Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

sábado, 6 de janeiro de 2018

2018: o que dizem os astros e os orixás sobre a política brasileira



Os mais e os menos favorecidos pra ser o próximo presidente do Brasil


Que nós vivemos uma era diferente, é bem visível, mesmo pra quem não observa os ciclos, o tempo ou os astros. Até porque nunca uma era será igual a outra. E por isso, observar apensa ciclos, como faz por exemplo, a astrológica védica, que se baseia em fatos passados pra tentar avaliar prognósticos, é quase ineficiente. Mas, de certo modo, nós dá um parâmetro para que possamos olhar em certas direções. Porém, o fato é que o tempo não se repete, como a água de um rio que passa e jamais volta, o tempo também, vai seguir sempre em frente. Assim, um planeta seja geracional ou não, dentro de um determinado signo, não irá repetir os mesmos eventos, pois ele vai se deparar com outros aspectos, outras companhias e outras configurações, tanto astrológicas, quanto com as mudanças implementadas em nosso mundo. Dessa forma o peso de um aspecto e de um trânsito planetário em um século, será sentida de outra forma num século seguinte. 

Mas, claro, um planeta terá sempre uma forma peculiar de manifestar sua influência e regência. Dessa forma, um planeta maléfico, sempre trará uma energia ruim para um determinado ponto zodiacal onde ele opera com poder destrutivo. Então, não consigo ver com bons olhos esse Saturno indo se juntar a Plutão em Capricórnio e nem Urano em Touro. As configurações, estão todas inclinadas pra mudanças que a sociedade não está preparada e boa parte está anestesiada com as ilusões do entretenimento. Não só internet, TV, Cinema e diversões como um todo, deu um breque na busca espiritual, desvirtuou a evolução de alma que outras gerações tinham e o homem se tornou ainda mais consumista, materialista, apegado apenas ao que vê, além de iludido com a diversão o tempo todo. Por isso, aumenta tanto o consumo de drogas. E por isso, as religiões que mais crescem hoje, são as que apostam na pirotecnia, cultos barulhentos, quase um show numa boate e apresentações de stand-up de líderes religiosos, que transformaram o ato sério de orar em espetáculos cheios de marketing pra arrecadar mais e mais dinheiro, além de entreter as pessoas que sentem um vazio na alma.

No campo político, vemos que as arrumações astrais, como bem percebeu o astrólogo Gilles Verrier, se inclinam mais para o conservadorismo, não só nos países europeus e nos EUA, como também aqui no Brasil, basta observar o resultado das duas últimas eleições, como o nosso congresso tá apinhado de conservadores e muitos prefeitos mais inclinados a direita foram eleitos. Alguns astrólogos estão apostando numa possível vitória de Bolsonaro por causa dessa inclinação conservadora e ainda mais, por causa da vitória do Trump e outros presidentes conservadores de direita. E realmente há uma certa ligação cármica entre o mapa de Jair Bolsonaro e cartas astrológicas do Brasil. No entanto, ao dar o veredito sobre uma vitória de Bolsonaro, o astrólogo francês Gilles Verrier, assim como a maior parte dos astrólogos brasileiros, usou a carta da Independência do Brasil, o que pra mim é um grande erro, pois não somos mais uma monarquia e sim uma república. A meu ver o mapa da república tem muito mais a nos mostrar da política atual, afinal somos estados federados, uma república.

É claro que há toda essa pressão nos quadrantes cardinais, vindo de Plutão, agora reforçado por Saturno e o Brasil é por si, muito tradicionalista. Teve aqui, algumas décadas de ascensão do socialismo, com o PT fazendo quadro mandatos na presidência da república, mas, foi um grande ajuste, envolvendo mídia, universidades e muitos outros setores, que trabalharam pra que isso acontecesse. Agora, o Brasil, em meio aos muitos escândalos de corrupção e com a máscara de muitos líderes políticos caindo, está tentando retornar a sua origem que sempre foi mesmo conservadora, tradicionalista e mais inclinada a Direita. E é claro que esse peso sobre Capricórnio é mesmo importante, mas, não devemos focar apenas nele, pois como eu disse, o zodíaco é composto de milhares de códigos e signos! Além disso, o ano é de Júpiter. Mesmo com Saturno fazendo sua colheita, aparando arestas e bloqueando coisas, Júpiter é juiz, libera coisas travadas, remexendo nas águas profundas de Escorpião. Portanto, não subestimem o potencial dos signos de água nos quadrantes do mapa da Proclamação da República.

Lembrem-se bem que Bolsonaro é ariano, portanto, sobre bloqueio dos astros maléficos em Capricórnio e apenasar de ligações cármicas com o país, Saturno escurece a sua Cabeça do Dragão, o que pode ser uma cobertura, mas, também pode ser um grande fardo. Ou seja, Bolsonaro pode ainda sofrer algum revés, algo que o impeça de seguir em frente, de progredir ou simplesmente diminuir o carisma que desfruta no momento, onde é constantemente chamado de "Bolsomito". Tem pessoas que são como meteóros, que vão do paraíso ao purgatório como num passe de mágicas. Os astros mostram que algo pode ainda vir a tona, que possa ser prejudicial a imagem do capitão do exercito.

Uma coisa que vem favorecendo muito o Bolsonaro é que o povo brasileiro, cansado e revoltado com muitas situações indignantes, acabam se apaixonando por pessoas que soltam bravatas à todo momento. Perceba que até apresentadores de TV que se mostrem brigões como o Ratinho e o Datena, ficaram ricos, famosos, poderosos na mídia, só porque apresentavam um estilo agressivo no ar. Políticos dominadores como ACM na Bahia, dominou o estado por décadas, mesmo sendo chamado de "Malvadeza". Novelas ou filmes onde tenham personagens machões que resolvem tudo na porrada, costumam fazer muito sucesso no meio popular. E na política, todo sujeito que diga as coisas na lata ou façam aquilo que muitos gostariam de fazer ou dizer, acabam recebendo seguidores. Vimos que o Dr. Enéias, em poucos segundos de propaganda, chegou a conseguir milhões de votos, por que representava uma bravata, uma revolta e coragem. E essa inclinação as bravatas não é só uma linha da direita ou dos conservadores não. Pelo contrário. Na esquerda, se acolheu muito bem os famosos Black Blocs, defende-se as ocupações e o MST que chegam quebrando tudo e invadindo. Enfim, o mapa da proclamação tem Escorpião na casa 7, por isso, os brasileiros, tendem a amar pessoas que mostrem agressividade ou desafiem o sistema.

Em 2014, Júpiter favoreceu Dilma, pois ativava a Lua da Proclamação e favorecia os signos de fogo, pois ela é de Sagitário. Já nesse ano, Júpiter estará ativando uma forte quadratura na carta de Jair Bolsonaro (Saturno/Plutão). Enfim, se por um lado Júpiter favorece a militares, de certa forma também favorece o Lula, o que torna tudo mais confuso. Plutão também podem provocar destempero e prejudicar a imagem de Bolsonaro no período das eleições.

Os odus de Bolsonaro, revela-nos realmente uma postura conservadora, com alta probabilidade de honestidade, mas, também fortes ambições e postura radical. O odu de frente que mostra a personalidade de Jair Bolsonaro, é bem conservador, revela um bom humor, tradicionalismo e muita força. No entanto, o odu das sombras é que revela a impulsividade. E é justamente este odu, que vai reger os caminhos do mundo rumo a espiritualidade e objetivo elevados em 2018, juntamente com um outro odu cheio de energia que também gera impulsos.  E é um dos odus mais ocultos. O dono deste Ifa não é ensinado Se é um segredo porque ele não pode ser confiado, porque ele é traiçoeiro e malicioso. Viva muitos anos, tantos que você tem que conseguir que ele capture o sol.

Enfim, será um ano cheio de novidades ainda, muito desafiadoras, não só para o Lula, mas, também para todos os outros. Jair Bolsonaro tem muitos pontos obscuros ainda, que serão confrontados. Se ele apaixona uma parcela da sociedade brasileira, continuará causando medo e rejeição em uma outra grande parte do eleitorado. Acontece é que há em seus seguidores, um grande número de pessoas com acesso a informação e também com potencial de espalhar o marketing em favor do Bolsonaro, mas, na vida real, longe da internet, há ainda uma grande parcela que vota nos métodos antigos, sem se importar muito com a internet. A verdade, é que a internet é hoje, muito mais usada pra diversão do que pra buscar coisas sérias. 

Lula está numa fase muito complicada astrológicamente, com uma forte configuração que inclina o petista a prisão. Talvez não uma prisão que demore, mas que impossibilite que ele continue na política. Há até riscos físicos, referentes a sua saúde, inclusive a saúde mental e também espiritualidade fraca. No entanto sua bagagem política é grande, mesmo sem tá no jogo, poderá influir e impedir que outros que ele não queira, ganhe as eleições. Seus eleitores, são uma parcela importante do jogo político nacional.

Eu não sou alguém que está na mídia, mas, quem acompanha o blogue, verá em meus textos todas as apostas políticas que fiz aqui no blogue, avaliando as forças astrais atuantes, como por exemplo, apostei no Dória, no Trump e muitas outras análises. Só que como os astrólogos midiáticos, que na maioria das vezes chutam no ar, por terem média com apresentadores, sempre acabam levando créditos de "super-astrólogos ou videntes", pois chutam e se erram, dão uma desculpa, mas, se acertam, ganham fama. Enfim, vejam que agora, uns apostam no Bolsonaro, como um tiro no escuro, jogando tudo como numa roleta de cassino - se ganhar, ôba, fama, mas, se perder, desculpa. Outros apostam no Lula, mas, quem está apostando num nome novo?

Uma outra coisa que as pessoas precisam compreender é que não depende apenas do mapa do candidato, mas, do poder da legenda, da força do grupo que apoia um tal candidato, do vice escolhido e assim por diante. Além do marketing e bandeiras adotadas. Nesse sentido, soma de forças é muito importante pra que um candidato prospere. No caso desse ano, uma vice tendo uma mulher na chapa, seria muito importante. Inclusive se for adversário do Bolsonaro é ainda mais favorável. Porém, como Dilma queimou o filme das mulheres, a cabeça da chapa sendo uma, não daria muito bom resultado.

Por falar em uniões e associações, podemos dizer que Álvaro Dias é um dos nomes mais favorecidos astrológicamente, porém, há alguns bloqueios cármicos e como eu disse, seria bom que fizesse boas alianças. Tanto pra ele, quanto pra qualquer outro, a forma que irá se posicionar, será muito importante, as bandeiras que irá defender, como se comportará na hora do confronto político, mas, se souber aproveitar, poderá crescer muito politicamente, especialmente se Lula e Bolsonaro não estiverem na disputa, pois há grande chance de ambos serem tirados do tabuleiro.

Marina Silva é um bom nome pra compor uma chapa como vice, mas, para presidente, seu signo está muito limitado. Já Ciro Gomes, vive duas situações - com Lula ou sem Lula. Sem o ex-presidente na parada, as associações certas, comunicação inteligente, alianças fortes e apoio de toda esquerda, ele tem muita chance de ir para um segundo turno. Especialmente sem Lula e Bolsonaro na parada.

O Apresentador Luciano Huck também tem um mapa excelente como nome novo. No entanto, sua indecisão e falta de coragem, fragiliza, pois demonstra ao eleitor, que ele quer jogar e que pode ser influenciável se chegar ao poder. Ele seria no entanto, uma excelente aposta como vice na chapa de qualquer candidato. E sem Lula ou sem Bolsonaro, e até sem os dois, mesmo pra presidente, seria um nome capaz de chegar até o segundo turno, mas, provavelmente seria derrotado na reta final pelo adversário.

O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa, também se mostra muito indeciso, por isso, perde muito tempo no jogo político. Ele seria um bom nome pra ser vice de alguém em qualquer dos lados, mas, especialmente na esquerda. Enfim, tudo ainda muito cedo, com as peças se movendo no tabuleiro. Irá depender muito de que decisões a justiça irá tomar. Com Lula e Bolsonaro no jogo político, é uma coisa, sem eles, tudo muda de figura. Se um dos dois sair, também será muito diferente. A verdade, é que o carisma de Bolsonaro, neste momento é gigante e se continuasse assim, ele seria eleito com facilidade. No entanto, em política, há muitas entrucações, ainda se apresentarão muitos desafios.

Bem, pra concluir, repito que Luciano Huck e Marina Silva ou mesmo Joaquim Barbosa, seriam bons nomes para compor a chapa. A disputa final, dependerá mesmo de quais alianças e posturas, com bandeiras que cada um irá defender até o dia da votação. Mas, com Urano arranhando as portas de Touro e todas as fortes configurações apontando pra mudanças de ciclos, podemos dizer que quem representar o novo, com veemência, terá mais chance de vitória. Dessa forma, podemos dizer que os dois nomes mais fortes pra ser o próximo presidente do Brasil, seria Álvaro Dias e Ciro Gomes - inclusive, uma união dos dois, seria uma jogada inteligente.

Já ia quase me esquecendo do possível candidato do governo, Henrique Meirelles, apesar de Temer, dizer que preferia João Dória. Só que Dória, vem se queimando pelas próprias mãos e nem sabemos se se reelegeria pra prefeito de São Paulo. O Ministro da Fazenda por sua vez, poderia num jogo sem Bolsonaro, sem Lula e com candidatos brigando entre sim, dar uma de "azarão" surpreendendo todo mundo. Primeiro, que ele é o queridinho do mercado, já serviu a esquerda e seria aceito também pela direita. Além disso, ele poderia ser o que mais conseguiria patrocínio dos empresários e banqueiros, mesmo que em forma de apoio e mídia. Além de ser um milionário que poderia investir em sua própria campanha. No entanto, sua ligação com o grupo JBS, pode ser um grande "calcanhar de Aquiles". E por pertencer ao governo Temer atualmente, será um candidato muito impopular. Além disso, seu signo e odus são muito ruins. E pra piorar, há uma péssima premonição sobre seu mapa, para 2018, com um grande risco de ataques carmico-espirituais, que poderia lhe gerar algum problema grave de saúde e até risco de morte. Até por estar perto energeticamente de Temer que é um político muito "carregado" e odiado pelo inconsciente coletivo, como pela própria população consciente mesmo. Meirelles tem que ficar muito atento em 2018, pois se o problema espiritual em seus odus e signo se apresentar, ele poderá ter um ano muito ruim.

Geraldo Alckmin, por sua vez, tem um partido poderoso, um cargo de destaque, como governador do estado mais importante e presidente da legenda. Mas, as contradições e desunião no partido são grandes. Além disso, os tucanos estão muito queimados, não só pelas cagadas do Aécio, como pelas decisões políticas sucessivas que irritaram o povo até hoje, inclusive as do João Dória. Mas como tem governadores, sigla muito forte e potencial, poderia até se arrastar até um segundo turno, pois o mapa dele até que não está ruim. Mas, Se Ciro Gomes e Álvaro Dias, souberem aproveitar o que os astros lhes favorecem, especialmente se se unissem num eventual segundo turno, os tucanos, seriam facilmente derrotados.

Enfim, pra concluir e não ficar em cima do muro, vamos concluir, mesmo repetindo, o monte de movimentos que ainda teremos nesse tabuleiro da política nacional. Tem a meu ver, Lula e Bolsonaro, que são os mais fortes hoje, mas, com grande risco de caírem fora da disputa, por conta do judiciário, pois se a justiça banir um, terá que banir os dois. Mas mesmo que ambos fiquem, há uma inclinação para o novo. Então teríamos, Álvaro Dias, com o peso da moderação e ideias novas, como também Ciro Gomes, com seu estilo arrojado, apoio dos nordestinos, eleitores do Lula e apoio da Esquerda. Então poderíamos ter a seguinte conclusão - caso estes dois prosperem em suas campanhas, adotando os discursos certos, propagandas certas, alianças inteligentes e bandeiras sábias: Ciro Gomes com o apoio político maior e Álvaro Dias, com o poder de renovação. Então, apostamos assim: Álvaro Dias com 60% de chance de ser o novo presidente e Ciro Gomes com 40% de chance. E Jair Bolsonaro, dependendo de como enfrentará todos os desafios e tomará todas as decisões com 30% de chance de vencer.

Mas, volto a repetir, que está tudo precoce, dependendo de muitas decisões e que uma reanálise, após todas as candidaturas registradas, ser necessária pra ver realmente quem está no jogo. Axé a todos.

Carlinhos Lima
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores