Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

domingo, 21 de dezembro de 2014

Tudo o que vivemos pode ser analisado como algo ruim ou bom. Ser sábio é fazer as melhores escolhas na vida


A força da Pombagira na sexualidade da mulher
O axé da pombagira na sexualidade

A função da Pombagira na vida da mulher


Não existe uma realidade objetiva. Tudo o que vivemos pode ser analisado como algo ruim ou bom. A sabedoria é escolher como você quer encarar as coisas. Não há nada de errado em querer e desejar muitas coisas. O problema é se esse desejo é meramente egoísta e gira ao redor do seu próprio umbigo, sem beneficiar a outras pessoas. Não devemos nos abnegar e nem abrir mão de nenhum desejo nosso, mas também não devemos colocá-los como centro de nossa vida, correndo atrás deles como se fôssemos seus escravos. Aquilo que já temos sempre pode nos dar a felicidade de que precisamos. - (Conceitos Fundamentais de Cabalá)


Esses conceitos cabalísticos, servem-nos pra avaliarmos também o papel das entidades, nossa missão na vida, nossos deveres com os ancestrais e como vivenciar o carma. A questão do sexo por exemplo, é um assunto desafiador, polêmico e entendido de diversas formas. Cada pessoa compreende o sexo de uma forma, em especial sua própria sexualidade. Assim as pessoas são até mais rápidas em julgar ou prejulgar os outros, mas, não conseguem definir a si próprias. E na Sociedade moderna, onde a religião interferiu bruscamente nessa área da vida humana, essa compreensão tornou-se ainda mais complicada.  

E a mulher tem ainda mais problemas no que se refere ao sexo. Desde cedo enfrenta os mais variados problemas envolvimento sua sexualidade, desde cobranças que tomam sua liberdade a abusos que fazem ela sofrer. Também percebe-se que para algumas as questões sexuais tem um interesse e uma importância maior que pra outras. Isso se dá na vida de mulheres que vem com um alto jugo cármico e missões a cumprir. Por isso muitas são abusadas ainda crianças, vítimas da maldita pedofilia, outras tem sua iniciação sexual muito precoce por serem enredadas por falsas paixões e amores ilusórios e assim por diante. Mas, em geral esse é um tema que é avaliado de forma errada, especialmente quando é feito pelo prisma da religião e pior ainda dos líderes religiosos. Pois a tendência é esses líderes carregarem ainda mais nas tintas da intolerância, do fanatismo e dos engodos. Assim vemos em certas religiões, idiotas que pregam castidade pras mulheres, mas, se esbaldam com várias esposas e amantes. Ou seja, interpreta ou mentem  sobre leis espirituais, como se fossem autoridades do destino e representantes de Deus, sendo que são apenas idiotas aproveitadores da boa fé das pessoas.

Percebe-se em certas mulheres que elas vem voltadas ao sexo mais que outras. Já nota-se em meninas bem crianças quando ela tem um jeito mais espevitado, um jeito mais libertino e toda mãe já capte, mesmo que se negue a aceitar e sequer queira tocar no assunto, mas, toda mãe reconhece a filha que será mais periguete que as outras. Também percebe-se a que será mais quieta, mais puritana. Enfim, todo mundo já demonstra seus traços logo na infância, mesmo que numa forma mais infantil e inocente, mas, que vai se confirmando na adolescência. Mas, vamos vendo já meninas que são doidas por maquiagem que outras, que gostam de moda, que querem ser mocinhas precocemente, e assim por diante.

Tem mulheres que já são acompanhadas por uma pombagira desde a infância. Tem pessoas que já são acompanhadas por um orixá bem de pertinho também desde a infância. Tudo dependerá de seus signos, de sua missão e de seu carma. Cada orixá se apresenta em conformidade ao carma pessoal e ligação ancestral de cada um. Tem pessoas que é assistida por Exu ou por outra Pombagira, como seu mentor principal. Ao tempo em que outras tem um orixá, um anjo, um guia desencarnado. Enfim, a regra é o carma e os Senhores do Destino.

Porém muita gente confunde gostos por luxo, vaidade e um jeito altamente sensual exclusivamente com Pombagiras e nem sempre será mesmo. Na verdade, pode ser uma Oxum de frente, uma Iemanjá mais jovem, uma Iansã, e assim por diante... A verdade, é que tem que se avaliar caso por caso. Mas, voltando a questão da Pombagira, sabemos que ela vem numa mulher, como um dom e não como maldição. Temos que parar de seguir esses estigmas insanos que as pessoas colocam no que não conhecem de verdade. Parem de julgar pombagira com essas crenças populares, distorcidas e confusas da parte banal da Umbanda.

A Pombagira vem justamente pra ajudar sua protegida a entender o que citei no inicio do texto, que a Cabala nos prega. Ou seja, ela vem pra nos mostrar a parte sombria de nós mesmos. Ela vai nos testar pra que fiquemos mais fortes, assim como Buda foi testado em sua sexualidade. Pombagira vem não pra tornar as mulheres em devassas incuráveis , mas, para dar a elas a real situação da vida. Pra ajudá-las a compreender e dominar sua própria sexualidade.

Pombagira
Os desejos da mulher e a sua pombagira

No entanto, a maioria, mesmo se criando ou frequentando terreiros décadas de sua vida, acabam entendendo tudo errado e caindo nas pegadinhas dos Senhores do Destino. Por isso tá cheio de "zeladoras de Pombagira" que gastam tempo e dinheiro buscando poder, querendo conquistar todo mundo, ganhar dinheiro e usar o axé de forma totalmente errada. Pombagira não é e nunca será escrava de ninguém. Ela apenas lança armadilhas pra todos aqueles que querem ser espertos e gananciosos. 

Muitas mulheres tem uma energia fortíssima de pombagira, são sensuais, lindas, atraentes e tem uma sexualidade a flor da pele. No entanto, ai é que está a chave de todo processo carmico. Ou seja, ela vem pra ter domínio sobre essas forças e não pra utilizá-las como poder humano. Só que a maioria entende de forma errada, ai meninas lindas que vieram pra superar erros cármicos e vivenciar o amor verdadeiro, simplesmente se prostituem, fazem filmes pornôs, viram acompanhantes de luxo, viram adulteras irreversíveis e caem nas ciladas do destino. E assim seus dons se esvaem em seus dedos, pois ela troca suas virtudes e axé, por dinheiro, fama e poder. E só lá na frente, quando estão mais velhas que elas receberão a conta de ter feito essa escolha equivocada.

Porém voltando a questão de saber o que é certo ou errado, temos que explicar aqui que pra cada um a vida tem um significado. Assim, nem sempre ser uma pessoa de sexualidade latente e ativa será nocivo, como também ser um puritano cheio de preconceitos poderá ser uma dádiva pra outra pessoa. Dessa forma se a pessoa nasceu pra viver sua sexualidade e prefere se tornar num puritano religioso e sectário, ela sofrerá tanto quanto aquela que veio pra ser puro e escolheu se prostituir. Cada destino tem um código. E por não buscar entender esse código e suas missões existenciais é que a maioria sempre escolhe o inverso do que veio fazer na vida.

Tem mocinhas por exemplo, que vieram pra casar, ter filhos e viver grandes amores, mas, por interferência da família e da religião e até do Estado, elas acabaram sendo bloqueadas por ensinamentos malignos que nada tem de religiosos. Apenas cumprindo a vontade de imbecis que achavam que podiam ditar regras na vida dos outros. Por isso, não pegue trechos da Bíblia pra exigir castidade de todo mundo, pois nem todo mundo veio a vida pra ser casto. Apenas o dever do líder religioso é pregar, pra que suas palavras toquem o coração daqueles que se identificarem com elas e não forçar alguém a engolir seus filosofismos e teologismos baratos e mentirosos. O dom do profeta e do sacerdote é pregar e ensinar. Mas, as pessoas que devem escolher e com liberdade. E por isso, muitas mulheres vem desde cedo com uma pombagira bem ativa e bem próxima pra tentar ajudar a entender as coisas de seu destino.

Porém muitas mocinhas lindas que vem com a missão de fazer algo no mundo sacerdotal, acabam cedendo as pressões do mal e acabam se prostituindo ou se iniciando sexualmente antes do tempo que elas deveriam cumprir algo grandioso. E assim perdem sua encarnação pois todo plano é modificado e os odus transistores se sobrepõem aos odus ancestrais. O que temos que entender é que certas mulheres vieram pra ser sexys, sensuais e até vulgares, pois isso está dentro de seu plano carmico. Enquanto outras vieram pra ser virtuosas, puras e retraídas. Enfim cada uma tá numa linha ancestral. E a pombagira ajudará cada uma de uma forma a se compreender melhor.

O poder de seduação das mulheres
A força de conquista da mulher


E cada mulher tem uma pombagira ajustada a sua ancestralidade. Por isso não vá nessa onda de achar que toda mulher tem uma cigana ou uma Maria Padilha. Na verdade, mesmo que essas entidades tenham ficado  tão populares na Umbanda, quase forma banal, sabemos que são milhares de linhas e entidades. E a energia de Maria Padilha poderá servir pra uma e não pra outra. As pessoas também tem a mania de chamar toda pombagira de cigana ou toda cigana de pombagira o que é um grande erro. O certo é que tem sim uma pombagira cigana, mas, ela é bem distinta.

Por isso queridos irmãos e irmãs, tende entender melhor seu carma, sua missão, sua sexualidade, seus desejos ocultos, inconscientes e também todas vontades conscientes, mas, sem amarras, preconceitos, distorções ou medos. Estudem, vão atrás de informações e entendam seus potenciais.

Conheça Os Senhores do Destino - Saiba mais sobre Pombagira, Exu, Orixá, Destino e os signos dos orixás.

Axé a todos!

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores