Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

terça-feira, 18 de março de 2014

Amar é dar-se ao outro com verdade e sinceridade

A palavra hebraica para amor - ahavá - vem da raiz hav, que significa dar, o que já indica quão importante é saber "doar-se" ao "bechirat libó", o eleito de seu coração.

Segundo o Zohar, o relacionamento amoroso é a união de duas metades de almas que foram colocadas em corpos separados quando a alma desceu à terra. Nos planos Divinos essas "almas gêmeas" vão ser reunidas através do casamento. Mas não podemos esquecer do livre arbítrio. Por isso, apesar de D’us estar envolvido na predestinação de cada par, a decisão final cabe ao indivíduo, já que cada um de nós pode interferir em seu próprio destino .
O próprio Todo-poderoso, ao criar o homem, percebeu a necessidade deste ter um companheiro fiel que o acompanhasse ao longo da vida. "E disse o Eterno : "Não é bom que o homem esteja só" ( Gênese 2:18). E D’us criou Eva a partir da costela de Adão, assim ordenando: "E é por isso que o homem deixará seu pai e sua mãe, e se unirá à sua mulher, e eles serão uma só carne" (Gênese 2:24).

A Toráh afirma: "D’us criou o homem à sua imagem. Na imagem de D’us, Ele os criou, homem e mulher. Ele os criou e os abençoou e lhes disse: "Sejam fecundos, multipliquem-se" (Gênese 1:27).

Em uma primeira análise, o Shir Hashirim, Cântico dos Cânticos, um dos mais belos livros da Bíblia, de autoria do rei Salomão, parece ser uma canção de amor entre um homem e uma mulher. O fato de o rei Salomão ter utilizado o amor entre homem e mulher como alegoria mostra o quão poderoso e sagrado deve ser o amor – pois sagrada e indissolúvel é a união entre D´us e seus filhos.

A união e o amor entre os cônjuges são descritos com insistência nas biografias dos patriarcas (Abrahão e Sara, Isaac e Rebeca, Jacó e Lea e, mais tarde, Jacó e Raquel. Estes dois últimos vivem uma das mais bonitas histórias de amor em toda a literatura, uma relação repleta de devoção e ternura.

Com Isaac e Rebeca o texto bíblico relata o primeiro casamento conhecido na história da humanidade. Descreve Rebeca entrando na tenda de Sara, a falecida mãe de seu futuro marido. O Midrash indica que os milagres que se realizavam através de Sara e que haviam cessado com a sua morte, reaparecem através de Rebeca.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores