Total de visualizações de página

A pombagira

Meus livros de Magia Astrológica no link

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Ou a Umbanda volta a ser Umbanda e o Candomblé a ser Candomblé ou serão extintos!


Hoje em dia é difícil dizer o que é Umbanda! Na verdade tá difícil identificar os cultos afrobrasileiros como um todo. Não foi só no tempo em que a Igreja Católica perseguia os adeptos dos cultos aos orixás, que tudo foi desvirtuado, hoje, mais do que nunca a Umbanda está sendo dizimada, sufocada e transformada num novo seguimento que nem dá pra definir qual! Se o sincretismo dilacerou a Umbanda, por outro lado, ajudou a manter sua essência viva, apenas camuflando-a. Porém o que está acontecendo agora é mais grave, pois interferências mais graves estão ocorrendo. Em primeiro lugar, por causa do populismo, estão desvirtuando a Tradição Oral, e por isso acho que ela precisa ser decodificada ou vai se evaporar no esquecimento ou nas distorções. As pessoas por causa dos ataques e da pregação ferrenha dos sensacionalistas, se curvam ao cristianismo e abrem mão dos conhecimentos ancestrais. 

E isso vem por meio do espiritismo (que não tenho nada contra, mas, uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa), por meio da influência de católico incubados que militam a espiritualidade com medo e fica chamando orixá de santo e por meio de tanta guerra de informação distorcida. Eu não tenho nada contra o Espiritismo, absolutamente nada! Apenas, vou continuar insistindo que ele não tem nada haver com Umbanda! Se você gosta do espiritismo, ótimo! Seja espírita. Mas, não diga que tem um terreiro que é ao mesmo tempo espírita. Não diga que é espírita e mãe ou pai de santo ao mesmo tempo. Uma coisa não tem nada haver com a outra.

Onde vamos parar? Terreiros que leem a Biblía antes da giras! Igreja evangélica que faz macumba! Pai de Santo jogando búzios em centros espíritas! Medium kardecista recebendo preto velho na Umbanda! Oxe... que patacoada é essa? Já tô cansado de receber email todo dia sempre com essas definições! Quando falo em espiritualismo, estou falando de busca espiritual, não confunda com espiritismo que é do Kardecismo. 

Quando falo com 9 em cada dez pessoas pra procurar a Umbanda, pode ter certeza que a resposta vai ser a seguinte: "estou frequentando um centro espírita, tomando passes e a mãe de santo..." Êpa! Mãe de santo em centro espírita? Que coisa estranha é essa! No Rio de Janeiro em especial é de onde temos mais essas notícias! Cadê as federações de Umbanda que não corrigem essas coisas? Umbanda não é espiritismo!

Quanto mais tempo passa, mas, tenho certeza que a Umbanda de verdade vai acabar, vão ficar apenas, bagunças dominadas pelo cristianismo e que usarão equivocadamente o nome dos orixás! Sabe porque? Porque o consulente hipócrita, ele não vai entrar num lugar onde está escrito "Terreiro de Ogum"! Mas, se tiver escrito "Terreiro de São Jorge", aaaaaaaaaaaaa, ai sim! Ele entra. Porque colocou na cabeça que Ogum é coisa de macumba e São Jorge é santo! 

Se colocar "Terreiro de Iemanjá", não vai atrair adepto como se colocar "Centro Espírita Nossa Senhora não sei das quantas...". Mas, os orixás e os ancestrais estão vendo toda essa ignorância e preconceito. Só que pra Umbanda de hoje o marketing é mais importante!

Se a pessoa vai no terreiro, toda assustadinha, toda cheia de dedos e preconceitos, se tremendo de medo, e a suposta mãe de santo, pega a Bíblia e lê antes dos trabalhos... Ufa, exclama o visitante: "nossa, não era macumba como pensei é coisa boa". Porém se ao invés de ler a Bíblia que nada tem haver com Umbanda, a suposta mãe de santo, cumpre a tradição e a sua ancestralidade, fazendo os rituais originais, imagina ai o que o visitante hipocrita e preconceituoso vai pensar!? Pois é! No Brasil e em outros países onde o poder midiático dos cristãos imperam, enfiaram goela abaixo das pessoas que a  "Bíblia é a verdade absoluta e a palavra de Deus", quando na verdade ela apenas guarda ensinamentos, fragmentos e que tem muitos mitos, muitas adulterações e muitas opiniões dos autores. Mas, como jogou com força a imposição até mesmo no inconsciente coletivo, as pessoas tem medo de contestar isso...

E assim fica. Tudo, os massacres, as chacinas e os absurdos políticos que tem em boa parte da Bíblia, jogados como se Deus assinasse embaixo, como se ele fosse o autor de tudo, quando qualquer estudioso sério sabe que não é bem assim. Na verdade, não se sabe nem quem escreveu cada um dos livros da Bíblia.

E enquanto isso, a Umbanda se esvai, se acaba e se transforma em mais uma adaptação sensacionalista dos novos tempos. Não se respeita mais os rituais, a magia sagrada, os sinais riscados, os pontos cantados e passam cada dia mais, pra agradar os visitantes e pagantes, a ler a Bíblia, a dar passes e a ignorar ou rejeitar as tradições originais. Agora todo mundo se diz "branco", não faz rituais, não faz pontos e daqui uns dias vão tá ouvindo músicas gospel nas giras, cantadas por Pombagira! Que rídiculo. Se quer ser evangélico ou kardecista, que seja, mas, não digam que são umbandistas.

To parecendo intolerante? Intolerante são os que fazem atos pra agradar e anulam as tradições originais. Que se sujeitam a pregação europeia, por achar que a Africa é primitiva ou atrasada, como já disseram alguns líderes espíritas e que outras "religiões europeias são mais avançadas"! Quando na verdade, a religião cristã, tá inserida nas bases dos sacrifícios, das barbáries e de guerras sangrentas. Mas, é fácil dizer que a crença dos outros é mito, mas, a nossa é "dogma de fé"!

Não existe Umbanda sem axé, seu ritual, sem ponto, sem orixá e não existe Umbanda Branca ou Negra. Na verdade a Umbanda vem de origens distantes, remotas, bem antigas e ancestrais e pertence a raça humana como um todo. Por isso não tem que se sujeitar ao cristianismo, muito menos combatê-lo. Apenas saber separar as coisas! A Umbanda e o Candomblé são bem mais antigos que o que conhecemos aqui no Brasil e são bem mais antigos que o cristianismo.

Na verdade o culto abramico e patriarcal é apenas uma ramificação da Umbanda Antiga de milênios atrás. Por isso o povo hebreu fazia muitos sacrifícios. Só na inauguração do Templo, Salomão matou milhares de cabeças de gato e queimou a carne em brasa para o sacrifício do Senhor.

Já que os que se dizem donos de faculdades de Umbanda e os que tem seus terreiros luxuosos, não defendem a Umbanda, eu cumpro minha missão e peço, que não descaracterizem a Umbanda. Não misturem com aquilo que só sufoca a tradição oral. 

A culpa dessas distorções da Umbanda é de livros mau feitos, onde supostamente psicografados, entidades do espiritismo, imprimi distorções na Umbanda. Agora tá na moda, romances, sendo vendidos como psicografias de entidades, só pra transformar Umbanda em um seguimento que é apenas espírita. Não se iludam com esses romances que dizem ser psicografados, aquilo não é Umbanda. A Umbanda Original tem que  ter seus oráculos, os búzios, o Ifá, a magia, os rituais sagrados e os orixás. O resto é invencionice. As lendas que temos que observar são as dos orixás, dos inkices, dos encantados, das linhas sagradas e dos odus de Ifá. E não do livro dos espíritos de Alan Kardec. O livro dos espíritos é pro kardecismo, assim como o Ifá é pros cultos afrobrasileiros.

Axé a todos e que Oxalá, Orunmilá, Obatalá, Odudwa, Nanã, Iemanjá, Oxum, Iansã, Obá, Oxumaré, Ewá, Xangô, Oxóssi, Ossaím, Ogum, Ibêjis, Obaluaê, Omulú, Logun-Edé, Exú, Pombagira e Iroko, abra a mente de todos vocês e que os códigos de Umbanda sejam respeitados e preservados. Axé

Carlinhos Lima

A mulher refinada e elegante - naturalmente


Tem pessoas que já nascem refinadas, ao que tudo indica, por ter aprendido bem o que lhe foi ensinado pelo Astral Superior e nas vivencias anteriores. Mas, há muitos tipos de refinamentos. Tem os refinamentos morais, intelectuais e físicos. Tem pessoas que mesmo sendo de uma classe social baixa, quando veste-se, tem um ar imperial, elegante como se já pertencesse a uma classe mais nobre! Enquanto outros mesmo sendo milionários, mesmo colocando uma rouba de marca, não lustra, não tem pinta e elegância! Da mesma forma tem os que trazem refinamento espiritual, que ao seguirem uma linha sacerdotal, tem autoridade, sendo que até os espíritos maus o temem, parece que suas bênçãos tem peso e suas palavras luz. Enquanto outros, são farsantes ou estão no caminho espiritual, por curiosidade, por confusão, fanatismo, sectarismo ou oportunismo. Tem ainda alguns religiosos da moda, que aprendem malandragens de indução as pessoas e assim adquirem poder, fortuna e seguidores. Mas, essas pessoas que trilham o caminho de Belial, de engano e de ganancia, mesmo que passem toda essa vida impune, sofrerá e muito num passo posterior de sua alma... Mas, voltando ao refinamento natural, vemos que isso se explica nos odús pessoais, no mapa natal e nos orixás, anjos ou planetas que regem uma pessoa. No entanto, uma boa bagagem moral, heranças ancestrais e bens espirituais, como muita sorte dada pelo Astral Superior, não é sinonimo de sucesso. As vezes mapas bem iluminados não dão em nada, pois as pessoas se acomodam, enquanto outros que tem que superar grandes barreiras, serão pessoas de sucesso, pois se moldaram no fogo das turbulências da vida. Mas, pra concluir, pessoas muito elegantes, como as filhas de Orixás fortes como Xangô e Oxalá, tem acima de tudo, quando não pertencem ao lado sombrio da vibração, uma elegância moral que é o que dão a elas maior carisma e firmeza. Axé a todos!

Mulher: o portal da vida


Mesmo tendo sido as relgiões patriarcais que tenham prosperado, não tenho duvida que a divindade sempre preferiu a mulher. Ela é mais elegante não só em beleza fisica, mas, tambem sua sensibilidade emocional e espiritual sempre a conectou mais facilmente a ser criador. Por isso, nela está o útero, a porta da vida e a maternidade. A mulher é tão poderosa que quando negativa pode causar grandes danos, por isso o medo do homem sempre foi grande, pois ela ao atingir seu apice de poder, pode ser invencivel. Temos os mitos como o de Lilith desafiando Deus e Adao, mas, também temos entre os orixás, outros desafios narrados, como os de Oxum, tanto com Oxalá, quanto com Orumilá e até Olorum. Quem estuda a mitologia dos orixás sabem bem o que eu estou falando. Mas, resumindo, esses embates, mostram o quão forte, esperta e corajosa pode ser a mulher e qual sua importancia até mesmo nos mitos da criação. Por isso quem tem Oxum, Lilith, uma poderosa Pombagira, Iansã, Obá, Iemanjá, Nanã, Odudua ou qualquer personificação feminina ao seu signo pessoal, como também anjos que defendem o feminino, como o Arcanjo Gabriel ou Anael, são guerreiras natas! Claro que tudo depende das configurações, mas, quem tem um orixá feminino muito forte, de cabeça, adjuntó ou como Mãe de Cabeça, será ardilosa, inteligente e incansavel. Salve a todas as mães criadoras... Axé

 - Carlinhos Lima

O amor e as relações, nas análises astrológicas


Quando se analisa relações, não leva-se em conta apenas o Sol, como muita gente tem o costume de perguntar "signo tal, combina com signo tal?", na verdade, o certo é perguntar "meu mapa natal, combina com o mapa natal de fulano?", isso porque precisamos analisar além da posição do Sol por signo, também, a posição dele por casa, os aspectos que ele forma com os ângulos e planetas, a relação dele com a Lua, onde a ela está por signo e casa, além de termos que analisar o peso dos elementos, os pontos derivados de uma composição, sinastria, como por exemplo, pontos médios, partes arábicas e outros pontos. Esses outros pontos que me refiro são por exemplo Quiron, Ceres, Lilith, entre outros. E se falando em partes arábicas, é importantíssimo avaliar a Roda da Fortuna, como também os Nódulos Lunares, que não é uma parte arábica, mas, tem tudo haver com o carma e missão na vida. E enfocando especialmente os elementos, porque por exemplo, uma pessoa que tem muita agua no mapa, é mais emotiva, sensivel, sensual e se apega mais fácil. Cada elemento tem uma caracteristica. Mas, lembrando que muita gente costuma analisar a posição dos planetas e diz: 'nossa não tem água no meu mapa!", mas, isso não é verdade! Temos todos os elementos, afinal de contas todos os signos e planetas estão lá, apenas, temos alguns mais relevantes do que outros.

Em matéria de amor por exemplo, ao casar, noivar, namorar ou se encontrar com alguém do signo forte em agua, lugares ligados a abundância desse elemento acabam marcando pra sempre aquela pessoa e acaba sendo marcante pros dois. A primeira transa por exemplo dentro d'agua, acaba sendo muito mágica, quase um batismo para o casal. Mas, certa vez alguém me disse: "sou de agua e meus encontros na praia ou na piscina foram horríveis meu relacionamento só me trouxe conflito nesses lugares!". Em primeiro lugar, ela tentou se relacionar com um cara que tinha muito mais foto do que agua no mapa, além disso, se envolveu num período onde Saturno fechava as casas e signos de agua, como também Netuno e Júpiter formavam desafios a Vênus Natal e um deles andava pra trás! Por tanto, não basta ter favorecimento de elemento, mas, saber se aquele elemento está bem favorecido naquela ocasião... Namastê a todos!

Carlinhos Lima

O poder da fé


O Papa João Paulo II, disse certa vez que "a fé tem que ter as asas da razão". Essas sábias palavras que definem bem o quão é burrice ser um cego sectário e fazer papel de trouxa, acreditando em mercenários e enganadores sem questionar, o porque disso ou daquilo! Mas, temos que dizer também que a fé tem que ter a força da ação! Ai lembramos bem do famoso ditado "faz por ti que te ajudarei", essas são palavras válidas tanto pra divindade, quanto pra qualquer mestre que tenta ensinar seus alunos. Ou seja, se um aluno não se presta a buscar aprender, seu professor pode cair a língua de falar ele nunca vai evoluir! Assim não é porque algum de nós nasceu com dons, proteção espiritual e signo favorável que tudo vai dar certo em nossa vida. A fé precisa de ação. Não basta apenas orar e ter fé! Muita gente acende velas todos os dias, reza, não perde uma missa, não perde uma novena, mas, não faz obras! Então lembramos de mais uma passagem, agora bíblica "a fé sem obras é morta!". Pesada essa afirmação não é! Chega a ser desanimadora, mas, é profundamente sábia! É por isso que nos cultos ancestrais, magisticos e afro, como também antigos de adoração, se buscou o magismo, a oferta e até oferenda de animais sacrificados, pelo fato de a divindade dá ao homem que a buscava, uma missão, uma provação e teste de coragem. E de certa forma as religiões, judaico cristãs, reconheceram o valor da oferta a divindade, primeiro por fazer o homem se desapegar e segundo por fazer o homem se esforçar. Mas, a pergunta que não quer calar: "o que um pobre animal, um bode, uma galinha ou sei lá o que tem haver com minha missão?" Eu creio que nada, mas, é uma questão de simbologia, pois a divindade tem afinidade com determinados axés, forças vibratórias e tudo tem haver com um arcano altamente magistico que só os mestres superiores sabem o que é. E então, antes de chamar tudo isso de demoníaco, primeiro tente responder, porque o Anjo do Senhor pediu a Moisés que mandasse seu povo matar cordeiros e passar o sangue na soleira da porta? Você sabe? Pra que Deus queria sangue, ele poderia agir sem elementos magistico não? Pois é amigos, antes de julgar o que nao conhece, tente primeiro entender o que conhece! 

Namastê - Carlinhos Lima

O poder da mulher

Ao ser subjugada nas religiões patriarcais, as mulheres pegaram lugares secundários nos templos, na magia e na vida social, a não ser quando agiam em clãs na selva, escondidas... Bem, no Tarô temos os naipes de taças, eles não representam apenas o lado romântico da vida e da mulher, mas, a receptividade. Essas cartas que são de certa forma arcanos do elemento água, não representa apenas do lado físico o útero da mulher, seu poder de gerar uma vida dentro de si, mas, também no plano espiritual essas cartas e arcanos sagrados, são a receptividade no mundo da magia do amor cósmico. Ou seja, ele é o vaso onde está nossa alma, mas, também pra onde pode ir nossa alma. A caixa que Pandora recebeu, pode ser simbolizado numa taça envenenada, tanto no plano físico, quando no emocional. Uma mente suja, cheia de ódio e de dor por exemplo, é o veneno mais mortal pra nosso espírito. Assim como as drogas, matam nossos neurônios e ferem mortalmente nossa alma. Dessa forma nosso vaso, nossa taça e nosso recipiente vital, é partido pelo mal. Mas, quando ela é bem límpida, bem cuidada e bem valorizada, é também a taça que o anjo carrega com a agua do rio da vida! Então, a taça que há em nós e que é a mais importante e que temos que doar a Deus (nossa mente), tem que tá sempre limpa e iluminada...

Carlinhos Lima.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores