Total de visualizações de página

A pombagira

sábado, 26 de outubro de 2019

Sinais de que você é uma alma que cura e se conecta com leveza


Energias divinas na alma


Todas as pessoas têm habilidades específicas, que os caracterizam de uma forma, não apenas traços e formas físicas, mas também outras estruturas do ser e da alma, como por exemplo, influências ancestrais que interferem no psicológico, na espiritualidade e nos sentidos, desde nossos primeiros dias de vida. Cada um pode ser e fazer o que quiser (sobre aquilo que nos é dado), assim como usar o seu potencial como bem entender (se o astral nos permitir). Às vezes, as suas capacidades são de uma curandeira, do poder da cura, e a pessoa nem sabe. Outras pessoas tem uma energia invertida, que ao invés de curar quem é tocado por sua energia, faz o inverso, ou seja, muito mal ou no mínimo, rouba energia alheia. Isso mesmo. Assim como tem mediunidades que são como esponjas e sugam energias das outras pessoas, tem outras que são abertas e por isso, são sugadas por outras pessoas. E tem pessoas que tem uma energia muito ruim, ao mesmo tempo, nos deparamos com outras pessoas que tem uma energia muito boa.

Uma boa forma para avaliar ou sentir essas energias é por meio do sexo. Sim! Isso mesmo. Por meio das relações sexuais é que entramos mais profundamente em contato com a energia das outras pessoas. Não é por acaso que lemos no livro da criação a seguinte frase sobre o sexo: UM SÓ CORPO E UMA SÓ CARNE...

Claro que não nos tornaremos unidos a outra pessoa só por transar, como os casais que comprometidos vivem uma longa data juntos. Mas, de toda forma, as energias se cruzam e se fundem. É por essa razão que muitas pessoas tem problemas sérios por muito tempo e as vezes pela vida toda, por uma única transa com outra pessoa. Porém, não é apenas a transa em si que pode ser um risco para quem tem uma mediúnidade especial e que se interliga a outras energias que toca, pois muitas transas com a pessoa certa, pode sim nos fazer muito bem, além de nos dar muito prazer. Mas qual é essa pessoa certa? É a pessoa que nos toca com sutileza a alma. Ou seja, em geral, pessoas que conhecemos e já nos relacionamos em vidas anteriores por exemplo. Pessoas que temos uma ligação ancestral, astral e extra-sensorial. Tem pessoas que nos encaixamos com perfeição. Que tem essências parecidas com as nossas, que tem espiritualidade no mesmo tom e que nos respeitam. As transas mais perigosas, são as que são apenas luxuriosas, carnais, só como um ato casual e onde as pessoas não se respeitam ou não sentem nada mais profundo um pelo outro.

Os atributos de uma pessoa são mais alimentados do que outros. Há quem tenha mais facilidade com atividades manuais, por exemplo, do que com a parte estratégica. Há quem seja mais habilidoso com as mãos, com o esporte, e há quem seja mais virado para as artes, para o intelecto. Onde quer que você vá, tenha a certeza que encontrará uma curandeira. O munto está cheio de pessoas que fazem mal, só de estarmos perto delas, mas, na mesma proporção também tem as pessoas que curam, que transmitem energias do bem e que nos deixam leves só de estar pertinho delas. Elas também têm características específicas, mas que não são reconhecidas, muitas das vezes, devido a falta de foco. Muitos não procuram curandeiras, até precisarem. Mas todos precisam de uma curandeira. Em vários momentos da vida, nossa energia vital está baixa, nosso psicológico está ruim, nossa alma está escura e nossa fé está fraca. E é por isso que se conectar a quem possa nos curar é importante. É por isso que Deus instituiu a família. Além da família, os amigos verdadeiros, o ambiente em que nos sentimos bem e os elementos da natureza, que nos conectam ao divino. Assim temos auxílio dos guias de luz, ligados aos nossos ancestrais, temos auxílio dos orixás, ligados aos elementos da criação e dos anjos, que nos ligam aos céus e ao Criador. Ate mesmo o Cristo precisou do auxilio e da cura dos anjos, quando chorou lágrimas de sangue no Getsêman. E até mesmo o cristo precisou de família para lhe formar e dar apoio em sua missão. Precisou de amigos e por isso sempre tentou passar a mensagem sobre a misericórdia, caridade, mansidão, generosidade e união.

Veja na lista abaixo se a sua personalidade se encaixa nas características de uma pessoa que cura: 

 Você é tranquilizador 

É comum as pessoas estarem próximos a você e dizerem que você as tranquiliza? Pode ser por ser uma pessoa calma e tranquila, e essa é uma das características de uma curandeira ou em outros termos, um pessoa que transmite paz ou uma boa conexão. Próximo de você ninguém fica doente. Se aqueles que vivem frequentemente com você, com uma proximidade física, estão raramente doentes, ou pouco sofrem de males do dia a dia, então é um bom sinal de que você é uma curandeira. Mas, aqui eu vou fazer uma resalva ou revelar um segredo cármico/espiritual. Então, eu acabei de citar sobre pessoas em volta não adoecerem se você tem poder de cura, mas, tem uma outra coisa que poucos místicos se dão conta que é a missão auxiliar. Ou seja, tem pessoas que tem essa alma nobre, poder de cura e é uma luz por ronde passa, porém tem em sua família alguém que sofre, de uma deficiência, tem pais que sempre preisam de cuidados e também acaba se envolvendo em relações tóxicas. E a pergunta é: por que isso acontecce? Bem, a resposta é: missão espiritual e carma. Mas, se a pessoa é boa, tem dons de cura e poder espiritual, significa que o carma dele é bom e teve boas atitudes em vidas passadas, não é? De certa forma sim. Se ela é uma boa alma com dons, ela teve esses benefícios por ter vivido de forma digna nas vidas passadas. No entanto, além do carma pessoal e social, temos o carma famíliar, que na maioria das vezes nos envolve e nos desafia ainda mais que nosso próprio carrma. Enfim é um assunto complexo, mas, para resumir, trata-se da missão que temos também com as pessoas que amamos. E de outro modo, trata-se no caso de relações, casamentos ruins e sofrimento na vida amorosa, também de escolhas ruins. Começando por exemplo, do momento da iniciação sexual. A maioria dos médiuns, costumam perder sua virgindade com a pessoa errada, na hora errada e no lugar errado. Por isso, é mais um carma que carrega ao longo da vida.

Seguindo com a pessoa que cura. A sua energia é muito positiva. Você pensa em melhorar a vida dos outros Um dos seus objetivos é manter as pessoas felizes e as dar oportunidades de melhorar a sua vida, tenta ajudá-las de alguma forma. Se se sente assim, é mais uma característica de uma curandeira. E quando se fala em cura, não fala-se apenas de saúde do corpo, mas, da alma ou da mente. Assim, essas pessoas poderão decidir ser, educadoras, auxíliares de terapias, médicas, líderes religiosas ou mesmo policiais, e assim por diante. Cada um trará sua forma própria de cura ao mundo. Curar, não é apenas curar o corpo e sim, trazer conforto a uma vida.

 Histórico familiar 

 A curandeira normalmente tem um histórico na família de curadores. Mas, nem só isso. As vezes ou quase sempre, a família inteira não tem essa inclinação, mas, alguns membros da família. E não são todos iguais. Um tem o dom de cura, outro tem o dom de visão, outro tem o dom de premonição, outro tem o dom de apenas dar amor... e assim por diante. Ou seja, além de pessoas que exerceram profissões como terapeutas, médicos, veterinários, manifestantes humanitários entre outros, no conceito físico e material, também aqueles que tem dons mais ocultos, que só quem observa e não tenta desqualificar, percebe e compreende. Qualquer profissão que ajude ao próximo ou à condição humana. Seus sentidos estão sempre afiados Sente que os seus sentidos estão sempre aguçados e que constantemente a ansiedade e as borboletas no estômago tomam conta do seu estômago? Essa pode ser uma qualidade da curandeira, os sentidos sempre em alerta, funcionando a 100%. 

Os animais gostam de você e as crianças gostam de você

 Se os animais e as crianças reagem bem na sua presença, ou seja, ficam calmos e felizes, é porque eles sentem a sua energia de curandeira. Pode achar que é apenas jeito, quando na verdade é a sua qualidade de curador que os atrai. E mesmo quando algum animal ou criança, como por exemplo, quem é professor, é atacado por algum aluno, com algum traço de ódio, na verdade, a reação não é proporcional a sua energia. Em geral, um médium quando é atacado de forma brusca, vindo este ataque de onde não se espera, como por exemplo, um aluno, um marido, um amigo, um colega de trabalho ou outro indivíduo, é que esse médium está fraco ou sendo vítima de obsessão. Este médium pode está vivendo uma crise astral, espiritual e provavelmente sexual. Quando o médium perde energia sexual, é quando ele está mais fraco. Por isso, para se formar sacerdote, na maioria das culturas, como é o caso do sacerdote de cura Babalossaim, que é do orixá da cura OSSAÍM, o celibato ou abstinência é importantíssimo.

Porém não tire conclusões preciptadas ou puritanistas sobre o sexo. Sexo é muito bom e a meu ver, a melho prática humana. Porém, o cuidado é procurar transar com pessoas que você se sente bem, confiante, que troca boas energias, que não suga suas energias, que não tem ciúmes obsessivos e que acima de tudo, não te aflige, não quer apenas te usar e que especialmente te respeite.

Carlinhos Lima
Astrólogo, Blogueiro, Escritor e Pesquisador. 



Canal no Youtube:

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores