Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Signos do Zodíaco e os elementos: doze tipos básicos bastante diferentes




Cada um dos doze signos astrológicos pertence a um determinado elemento em um dos seus estados. Isto dá-nos doze tipos básicos bastante diferentes. Estas qualidades variáveis dão estrutura às posições planetárias. Como cada horóscopo tem diferentes planetas em diferentes signos, nunca pode existir um Carneiro "puro" ou um Gémeos "puro". Cada horóscopo é normalmente uma combinação de partes muito variada, muito complexa e altamente individual. Para compreender os signos, devemos tomar em consideração as características típicas dos elementos, bem como as características próprias dos planetas associados aos signos. E cada planeta, signo, casa, aspecto e elementos, tem ligação com um orixá, anjo ou vibração cósmica atuante... O facto de os signos astrológicos estarem associados a certas constelações astronómicas gerou grande confusão entre os astrólogos e não-astrólogos. Basicamente, o nosso zodíaco e os signos são não mais do que uma escala circular de 360 graus. Cada uma das doze secções deste círculo tem determinadas características, baseadas em qualidades associadas com os elementos. A tradição vê o universo constituído pelos elementos fogo, ar, água e terra. Quando aplicamos este sistema às personalidades, os elementos representam certos traços básicos e dão um certo "temperamento". Isto varia de acordo com a ênfase dos elementos no horóscopo. Qualquer posicionamento dos planetas ou pontos pessoais num signo constituem uma ênfase. Os quatro elementos podem ser vistos como os quatro princípios básicos de vida. Isto pode ser aplicado a todo o género de coisas segundo os princípios da similaridade e analogia. C.G. Jung abriu a porta para um moderno entendimento destas categorias, desenvolvendo uma tipologia, em que cada um dos elementos corresponde a quatro funções básicas da psique. A ênfase ou não-ênfase dos elementos no horóscopo individual, revela aspectos fundamentais da personalidade. Fontes tradicionais ocidentais também consideram um quinto elemento a "quinta essência". Esta descreve simplesmente a alma ou o ser espiritual de uma pessoa. Fica separado dos outros quatro elementos e não é descrito no horóscopo. Esta é a razão por que é frequentemente desprezado. Leva-nos para além da doutrina dos quatro elementos e da sua aplicação no campo da astrologia. Refere-se à liberdade do homem e alerta-nos para o grande mistério da eternidade. Estados elementares ou Qualidades Cada um dos quatro elementos encontra-se em três estados ou qualidades, respectivamente chamados de cardeal, fixo e mutável ou estado comum. Podemos considerar as propriedades físicas da água como analogia: nela também, os elementos químicos se encontram em vários estados. A água, por exemplo, é líquida no seu estado normal, real. Visto astrologicamente, este seria o estado cardeal. Quando congelada fica em forma sólida, astrologicamente este corresponde ao estado fixo. Quando aquecida, transforma-se em vapor de água – comparável ao estado mutável em astrologia. No horóscopo individual, o posicionamento dos planetas em signos cardeal, fixo ou mutável também mostram os traços básicos da personalidade

Arte é tudo aquilo que fazemos por amor verdadeiro

Se existe tradução para amor, ela têm o nome da pessoa amada em alguma parte. Além da formula de seus desejos e a receita da compreensão do outro. - (Maria Rosa)

Desastre é tudo aquilo que fazemos por estupidez

Compre meus livros de magia astrológica - últimas unidades: http://www.buscape.com.br/livros/carlinho-lima

Arte é tudo aquilo que fazemos por amor verdadeiro. Desastre é tudo aquilo que fazemos por estupidez. Erro é tudo aquilo que fazemos por descontrole e virtude, é tudo aquilo que fazemos com sabedoria! Já o pecado, é tudo aquilo que fazemos mais inclinado ao mal e a morte, do que a vida ou ao bem das pessoas, como também ao nosso. 

Cada pessoa tem seu próprio mundo, sua própria história e vê a vida com as cores que aprendeu a observar! Por isso o maior erro das pessoas, em matéria de amor, é tentar dominar ou entender o mundo do outro. Temos apenas que fazer parte, nos integrar ou nos conectar, jamais querer interpretar ou possuir! - (Filosofias de Umbanda Astrológica)


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores