Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

A Confusão identificada no mapa astral





Muitas pessoas pelo mundo a fora estão neste momento passando por pesadas crises espirituais e confusão mental. Muitos são confundidos com loucos, são criticados, mal tratados, atacados e vitimas de preconceitos horriveis. Na grande maioria tudo o que estes pobres seres vivem é problemas carmicos por causa da necessidade de uma harmonização espiritual e controle da mediunidade. Num mapa natal, ao olharmos pelo prisma da Umbanda-Astrologica sem o velho estigma de que tudo é obra do pensamento negativo e que todos os problemas são psicologicos, vamos perceber facilmente se realmente a causa são influencias externas, como fatores sociais, culturais, hereditarios ou se são sim, problemas de ordem espiritual.

CASA 12

A décima - segunda casa significa os problemas e preocupações maiores de sua vida. Mostra os inimigos secretos e as traições, mas também sua evolução interior.

É dessa forma que obtemos no Mapa Natal a descrição de todas nossas potencialidades e nossas limitações. É por isso que temos no Mapa Natal o desenho do nosso Projeto de Vida, afinal se temos o caminho da nossa evolução consciente e se temos todos os dons e desafios para percorrermos esse caminho, podemos dizer que o Mapa Natal é o projeto de construção da nossa trajetória de vida. Já os Trânsitos Astrológicos (Horóscopo Diário Personalizado), que são os aspectos que os astros em evolução no céu fazem com relação ao nosso Mapa Natal, descrevem o cronograma de execução do nosso projeto de vida, sinalizando os melhores caminhos a seguir. Pois conforme já sabemos, quando nós nascemos, a posição dos astros no céu se encontrava conforme desenhado em nosso mapa natal, e estes definiram assim o nosso Projeto de Vida. Mas os astros no céu continuaram e continuam se movendo incessantemente, e dessa forma, através dos trânsitos dos planetas pelos diversos setores definidos em nosso mapa, e dos aspectos dos planetas em trânsito com nossos planetas natais, vamos recebendo os sinais que definem os ciclos do nosso desenvolvimento pessoal e espiritual. Esses ciclos são o cronograma do nosso Projeto de vida.

Assim, os trânsitos planetários nos sinalizam um roteiro para o nosso desenvolvimento pessoal e espiritual, assinalando como devemos atuar nas diversas áreas de experiências da vida para melhor construirmos o nosso projeto de vida na direção do nosso Nodo Norte. Os astros não determinam nossos destinos e atitudes, eles simplesmente nos inclinam à eles. E quando vivemos as experiências sinalizadas pelos astros, estamos simplesmente nos relacionando com a evolução cósmica, e essa vivência de experiências em sintonia com o Universo possibilita uma vida mais produtiva, mais evolutiva e plena de crescimento.

Essa Casa é de regencia do Grande Orixa da Justiça Xangô. Isso quer dizer que a parte emocional e profunda do nosso ser tem uma relaçao direta com nossa alma espiritual. Assim se existir bloqueios ou ataques a esta casa certamente os disturbios e confusão virá fortemente. Mas é importante obersarmos que signo se encontra regendo esta casa, pra vermos qual orixa se cruza com a regencia natural de Xangô, de que forma essa energia é direcionada até nós e como devemos busca-la pra desenvolve-la. Se Gemêos por exemplo, é o regente dessa casa, passamos até toda vibração eletrica de Ibejí, operando a nossa mediunidade como muito mais eletricidade do que se fossi regido por Capricornio/Obaluaê, por exemplo! Como se for por Peixes, nós teriamos a força de Xangô agindo no maximo tornando a mente muito mais profunda, com uma mediunidade muito mais sensitiva e dificil de compreender, como se fossi um oceano de aguas escuras e profundas.

A presença de Saturno em mau aspecto denstro dessa casa, ou a atacando, torna o processo espiritual e evolutivo, muito mais sofrido e doloroso, mas que se for bem captada e assimilada como tem que ser pelo medium, terá uma rica valorização com crescimento da espiritualidade, assistida pelas sabias falanges dos Preto-Velhos de Yorima.

Tudo depende da nossa forma de aceitar nossa missão nessa vida e de como usamos nossa tão importante mediunidade que nos foi concedida pelo Criador e que é durante toda nossa vida assistida pelos Grandes Senhores do Carma: Os Sagrados Orixás! A casa 12 tambem se refere a Saude, em especial a mental. É por isso que muitos tem disturbios que pra muitos é identificados como loucura. Mas não só devemos olhar esta casa, como todas as que se relaciona com ela. Pois se ela nos fala do mundo oculto da nossa conciencia ou inconsciente, as outras nos mostra de quer forma isso nos afeta. Um planeta em mau aspecto bloqueando a casa 12 e dentro da casa 9 reflete muito bem que os nossos valores sociais, culturais e religiosos é que tem que ser bem avaliados e compreendidos. Enfim cada caso é um caso. Por isso analise o seu.

Sombra e luz, escuridão e claridade. Essa realidade dupla forma o interior do ser humano, que tenta negar-se a cada dia, enganando-se. A maioria das pessoas quer ser apenas luz. Recusam-se a identificar a sombra que faz parte delas. Religiosos de um modo geral falam de um lado sombrio, diabólico, umbralino, como se esse lado escuro fosse algo externo, ruim, execrável. Isso tudo é negar o lado oculto da alma e é por isso que temos tanta dificuldade de levar desenvolvimento espiritual as pessoas, por causa de falsas filosofias e maus pregadores que geraram preconceitos e estigmas horrorosos durante toda historia da humanidade.

Várias tentativas foram realizadas para conscientizar o homem terreno de que as chamadas trevas exteriores são apenas o reflexo do que existe dentro dele. Luz e sombra são aspectos internos do ser e não representam necessariamente um lado ruim e outro bom. A sombra não é pior do que a luz. Apenas faz parte de um equilíbrio universal ainda necessário para a visão do homem terrestre. São dois pólos de uma verdade interna, mais profunda. A casa 12 pela regencia de Xangô e o regente do signo que estiver incubido dela, nos mostra nossos sentimentos mais ocultos e todas as dores da alma. Tudo deve ser olhado juntamente com a Roda da Fortuna, os Nodulos Lunares e o Ascendente no contexto geral da Trindade completada com Sol e Lua, que agem de forma conectada com o nosso Ascendente.

A palavra em sânscrito é grafada com K e significa marcas de outras vidas. Em português gerou uma derivação – cármico –, que ainda não existe no dicionário Aurélio, mas designa um novo ramo da astrologia que está fazendo sucesso no Brasil. E muitos astrologos que se sentem os dono da astrologia esquecem que o conhecimento deve ser usado sempre aliado com auxilio da Tradição Espiritual e iluminados pelo sentimentos da alma.

A chamada astrologia cármica, que viaja por vidas passadas e promete desvendar nessas experiências remotas os vícios da alma, está em alta. E não ficou restrita aos guetos alternativos. O inventário das heranças de outras encarnações tem sido procurado por gente de todas as religiões e dos mais diferentes perfis. São executivos, empresários, políticos, artistas, donas de casa, casais e famílias inteiras. Todos com o objetivo de buscar o autoconhecimento. Não se trata daqueles casos meio anedóticos, de pessoas que descobrem ter sido Cleópatra, Nero ou Napoleão em outras vidas. "A astrologia cármica procura no mapa tudo que pode simbolizar problemas e erros que o espírito vem repetindo na nova encarnação para promover um processo de transformação". Mas ela só funcionará bem se for aliada a espiritualidade e os caminhos evolutivos que auxiliam o homem no caminho da luz. Nunca como uma "astrologia seca". Que carrega em si apenas conceitos astrologicos, mas que busca ensinamentos misticos necessarios a compreensão de nossas metas espirituais.

O discurso se parece muito com o dos espíritas, mas o que os astrólogos fazem tem pouco a ver com religião ou filosofia. Mistura noções de astronomia e de astrologia com muita intuição. Existem vários instrumentos para se ler os carmas do passado. Entre os sensores para detectá-los estão, no "astrologuês", os planetas retrógrados. No intrincado cruzamento de signos, constelações e planetas que mostram o céu no instante do nascimento. As heranças carmicas, encontrar a janela para rastrear o caminho percorrido pelo espírito até chegar aqui.

Por meio de algumas posições planetárias, os astrólogos conseguem identificar quais são os planetas que estariam em rotação contrária na hora do seu nascimento. Outro indicador de experiências negativas no passado é ter um desses planetas retrógrados em um dos quatro signos que mais atraem os carmas – câncer, peixes, escorpião e virgem. Como tambem signos que estejam nas casas 4,5,8 e 6.

A radiografia do céu logo depois do primeiro suspiro de vida traz também outros símbolos de uma espiritualidade passada. Através do nódulo lunar, um ponto calculado entre a órbita da lua e a do sol, chega-se também às características ligadas ao passado da alma. Outro instrumento muito utilizado na astrologia cármica é a "revolução solar", um estudo do mapa astral que deve ser feito todos os anos antes do aniversário e aponta os períodos positivos e negativos dos doze meses seguintes. Não se trata de uma previsão do futuro, mas de uma orientação para ajudar na tomada de decisões e para evitar erros que possam gerar novos carmas. E atraves destes metodos podemos identificar de que forma o Cosmos age em nós e como a Divindade ou Divindades nos auxilia, ou que requer de nós nesta vida e qual nossos erros.

Os astrólogos cármicos começam a ser procurados por quem deseja formar uma sociedade, por exemplo. A consulta vale para saber se existe alguma dívida cármica que possa atrapalhar a harmonia entre os dois futuros parceiros. Fazer a sinergia entre mapas cármicos de pessoas próximas ou de funcionários de empresas vem se tornando comum.

No mapa astral clássico, os astrólogos lêem informações sobre a personalidade, os gostos, as tendências e as aptidões do consulente. A leitura cármica procura dar a esse mesmo mapa um enfoque espiritual. Os assinalam no mapa astral quais os planetas retrógrados. Para a simbologia cármica, se aparece Marte retroagindo em determinada constelação, isso significa que a pessoa foi violenta demais ou cometeu abusos sexuais em outras vidas. É o planeta da ação e do impulso. Em se tratando de Plutão, o carma é de poder, pelo mau uso da autoridade ou da liderança. Os males que viram carma de amor são assinalados por Vênus e são relacionados a outros planetas. A função do mapa é trazer conhecimento e apontar um novo rumo que permita à pessoa livrar-se de um vício de personalidade. As características que vieram de outras vidas normalmente são expressas por medos e bloqueios. A Umbanda-Astrologica vem trazer uma nova luz a este estudo pois vem somar informações importantes em especial, para quem tem mediunidade, pois mostra tambem atraves dos arquetipos dos orixas, pontos importantes de nosso ser e obrigações necessarias para nossa evolução. Além disso os pontos ocultos que chamamos de "Esquerda" servem pra esclarecer muita coisa.


Carlinhos Lima - Astrologo, Tarologo e Pesquisador.

Criador da Umbanda-Astrologica.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores