Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Cultura afrobrasileira na Bahia: Terreiro feirense leva 'som acelerado' à festa de Iemanjá; veja vídeo

Feira de Santana - Bahia


Na festa de Iemanjá comemorada nesta sexta-feira (2), no Rio Vermelho, em Salvador, vários grupos de umbanda de Feira de Santana marcam presença na festa. Um dos mais animados é o comandado pelo mestre Pai Miro. Com instrumentos de percussão e guitarra, o grupo que o acompanha toca um ritmo frenético, com base ma chula, um dos gêneros musicais característicos do Recôncavo e Sertão baianos. Ao Bahia Notícias, uma das auxiliares de Pai Miro [que não pôde responder à reportagem porque comandava a festa e recebia entidades] disse que a quarta vez que participam da celebração no Rio Vermelho. "Chegamos aqui ontem de noite e viemos direto para cá. Só vamos voltar, depois do presente ir para o mar", disse em meio ao som alto que sacudia o toldo, onde dezenas se aglomeravam para ouvir e dançar. Em Feira, o terreiro fica localizado no bairro do Campo do Gado. por Francis Juliano

Fé e cultura afrobrasileira: ACM Neto presta homenagens à Iemanjá no Rio Vermelho nesta sexta em Salvador, na Bahia

Foto: Divulgação / Ascom Prefeitura de Salvador


O prefeito ACM Neto participou da festa de Iemanjá realizada nesta sexta-feira (2) no Rio Vermelho. O prefeito chegou ao local às 15h40, perfumou a estrela do mar que foi enviada como presente para a Rainha do Mar e acompanhou a procissão. "Como sou uma pessoa de muita fé e que respeita a fé de todos, sempre peço a Iemanjá proteção e que abra nossos caminhos com luz", declarou Neto. Uma das coisas que o prefeito mais admira da capital baiana é a convivência harmônica entre as várias crenças. "É muito legal ver essa quantidade de pessoas no Rio vermelho, cultuando Iemanjá e pedindo a nossa Rainha do Mar que possa trazer tudo de bom para a nossa cidade e nosso estado, nessa mistura de festa religiosa e popular", pontuou. A festa de Iemanjá começou na quinta-feira (1), quando os fiéis puderam depositar as oferendas a Rainha do Mar no Caramanchão, ao lado da Colônia de Pesca Z1, próximo ao Largo de Santana. O encerramento da festa religiosa acontecerá às 18h, mas a parte profana deve terminar por volta das 22h, quando os equipamentos sonoros começarão a ser desligados.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores