julho de 2014.

Saturno, outro planeta poderoso e provador, em Escorpião desde outubro de 2012 impõe a restrição dos recursos financeiros, reduz o movimento das transações comerciais, interbancárias, e até setembro de 2015 traz consciência da escassez e necessidade de gerenciar melhor os recursos comuns, os investimentos pessoais caindo para segundo ou terceiro lugar, com o consumo de bens não essenciais. Escorpião também é um signo de poder e de política, que participa com Plutão em Capricórnio de um reforço das instituições, do estado, e do poder. O que quer dizer, muita dificuldade pra que é responsável direto por todos os poderes. Desde o governo, a judiciário e congresso. Só que fase mais forte, foi de agosto a outubro de 2013, já passou muito, mas, ainda age de certa forma em refinamento a todos os poderes.

Em tempos de Urano, regente de Aquário, em Áries, precisamos mudar nossas atitudes, o nosso comportamento e ações. De nada adianta sonharmos com um mundo melhor, coisas boas, saúde, felicidade e fartura, se muitos de nós morrem de desrespeito, egoísmo, vaidade e soberba. Dinheiro se ganha, gasta, perde, o que fica é a estrutura psíquica dos amados e educados no respeito e no comprometimento com a sua vida, e com toda vida que há em volta. No conhecimento adiquirido e disponibilizado para todos. Se queremos um amor devemos nos perguntar se amamos o nosso próximo, mas os bem próximos, nós mesmos e depois nossos filhos, o que fizemos por sua educação e estabilidade emocional e afetiva, para que sejam adultos seguros, fortes e corajosos. Só o amor pode nos dar isto, e nada mais.

A partir de 16 de julho de 2014, Júpiter ingressa em Leão, onde permanecerá durante um ano. Sendo Leão o signo dos filhos, veremos uma época na qual muita gente terá vontade de ser pai ou mãe pela primeira vez, ou encomendar mais um rebento. As pessoas também vão desejar mais alegria e vibração em suas vidas, por isso os serviços, locais e empreendimentos de lazer serão muito mais procurados e valorizados. Em 2014 temos a conjuntura de fundo acirrada pela longa passagem de Marte, planeta de guerra e de confronto, pelo diplomático Libra. Por seis meses o astro ficará neste signo, tentando ajustes diplomáticos onde é impossível, e com isso enfraquecendo seu poder de ataque. Adiam-se os confrontos mais ainda a partir de março, quando Marte entra em retrogradação, trazendo apenas para a linha de frente os confrontos que não foram resolvidos há dois ou três anos, em nível internaciona.

Em termos de negócios, o posicionamento de Júpiter num signo de fogo, ainda mais sendo o de Leão, é propício para o lançamento de novos talentos e de toda a indústria do entretenimento (cinema, música, teatro), do ramo da estética, das casas de festas ou noturnas, assim como lotéricas, fotografia, produtos e serviços voltados para o universo infantil, salões de beleza, lojas de roupas, artigos de luxo, entre outros. Em termos pessoais, o mote de Júpiter em Leão é a busca por autorrealização, por expressar quem se é. Para tanto, será preciso colocar a criatividade para fora, expor os próprios talentos, acreditar mais em si mesmo e procurar realizar projetos pessoais há muito alimentados.

E já no mês de abril teremos aspectos importantes e fortes. Tende a ser assim um ano astrológico de aumento da natalidade, crescimento da arte e da atividade sexual. Mas, também um ano onde as pessoas ganham peso com maior facilidade, por isso é muito bom ter uma dieta balanceada. Não será surpresa, inclusive, se muita gente aproveitar a passagem de Júpiter pelo signo regido pelo Sol para dar uma repaginada no visual. A vaidade estará em alta! Júpiter em Leão também faz acordar nossa criança interior, que está sempre em busca de felicidade e encantamento. Por isso, se você quer fazer uma viagem incrível, pode pensar nesta época. Se tem filhos crianças, também terá um ano, a partir de julho de 2014, para estar mais com eles e ser mais criativo na forma de educá-los e envolvê-los na vida.

Já em relação ao mapa do Brasil, o que mais chama a atenção na superposição dos mapas, porem, é a conjunção de Saturno com Lua, que dará a todo o ciclo a qualidade de refreamento e cautela em relação a gastos financeiros. Saturno ali cravado no Meio-Céu dá a impressão de que haverá controle da atividade do núcleo de poder. Pode ser um refreamento do poder, por motivos financeiros – afinal Escorpião tem a ver com dinheiro de muita gente. Vemos no enfoque a Escorpião, que além de foco no sistema financeiro, há também dificuldade da Dilma e seus assesores de gerenciar as crises que vão surgindo. Como este signo é um signo de morte, poderemos ter morte de pessoas poderosas nesse ano, talvez até ligadas aos poderes da república e ao governo.  Mortes e perdas são temas em pauta, para resumir, e alocação de recursos públicos – dois temas caros a Escorpião, serão de proa durante todo o período de vigência do ano astral – de março 2014 a março 2015. Creio que será um ciclo de mortes e perdas importantes para o Brasil – Saturno fecha um ciclo de poder então creio que devem ir para o andar de cima figuras que fazem parte da estrutura de conservação do jogo politico.

Dizemos que abril será um mês de inúmeros desafios: geopolíticos, climáticos, políticos e econômicos, ao redor do mundo e não apenas no Brasil. Por aqui, o que nos parece mais digno de nota em abril é o ataque frontal ao governo e as investidas que o núcleo de poder sofrerá. A ponto de ter de negociar pontos e recuar em acordos e políticas – recuar e recuar, para garantir, por exemplo, um arco de alianças nos partidos e no Congresso, mais efetivo, em setembro. É esperado que eventos fora de nosso controle ocorram em abril. O eclipse lunar total que ativa os últimos graus de Áries exporá crises nos setores industriais e nas forças armadas. Mas o pior mesmo é o recrudescimento da violência, típico do signo de Áries, onde se encontra Urano, o fragmentador. Realmente, como diz uma amiga astróloga, abril está de chorar! Antes de mais nada, contexto difícil de abril já mostra a tendência a guerra e violência indiscriminadas e fora de controle – Plutão, Urano e Júpiter envolvidos em uma T-square explosiva, tensa, sem saída. Dois eclipses de 2014 ativam alguns setores específicos do mapa do Brasil, e são os que mais trazem informações importantes. Os outros dois caem em setores tangenciais e não impactam tanto o pais.

O outro eclipse que tem certo impacto no Brasil acontece em 23 de outubro, com Vênus envolvida no grau do eclipse, que ativa justamente o Marte em Escorpião do Brasil! Me pareceu bem importante este evento. Marte como se sabe é o regente universal das F Armadas e de todos os aparatos de controle e ataque do Estado – de qualquer estado. Porem, dada a especificidade do mapa do Grito da Independencia, é justamente Marte quem governo o núcleo de poder politico e deliberativo, posto que o Meio-Céu está em Escorpião. Duplamente importante, portanto, este eclipse. O que acontece no primeiro semestre é que Júpiter-Urano-Plutão em quadratura aumentam tensão sem dar chance de saída, e de abril a julho Marte, o astro da guerra e do conflito, acirram o T-square, impulsionando ‘solucoes’ violentas – do tipo fazer justiça com as próprias mãos. Marte é um deus pouco civilizado e mal humorado, embora os romanos o tenham tido em alta conta, os gregos não curtiam muito a natureza tosca e animalesca dele. Considerando o estado cósmico do planeta, ou seja, exilado em Libra, o planeta dá sempre o pior de si: prender gente em poste, bater até matar em gente que não pode se defender.

Na primeira semana de agosto Marte se alinha a Netuno, o que pode ser um momento de mais sensibilidade, e em seguida forma sextil com Plutão, reforçando politicas de controle, mas de um jeito tipo rolo compressor, não é bacana... no fim de agosto temos Marte em conjunção a Saturno em Escorpião, la no Meio-Céu do Brasil, o que é digno de nota – de novo as tendências restritivas e de controle do poder do núcleo de governo. Tem gente que acha que pode haver golpe militar num contexto destes, mas duvido – a não ser que Urano se mostre tão amalucado pelas ruas do Brasil que force uma solução militarista. Mas não é o caso, não há clima, nem arcabouço histórico para tanto. Abril, maio, junho temos o T-square ativado por Marte, e no fim de julho Marte passa a Escorpião, recuperando seu melhor funcionamento, e Júpiter entra em Leão. Os mercados irão se retrair muito depois de março, e assim ficam até o fim do ano, poucos investimentos, poucos ganhos, e aumento da taxa de desemprego e provável inflação no Brasil, que andarão de par com os episódios de violência e destrutividade anunciadas por Urano-Plutão. Em setembro ocorre o fortalecimento da fragmentação uraniana, com Júpiter em Leão em sextil a ele – ser rebelde fica na moda! Especialmente os movimentos de Urano e Júpiter indicam tais condições geográficas complicadas. Plutão rege o petróleo e os derivados, Urano as energias de fonte nuclear, elétrica (água) e Netuno oceanos, drogas e epidemias.

Como Urano é relacionado com os sistemas abstratos do pensamento e com a procura de ideais que deem sentido à existência, e Plutão significa controle e poder que exercemos a fim de manter os padrões habituais do pensamento e de ação, assistimos como conseqüência à tensão a muitas ações extremistas que são executadas violenta e abruptamente, a fim de se modificar completamente a vida das pessoas. Essa compulsão de "mudar o mundo" pode não ter um direcionamento certo, um rumo preciso, porém, ela age no coletivo de forma altamente destrutiva. Os meses de abril e de outubro tendem a ser muito importantes, pois neles teremos eclipses que envolvem justamente a questão da individualidade e dos relacionamentos, em abril (como encontrar um equilíbrio, harmonização). E em outubro a ênfase é sobre como unir potenciais e recursos, transformando as pessoas envolvidas. E Netuno segue o seu movimento em Peixes, ressaltando a importância da conexão com o sagrado, a espiritualidade e os movimentos artísticos, culturais, sociais.

terça-feira, 18 de março de 2014

Filhas de Oxum - encanto e beleza

Tem mulher que tem a "beleza oxunica", um termo que criei pra dizer que tem mulheres que uma porção maior de Oxum em seu ser! Ela transmite beleza e sensualidade até no olhar... São mulheres que tem Oxum num destaque maior em seus odús que regem seu corpo físico. Mas, nem sempre uma mulher é considerada bela e atraente só pelo porte físico, mas, uma mulher inteligente pode ser altamente sensual e atraente, quando é guerreira, desinibida, inteligente ou misericordiosa. E não são só filhas de Oxum, pois não precisa ser Mãe de Cabeça de uma pessoa ou tá de frente pra liberar as bênçãos da beleza, basta ter grande destaque nos odús principais do físico... Quem tem a energia de Oxum agindo direto na regência ou influencia de seu Odú material, é como as que tem a proteção de Nanael o anjo de amor e beleza musical, como também artística. Assim também como quem tem Vênus ou seus domicílios destacados no mapa natal. Mas, falo aqui sobre este tema, pois é muito fácil e comum achar quem logo se designa como filha desse orixá. Hoje em dia com tanto culto a beleza, nos terreiros de todo Brasil todo mundo quer ser filho de Oxum. Não é bem assim! Filhas de Iemanjá´e Iansã ou Obá, também são lindas, tudo tem haver com uma configuração que vai além de um unico orixá.

Assim como tem filhas de Oxum que são horrorosas, pois são esnobes, sem graça ou sem sal e açúcar! Pois tem o orixá bloqueado ou negativo - enquanto filhas de Nanã ou Obualuaè, podem ser mulheres lindas de traços mais fortes, meio rústicos, mas, altamente atraentes e sensuais, pois tem uma configuração que traz associados traços eróticos, místicos e altamente femininos... Por isso antes de se dizer de tal orixá e renegar sua verdadeira ancestralidade, tome cuidado... Axé!

Aquário e a beleza...

A beleza tá nos olhos de quem vê! E nessa nova era em que estamos adentrando, as aparência vão ficando cada vez menos importante. Aquario vai despertando nas pessoas a busca pelo novo, assim nem sempre o que oferecemos ao outro será aceito como seu padrão e gosto. Cada um escolhe seu padrão. E ai está o segredo pra nem sempre buscarmos o que queremos e como queremos, mas, como podemos e merecemos ter. Nada de desfazer no outro, tentar humilhar ou se achar superior porque acha que tem um estilo ou padrão privilegiado. Na verdade cada nessa nova era tem seu espaço...

Ciclos e mudanças - altos e baixos na vida das pessoas

Muita gente que tem uma vida considerada fácil! Tem muita grana sucesso e vida confortável. Mas, em certos momentos é como se algo apertasse o cinto! Ou seja, passa-se por um período de baques e dores inesperadas... Isso ocorre, porque todos nós trazemos uma bagagem cármica (abordo sobre este tema em meu livro), e ela passa a vida toda queimando o crédito positivo que trouxe e passa a debito, igualzinho um cartão de crédito... Enfim, da mesma forma que muitos nascem no vermelho e ao batalhar e evoluir espiritualmente num determinado momento, vencem e se tornam prósperos! Enfim, muitas pessoas mesmo tendo toda vida boa e grana do mundo, tem no fundo da alma um vazio e alguma coisa martelando dizendo o tempo todo "falta algo", mas, ela é surda, como mostrado nos Evangelhos, onde o rico no inferno, pede pra alguém avisar seus irmãos na Terra e Abraão diz: "lá já tem os profetas e sacerdotes, eles não ouvem porque não querem"! Pois é, tem muita dondoca, que prefere, dedicar-se a uma vida luxuosa e até luxuriosa, sem nunca se preocupar com seu lado espiritual e cármico, por isso muita gente, se acaba defecando e secando em dias finais doloridos. Muitos gastam mais com ração de cachorro que com coisas úteis! Gastam milhares de dólares em maquiagens importadas e não compram um livro, não cuidam do espírito e não fazem uma caridade! Colocam animais acima de pessoas e sentam no trono da arrogância! Muitos nem sabem que em vidas passadas foram sacerdotes, místicas e que veio com missões... por isso muitas vezes caem em desgraça e nas punições! Quando a cuidar de animais, é bom, louvável, desde que não vire paranoia e distorção da realidade - em primeiro lugar o ser humano. Tem milionários que deixam fortunas e gastam fortunas com cachorros, parecendo que são amorosos, na verdade, é que agem com arrogância e desprezo a ser humano e isso não tem nada de bom! Tudo a seu tempo e seu limite de bom senso...

Respeitemos e contemplemos o Sagrado

Todos nós sabemos a importancia da agua para nossa existência! Não é atoa que a civilização se desenvolveu em torno das praias e rios. E as pessoas que tem mais agua no mapa, é mais sensivel, mais romantica, mais sensitiva e mais profunda! Os antigos aprenderam a respeitar a saudar a agua porque sabiam muito bem não só da sua importancia, mas, tambem de sua força magica como elemento restaurador e magistrático.

Saudar Iemanjá é saudar a força criadora e vida da agua. Os antigos não saudavam apenas numa virada de ano, mas, rotineiramente. Hoje em dia as pessoas preferem pagar dízimos e reverenciar a manipuladores sensacionalistas e demagogos e esquecem de seu lado sagrado, ancestral e magistico. Não são apenas filhos de Iemanjá´que são ligados a maternidade, aos oráculos e a magia criativa, mas, quem tem Iemanjá próxima, perto do lar e da família também é altamente sensitivo. Que Iemanjá esteja com todos trazendo a fartura e a proteção necessária para o bem estar.

Diz as Escrituras "E o Espírito de Deus Pairava Sobre as águas...". Alguém ai sabe quem é esse espírito, o que ele fazia ao pairar no principio sobre toda aquela agua desorganizada? Que o Espírito de Deus paire em nosso ser e nos vivifique sempre! Que deixemos de ser bibliolatras e contemplemos o amor a magia criadora e ancestral. Deus não quer ofertas forçadas, sacrifícios por medo ou dízimos pra mentirosos, quer apenas que sejamos obedientes, contempladores e verdadeiros. Quando o anjo pediu a Abrão que fizesse o sacrifício de Isaac, foi pra ver até que ponto sua coragem e fé andavam juntas e até que ponto ele tava disponível. Por isso não pense que resolve sua vida apenas indo jogar flores no final do ano no mar, ou pagando a um pai de santo pra dar passes em você ou fazer oferendas. Tudo em magia é participação, outorga e direito...

Protegidas de Iansã e Pombagira

Mesmo quem milita a Umbanda há anos, até se diz médium ou tem uma vida sexual intensa, quando alguem diz "você tem pombagira"! Ó!!! caiu uma bando do mundo! "Eu tenho pombagira...?". Ai começam os questionamentos, todo mundo se dizendo filho de um orixá, mas, pombagira! Rárárá... Pois é, tem sim, pessoas que vem ao mundo aos cuidados de uma pombagira, de um éxu, ou até de um Egun poderoso... Por que acha que pessoas desorientadas cometem atentados como os de ontem nos EUA? Ou se transforma num Bin Laden da vida? Pois é, mas, ao contrário do que se pensa, essas linhas, em especial Pombagira nas mulheres não é uma linha do mal. Várias meninas tem como madrinha ou como mãe espiritual Bombogira... É isso mesmo. Por que acha que aquela menininha se apresenta atirada e sapeca iniciando sua vida sexual precoce? Mas, não é má, geralmente são incompreendidas, e muitas vão pro mundo do sexo como garotas de programas, ou são escravizadas até em outros países, por não cuidar simplesmente de seus odús e por ter sido deletadas de suas famílias, que além de não ajudar só atrapalham! Se alguém cuida e tem harmonia em seu odú, poderá ser sim uma pessoa de sucesso, carismática e de muito boa índole, mas, apenas 1 ou 2 em 22 conseguem ativar esse axé com maestria. A maioria vai pro mundo da prostituição, do crime, fetichismo, autoflagelação, falsa religiosidade ou mundo da loucura! Observe bem as menininhas que tem ai ao seu lado veja os traços e não vá com o ar de preconceito dos antigos religiosos e religiosos da moda, que acham que a Bíblia tem a resposta pra tudo ou que só ser cristão é a resposta... Seja observador e acima de tudo ouça seu ser interior...
 A filha de Iansã não desiste fácil do que é seu! Não tem medo, não desilude nas primeiras tentativas, tem sensualidade nos olhos e um pouco diferente de Oxum, não conquista esperando, mas, conquista avançando... Insã transmite a energia e sensualidade nos olhos, ao contrário de Oxum que esconde um pouco e deixa apenas a imaginação fluir... Insã, gosta de sexo, adora conquistar, mas, detesta inveja e traição! Não deseje a queda de uma Insã, pois é você quem acaba caindo...
 Dançar, orar ou contemplar o sagrado, tem um poder magístico incalculável! Mas, a dança tanto ativa o sagrado, quanto profana... Tudo depende da intenção e da ritualística que se investe. Uma dança erótica e profana num baile regado a drogas e luxuria, não tem o brilho e preciosidade de uma dança contemplativa, como as virgens faziam nos templos... Nosso corpo poderá ter a ressonância do Sagrado, mas, pode também refletir o demoníaco, tudo depende da forma que usarmos ele...

Os bichinhos transmitem além de amizade, energias positivas

Pra quem tem a mediunidade, o Chi e os odús em descontrole, cuidar de um animalzinho de estimação pode ser um ato que trará equilibrio a sua energia. Animais são bons não só pra alegrar, mas, também pra trazer junto com a companhia, uma estabilização do Chi. Mas, não confundam animais com gente, querendo gastar com coisas como se fosse pra uma pessoa, com excentricidade e esnobismo alucinado. Hoje em dia Pet shops, inventam as coisas mais idiotas do mundo pra lucrar as custas dos excêntricos e egoístas que acham que por ter um cão ou gato que não precisam mais do mundo e do ser humano. Animal quer ser tratado como animal e não como gente...

Tem pessoas que nascem com a missão de cuidar de animais, defender a fauna e flora, ou o planeta como um todo. Tem pessoas que conseguem uma afinidade com maior afinidade com os bichos, tem paixão pelos seres vivos e em especial compreendem melhor os animais de estimação. Mas, tem pessoas que não nasce pra ter animais de estimação ou que não gosta muito de bichos. Mas, não quer dizer que por causa disso ela tenha que maltratar, matar ou perseguir os bichinhos pelo contrário. Ou seja, não é pelo fato de seu signo, odú ou orixá não se dá muito bem com bichinhos que você terá que combatê-los. 

Mesmo que você não queira criar nenhum e sinta que os bichinhos não o simpatiza, mesmo assim você pode tentar ajudar não só os bichinhos como quem defende eles. Outra coisa que temos que saber é que cada um tem ligação com um tipo de animal. Alguns se dão mais com gatos, outros com cães, outros com aves, outros com cavalos e assim por diante. Da mesma forma tem os que se dão bem com toda natureza e qualquer tipo de bicho. Assim também como tem quem não se dá bem com bichos e tem alma urbanista e não ligada a selva ou ao mundo animal. De qualquer forma, nunca maltrate ou abandone um animal.

Temos que sentir e ouvir mais a Mãe Natureza e os orixás

Em muitos momentos as pessoas se sentem perturbadas e desnorteadas, mas, não param pra ouvir seu ser inteior, os lementos, a natureza, Deus ou seu inconciente. Muitas agem por impulso, sem equilibrio e sem noção. Por isso acontecem os crimes, as traições, as magoas eternas e as palavras que não deviam ser ditas. Os antigos magos, ao meditar tentavam ouvir o canto dos pássaros, o barulho de uma cachoeira o trepidar das folhas ao vento, enfim, se conectar ao Criador, a Mãe Natureza e ao sagrado, respirar e sentir o plano espiritual, assim muita besteira deixará de ser feita...

As pessoas pegaram o hábito, em se tratando de Umbanda e Candomblé, por exemplo e urbanizar demais a Umbanda e encerrar o unbandismo em apenas incorporação, festas comemorativas e rituais em templos, com atendimentos e muito teatro. Na verdade a parte principal da Umbanda é o indivíduo achar seu centro, conseguir expandir sua vibração, se conectando a Mãe Natureza e aos orixás. O principal é ele se harmonizar consigo mesmo e não ficar preso apenas aos fetichismos e teatralização da Umbanda.

Ogum e Oxóssi - e as filhas de orixá


A filha de Oxossi, dependendo do par vibratório e dos odús em formação, é a mulher perfeita pra casar, boa cozinheira, gosta de cuidar do lar, de cuidar do jardim e dos filhos. É a mais fiel, compromissada e tudo que toca tem fertilidade. Com as bençãos de Oxossi, o homem paciente que sabe agradecer as dadivas, ao casar com uma filha de Oxossi prospera e tera um lar feliz...

As filhas de Ogum, que quase em sua totalidade tem Maria Padilha de Frente ou atuando na sua vida material e sexual, são destemidas, tem características bem semelhantes as de Iansã, são sinceras, sensuais mas, menos envolventes que as filhas de Oxum ou até de Iansã. Na verdade tudo depende da formação do par vibratório e dos odús como um todo. Mas, geralmente são mulheres guerreiras, que quando em energias e axé negativos, podem ser mulheres adulteras, mentirosas e ligadas a prostitução. No entanto, num plano bem positivo e espiritualizado, são protetoras, boas amigas e muito corajosas. Capazes de dar a vida por um ente querido e capazes de matar quando estão com raiva. São pessoas de muita energia, que odeia serem traídas, invejadas ou desafiadas... Salve Ogum, salve Maria Padilha!

As correntezas e forças que nos levam pelo mar da vida

Quase todas as pessoas, especialmente as mais velhas, já vivenciaram histórias que deixaram sua alma confusa, em relação a vida sentimental. E é comum acontecer com jovens, especialmente adolescentes inocentes. Estou falando de pessoas que cruzam nosso caminho que geram paixões intensas, supostos "amores" que nos tiram o sono e que ficamos sem entender que força é aquela que nos tira do eixo.

Assim é comum ver meninas lindas se envolver com cafajestes, bandidos e pessoas de má índole, se entregar pra eles, como se tivessem cegas, nem aceitar conselhos. Você pode nem acreditar, mas, essa fascinação não é por acaso ou natural. Tem uma pequena parcela que são os amores a primeira vista, são reencontros de almas, mas, são raros e só acontecem pra poucas pessoas.

A grande maioria que acaba com gravides precoce, abandono e depois em ódio e até morte, são apenas ilusão, quando homens mais experientes, acabam ludibriando, iludindo e confundindo garotas jovens. Tem os que fazem isso com dinheiro, oferecendo a elas uma vida boa, promessas e mais promessas e se fazendo de homem perfeito. Mas, tem uma parcela ainda mais perigosa que são os que mexem com forças ocultas, pactos e energias perigosas. Que neste mundo midiático de hoje as pessoas preferem fazer piadinhas que acreditar, mas, existe e sempre existirá...

Nossa vida é como um barco no rio da vida, que vai encontrar ondas fortes, monstros marinhos e ataques de piratas, por isso ficar atentos e confiar em amigos sinceros é sempre um bom caminho de saída...

Axé e que Iemanjá proteja a todas as pessoas ingênuas contra ataques malignos...

Os magnéticos, elegantes e lindos filhos de Oxumaré

 As filhas de Oxumaré, tem misticidade nos olhos, em muitos pontos são parecidas com as filhas de Oxum, são até confundidas em muitos terreiros, mas, há algo mais, como também uma mescla de maior ancestralidade de magia na alma, vibradas e fundidas da linha de Obaluaê, irmão de Oxumaré e de Ogum, o orixá guerreiro que também forma em algumas manifestações par com Iemanjá. As filhas e filhos de Oxumaré, adoram sexo, oráculos, magia, assuntos místicos e são honestos, generosos, mas, também, vingativos quando provocados. Se forem humilhados, abandonados ou atiçados, podem ser terríveis e com uma língua muito ferina. Mas, em geral, no auge de sua positividade, os filhos e filhas de Oxumaré, especialmente quando formam par com Oxum na cabeça do filho de fé, são altamente sensuais, desejadas, admiradas e tem uma misticidade que salta aos olhos com um dom magístico e premonitório incrível... Arromboboiô Dan...
Oxumaré é Babalawô, com forte dom de adivinhação, quase equivalente ao de Orunmilá. Além de poder de cura e de magia. Por isso seus filhos e filhas, tem características de vidência, a capacidade de ver coisas que não estão visíveis a olho nu. Claro que, com tudo isso, as características dos filhos de Oxumaré não poderiam ser outras se não a capacidade, ou tendência, à renovação e mudança constantes, sendo então apresentados como pessoas que de tempos em tempos, rompem com todo seu estilo de vida, sendo capazes de abandonar tudo, desde o emprego até as amizades, para começar um novo ciclo.

Para alguns os filhos de Oxumaré, tem tendências de desenvolver homossexualidade, que pode não ser logo na infância, mas, já em idade adulta. Tanto homens como mulheres. Mas, há filhos de Oxumaré que não apresentarão esses traços. Esses filhos também são muito elegantes, alegres e simpáticos, fazem amizade facilmente, adoram sexo e tem medo de relações duradouras ou tá com o coração preso. Por isso lutam muito pra não casar e mesmo casados podem jogar tudo pro ar a qualquer momento.

Carlinhos Lima

Em defesa da Umbanda: a Umbanda Astrológica e seus conceitos

É mais do que certo que as pessoas tendem a rejeitar e mais que isso, criticar, atacar, zombar e ridicularizar, aquilo que não conhece. Mas, não só quando não conhece ou não entende, mas, quando tem medo. A astrologia, Umbanda e tantas outras crenças, são rebaixadas a um nível onde só mentes pequenas são capaz de enxergá-las.

Só que com toda sinceridade, isso é culpa certamente dos próprios divulgadores, isso porque os falos mestres que militam todos esses mundos de crenças, dogmas e fé, geralmente causam mais barulho do que os mestres prudentes e conscientes. Ou seja, o espetáculo, a pirotecnia, a prepotência, a ganância e o abuso dos conhecimentos, causam medo nas pessoas.

São as pessoas imprudentes do próprio meio que causam intolerância, pois incita ao repúdio, ao medo e a ignorância. Tem cara que se acha pai de santo, abre um terreiro e passa a falar em coisas que supostamente diz fazer, mas, que nem sabe o que é. E geralmente aumentando muito os fatos que amedrontam as pessoas. Isso causa medo, gera estigmas, causa lacunas na alma da pessoa e cria um conceito ou várias, totalmente deturpados e absurdos.

Muitos desses imbecis imprudentes, se dizem com poderes miraculosos pra ganhar dinheiro e causa horror e asco as pessoas. De outro lado, temos uma coisa curiosa com religiões tradicionais cristãs ou abramicas, como o Islamismo, Judaísmo e o Catolicismo que também se firmaram apresentando um "deus cruel" (fala em Deus aqui com letra minúscula, pois não vejo Deus como cruel e sim como amor), amedrontando as pessoas e causando distúrbios enormes na vida das pessoas. Porém esse marketing do medo, usado muito especialmente pelos líderes religiosos cristãos, deu certo por diversos fatores. Primeiro que sempre foi feito com poder, ou seja, a espada foi usada em muitas ocasiões na história das igrejas, segundo com apoio da política. Já as outras crenças ao contrário foram vítimas, não tem nenhum desses dois poderes, assim foi sufocada. E hoje em dia, mesmo não sendo mais tanto a fio de espada, mas, o marketing desses religiões continuam poderosos, controlam a mídia e inseriu no inconsciente coletivo estigmas quase irreversíveis sobre as outras crenças.

Primeiro a batalha das religiões poderosa foram pra fazer com que a Bíblia e suas escrituras, fossem aceitas como "a Palavra de Deus", que se tornasse inquestionável, depois usou-a de forma selecionada pra inserir teologias que garantisse subserviência e medo.

Ao colocar a Bíblia como totalmente "a Palavra de Deus", ao cidadão ler lá, que tem que pagar dízimos, que astrologia é coisa do Diabo, que mediunidade é coisa ruim, que os padres tem que ser venerados e obedecidos e que a Igreja é de Cristo. Quem tem a ousadia de contestar? Ai meu caro amigo, você está a se questionar a me bombardear com suas queixas se perguntando: "mas, a Bíblia não é mesmo a Palavra de Deus?" E eu não vou arregar a sua pergunta não! Respondo-lhe facilmente: Não a Bíblia não é em todo seu conteúdo a palavra de Deus! Ela carrega fatos, fragmentos, revelações e histórias inspiradas, porém já foi revisada várias vezes, adulterada, mau interpretada e complementada. Nem tudo que tá lá é palavra de Deus, aliás, muito pouco. Mas, o marketing da igreja, depois de muito questionamento teve que admitir, mas, continuar com a estratégia "a Bíblia foi escrita por homens, mas, inspirada por Deus". Ou seja, dá na mesma. Será que deus se contradiz, será que Deus coloca tanta inclinação política em suas palavras? Porque o Antigo Testamento inteiro é uma história de um povo que se acha acima dos outros, que usa revelações atreladas a conceitos políticos.

A Bíblia não é verdade absoluta, não tem resposta pra todas as perguntas, os hebreus não é o povo de Deus exclusivo, mas, sim todo ser humano e Deus não se apresentou apenas em Israel. Ele se comunicou em todos os cantos do mundo, desde os povos mais primitivos aos mais evoluídos de cada época, com diversos nomes, diversas formas e se o compreenderam mal ai é culpa de quem não teve capacidade. E dito mais, muito do que está na Bíblia são mitos e histórias extraídas de outros povos e culturas... Quem tem ouvidos ouça... se quiser! Se não quizer pode continuar achando que porque comprou uma Bíblia, paga dízimo e vai a igreja nos sábados e se tornou bibliografara, é suficiente pra sua iluminação espiritual... As verdades são bem mais profundas do que simplesmente ficar lendo e relendo a história de Israel ou os textos dos evangelhos. Todos temos caminhos, missões e deveres que em muitas pesas, certamente na maioria vão além dos preceitos bíblicos.

  Carlos Lima Pesquisas

A baixa estima ou autoestima exagerada...

A baixa estima é uma fraqueza prejudicial, pois as pessoas podem deixar de usar o que podem e o que sabem por medo e falta de confiança. Mas, autoestima exagerada, é tão prejudicial e perigosa que pode causar estragos até maiores do que a baixa estima. Isso porque quem tem autoestima exagerada, deixa de se analisar, de analisar os riscos e acha que tá sempre pronto pra vencer e fazer o seu melhor, quando na verdade nada que façamos tem 100% de certeza do sucesso. Assim quem é bom e se considera excelente, pode ser jogado pra baixo, quando o resultado não é esperado e ele ouve "você não é tão bom assim!".

Tudo tem que ter equilíbrio e harmonia. Por isso no Zodíaco o eixo é inicial dos Cardinais é formado por Áries-Libra, a força, impulsividade e coragem dos arianos, com a harmonia, ponderação e equilibro dos librianos. Assim, ariano sensato é aquele que sabe captar seu lado harmonioso de Libra. Pois não existem pessoas de um único signo, na verdade todo zodíaco atua em nós.

A pessoa muito confiante nem sempre é bom, a não ser que ela tenha prudência e sua confiança seja dentro de seus próprios limítes. Tem mulheres por exemplo, que se acham o máximo, as mais belas, as mais desejadas e acha que onde chega ou o que faz é inigualável. E não é bem assim, até que um dia ela se vê trocada por uma de suas amigas que ela até achava inferior a ela e ai vai perceber que a vida não é como queremos e sim como podemos. Tem gente que tem uma avaliação miópe da própria imagem e se acha o "rei da cocada preta", mas, a realidade é bem diferente. Da mesma forma que baixa estima é ruim, querer se colocar acima do que realmente é, pode ser até mais grave.

É como o cara que se acha o garanhão e vai pra cama com uma mulher que ele acha ser apenas mais uma e depois de transar pergunta "foi bom pra você?", esperando claro um derretimento e bajulação total, quando ele houve "já tive melhores...!" ou pior "achei que você era bom de cama, mas, vi agora que não...". Esse momento pode ser um trauma pra este ser excêntrico, egocêntrico e insensato, que jamais ele esquecerá. Só que mesmo assim, muitos não dão o braço a torcer, pois estão inebriados numa trajetória de ilusão e de arrogância, soberba e indignidade. E ao invés de tentar mudar a postura, pelo contrário, criam outras histórias mentais, como atacar a pessoa que realmente lhe avaliou bem e falou a verdade.

Tem pessoas que chegam a brigar em escolas, quando faz uma coisa se achando excelente e de repente recebe apenas uma nota boa. E ao invés de achar bom e se ater a ser igual aos outros, coloca culpa no professor, se sente perseguida, pois o ego é tão grande que só serviria pra ela a nota de "excelente". Modéstia em demasia não presta, mas, se nenhuma modéstia é uma desgraça pra alma.

Shalom a todos!

Carlos Lima Pesquisas.

Amar é dar-se ao outro com verdade e sinceridade

A palavra hebraica para amor - ahavá - vem da raiz hav, que significa dar, o que já indica quão importante é saber "doar-se" ao "bechirat libó", o eleito de seu coração.

Segundo o Zohar, o relacionamento amoroso é a união de duas metades de almas que foram colocadas em corpos separados quando a alma desceu à terra. Nos planos Divinos essas "almas gêmeas" vão ser reunidas através do casamento. Mas não podemos esquecer do livre arbítrio. Por isso, apesar de D’us estar envolvido na predestinação de cada par, a decisão final cabe ao indivíduo, já que cada um de nós pode interferir em seu próprio destino .
O próprio Todo-poderoso, ao criar o homem, percebeu a necessidade deste ter um companheiro fiel que o acompanhasse ao longo da vida. "E disse o Eterno : "Não é bom que o homem esteja só" ( Gênese 2:18). E D’us criou Eva a partir da costela de Adão, assim ordenando: "E é por isso que o homem deixará seu pai e sua mãe, e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne" (Gênese 2:24).

A Toráh afirma: "D’us criou o homem à sua imagem. Na imagem de D’us, Ele os criou, homem e mulher. Ele os criou e os abençoou e lhes disse: "Sejam fecundos, multipliquem-se" (Gênese 1:27).

Em uma primeira análise, o Shir Hashirim, Cântico dos Cânticos, um dos mais belos livros da Bíblia, de autoria do rei Salomão, parece ser uma canção de amor entre um homem e uma mulher. O fato de o rei Salomão ter utilizado o amor entre homem e mulher como alegoria mostra o quão poderoso e sagrado deve ser o amor – pois sagrada e indissolúvel é a união entre D´us e seus filhos.

A união e o amor entre os cônjuges são descritos com insistência nas biografias dos patriarcas (Abrahão e Sara, Isaac e Rebeca, Jacó e Lea e, mais tarde, Jacó e Raquel. Estes dois últimos vivem uma das mais bonitas histórias de amor em toda a literatura, uma relação repleta de devoção e ternura.

Com Isaac e Rebeca o texto bíblico relata o primeiro casamento conhecido na história da humanidade. Descreve Rebeca entrando na tenda de Sara, a falecida mãe de seu futuro marido. O Midrash indica que os milagres que se realizavam através de Sara e que haviam cessado com a sua morte, reaparecem através de Rebeca.

Mulheres que buscam princípes, mas, só acham sapos

As pessoas são diferentes, nunca encontraremos uma igual a outra. Pode até ter alguém bem parecido, podendo chegar até um percentual alto de combinação, semelhança e entrosamento, mas, jamais serão totalmente iguais, nem mesmo gêmeos univitelinos. E assim cada um vai se desenvolver de um jeito, mesmo tendo nascido da mesma mãe, do mesmo pai, no mesmo ambiente e tendo a mesma ancestralidade. Isso porque há conexões diferentes em cada um, o tempo é sentido passo a passo de forma diferente, as coisas são absorvidas de forma diferente por cada um. Perceba que dois indivíduos no mesmo local, tendem a enxergar e interpretar a mesma cena de formas diferentes. Como bem se disse, há a minha verdade, a sua verdade e a verdade! Bem, sabendo que cada um sente a vida, interpreta e vive de forma bem própria, sabemos que cada um tem seus conceitos, preceitos e desejos bem íntimos, além de somá-los a outros que vem de seu exterior e é essa salada que vai formando os códigos da alma.

Por isso é difícil dizer o porque que uma pessoa ama outra ou a rejeita. Se perguntarmos, cada uma dará uma definição do que gosta e do que não gosta da outra, mas, no fundo ninguém sabe o motivo exatamente. O amor, nasce de uma configuração complicada, que vai desde o desejo, a carência; desde a admiração a buscar aquilo que não temos; desde a beleza ao exótico e assim é difícil entender, interpretar e desvendar os segredos do amor! Como se diz nos poemas, "o amor tem razões que a própria razão desconhece".

Porém eu já penso um pouquinho mais diferenciado dessa afirmação, ou seja, eu acho que tudo tem uma razão, uma causa e provocará efeitos, sensações e será a sequência de algo que precisaríamos ou não viver. E o amor, por ser a maior força do universo, tão quão a morte e a vida, sem dúvida terá sempre suas razões e causas.

Pois bem! Em se tratando de amor, gosto mais de falar das mulheres, pois as acho mais geniais, mais admiráveis e mais profundas que os homens, que a meu ver, na sua imensa maioria são toscos, rasos e quase sempre vazios (com poucas exceções). E em se tratando de amor, vemos que a fantasia ou o mundo da fantasia, tem uma ligação bem forte com o mundo dos sentimentos. Não é a toa que as histórias de amor no cinema vendem tanto, assim como também os livros e histórias que fazem as pessoas chorar e se identificar.

Uma coisa que a vida prática e contemporânea vem tentando substituir, mas, jamais conseguirá, que é o sentimentalismo, o apego ao outro e a vontade de se juntar, seja ou não alguém do mesmo sexo, pois o amor acontece independente do gênero. Mas, vemos que as fábulas nos falavam de magia, de sapos que se transformavam em príncipes e dessa história nasceram as piadas mais hilárias, mudanças e adaptações. E vemos ao longo da história que mulheres deixaram sua vida passar e passar, esperando um príncipe que nunca veio, enquanto a maioria ficaram mesmo com o sapo que nunca se transformou. Talvez também porque o beijo não tivesse a magia certa pra fazer o milagre acontecer, mas, a verdade mesmo é que raríssimos sapos tem a magia que os transformam em príncipes.

Mas, temos raríssimas exceções, mulheres intuitivas, que tem saber oculto na alma, que jamais cairão nos braços de sapos, ao contrário, acabam afastando-o pra bem longe... Mas, elas são raras, elas são as bruxas do bem, que tem percepção e enxergam os sapos no seu íntimo e antes mesmo de tentarem já sabem que eles não se transformarão e por isso, jamais caem no seu coachar. Mas, infestante, sabemos que o que tem de pererecas, dando vida boa e prazer a sapo, nem o IBGE conta...

Feliz mês das mulheres! Tem mulher lamentando que seu dia acabou, mas, na verdade este mês inteiro é pra ser dedicado a mulher... E na verdade todo dia é dia da mulher, sem ela a vida seria monótona e uma droga... Shalom a todos!

Carlinhos Lima.

Só se chega a Deus e compreende ele quando estiver pleno de amor...

“Há uma só religião, a religião do amor. Há uma só linguagem, a linguagem do coração. Há uma só raça, a raça da humanidade. Há um só Deus, e Ele é onipresente.”
―Sathya Sai Baba
Essa afirmação de Sathya Sai Baba, é muito bonita, emocionante e provoca fervor nas pessoas. Acho que seria a solução de todos os problemas. Mas, levando em conta que o coração é um dos grandes problemas do homem e que em se falando de amor, mesmo eu considerando-o um poder divino e universal, imutável, límpido e Sagrado, nós em nossa limitação humana, aprisionados a tantos outros sentimentos não conseguimos senti-lo da mesma forma. Talvez por isso muito poucas pessoas conseguiram sentir realmente a essência tanto de Deus como do amor. Por isso cada um tem sua forma própria de sentir o amor e de acreditar num único Deus.

E talvez a verdadeira iluminação e elevação ao divino, seja o homem ter a capacidade de sentir este amor tão elevado de uma forma tão original que qualquer um que atinja o mesmo patamar, consiga senti-lo na mesma intensidade e da mesma forma ou frequência. E este amor certamente é o que todos os magos sérios e sinceros, buscaram ao longo do tempo. Essa talvez seja sim a resposta real da "Pedra Filosofal" ou "Sabedoria oculta da filosofia cósmica". 

Descobrir a "Pedra Filosofal" real pessoal é descobrir sua verdadeira essência, dominar seus desejos, direcionando-os para tudo aquilo que não só faz bem a sua alma, mas, eleva seu espírito. Não é nem de longe se sacrificar porque sentiu desejos, por exemplo do ventre ou sexuais, mas, compreendê-los e dominá-los. Saber usá-los bem e não ser escravizado por eles. Pois nunca vamos ouvir o verdadeiro amor falar a nosso espírito e nem compreender o que realmente Deus quer de nós, se nossa mente for dominada, totalmente povoada por desejos que nos causam descontroles, conflitos internos, medos e rancores. Deus só será compreendido, por aquele que primeiro compreender o amor. Sem o amor não se chega a Deus. Mas, não estou falando de amor entre pessoas, mas, de uma amor elevado, mais inclinando em aceitar e compreender a vida, saber por quais motivos temos que aceitar a morte, como também de que forma temos que honrar esta vida a nós concedida.

Por isso quando o mandamento nos diz "amar ao próximo..." há o complemente "...como a si mesmo". Porque pra amar a si mesmo, primeiro tem que compreender primeiro o amor no nível interno. Mas, podemos entender também  o amor entre as pessoas, estendendo o conceito de amor real, sincero e original. Ou seja, não dá para amar ninguém, se não tiver nos sentimentos uma mescla de amor, justiça e verdade. E essa é a chave para a compreensão tanto de Deus, quanto da vida e de si mesmo, como também do outro.

Carlinhos Lima.

Se quer viver um novo amor, primeiro limpa teu coração e se livra do passado.


“Purifica o teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda num recipiente sujo.”
―Pitágoras
Essa mensagem de Pitágoras é muito forte e serve pra dá um puxão de orelha em muita gente! Ou seja, tem muitas pessoas que tem o coração ocupado a vida toda com lembranças que já deveriam ser enterradas há muito tempo e preferem ficar remoendo, saudades, desejos e "amores" que jamais serão bem sucedidos, mas, não querem admitir que o coração tá sujo. Ai ficam o tempo todo se lamentando no casamento ou se perguntando "porque não consigo ser amada por ninguém?". Bem, homem conscientemente não enxerga nada, nem coisas mais óbvias, como se por exemplo a sua esposa corta o cabelo, compra uma roupa nova ou um novo perfume que ele não vai notar facilmente. Porém, o inconsciente do homem que muita gente erroneamente, tenta diminuir ou dizer que a intuição masculina é fraca, mas, na verdade não é! Ou seja, é mais fácil um homem chegar junto numa mulher que é casada e não ama o marido, que se interessar por uma mulher que não tem ninguém, mas, tem um coração inclinado a outro homem. Assim muitas mulheres estão sozinhas e nunca encontram um amor, por causa justamente disso. Ou seja, fica remoendo paixões por vagabundos, fica se envolvendo em casos sem futuro e tem o coração ocupado e o homem sabe disso inconscientemente. Ele se jogará de cabeça muito mais fácil, atrás de uma mulher que tem companhia, mas, tem o coração limpo, do que por uma mulher solteira que acha que ama alguém.
A mulher, que tem um sexto sentido mais forte, um inconsciente bem mais profundo e tanta sensibilidade, costuma a agir diferente e não usa o poder que tem. Assim ela se envolve muito mais fácil com um homem que ama outra do que com um homem que tem outra e não a ama. Ou seja, grande parte das mulheres tem como fantasia, ilusão ou fetiche, a mania de se dar missão de conquistar homens difíceis, de tentar converter, modificar ou convencer homens que pareçam sem futuro. Até em meninas adolescentes, vemos isso facilmente, como elas se apaixonam fácil por caras que já tem namorada, por caras mais velhos, quase sempre cafajestes, até bandidos ou sem noção.
O homem não tem os sentidos que a mulher tem, mas, é mais cismado quanto a perder tempo com mulheres difíceis. Já a mulher tem mais intuição e costuma muito mais vezes buscar os homens mais complicados e sem futuro. E isso vai desde as novinhas as mais experientes. Até mesmo mulheres casadas vividas e com inteligência, quando pende para essas questões, adoram se envolverem com vigaristas. Elas desenvolvem seu fetiche interior, especialmente se tiverem muita libido e amarem sexo.
Então mulheres que estão sempre se perguntando "porque estou só, ninguém me quer?" a causa pode ser essa, coração sujo. Livre-se de paixões que já venceram; esqueça o cafajeste que passou e graças a Deus não voltou mais; pare de perder tempo com canalhas e ai você vai ver se logo não vai aparecer alguém novo e com amor pra dar! Limpe seu coração. Não viva de lembranças do passado, faça um novo projeto de futuro. Ninguem é insubstituível, ninguém é tão especial pra você passar sua vida, se remoendo como se tivesse em meio a uma maldição sem saída! Viva, liberte-se!
Carlinhos Lima. Shalom

segunda-feira, 17 de março de 2014

Pombagiras: O poder sensual e de conquista da mulher

 Falar de religião é uma tarefa espinhosa, especialmente pra que é opositor a sua religião. O problema é que o famoso "religare" pode nos ligar a muitas vertentes e objetivos! Não é a toa que uma várias igrejas são abertas o tempo todo no Ocidente! Enfim, falar de religião não é fácil. Porém quando é uma religião que tem o marketing de uma nação inclinada a uma filosofia é mais fácil. Ou seja, no Brasil por exemplo, ser cristão é bem mais fácil do que seguir outras religiões. E por isso, até as religiões de outras origens, como as de nações africanas por exemplo, se inclinaram a sincretismos e mesclagens pra se sentirem mais aceitas. E nessa busca por aceitação e diminuição das perseguições muito da Tradição dessas religiões ou caíram no esquecimento ou foram deturpadas.

E assim hoje no Brasil, encontrar um terreiro de Umbanda pura ou de Candomblé puro é uma tarefa árdua. E dos milhares de templos e terreiros país a fora, poucos são realmente de uma religião puramente original. Na verdade a maioria hoje são de centros espíritas se passando por templos de Umbanda. Isso porque o Kardecismo uma outra religião mais dominante, mas, que também se rendeu ao cristianismo vem sufocando a Umbanda fortemente. Mas, não é culpa do Kardecismo e sim dos sensacionalistas que não estudam direito e querem seus templos mais "aceitaveis" num país cristão como o nosso.

Assim temos pais e mães de santo abrindo seus trabalhos com a Bíblia na mão e o Livro dos Espíritos na outra! E o que eu tenho contra a Bíblia e os livros kardecistas? Nada! Mas, se sua vertente é esta diga que é kardecista ou cristão e não umbandista! Bem é quase inútil tentar fazer as pessoas entenderem o porque uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Mas, estamos aqui pra bater sempre na mesma tecla incansavelmente. Assim volto a repetir! Umbanda não é Kardecismo, e vice-versa... Uma não tem nada a ver com a outra.

Não é porque se incorpora espíritos dá-se passe e entidades trabalham que as duas são o mesmo caminho. Na verdade, a filosofia, tradição, ensinamentos e visão é completamente diferente. Não é porque o Islã tem um único Deus, tem um livro sagrado e é do Oriente Médio, que você vai misturá-lo com Judaísmo! Nem misturar Budismo com Hinduísmo, porque ambos falam em reencarnação. Seria como dizer que cerveja e vinho são a mesma coisa porque tem teor alcoólico e embebedam...

Bem, tenho visto tanta asneira nesses anos de pesquisa que confesso já pensei várias vezes em deixar a Umbanda de lado, pois não há quase mais nenhum praticante que queira buscar a essência da Umbanda original e sim apenas  mesclas ou patacoadas. Hoje tem Umbanda de todo tipo, menos Umbanda. Quando surgiram reformadores como Pai Matta e Rivas Neto, parecia que a Umbanda iria aflorar, mas, eles tanto exageraram em muitas coisas, como se perderam em outras, até porque era apenas inícios de processos de reformulações. Mas, ai não surgiu mais ninguém com intuito de resgatar os códigos de Umbanda, só escritores escrevendo romances e ficções, tentando passar isso como Umbanda.

E assim o que aconteceu foi que entidades se tornaram muito populares, mais do que mereciam ou teriam realmente o papel indicado na Umbanda e outros de suma importância sumiram do mapa. Agora onde quer que se vá só dá gente que trabalha com pombagira, Zé Pilintra, Exú e Encantados das mais variadas formas. Bem nada contra essas entidades, mas, sim contra o exagero. Tudo existe dentro de um contexto, de uma linha, de ciclos, de necessidades de hierarquias. Mas, as pessoas não querem respeitar isso, pois usam a seu bel prazer, pra lucrar, lucrar e ganhar "poder".

Mas, não é assim que a banda toca. Umbanda não existe sem ritualistica, sem sistema orácular e a parte de incorporação que muitos lugares, usam muito mais como pirotecnia, nem tão importante é. O importante é a liturgia, a ritualistica, o conhecimento ancestral e a mensagem trazida pelos oráculos. Não leve muita fé em que fica o tempo todo incorporando como se fosse um aparelho se conectando a internet.

A grande causa da camuflagem da Umbanda é sempre se tornar mais aceitável. Ou seja, mesmo que lá dentro os caras estejam fazendo todo tipo de macumba, mas, no nome, na apresentação e na forma como é apresentado o templo tem que ser tudo no branco, nos santos católicos na parede, no puritanismo, nos enfeites, nas festas, festas e festas o tempo todo... isso é bem popular!

E por falar em puritanismo, vemos que se fala em pombagira em todo lugar, mas, de duas formas. Tem os que exageram no abuso de magias, alegando que traz o amor rapidamente, que faz e acontece e assim por diante... E os que mesmo falando em pombagira, adorando sexo e usando a energia o tempo todo, tem um grau de puritanismo, quase monástico! Tem pessoas que usa pombagira o tempo todo, mas, nas apresentações e imagens, só falando vesti-la de freira!

Meus irmãos a pombagira é acima de tudo a entidade que trabalha a sexualidade, o carma sexual e a magia sexual. Ela se apresenta sim como uma mulher fogosa e não como uma cigana com vestidos compridos e jeito de recado. A pombagira é a essência da sensualidade e revela o lado sexy da mulher. Também revela a liberdade e o despudor, que o patriarcado tanto perseguiu. Ela é sim a essência da mulher que ama, que goza e que se apresenta de variadas formas. Ela pode aparecer nua, de lingerie ou como uma mulher tipicamente normal. Cada carma e cada provação dirá como ela vai agir. Mas, em suma sua essência é sim de uma mulher envolvente e de poucas roupas.

Ela está nos bailes funks ou qualquer outro baile, na figura da piriguete, da novinha que dá pra qualquer um, na mulher casada que pula a cerca, na novinha que deu pro homem casado, que engravidou do namorado e que faz sexo com muito fogo. E não na mulher recatada que quando ouvi um palavrão quase desmaia de vergonha, que nunca cruzaria as pernas em público ou andaria sem calcinha! Ela é realmente a quebra dos paradigmas, das barreiras e das tradições repressoras.

Porém prestem bem atenção! Cada linha age de um jeito, cada mulher recebe essas linhas de um jeito e nem toda pombagira cuida apenas de sexo. Tem pombagira que atua na mulher profissional, executiva, delegada, médica, enfermeira e em variadas missões. Não só para o sexo e sim para ajudar a mulher em sua missão cármica necessária.

No entanto, não se prenda aos clichês aos showzinhos pirotécnicos e as manifestações padronizadas. As pombagiras ancestrais não se prendem aos palavrões e atos obscenos. As que se apresentam com muita patacoada, são kiumbas, eguns, espíritos camuflados ou apenas animismos. Espera ai! Mas, e a pombagira que descrevi como quebrando barreiras e tal? Bem ser sensual, tirar a roupa, ser sexy, envolvente e defender a sexualidade é uma coisa, ser vulgar, baixa, desbocada, violenta e horrível é outra. Esqueçam os teatros, pombagira rainha ou chefe de falange é super sábia, culta e conhecedora da alma, uma completa psicóloga, até mais que Exu que tem uma outra linhagem mais primitiva...
 Uma coisa interessante se nota mesmo dentro da Umbanda e no meio de umbandistas que se dizem chocados com perseguições e preconceitos, que é o puritanismo. Muitos ardendo de desejo, muitos até adulterando, transando rotineiramente, mas, ver uma pessoa nua, falar de sexo ou admitir que tem desejo, parece que vai gerar a punição eterna! E por isso as entidades de esquerda, parece que vão passar mais um século ou séculos inteiros sem serem entendidas. Poucas tem a essência e coragem necessária de trabalhar seus chacras, seu chacra sexual e sua bioenergia por inteiro e com firmeza.

A pombagira real, na sua essência original é uma mulher despida, sem medos, por ter passado sofrimentos, perseguições, não ter onde colocar a cabeça. Apenas as Rainhas, que são falanges mais interligadas as cortes dos orixás é que se apresentam com roupas mais finas, são coroadas e tem potencial de orixá. E por falar nisso, tenho visto tanta babozeira nos ultimos tempos que tenho que olhar bem se estão falando de Umbanda ou de outra  coisa. Já vi um cara dizer outro dia que "Umbanda não se faz com orixás e seu dever não é cultuar"! Como cara-pálida? Umbanda sem orixá não é Umbanda! Certamente o seguimento de quem defende isso é kardecismo e não Umbanda.
 Tem muita gente envolvida com sexo mundo a fora, não falo das pessoas com rotinas normais. Mas, as que vivem adultérios, que querem conquistar a pessoas impossível, que quer comer muita gente e assim por diante... E essas pessoas que vivem problemas no amor e sexo, vão aos terreiros e templos, querendo soluções a todo custo. E ai está a fonte que movimenta milhões por ano. Assim quem quer resposta a todo custo, paga pra isso, gera quem vende informações e trabalhos a todo custo. Quase sempre sem saber, sem respeitar as leis maiores, como a de Pemba por exemplo. Mas, o que importante pra quem quer e quem procura é magia. Assim a Umbanda vai se deturpando a cada dia!

A sexualidade humana é um dos temas mais desafiadores, não pelo ato em si, mas, por tudo que foi criado em torno dele. Os conflitos gerados pela psique humana, surgiram desde interferências lunáticas de sectários e fanáticos de religiões cheias de falsos puritanismos, como também do abuso de reformistas ou libertários cheios de anarquias estúpidas. E assim tanto a vontade de frear quanto a de expandir as relações sexuais foram burras, exageradas e geraram confusões tremendas.

Tem gente que lucra e muito mundo a fora com o sexo, tanto os que vivem do comércio do sexo, quanto os que vivem falsamente "negando o sexo"! Muitos criam igrejas sensacionalistas pra lucrar e arrecadar, e claro, o comportamento sexo, tá sempre envolvido nas pregações sem nenhum embasamento psicológico, filosófico, teológico ou espiritual.  Muitos desse pregadores, travestidos de moralistas, passam uma imagem de quase assexuados, mas, na vida privada gemem e gozam, com todo fervor como outro qualquer. Não é fácil encontrarmos notícias de pastores pisando "fora da faixa" de suas próprias pregações. Padres e sacerdotes que não resistem as provações e assim por diante. 

O sexo não tem classe social ele está na alma das pessoas por isso desde a dondoca que só veste lingerie de grife a mulher que compra suas calcinhas no camelô, sentem os arroubos da paixão e a libido fervendo em seu corpo. Por isso nesse momento em muitos cantos do mundo, tem gente fazendo sexo em coberturas de luxo em condomínios caros, como também em barracos no meio de favelas conflituosas. E muitas mulheres vivem casamentos insatisfatórios, mesmo tendo na carteira os mais caros cartões de crédito, contas gordas no banco e uma vida de luxo. Não só pela convivência em si, mas, porque ela tem a alma latejante por sexo, muito sexo, que seu marido não consegue suprir e sua alma espera por mais emoções e prazer.

E tem quem sinta a energia feminina que carrega na alma que pode ser fruto de vidas passadas, ancestralidade ou sua essência cósmica das mais variadas formas. Tem pessoas que gasta horas e horas em terapias, psicólogos e praticas, desde que sejam chiques e confortáveis pra si. Outras usam como terapia, detonar em comprar em shoppings luxuosos. Algumas arranjam um amante mais jovem, outras passam a transar com alguém próximo, cunhado, amigo do marido, amigo do irmão e assim por diante... Quase sempre a busca não é só libido, mas, sim tentar suprir um vazio da alma, que nem elas mesmo sabem o que é e vão se deixando levar, se deixando usar e os garanhões de plantão agradece.

Nesses quase vinte anos de estudo já chegaram até mim os mais variados casos e os mais esdrúxulos possíveis. A humanidade é capaz de cometer os mais variados atos, não só quando a  mente tá cheia de desejo, mas, quando sente um vazio na alma é ainda pior. Tem por exemplo, aquelas mulheres lindas, super gostosas que todo mundo quer comer, mas, que tá casada com um marido velho, ranzinza e sem potencial pra saciá-las. Então elas vivem se questionando, se achando a mulher mais sem sorte do mundo e sem saber o porque estão ali. E quase sempre estão amarradas, por preceitos familiares, filhos e falta de ação pra mudar. Ai vem as puladas de cerca, o peso na consciência, mas, o vazio nunca preenche e as respostas nunca vem. E na maioria dos casos isso tudo tem haver com a energia sexual delas, com missões que elas vieram fazer nessa encarnação e se desviaram do caminho.
 Uma coisa que muitas pessoas sequer param pra pensar é que exus ancestrais com nomes iorubás, são mais antigos que os que a maioria dos terreiros trabalham. Ou seja, exus que na verdade já encarnaram. Enfim, no âmbito das pombagiras, também se conhece uma infinidade de "Marias" ou outros nomes, todos ligados a nossa cultura e língua, mas, não se cogita aceitar que também temos pombagiras ancestrais com nomes iorubás - e na verdade temos sim!

 Assim como cada mulher é única no mundo, tem suas características pessoais inigualáveis mesmo que pertença a um grupo e tenha comportamento parecido com outras, da mesma forma é também sua pombagira. Ou seja, não  tem uma pombagira igual a outra. Por isso cada médium enxerga de um jeito sua guia e cada guia age de um jeito. Mesmo duas mulheres que tenham como protetora uma Maria Padilha por exemplo, tanto a mulher terá características diferentes da outra, quanto a pombagira terá uma ação diferente. Isso porque a pombagira pode ser a mesma, mas, a configuração, a hierarquia, os odús, a coroa, os orixás de cabeça e a ancestralidade de uma será totalmente diferente da outra. Além disso o carma e as missões também serão bem distintas.

Assim podemos ter uma mulher com uma pombagira da mesma falange, mas, que age de forma diferente. Por isso os terreiros erram em tratar de forma padronizada, fazer coisas usadas pra um, aplicando em outro sem averiguar a realidade de cada. Dessa forma, uma mulher pode ter uma libido altíssima e sofrer quieta em seu canto sem ter coragem de se doar ao sexo e a aventuras, enquanto outras, se entregam com fervor e devassamente, mesmo tendo pombagiras da mesma falange.

Até porque, não existem duas Marias Padilhas, na verdade apenas o nome de guerra é o mesmo, mas, a entidade será diferente, será outra força, outra linha e outra alma. Outra coisa que devemos ter em mente é que não é uma pombagira que fará uma mulher ser devassa ou ser bloqueada sexualmente. Na verdade ela é uma força ativadora, testadora e impulsora, mas, os freios, as rédeas e escolhas, estarão sempre nas mãos da médium.

E quanto as punições se ela não ceder? As pressões pra ser alguém de libido forte, pra ser alguém que viva uma rotina sexual intensa e ataques caso a mulher não cumpra ou não faça o que sua sexualidade lhe incline a vivenciar, depende de muitos fatores. Em algumas palestras especialmente de médiuns espíritas, como Chico Xavier, Bezerra de Menezes e até umbandistas como Pai Matta e Silva e outros, a pergunta sobre a imposição foi feita e respondida da seguinte forma: que os espíritos, guias, orixás, anjos ou o Astral Superior não força ninguem a nada, que há sempre o livre arbítrio, por exemplo de escolha se vai ser médium praticante ou não! Bem, mais ou menos, mais ou menos...

Esse é um ou mais um tema espinhoso da espiritualidade que explica-se, fala-se e as pessoas continuam se perguntando e questionando. Claro, requer mesmo uma meditação profunda sobre o tema. Mas, vamos lá! Em muitas pessoas a mediunidade é colocada pelos Senhores da Criação e da vida, como uma ferramenta onde a pessoa tem sim a opção de fazer uso ou não desse dom, ou fardo para alguns. Porém há incontáveis casos, talvez a maioria deles em que não temos escolha. Na verdade, algumas mediunidade como por exemplo, da profecia, ela se manifesta a nossa revelia, exige de nós uma ação e claro que se lutar contra isso teremos graves consequências. Mas, onde está ai o livre-arbítrio? Está em como vamos usar isso. E se usar de forma errada, como por exemplo tirar proveito das outras pessoas, terão punições sérias.

Então, estamos debaixo de uma ditadura? Claro que não! O que acontece é que algumas pessoas perdem ao longo de sua trajetória, em várias encarnações o poder de decisão. Elas erram tanto, descumprem tanto que a cada encarnação vem com menos crédito e poder de gerir seu destino. Então vem apenas cumprir coisas e coisas pra se recuperar.

Vi Mestre Da Matta, ao responder sobre isso numa palestra gravada, onde ele dizia, que por exemplo, uma pessoa com família, casada, com filhos e obrigações, "não seria forçada a ser médium...". Nem tanto, meu caro Matta. Ela pode ter descumprido, ter casado, ter filhos e ter seguido uma vida contrária a sua mediunidade, por teimosia, incredulidade e por ignorância, e por isso terá consequências sim. Até porque duvido que quem tem uma mediunidade forte, não tenha tido avisos, visões, sinais e sentido essas manifestações. O que acontece é que muitos ao invés de procurar saber o que ocorre com elas, preferem julgar como coisa ruim, ir pela cabeça de perseguidores e tentar passar por cima dos sinais que lhe são dados.

E assim muitas ignoram sua espiritualidade, pra buscar antes sua carreira, seus amores e seus objetivos puramente materiais, mesmo tendo uma mediunidade latente. E estes vão ter sim punições. Agora, escolher como vai usar sua mediunidade é que será uma escolha dela. Se ela vai fazer caridade, se ela vai usar pra magia, se ela vai usar pra buscar novos conhecimentos, como muitos cientistas fazem e assim por diante. Mas, que terá que utilizar terão. E por isso muitos tem graves punições, justamente por utilzar de forma errada o dom que receberam ou por ignorar esses dons.

Muitos tem dons que só utilizam pra ganhar e ganhar na vida material. Assim acabam por doenças graves e sofrendo muito quando chegam os ciclos punitivos. Outras pessoas pensam que cumprir a mediunidade é só  participarem de um terreiro e rodar em giras todo final de semana que já está tudo certo. Ou pagar pra pais de santo fazer oferendas. Na verdade cada missão é única e as respostas devem ser buscadas.
 Outra questão defendida por parte de africanistas é que a pombagira ou Bombogira ou Pombo Gira, enfim, teria que ser negra... nem sempre. Assim como os orixás não precisam ser apenas negros. Na verdade a ancestralidade é mais profunda do que se pensa e temos entidades de todas raças. Temos pombagiras de todas as formas, desde negras, a brancas, mulatas, loiras, ruivas, até índias e asiáticas. O sexo é universal. E desvios de comportamento ou o lado sagrado do sexo, está presente em todas as raças.

A pombagira que conhecemos pode até ter sim uma raiz ou os  pés fincados na cultura africana. Assim como vemos em maior parte que as histórias que circulam na Umbanda brasileira hoje são muito mais voltadas a kiumbas, eguns e almas penadas, ligadas bem mais ao espiritismo, encantaria e superstições do que as raízes ancestrais africanas. Claro que por ter muita influência das lendas urbanas, e mitos como um todo do imaginário popular, como pelos romances escritos supostamente psicografados, que são contatos como verdade nos centros de Umbanda, hoje muito mais centros kardecistas do que umbandistas. Especialmente nas grandes capitais. Mas, no interior também, infelizmente!
 Bem voltando a questão da sensualidade! Tem pessoas que só querem navegar em sites e blogues que tenham sempre as mesmas imagens repetitivas, de orixás e guias, sempre com aqueles mesmos simbolismos e puritanismos. Até parece que a Umbanda é feita de uma ancestralidade assexuada. Certamente eles não conhecem nada da ancestralidade e dos orixás africanos. A mulher que tem sexualidade aflorada, que muitas até se revelam "dama na rua e puta na cama", sabe muito bem que na hora do sexo, ela sente fogo, sente forças que no fundo independe dos dogmas que entravam sua sensualidade. A mulher que tem pombagira de frente, tem características marcantes, no fundo sabe que tem que aprender a controlar seus impulsos e que a energia que flui em seu corpo é o maior de seus desafios.
 E uma coisa séria e profunda que vou falar agora sobre pombagira, que para uns pode parecer meio contraditório, mas, não é. Por isso meditem bem pra entender direito e não avaliar precipitadamente!! Ou seja, quero falar da mulher que tem uma pombagira forte, dominando sua cabeça ou de frente e que sente muita necessidade de sexo. Muitas até pulam cerca, pois o marido não é suficiente em dar conta. Outras sentem necessidade de novidade, de pegar muitos homens e de viver aventuras picantes. 

Pois bem, aproveitando esse assunto, quero também comentar o seguinte. Uma lenda que corre no meio umbandista há muito tempo. Trata-se da afirmação que diz "Pombagira a mulher de 7 Exus". Ou seja uma afirmação que diz mais ou menos que a pombagira teria 7 maridos. Mas, o que há é uma distorção. Diz-se que ela foi rainha em 7 reinos. Porém a história mesmo da Pombagira é de uma mulher que cai, que foi expulsa de casa, que foi abandonada, que foi engravidada e rejeitada enfim. A história dos reinos ai já é uma fase mais avançada. 

Mas, explicando melhor o 7, quer dizer que ela seria única no meio de uma hierarquia de 7 Exus, na verdade não ela e mais 7, mas, que ela seria uma dos 7, representante assim da linha ou vibração de Iemanjá, como bem colocou Pai Matta. Da mesma forma que a lenda do tal "Exu de Duas Cabeças" que na verdade se refere a quem olha pra frente e pra trás, ou passado e futuro com poder atemporal.

Mas voltando a questão das mulheres que tem a força de Pombagira e que essa força passa a ser um fardo ou a coloca em situação de dependência de aventuras e muito sexo. Enfim, cria-se uma sensação de que por a mulher ser fogosa e até safadinha, logo ela será descrita como uma mulher-pombagira. E nem todo caso tem haver com pombagira. Toda mulher tem pombagira, mas, nem todas tem pombagira ativa. O fogo de uma mulher pode vir do orixá de cabeça, do orixá de frente ou do orixá sexual e não propriamente ou exclusivamente da Pombagira dela. Outra coisa que acontece com muitas e muitas mulheres é que muitas viram até prostitutas, por que foram enfeitiçadas, pois colocaram uma pombagira nela, um mago negro do astral inferior ou uma maldição. E ela sofre o pão que o Diabo amassou. Também tem mulheres que não param quietas no casamento e não conseguem evitar adultério, por causa de magia negra.

E tem ainda as que foram programadas, isso mesmo programadas, desde novinhas, ou seja, colocaram na cabeça dela uma devassidão psicológica, fetichista e ela passa a vida toda achando que ser libidinosa é sinal de coragem e liberdade. Enfim, cada caso tem que ser bem avaliado, cada caso é um caso. E por falar em caso, me refiro agora a outro que pode até te deixar confuso, caro leitor, mas, que é real e verdadeiro. Ou seja, uma mulher que tenha uma pombagira muito forte atuando nela, sexo correndo na veia e muita libido. Então ocorre o seguinte, muitas quando procuram pais de santo, ou irresponsáveis, que enxergam isso, ao invés de ajudá-la o que eles fazem? Eles agravam o problema. Muitos falsos sacerdotes, ou ante-éticos, vivem comendo mulheres casadas ou mulheres ingênuas que procuram os caminhos da busca ancestral.
Na verdade, cada caso é um caso por isso é preciso investigar bem os odus e orixás de cada pessoa. Pois tem pessoas que vieram de uma vida anterior onde ela foi privada do sexo e nesta vida terá mais liberdade pra vivenciá-lo. Enquanto outras abusaram de mais e nesta vida terão que controlar, mas, são testadas justamente com desejos fortíssimos. E ai cabe a cada uma buscar o autocontrole.

Em se tratando de Umbanda e de Pombagira, os casos são diversos. E nem sempre temos que tratar da forma teológica essa questão ou na forma de terreiro, mas, levar para um âmbito mais sobrenatural, cármico e arquétipal, usando filosofia, mitologia e psicologia.  E acima de tudo pesquisas de campo. Mas, não de forma acadêmica, mas, de vivência, contos reais ou seja, histórias vivenciadas por pessoas. Fatos e acontecimentos pra tentar entender. 

Assim nesses quase vinte anos de estudo, a questão pombagira, sexualidade na Umbanda, na astrologia e na magia, foi talvez a maior parte de estudo utilizada por mim. Assim quero falar de dois pontos polêmicos, as vezes de divergências, mas, que já atestei em pesquisas e nesses vários anos de consultoria. Eu sempre presto muita atenção na história de cada cliente, no perfil de cada uma das pessoas que chegam até mim, tanto no que elas relatam, quanto no que eu constato como sendo o perfil, imaginário delas, mas, acima disso no perfil astrológico e no arquétipo mais provável que nos é revelado pelas influências ancestrais e espirituais de cada uma.

Ou seja, estou há anos postando sobre pombagiras, da forma mais de interferência do plano bem mais pessoal. Que é o da influência dos orixás e de Exu ou Pombagira de cada pessoa agindo sobre cada pessoa. Enfim sobre seu próprio médium. Ou seja, seria como avaliar as influências astrais sobre uma pessoa, através do mapa da própria pessoa.  Mas, a pessoa vive interligada tanto a seu mundo interno e externo. E a ação sobre cada um de nós vem tanto do plano consciente, quanto do inconsciente. E nesse contexto temos o inconsciente individual, como também o inconsciente coletivo. Da mesma forma que temos nossa consciência e a consciência cósmica. 

Enfim este é um tema pra outros debates, mas, o que quero colocar aqui é que, nem sempre achamos as respostas apenas em nós mesmos. Que muitas coisas vem do mundo exterior e por isso acreditamos na influência dos astros, dos orixás, dos anjos e de Deus ou também até do Mal interferindo. Assim as respostas que buscamos, nem sempre estão encerradas apenas em nós e nos nossos próprios limites. Por isso, nem sempre vamos achar as respostas sobre uma pessoas olhando apenas na Carta Astrológica dela, pois tem certas influências por exemplo que são influências dos pais, e  temos assim que observar como os mapas deles se encaixam com o da pessoa. Além disso podemos receber interferências dos mapas dos irmãos, de parentes com fortes ligações e até dos mapas do ambiente onde vivemos, pois o ambiente também age sobre nós. Por isso uma pessoa que tenha uma carta natal avessa ao mapa de uma nação, poderá não ser feliz nela e apenas mudando-se poderia ai encontrar a paz e sucesso. Enfim, estamos numa teia cósmica e interligados a tudo. E tudo pode influir sobre nós...

 Bem vamos lá! O que eu quis dizer acima? Me referi sobre as influências externas e interligações a outras forças. Quem estuda sinistraria astrológica por exemplo, sabe muito bem de como age o mapa de um parceiro sobre outro. No entanto, poderão surgir conflitos e problemas numa relação que vão além apenas dos dois mapas envolvidos, ou seja dos conjugues. Podem pintar por exemplo, problemas com sogros e ai, a resposta estaria na ação destes com um dos conjugues ou com ambos. E assim verificar com os mapas se enterlaçam seria de suma importância.

Pois bem, levando para o lado daqui da Umbanda, especialmente Umbanda Astrológica, que tem uma visão nem tanto das escolhas apenas pessoais em si, mas, também de influências externas, sendo por isso que utilizo a astrologia como forma orácular, vamos focar um pouco na ação de forças que podem nos inclinar a agir de uma maneira, que até nós mesmos não nos reconhecemos as vezes. Ou seja, tem mulheres quietinhas, que de repente sai dando pra todo mundo, como se não pudesse se controlar; tem homens que de repente fica alucinado pela amante e de forma abrupta e equivocada, larga família e compromissos pra se arrastar aos pés da amante, sem sequer lembrar da coitada da esposa! Como também acontece com mulheres que traem o marido sem parar, mesmo que chore o tempo todo, com dor na consciência. Além disso, pessoas que começam a agir de forma equivocada em outros caminhos, ficam melancólicas, ficam stressadas, ficam mais tresloucadas e assim por diante. Enfim muda muito o comportamento. 

A pergunta mais repetitiva que chega a mim todos os dias é: "estou agindo como louca, causada por minhas entidades, especialmente pombagira e exu ou por feitiço"?

Vamos lá! Nós nascemos com características próprias como já citei, heranças ancestrais, pesos cármicos e assim por diante. Mas, as pessoas não são estáticas, elas vivem de ciclos e mudanças. Ou seja, é comum você verificar que muitas pessoas mudaram conforme as fases de vida foram passando. Ela foi  por exemplo, uma criança tímida, virou uma adolescente sem graça, mas, na fase adulta, ficou super interessante! Ou era totalmente levada, charmosa e virou um adulto sem graça! E ainda, pode ser um velho totalmente diferente do que foi na juventude. Ou numa fase de vida avançada, ficar mais alegre do que no tempo de atividade mais jovem. Enfim, as pessoas passam por ciclos e as que permanecem sempre com a mesma aparência e comportamento, parecendo não mudar nenhum pouco é que tem os cármas mais pesados ou se for um lado bom, as mais iluminadas que não precisam mudar e apenas continuarem originais.

Ou seja, nos mudamos mesmo tendo nossas características até porque estamos aqui pra mudar mesmo. Pois bem. Mas, assim como temos características imutáveis, eixos e raízes, temos um trajeto que não se muda assim conscientemente num estalar de dedos. Ou seja, se uma menina quietinha de repente vira uma devassa e isso é totalmente contra aos seus princípios, certamente não partiu apenas de seu eixo existencial. No caso de uma mudança sexual por exemplo, onde se começa a adulterar ou a agir libidinosamente, dificilmente será causada numa mulher ou homem, por seu exu ou pombagira pessoal. Eles sempre estiveram no contexto dessa pessoa e não vão agir de forma influenciadora bruscamente, assim de repente!
 Então, vamos tocar em mais um ponto polêmico e que sempre me irritou, pois estudando teologicamente não constatei. Que é a questão das entidades serem supostamente "neutras". Ou seja, quando se falam mal de Exu por exemplo, vem os defensores e alegam o seguinte: "Exu não é bom e nem mal, e sim o médium que poderá usá-lo para o bem ou para o mal...". Errado, não é bem assim. Não tomem essas entidades de esquerda como moleque de recado, fantoches e que qualquer um vai usar como quer. Na verdade tem exus poderosíssimos que mago negro nenhum vai conseguir controlar. O que esses magos negros utilizam são falsos exus, kiumbas que se passam por entidades outorgadas.

Mas, por que estou tocando nisso? Porque tem pessoas que ao tratar nessas mudanças bruscas de algumas pessoas, atribuem por exemplo que algum mago pode ter "aprisionado" a pombagira de uma mulher, pra escravizá-la. Bem, essas tentativas existem constantemente, mas, isso só ocorrerá se fizer parte do carma dessa mulher, e vai gerar punições a esse insolente que agiu apenas como instrumento de uma lei maior pra provocar esse acontecimento necessário. Ou seja, Exu é praticamente a força primordial da Umbanda, que abre tudo, ela representa a maior magia dos orixás. Exu não é analfabeto, não é desentendido e é o maior dos magos entre os orixás. Tanto que é mensageiro entre os orixás, conhece todas as dimensões e é responsável pela sexualidade humana.

Enfim, Exu não é neutro, tem função bem definida e pode castigar quem se envolver sem outorga e conhecimento. Tem pessoas que imbecilmente em seus templinhos, chamam exus de "escravos". Tomem muito cuidado com o que afirmam e praticam. Na guerra entre pais de santo por exemplo, um vai vencer o outro, não só porque um deles seja mais forte, mas, também porque um é mais sábio e ainda, por motivos como por exemplo, as entidades dele ter maior outorga. Ou identificar que o propósito é mais justo e liberado pelo astral.

Assim tenha noção de que não é apenas ir lá fazer uma macumba que ela terá efeito. Na maioria delas não terá efeito nenhum. Não basta apenas fazer e esperar a fatura, como se fosse um sistema de uma empresa. Tem que saber, além de, se o ritual foi bem feito, se foi nos parâmetros certos, como dia, hora e local, e acima de tudo, se a entidade aceitou ou se concordou com a ação. Muita gente pensa que exu é idiota que basta lá ir dá um charuto, uma farofa ou uma cachaça que vai manipulá-lo como quiser! Engana-se totalmente meu caro desavisado! Reveja seus conceitos.
 Bem, então de repente um casamento desmorona, uma relação esfria, o desinteresse aparece, e magoas, insatisfações, amarguras e desprezo, do nada se torna presente. Em grande parte dos casos, especialmente nas grandes cidades onde há gente que trabalha com magia o tempo todo, correndo como louco atrás de dinheiro, a macumbaria corre solta. Mas, voltando ao assunto sobre a interferência. Como vinha dizendo, interferências externas, nesse caso aqui de magias. Quase sempre usa-se magias sexuais, pois buscam desanimar um dos parceiros ou fazer com que ele só tenha interesse por quem fez a magia. 

Bem na maior parte das ações, o  pai de santo, apenas utiliza conhecimentos já bem batidos, os rituais quase sempre os mais nojentos possíveis e em 90% dos casos são espíritos malignos usados na ação e não propriamente entidades da Umbanda ou Candomblé. Pois como disse, as entidades respeitam a lei maior, tanto a Lei de Pemba, quanto as leis ancestrais, divinas e astrais. Por isso quem pega as causas e agem são espíritos sem lei, das sombras e que militam o esgoto astral.

E mais uma coisa, meu caro leitor, sabemos que o egoísmo é o principal agente dessas maldades. Por isso quem quer a todo custo conquistar seu alvo, seu amor, seu amante ou destruir uma pessoa, fica cega por seu egoísmo, ira e paixões desenfreadas, não querendo nem pensar nas consequências. Vai lá e paga o que for preciso. E o agente suposto "magista" que não é bobo nem nada, quer ganhar a grana, não quer nem saber se servirá pra alguma coisa ou não. E ai já sabe né, vem merda pela frente. Vivem sujando e profanando cemitérios, blasfemando nas encruzas, agredindo locais sagrados e mexendo com magias que não conhecem direito. Depois a conta é cobrada.

Mas, aqui meus amigos não tem esse negócio de mais palavras não, aqui se estuda as possibilidades e ações incansavelmente e sem medo. Então respondamos mais uma vez a seguinte pergunta: "porque então essas magias porcas, prejudicam as pobres vitimas e alvos dos ataques e não pega apenas nos inconsequentes?". Muito simples meu caro leitor atento, muito simples. Bem, na maioria das vezes as magias não dão em nada, mas, uma parcela atingem sim em cheio o alvo, mesmo que depois atinjam e atingirão sim os mau feitores. Por dois motivos. Primeiro porque a vitima provavelmente mereceu, está com carma aberto pra receber tão ação e porque descuidou-se espiritualmente e estava vulnerável. Tudo tem haver com o peso cármico de cada um. Assim se a pessoa é boa, protegida e não deve nada, ela pode até balançar, pois os contratempos são para todos, como uma arvore na floresta que balança com todas as outras, com o vento forte... Porém ela vai se recuperar rapidamente.

Mas, pode alguém tirar a vida, a saúde e sossego de outra? Onde está a lei maior e os protetores cósmicos? As vezes sim, pois como se mata friamente com armas físicas, mata-se também por energias pesadas invisíveis. A inveja e olho gordo por exemplo, causa muito mal as pessoas que estão vulneráveis a elas e que se conectam a pessoas ruins. Mulheres que transam por exemplo com homens drogados, bêbados, assassinos, traficantes e de sangue-ruim, estão sugando (caso tenham mediunidade aberta), toda energia ruim e pegando uma zica enorme.
Até mesmo a teologia bíblica, deixa claro as ações a distancia, e interferências de espíritos ruins. Lembrem-se que o Arcanjo Rafael, libertou uma jovem que era viúva, onde um espírito mau sempre matava os maridos dela. E foi preciso o anjo orientar um ritual pra Tobias fazer e libertar a moça. Sabemos também que Cleópatra enfeitiçou o grande conquistador Romano que invadiu seu país. Que Salomão com encantos sobrenatural, comeu centenas de mulheres lindas. E assim por diante...

Enfim mas, voltando a dominação. Muito se fala em terreiros e entre médium que um pai de santo poderia prender a entidade de um filho de santo e dominá-lo. A princípio isso é possível sim. Porém, não é uma tarefa fácil. Há uma série de princípios ocultos, que Crowler estudou muito e até chegou a dominar. Mas, em primeiro lugar, volto a referir sobre o carma e sobre o merecimento, abertura e aceitação. Ou seja, muitas médiuns que são usadas por pais de santo e ficam encantadas, não são só por domínios magísticos, mas, porque também há um encantamento natural. Ou seja, muitas mulheres se abrem e se atraem por alguma coisa na pessoa que domina. Se não haver nenhuma atratividade e encanto astrológico de um pelo outro, jamais a magia irá ajustar isso.

Ou seja, essas dominação onde as entidades de um domina as entidades do outro são raras. Funciona em pouquíssimas pessoas e acima de tudo como citei, tem que haver uma abertura no minimo inconsciente. Mas, na maioria das vezes o que ocorre é que as entidades de uma pessoa não ajuda a escravizá-la, e sim através de magia há uma substituição de certas entidades. Por exemplo, uma pessoa que se escraviza a outra, mesmo sabendo que tá se humilhando e que o outro não merece aquilo, quase sempre, envolve magia ou em alguns casos é uma sobreposição de energia natural da pessoa. Ou seja, tem pessoas que tem um poder místico sem fazer magia nenhuma. Tem mulheres por exemplo, que tem uma pombagira fortíssima que atua por ela sem nem ela mesma saber, mas, que domina qualquer homem com seu poder de Ori.

Enfim, quando eu falo em substituição de força ou dominação, falo que há quem domina o outro tanto com uma energia inconsciente. E há também com energia programada ou magia. Assim voltando ao caso de uma mulher por exemplo que muda de repente de um estado de puritana pra devassa, em muitos casos, quase sempre na maioria, não é causada pela pombagira própria dela, mas, por uma outra colocada, enviada nas encruzas, cemitérios ou de outros locais de bruxaria negra. Ou seja, pode ser enviada uma pombagira que domina a pombagira dela e amarra a pombagira original e toma seu lugar. Por isso a mudança de comportamento brusco em muitas mulheres. Estes são os piores obsessores para uma pessoa, os que interferem no comportamento.
Há uma combatividade exagerada por causa do puritanismo cristão, especialmente sobre a sensualidade, mas, essas pessoas certamente não conhecem nada dos orixás e muito menos de pombagiras. Por isso, preferem pombagiras com roupas de ciganas, como se toda pombagira fosse cigana. Não existem apenas pombagiras, com trajes e formas de comportamento ligado as mulheres sofredoras, rejeitadas e com ligação ao desprezo. Não pense que toda pombagira tem que se mostrar bem vestida como cigana, com roupas longas e cara de sofrimento. Ou como se fossem dançarinas orientais. São as mais variadas formas, mas, a forma mais convencional, não tenha dúvida é o da mulher fatal, sensual, feminina que gosta de lingeries, de batom e de perfume. Mas, não pense só na Dama Da Noite que vive nos cabarés porque foi expulsa de casa.

Tem sim algumas falanges com esses arquétipos e que pegam em cheio muitas mulheres com carmas similares. Todas as que fazem programa e se prostituem, certamente tem essas linhas atuando. Mas, outras que vencem por exemplo, na música, na arte, na TV e outros seguimentos, as falanges atuantes serão outras. Enfim, cada falange é de um jeito, mas, todas  tem em si, a sensualidade como eixo. Então se ver uma pombagira vestida de freira, saiba que é apenas fetiche e provação. Elas são em si sensuais.

Quando você vê todo aquele dogmatismo, puritanismo, mesmo numa gira de pombagira, onde a mulher só roda, roda e dá risada, sem nenhuma sensualidade, pode saber, que ali há tradicionalismos paternalistas, sufocadores, lançados por outras religiões cristãs, que nada tem haver com Umbanda. Mas então, só se manifesta essa falange com vulgaridade? Não, mas, com sensualidade. Se a mulher recebe pombagira e não desperta seu lado sensual, não tenha dúvida que ela tá muito longe de despertar seu Chi e axé dessa entidade, e tá cheia de amarras e puritanismos, jamais agirá a descarga necessária pra liberar a energia vibracional.
O puritanismo hoje existente na Umbanda é por causa de ela ter se rendido a opressão católica e o sufocamento causado pelo kardecismo. Poucos defensores da Umbanda tem coragem de falar sobre sexo, de defender a liberdade e saber usar a sensualidade sem promiscuidade. Não é porque uma mulher tira a roupa ou é livre que ela tem que ser vulgar.

A pombagira vem até os médiuns e atuam de frente em quem veio a esta vida pra poder se compreender, se entender como ser sexualizado e se libertar de amarras. A história contada por Da Matta, que pombagira era rainha dos 7 reinos e mostrando uma entidade quase passiva que só roda, eu discordo plenamente. Ela é a representação  total da feminilidade e desperta em toda mulher seu lado mais sensual possível. Se houver bloqueios virão problemas.
A pombagira representa justamente a mulher que ama, que sente arrepios de desejo, que é feminina que luta por espaço e que sabe sentir o amor. Mas, cada grau e ciclo ou hierarquia se manifesta de uma forma, por isso algumas mulheres que tem pombagira conquistam e outras são apenas conquistadas.

E a literatura sobre pombagira é muito pobre, pouco se conhece sobre a maioria delas. Tem livros que falam das mais populares, mas, 95% delas não sabemos nada. Isso porque é tudo como falei muito do âmbito individual. Podemos encontrar duas mulheres com Maria Mulambo por exemplo, que são diferentes, ter origens e ancestralidades diferentes. Apenas militam na mesma falange.

Mas, voltando ao fato das influências externas, e como falei da influência magística que interfere na vida das pessoas, quero falar em outra forma de interferência externa. Como falei anteriormente do mapa de uma pessoa ser tocado ou influenciado pelos mapas natais dos pais e sogros por exemplo, falo também agora, das maldições familiares. Mas, isso existe? Sim, existe. E muitos seguimentos trabalham esse caso pra libertar família e pessoas.
Mas, como se dá essa maldição familiar no âmbito da Umbanda. Bem muito se falam no meio espiritualista, especialmente do kardecismo, de encostos. E sabemos que muitos encostos são pegos por acaso, como por exemplo, se frequentarmos um lugar amaldiçoado, mexer com forças satânicas ou ser vitima de feitiços que giram aleatoriamente. Quando acha a pessoa predisposta esse espíritos se encostam.

Mas, uma forma mais grave diz respeito, a maldição familiar, que não dá pra aprofundar agora no assunto. Porém se trata especificamente de carmas repassados de pais pra filhos. Ou missões herdadas dos ancestrais. E tem também casos de encostos que passam de mãe pra filha ou de outra pessoa da mesma linhagem. Assim tem meninas que nascem inclinadas a ser "putas" cumprindo um carma familiar. Não se herda apenas a cultura, os traços físicos, beleza, força espiritual e bençãos, mas, pode também receber maldição. Vejam que os patriarcas, davam todo apreço as bençãos dos pais quando estes estavam no leito de morte. Jacó até fraudou seu posto de filho mais novo pra receber a benção como primogênito. E da mesma forma que se repassam bênçãos, se repassam maldições. 

Tem muitos filhos que ouvem pragas dos pais por que desobedeceram e jamais conseguem se libertar e se firmar. Como também tem os que são abençoados com fervor e se dão super bem na vida. Então vemos em muitos clãs e famílias, inclinações a certas coisas, pois aqueles membros fazem parte de uma linhagem ancestral compromissada a uma missão. Então tem famílias onde a avó foi mãe solteira, a mãe foi mãe solteira e a filha acaba sendo também. Pois há uma inclinação e maldição familiar que não foi quebrada. E muito do que se sofre hoje como por exemplo bloqueios femininos, submissão e uma forma de ver a mulher como objeto ou ser submisso, vem lá de trás de heranças ancestrais. E só quem conseguem quebrar essas tradições bloqueadoras, conseguem ser realmente livres pra desenhar seu destino a sua forma.

Foi por causa do patriarcado que a mulher foi podada de seu lado mais sensual e feminino de ser. Sua essência foi aprisionada e o cristianismo causou ainda mais complexo de culpa e medos na essência da mulher. E isso foi terrível. E apenas a Wicca ainda tem coragem de buscar essa força com liberdade.
Muitas mulheres que tem pombagira abusam do poder que tem e extrapolam seus limites e isso traz consequências graves. Cada um não deve apenas se certificar da força que tem, mas, também verificar sua outorga, seus deveres, regras e missões...

A mulher que sente um grande poder de conquista, geralmente tende a declinar ao abuso da sensualidade. Muitas se jogam no mundo da pornografia, sem saber que na verdade era pra ser justamente o oposto. Ou seja, ela veio com muita energia sexual, para justamente ter domínio de seus dons e utiliza-los pra crescimento. 

Então eu estou demonizando o sexo e dizendo que o mundo erótico é ruim? Não, estou defendendo aqui justamente o contrário, como por exemplo atacando a hipocrisia e puritanismo. Tem pessoas que vem ao mundo com liberdade pra ser prostituta, pra fazer filmes pornôs e pra curtir o sexo em toda sua amplitude. Mas, de forma natural, sem abusar dos dons e mediunidade. Porém tem outras que trazem muito poder sexual, mas, que jamais poderiam utilizar comercialmente. Por isso é sempre bom se conhecer em nível espiritual.

E não são poucas as que adentram o mundo pornográfico ou de prostituição que não buscam ajuda magística pra ganhar muito dinheiro e clientes. Muitas pessoas chamam até de fechar o corpo e aumentar o magnetismo. Bem de um ponto de vista é até bom. Mas, do ponto de vista espiritual não. Pois estará incorrendo em erros mercantilistas de vidas passadas, queimando seus créditos cármicos e espirituais e abusando do corpo, juntamente com a destruição da mediunidade. Até porque tem dias que não se pode ter sexo. Mas, se for uma profissional e tá recebendo ela fará e quebrar regras de seus protetores e carma.

Também isso varia muito se o orixá de cabeça, guia e mentor dessa pessoa que adentra o mundo do sexo é um orixá que libera a atividade sexual desse tipo. Se seu orixá carmico e ancestral, aprova essa tomada de decisão e se sua missão não era justamente o oposto.
Uma mulher não pode se privar de sua sexualidade. Não pode se podar, ficar presa no puritanismo criado pelas religiões, especialmente as cristãs. A igreja cristã que tomou bases nas cartas de Paulo, que as escreveu com uma mente retrógrada e pelo visto cheio de arrependimento, por extrapolar em meio a seu passado romano, gerou tantas perseguições...
A mulher tem que se sentir linda, sensual e gozar muito. Tem que amar, se masturbar quando está sozinha e sentir seu corpo. Toda mulher tem pombagira e por isso precisam extravasar energias, desbloquear os chacras e mentalizar o que é bom pra não privar a mente das energias orgásticas. Toda mulher tem pombagira - a diferença é que em parte a pombagira é passiva e em outras é ativa.
A mulher que tem pombagira ativa, é mais fogosa, a ponto de até assustar os homens na cama. A mulher que tem a pombagira passiva, é mais contida. Mas, também depende de qual linha é essa pombagira. De que grau ela pertence. Além de precisarmos saber se ela tá de frente, nas costas, do lado ou apenas auxiliado. Um outro fator importante é que a pombagira não atua apenas no âmbito sexual e amoroso, mas, pode ajudar a conquistas nos negócios e em outras areas, inclusive no nível de saúde.

Tem muitas pessoas que adoecem do útero, da bexiga, dos rins da vagina, pegam vírus, ficam doentes de alguma parte do sistema genital, justamente por ter problemas com sua pombagira. Tem mulheres que tem uma libido incontrolável e se entrega a qualquer um e suga ou é sugada toda energia no ato sexual. Tem mulheres que ao ter um kiumba no lugar da pombagira que vai virar garota de programa pra que sua energia sexual alimente seres trevosos.

Mas, como eu disse, a força de pombagira serve pra muitas conquistas. Não só da mulher mas, do homem tambem. Quem tem uma pombagira ativa, sendo homem vai comer e conquistar muitas mulheres. Assim como uma mulher com o axé bem forte de pombagira vai deixar louco de desejo todo homem que cruzar seu caminho.
Tem ainda que se compreender que há muitas qualidades de pombagiras. Uma mulher jovem tem uma força voltada a controlar e conhecer sua puberdade. Já uma mulher adulta já recebe uma outra força dentro de um novo ciclo. O elemento também é importante, como também a filiação, a ancestralidade, os odus e a hierarquia. Uma mulher que tem Maria Padilha de fogo tem mais agitação que uma mulher que tem Maria Padilha de agua por exemplo, que será mais romântica e sensível. Uma mulher que tem uma pombagira caveira, tende a ser mais carrancuda, mais fechada e carregar um carma mais voltado a dores da alma como por exemplo ter sofrido muito de solidão na vida anterior.

Uma garota que tem uma pombagira menina, vai brincar muito com os homens, atiçando e provocando ciúmes, como a Helena da novela "Em Família" da Rede Globo. Só que ela não é muito de transar, mas, apenas de atiçar. Já as que tem pombagiras de encruzilhada são mais ligadas a conflitos de relações e ai são mais diretas em buscar sexo... Enfim são muitas falanges...
Tem pombagiras que atiçam o adultério. Outras atiçam a conquista mas, na hora H evitam o envolvimento. Uma mulher com pombagira ativa de frente, é mais destemida, não leva desaforo pra casa, é extremamente fogosa e apimentada e não tem medo de desafios. Só que quando é ativa e de frente, a energia é muito forte, relações intensas, turbulentas e sexo com muito fogo. Chega a assustar a própria mulher.

São muitas pombagiras, avaliando pelo prisma da Umbanda Astrológica, temos pelo menos 360 entidades de grau elevado que atuam na nossa Umbanda sobre as pessoas, estas obedecendo a outras 36 chefes. Que por sua vez atendem a 12 comandantes supremas. São muitas pombagiras atuantes, de várias falanges onde essas 360, trabalham com mais outras milhares. 
Se for uma filha de Iansã com uma pombagira de frente, a coisa fica ainda mais agitada e tensa, muito fogo e muita energia. Se for de Ogum, também é muito briguenta e agitada. A mulher que tem uma pombagira ativa, tem que controlar seu axé e sua bio-energia, ou terá muitas inimigas, muitas relações extraconjugais e uma vida de muitos conflitos.

Uma pessoa com uma pombagira descontrolada atrás, é mau humorada, cínica, possessiva, insegura, trai e é traída. Quando ela tem boas entidades de direita que contrabalança, ainda fica uma coisa mais suportável e fica aquele jogo de gato e rato, com uma vida cheia de altos e baixo. Mas, os transtornos, stress, melancolias, mau humor e depressão sempre surgirão.
Tem pombagiras mais comedidas, que evitam inclinar suas protegidas para o mundo do sexo, mas, sim pra cumprir seus ideias de liberdade por outros caminhos. Como por exemplo, ter seu lar, sua família e ter sexo com segurança. Muitas mulheres tem pombagiras que mesmo ativas são bem pacatas. Pois ela pertence a uma hierarquia bem harmônica, como Oxalá por exemplo... Além disso o foco é outro. Mas, não impede que ela tenha uma vida sexual bem ativa.

Ela recebe em seu seio ancestral essa pombagira serena justamente pra poder evitar abuso, derreter o carma e trabalhar em prol de quem precisa. Nós temos muitas entidades que atuam em nós. A Umbanda vem cometendo um grande erro em se inclinar só pra práticas com chamados encantados e deixando de lado os orixás. Mas, as vibrações dos orixás são muito importantes pra definirmos o papel de uma pessoa no mundo. Por exemplo uma pessoa que tem  um orixá de frente fraco, dificilmente ela conseguirá se impor, se firmar na vida e se dar bem no mundo material. Uma pessoa que tem seu Pai de Cabeça fraco, não conseguirá imprimir suas ideias, defender sua linhagem e se dará mal com muitas disputas, conseguindo muitos inimigos. Quem tem a Mãe de Cabeça fraca certamente se dará muito mal no amor e com as mulheres. E quem  tem um Orixá de Cabeça fraco, não tem firmeza, será inseguro, muito indeciso e sempre dominado pelos outros...
E quanto ao poder de dominar os homens? A sim tem sim. Mulheres que dominam por onde passam deixam os homens loucos. Tem mulheres com pombagiras fortes que adoram pisar nos homens, usá-los e jogar fora. E tem outras que adoram colecionar amantes, um homem só jamais lhe contentará.

Tem pessoas que vieram ao mundo com nariz empinado. No fundo elas gostam das pessoas fortes e vivem pra derrotá-las ou se igualar a elas. Mas, também não vivem seu os fracos, sem os que rastejam por seu amor e se humilham pra servi-los. Tem pessoas que trazem este poder natural de agregar seguidores e tem outros que conseguem isso por meio de magia. Por isso que tem empresários por exemplo que conseguem impérios e depois perdem tudo, pois perderam o controle desse axé...

Tem também os que conquistam muitas mulheres, vivem muitos casamentos e acabam ficando sozinhos em certa fase da vida. E tem os que tem alma de amante, são D. Juan naturalmente, pois tem um axé sexual e sensual fortíssimos. Claro que se não aprender a cuidar e utilizar dessa força ela pode se dissipar ou ser bloqueada pelo Astral Superior se ele cometer abusos...
Tem as mulheres que tem pombagiras rainhas, que são mais sofisticadas, tem poder de controle, se tornam altas executivas, políticas poderosas, empresárias e famosas de sucesso. Mas, que não abrem mão do sexo. Adoram curtir e dominar, domando os homens na cama...mas, nem todas sabem usar essa energia. Até tem mulheres que conseguem muito dinheiro e poder material mas, são infelizes no amor e ao invés de dominar só sofrem com cafajestes. Isso porque não souberam extrair o axé de sua pombagira rainha que são sempre exigentes e não gostam de corpo mole...
Porém tem pais de santo que não conhecem bem o assunto e falam em "tirar a pombagira" sem saber que isso é errado. Que faz parte da ancestralidade dessa mulher. O que tem que ser feito é dar luz, apaziguar, firmar e batizar. Jamais tirar. Caso tentem ou façam algo que a afaste, a mulher pode enlouquecer e ter diversos problemas, especialmente de saúde. Além de perder toda atratividade no amor e ficar fria na cama. Já as mulheres que tem uma pombagira passiva, pode ser normal se ela não for de frente, se for de um elemento harmonico com seu orixá ou se for apenas uma linha secundária. Porém se for uma pombagira passiva de frente, com muitas dívidas cármicas e ancestrais, ela será infeliz no amor, ruim de cama e sempre usada pelos homens e descartada. Por isso a mulher tem que estudar bem cada caso é um caso. E evitar pais e mães de santo ruins, despreparados que só querem seu dinheiro. Estudos profundos devem ser feitos pra que os tratamentos e magias sejam fortes, eficazes e corretas. Muitas mulheres perdem seu amor pra outras, porque sua pombagira tá fraca e a da outra ta forte. Muitas perdem o marido quando uma mulher com pombagira forte cruza seu caminho e ela não se defende magisticamente. E muitas não conseguem um amor de verdade porque não cuida de sua pombagira. 

Outra coisa absurda, ridícula e mentirosa que circula nas umbandas é que homem não teria pombagiras! Tem sim, todo homem tem pombagira pois o eterno feminino também atua nele, assim como toda mulher também tem Exu pois o Eterno masculino atuam nelas também... E essa história de que homem que tem pombagira é homossexual e mulher que tem exu de frente é lésbica é apenas uma grande bobagem. Na verdade a homossexualidade depende de muitas outras configurações e não apenas um fator... O grau de fetichismo, sadomasoquismo, frieza ou libidinosidade de um homem ou uma mulher, tem ligação direta com seu chacra sexual, seu orixá do sexo, seu exu e sua pombagira... O grau de promiscuidade ou de puritanismo tem relação com as configurações desses poderes, ancestrais, cármicos e físicos. Tem gente que por causa da tradição oral equivocada, pensa que só tem um único orixá, um único signo ou que só tem um único exu ou pombagira. Na verdade o que atua é uma hierarquia, com funções, ligações ancestrais e as forças que atuam pela saúde, são uma e as que atuam pelo sexo por exemplo, são outras. Em algumas pessoas podem ser as mesmas forças, mas, depende muito dos odus de cada um...
A mulher que tem uma pombagira ativa também quando tá muito acelerada, não fica satisfeita com qualquer homem, vai trair ou ser traída e um fogo incontrolável. Dependendo claro que que linha é... mas, ela tem que ter noção que não pode transar em certos dias do ano, certos dias da semana e em certos lugares. Motéis por exemplo, poderão ser muito nocivos a certas mulheres que tem pombagira de frente é são filhas de Obaluaê, Nanã ou Ossaim e Oxóssi. Tem mulheres também que tem mediunidade como esponja e suga energias dos parceiros, assim se transarem com homens de alma suja, drogados, bebados, assassinos ou que tenham encostos elas pegarão energias sujas e terão problemas. Em especial se transarem com homens que fizeram pactos...Outra coisa que se nota em mulheres que tem força atuante de pombagiras guerreiras, que são bem harmonizadas, especialmente com Ogum, Exu, Iansã e Xangô, é que são mulheres que tem força e coragem pra defender causas. Defendem os amigos, defendem os oprimidos e defendem o que acham certo, sem pestanejar...

veja mais matérias sobre espiritualidade e magia no blogue, sejam bem vindos!
Carlinhos Lima - Astrólogo, Tarólogo e Mago de Umbanda Astrológica.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores