Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

A questão de amuletos é um tema polêmico





A questão de amuletos é um tema polêmico, especialmente no Brasil. Por causa da banalização da magia, do aumento da superstição muita coisa séria virou alvo do deboche de cínicos e céticos. O interessante é que o cristianismo foi moldado dentro de uma foma de fé muito voltada aos amuletos e talismãs, como por exemplo o mais famoso deles, a cruz ou crucifixo. Mas, muitos que leem a Bíblia mas, não entende, usam-na pra atacar a fé dos outros. Claro que acreditar em pé de coelho, trevo de quatro folhas e outras coisas é uma questão de fé de cada um, pode ser apenas elementos de contos de fadas, mas, os segredos dos amuletos e talismãs vai muito além disso. No catolicismo, vemos muito viva ainda a cultura de escapulários, medalhas milagrosas e terços.
Mas, vai além disso o cálice e a hóstia consagrada são elementos sagrados que podemos sim definir como objetos talismânicos. E tudo tem sua simbologia, vimos que o Cristo na Santa Ceia, usou esses elementos pra falar da vida e da morte, como também da ressurreição.
Na Umbanda e Candomblé, temos as guias e uma imensidão de elementos magisticas, que muita gente não sabe nem o que é fica falando do que não deve...

O amor verdadeiro sempre vai surpreender



Eu conheço pessoas e tem muitas mundo à fora, que não acredita no amor. Muitas porque se desiludiram, foram enganadas ou já cansaram de tentar. Quase sempre é erro delas mesmo. Algumas até se defendem dizendo que não encontram ninguém, sem saber que uma pré-elaboração de conceitos, como por exemplo ter um biotipo na cabeça uma classe de pessoas em seus desejos ou criar mecanismos de escolhas inconscientes, acabam gerando bloqueios na atratividade. Outras é porque tem problemas cármicos e espirituais e não busca saná-los. Enfim, mas, o numero de pessoas que não acreditam no amor é enorme, eu diria que pelo menos 3 em cada 10, não acredita nem na força e nem na eterna ligação entre almas. Mas, eu não tenho duvidas, nem que exista o amor e nem que ele tenha ligações além do tempo presente. Ou seja, tem almas que nasceram pra se reencontrar. E quando são separadas, por atitudes bruscas e malignas, mesmo assim suas almas continuam conectadas. Nem a morte consegue eliminar o amor!

O amor pode surgir mais rápido que um raio!



O amor pode ocorrer num estalo! As vezes a pessoa está envolvida com uma outra, achando que ela é seu grande amor, mas, de repente do nada, surge uma terceira pessoa! Muitos triângulos amorosos estão formado mundo a fora, justamente por este estalo! Teve noiva que já transou com outro no dia do casamento, colocando na conta da tal "despedida de solteira", mas, que na verdade acabou se revelando mais que isso, pois tempos depois, se obrigou a separar-se e ir ao encontro desse afer de momento. Já conheci casos de pessoas que transaram com outras loucamente no dia da lua de mel. Teve uma mulher que se apaixonou pelo motorista na hora que o mesmo a levava pra igreja. O cara boa pinta, fala mansa e que sabia tocar nos pontos certos, de uma noiva que casava mais por imposição da familia e com um noivo sem graça e bum... o amor veio facilmente. Obras do acaso que transforma-se em casos e depois revela-se reencontros de almas.
Muitas mulheres com casamentos infelizes, se tornam presas faceis de aproveitadores, mas, nessas escapadas e tentativas de preencher o vazio, um grande amor aparece e ela descobre que todas as tentativas foram na verdade perda de tempo e que o amor só chega na hora certa! O São Jorge não chega antes da mocinha se encontrar com o dragão, mas, antes dele devorá-la. Assim o príncipe encantado de cada mulher, surge sempre quando ela precisa ser salva.
Quem prestar bem atenção na jornada de Tobias, verá que ele foi levado pelo Arcanjo Rafael até aquela viúva, não só para salva-la, mas, pra revelar o segredo dos desencontros das almas gêmeas e que cada pessoa tem que passar por certas escolhas e erros até encontrar seu verdadeiro amor. Mas, ele se revela como um raio, por isso a simbologia da flecha do cúpido... Quando você menos espera o amor se revela! Namasté a todos!
Carlinhos Lima
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores