Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Umbanda Astrológica: A influência astrológica e dos orixás na vida das pessoas - parte 2

Umbanda Astrológica: A influência astrológica e dos orixás na vida das pessoas - parte 2

As Forças astrais e ancestrais, agindo sob nós


Muitas queixas de pessoas insatisfeitas vem da seguinte forma: "Sou filha de Oxum, ela é linda, sensual e da riqueza, por que não sinto nada disso?". Como eu disse o orixá é o regente, mas, ele rege num contexto geral, numa configuração ele só atua, observando as leis cármicas, dharmicas e ancestrais, e mais as escolhas pessoais. Muitas vezes seu dom de riqueza é pra ser desenvolvido por seus dons numa determinada área, mas, você, ao invés de seguir dons, segue vocações, por teimosia, por inveja, por péssimas dicas ou por burrice mesmo! Ai nunca vai usufruir desse axé maravilhoso! Também volto a repetir, há uma coroa, um contexto e muitas regras. Suponhamos que você seja filha de Oxum, mas, vem de uma linhagem ruim, com seus pais de orixás de fogo, com odús obscuros e ardentes revoltados e que a formação restante de sua Coroa seja de orixás discordantes! O que Oxum poderá fazer por você? Ainda mais que você, nunca procurou energizar-se, firmar seu axé, desenvolver seu biorritmo, sua bioenergia e ter um corpo harmônico e fechado? Nada! Seu orixá fica como um bom governando num governo cheio de incompetentes, ele nada poderá fazer.... 

Pra desfazer magias negras, o mago não pode recorrer as mesmas forças, aos mesmos elementos e as mesmas praticas, vibratórias ou sentimentos! As vezes uma coisa bem simples é o antídoto de um terrível veneno, e assim também é na magia! Ao contrário de desejarmos a vingança e o mal a nossos inimigos, temos que desejar sua recuperação deixando sua punição nas mãos do Astral Superior. Não podemos também vencer uma magia lançando outra mais forte. Esse é um grande mal pelo qual muitas pessoas passam. Ao serem vitima de feitiçaria, vão na casa de uns "entendidos", lá, o cara quase sempre não sabe como desfazer, então, cobra um absurdo, pra fazer matanças, queimar isso e aquilo na encruzilhada, alegando ter protetores poderosos, e que vai rebater tudo que foi jogado no consulente. Mas, isso não ocorre, uma magia não destrói outra, não afugenta e não transforma. Especialmente se for do mesmo teor (odeio). É como jogar gasolina no fogo! Ai, os males só aumentam. Observando a sabedoria do I-Ching e da filosofia oriental dos cinco elementos, sabemos que há elementos compatíveis e incompatíveis, e que o mago que não se atenta a isso, além de burro, cego pela ganancia e estúpido, é um perdedor!

O verdadeiro mago, não coloca magia negra pra girar, não evoca e nem invoca espíritos trevosos, ele só transmite a luz, vive pela luz e para a luz! Vingança não vai trazer a paz. Todo pai de santo, cartomante, mago ou bruxo que incentiva a vingança ele não tem outorga do Astral Superior pra ser mestre e mago de umbanda... Quando se é vitima de uma magia, procura-se sabiamente e quando se é bem instruído, desfazer a magia! Captou? Desfazer! Não fazer ela girar! Quem nunca conhecer a Umbanda, nunca se deparou com pessoas extremamente duras de alma. Algumas pessoas que vão em busca de cura e de repente é dito a ela, "Você tem uma magia te bloqueado", muitas dizem o seguinte:  tira de mim e envia pra quem me mandou, multiplicado por 7". Mal sabe ela que sem o poder do perdão uma magia negra não se desfaz! Sem o autossacrifício um espírito das trevas não é derrotado e uma magia reenviada, vai e mais cedo ou mais tarde voltará! Principalmente se chegar a destruir o oponente, ela não vai vagar no espaço vazio. Ao morrer seu oponente, naturalmente ela virá de volta pra restabelecer o fluxo de equilíbrio cósmico. Ai você pergunta, "mas, e quem enviou primeiro", bem se ele foi destruído, quem reenviou passa a ser seu tutor secundário! Só o amor vence o ódio, vingança não para magia negra...

Acesse as outras partes:

Umbanda Astrológica: A influência astrológica e dos orixás na vida das pessoas - parte 1

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores