Total de visualizações de página

domingo, 1 de setembro de 2013

Umbanda Astrológica: compreeder o orixá parte da compreensão de si mesmo!

Umbanda Astrológica: a compreensão do orixá parte da compreensão de si mesmo!
Umbanda Astrológica: a compreensão do orixá parte da compreensão de si mesmo!

A Umbanda Astrológica, traz um novo conceito, não só por ser mais alinhada aos conhecimentos astrológicos, mas, por buscar mais os códigos ocultos do sistema magistrático, ancestral, cármico e orácular, que os guias espirituais podem nos revelar. Pois assim fica um pouco mais fácil de compreender, mesmo sendo sempre um sistema complexo, pois a astrologia será sempre complexa e exigirá muito de seus estudiosos. Mas, tenta decifrar o orixá, os anjos e a espiritualidade como um todo de forma mais metodológica, simbólica e divinatória e não apenas, tradicionalista, fetichista ou litúrgica. A Umbanda ou Candomblé e qualquer culto ancestral ligado a mediunidade, precisa do contato da interação, porém nem todo buscador ao longo da história seguiu os parâmetros que vemos hoje no seguimento afro-brasileiro. Ou seja, a maioria das pessoas que sente que a mediunidade tá puxando-a, sente disturbios ou qualquer manifestação que faça ela buscar ajuda e saber mais sobre o processo, o primeiro passo e ir aos locais onde se cultua os orixás ou em grande parte dos casos procurar um chamado "entendido", que em 90% dos casos orienta mal, fala asneiras e insere crendices, medos ou distorções na mente dessas pessoas. E outra grande parte dos casos, querem supostos líderes "representantes dos orixás", querem ter essas novas pessoas debaixo de sua custódia, ai entram no campo dos interesses, com os tais trabalhos caros e muitas vezes querendo colocar pra trabalhar pessoas que em grande parte nunca nem ouviram falar em orixá. 

Especialmente nos grandes centros onde a ganância é desenfreada, dá-se um valor enorme tanto a macumbaria, quanto a incorporações. Dificilmente encontramos um mestre que tenha a descência de explicar as reais situações dos consulentes. Muitos vão infundir terror, colocar nas pessoas sentimentos confusos e querer tirar proveito da situação. Não são capazes de buscar o "X da questão", ou seja, nem sempre os problemas das pessoas são resolvidos com rituais; Nem sempre os problemas das pessoas são provocados por macumbas ou inimigos! Quase sempre são problemas criados pela própria pessoa. Mas, dificilmente se fala a verdade. E o pior, usando o nome de entidades. Muitos falam asneiras, se dizendo incorporados em entidades, que não se sabe se são mesmo reais ou se são apenas forças de egrégoras.

Do outro lado temos consulentes, quase sempre egoístas, que não querem também ouvir a verdade, querem o que almejam e não querem ser contrariados. Sempre são alvos de mentiras, porque no fundo querem ouvir mentiras! Encontra-se nesses locais, pessoas, dispostas a pagar o que for preciso, em busca de obter o que querem, sem de dar conta que não depende apenas do orixá, do pai de santo ou de magias. Tem muita coisa que tá além da nossa compreensão, tem haver com o carma, com uma vontade maior e desrespeitar essas leis e puxar pra si punições.

É principalmente neste contexto que a Umbanda Astrológica se baseia, ou seja, o de negar o egoísmo e buscar sempre falar a verdade! Claro que isso não gera renda, as pessos preferem buscar objetivos mesquinhos. Mas, a análise da pessoa não apenas pelo prisma de uma força que vem de fora, mas, que é de dentro dela mesma, é sempre o foco principal na Umbanda Astrológica. Não podemos seguir cegamente o que diz uma entidade incorporada ou um pai de santo, sem saber se aquilo beneficia nosso carma e nossa alma ou não. Com todo respeito a todas as entidades atuantes nos terreiros, mas, sabemos bem que até mesmo Exu, Pombagira ou qualquer entidade precisa dos oráculos pra saber os segredos dos arcanos da vida. Por isso a importância de Ifá, dos búzios, do Tarô, da Astrologia, numerologia ou qualquer outro sistema divinatório! 

Uma das coisas que mais mexe com as pessoas é a tal da rejeição. Quando um casamento acaba sem explicação, quando um emprego é perdido, quando se perde pra um adversário e por ai vai... E muita gente não se conforma e quer reverter isso, seja de que forma for. Mas, esquece de avaliar se essas mudanças que parecem ser desastrosas não estão acontecendo por vontade maior, por mudanças cíclicas e para aprimoramento. Só que muitas pessoas que confundem amor com obsessão, apego com paixão e inveja com vontade de vencer, muitas vezes estão dispostas a pagar o que for preciso pra reverter um processo. E ai é onde sempre acabam enganadas, frustradas e desiludidas, com um momento que deveria ser de renascimento. 

Outra coisa que a Umbanda Astrológica rejeita é o sensacionalismo, a curiosidade mesquinha e maldosa e oportunismo. As pessoas por exemplo, tem a mania de se apegar a tudo que é coisa pra buscar o que querem, mas, só procuram o sagrado, em momentos de fracasso! Por que não buscam na hora de sucesso? Pra agradecer, pra festejar com o Astral Superior e pra dar graças. Porque as pessoas tem todos aqueles relatos nas igrejas evangélicas ou qualquer outra religião? Porque só procurar a espiritualidade depois do fracasso? Na verdade temos que buscar o Sagrado por força da alma, não por curiosidade ou imposições. Não deve ser revelada a fé por convencimento de outras pessoas, mas, pelo nosso coração. Pregadores, podem até fazer o papel deles, mas, nunca podem impor. Porque cada um tem seu caminho. Uns terão que trilhar o cristianismo e outros não! Pode ter certeza que as igrejas, os terreiros e outros grandes centros religiosos estão repletos de pessoas que não eram pra está lá´e que seu coração diz "porque eu estou aqui" e a alma responde "por conveniência e ilusão, pois há´muita coisa que precisa ser respondida". No fundo há uma inércia na alma dessas pessoas que elas tentam preencher com uma força imaginária que eles chamam de fé. Assim cria-se uma sensação de fé plena, mas, que na verdade, lacunas deixam de ser preenchidas. Isso ocorre porque criam-se falsas filosofias. Uma delas é afirmar que "Somente a Bíblia é a palavra de Deus". Em primeiro lugar a Bíblia tem apenas fragmentos da palavra de Deus, como todo e qualquer livro inspirado. Ela não é cem por cento inspirada, tem mitos, tem metáforas, tem distorções e foi escrita por centenas de pessoas, em lugares diferentes e épocas diferentes. Mas, ao afirmar que ela é irrevogável, as pessoas, sentem-se atadas, sem poder contestar nada, pois quem contestaria a palavra de Deus? Ai todos os trechos adulterados, corrompidos e colocados lá pra atacar outras crenças, sempre terão um peso enorme na mente das pessoas que são convertidas as pregações distorcidas e direcionadas.

Por isso a Umbanda Astrológica, preza a busca livre, em busca do conhecimento ancestral da história ilimitada e não apenas de um pequeno trecho do Oriente Médio. A cultura hebráica é formidavel, mas, não é a verdade absoluta e nem pode ditar regras da espiritualidade no mundo todo. E aqui é mais um ponto onde discordo do Espiritismo, pois se limitou a Biblia sem dar margem a outros conhecimentos, mesmo mesclando conhecimentos do hinduismo e budismo, por ser o cristianismo mais simpático no Ocidente e de boa aceitação, colocaram a Biblia como parametro principal.

Eu não recomendo que nenhuma pessoa vá procurar uma consulta de búzios, um mapa astral ou de qualquer oráculo, por curiosidade, pra ver se funciona ou pra testar o consultor. Isso é perigoso e quase sempre traz consequências, distorções e punições. Apesar de quase todos que querem viver de consultas, fazerem publicidade, colarem cartazes e prometendo resolver e adivinhar tudo, como também dificilmente negara consulta por causa do cache, sabemos bem que não é assim que deve funcionar. E eu sempre nego e vou continuar negando todo pedido que seja pra testar ou pra tentar compreender aquilo que não está num processo real de busca de um indivíduo. Muitos precisam de iniciação e este processo é mais complexo, sério e difícil do que se pensa.

Também nunca devermos tentar adentrar os portões da espiritualidade ou do sobrenatural, em momentos de dor, só porque brigamos com a pessoa amada, perdemos o emprego ou estamos desnorteados. Deus e o sagrado se revelam nos momentos de harmonia. Porém  vemos que a história de grande mestres como Buda, por exemplo, revelou-se iluminado após um grande período de sacrifício e que as forças do espírito sempre se revelam na dor. E ai? E ai, que há grande diferença! Qual? Primeiro é que o sacrifício veio primeiro e a iluminação depois, mas, de forma totalmente diferente do que venho citando nesse texto aqui. Ou seja, o sacrifício veio em prol da busca por verdades, sejam elas quais fossem. Não foram sacrifícios por coisas mesquinhas curiosidades humanas ou pra obter o sucesso material. Na verdade, esses grandes mestres buscavam verdades maiores que a dos homens, não imposição de mestres, mas, do Astral Superior. E as verdades que lhes foram reveladas foram aceitas.  Eles se disporiam a receber e buscaram entender o que veio e não o que eles queriam.

Tem pessoas que travam uma luta intensa com os consultores, com os mestres e até mesmo com entidades, porque discordam do que lhes é dito. Isso ocorre porque grande parte das pessoas não veem as coisas como elas são, não se enxergam como a sociedade ou o ouro lhe vê, mas, como uma imagem que elas criou pra si. E quando alguém lhe revelar algo diferente elas simplesmente vão rejeitar. Muitos se acham o máximo e confundem egocentrismo como autoconfiança, mas, nada vai fazer ela mudar essa postura. E quando buscam consultas, querem apenas ouvir o que afirma isso e não o que contradiz. Por isso ser consultem é uma tarefa árdua, deve ter sempre um filtro e acima de tudo verdade. Só que filtrar e falar a verdade não é lucrativo e num mundo tão capitalista, onde as pessoas fazem tudo por dinheiro, é difícil compreender e aceitar isso.

A Umbanda Astrológica, vê a relação do homem com o orixá, pelo prisma do estudo das forças atuantes e regências cósmicas. E como o orixá e os anjos atuam sobre as pessoas? Através do Inconsciente que revelará os arquétipos em cada pessoas. Muitas pessoas que tem muitas linhas atuantes, vão revelar muitos arquétipos que contracenam num cenário mental rico e cheio de fatores complexos. E é difícil explicar aqui num texto pequeno toda essa complexidade. Mas, está nesse jogo entre inconsciente, arquétipos, consciência e subconsciente, todos os segredos da interligação entre homem e orixá.

Jung considera o inconsciente coletivo como a soma dos instintos e suas formas de expressão correspondentes, os arquétipos. Par Jung, há cinco grandes grupos de instintos: fome, sexualidade, atividade, criatividade e reflexão. Os instintos são impessoais e universais, fatores hereditários da espécie humana e agentes da expressão do caráter. Exprimem as necessidades compulsivas do indivíduo e dificilmente alcançam a consciência. Quando em atividade, um instinto cutuca e perturba o outro gerando muitas vezes uma desarmonia ou um conflito, resultando da luta entre eles.

Perceba então que os grandes mestres em sua busca, sempre se testam, na base do confronto dos instintos. Como por exemplo o Cristo e Buda, que fizeram jejuns prolongados, bloquearam a sexualidade, ativaram instintos mais evoluídos e refletiram muito, ampliando assim sua criatividade. Pra Cabala, a briga entre destino e livre-arbítrio também se dá no campo dos instintos. Assim se divide o homem sábio do homem louco. Ou seja, um segue os bons instintos e o outro os maus. E isso se dá no campo desses mesmo 5 instintos citados, mas, seguindo aquilo que é bom e não o que é mau pra si e sua caminhada. E devemos ter sempre em mente que nem tudo que é bom pro outro é bom pra nós. Da mesma forma nem tudo que é bom pra nós será bom pro outro. Por isso em matéria de magia,  temos sempre nosso próprio caminho e energias. Nunca aplicar o que foi aplicado pro outro. Tudo tem que ser estudado e com prudência.

E ai é onde entram os anjos, orixás, devas ou qualquer outros guias de luz. Eles atuam através do inconsciente, revelando o que está oculto, todas as memórias da história humana, todos os desejos sagrados das divindades e todas as metas a serem atingidas pelo homem com todos os seus arquétipos que devem ser entendidos, assimilados, filtrados e harmonizados. Dessa forma a menina periguete que incorpora uma tal pomba-gira que ela nem sabe o que é, pode esta incorporando essa energia, este axé essa vibração, apenas acessando um arquétipo que baila lá´dentro do inconsciente e dessa forma se conectando ao orixá ancestral.

O inconsciente é um mar ou um rio majestoso, como citou o médico alemão Carl Gustav Carus em 1846, na obra Psyche e seguido por Jung. Esse rio, em movimento, iluminado apenas por uma pequena parte pela luz do Sol (a conciência). Por isso o mapa pode ser uma chave importante pra decifrar as conexões com o o orixá, com os anjos e com nós mesmos. Pois não só a consciencia emerge do inconsciente, como o inconsciente é a fonte que a alimenta e enriquece continuamente. Para Carus, vida e alma têm tal afinidade que a própria vida é o sujeito da psicologia - a vida é onde a alma age e se revela.

O orixá e o anjo revela os segredos, não somente por incorporação, pois a mediunidade atinge sempre muitos dons e meios de contato com o sagrado, mas, por meio da decifração dos códigos ancestrais, de todas as estruturas da tradição, da filosofia da alma e de todos os segredos e encantos da vibrações cósmicas. E assim somente com a compreensão de si mesmo e do mundo a seu redor, somadas as fontes ancestrais e as verdades das buscas internas da alma e externas dos ancestres, é que o homem pode confrontar seu destino ou cumpri-lo com maestria. E esse jogo é que abordo no meu livro sobre Umbanda Astrológica, esse confronto ou entrelaçamento entre destino e livre arbítrio. E no meio desse jogo, os sistemas oraculares sempre usados em toda historia da humanidade, entre eles e talvez o mais antigo a astrologia, o Ifá e muitos outros.

Axé a todos e Namastê

Carlinhos Lima - Astrólogo, Tarólogo e Pesquisador
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Seguidores

Seguir por Email

Seguidores

Marcadores

orixás (248) magia (245) espiritualidade (178) astrologia (156) (148) Umbanda (110) amor (105) umbanda astrológica (101) CONCEITOS (95) Umbanda-Astrologica (93) signos (88) sexo (83) religião (76) previsões (69) mulher (64) exu (62) pesquisas (58) conceito (57) 2016 (56) anjos (54) carma (50) astral (48) comportamento (48) signo (48) destino (47) mediunidade (47) candomblé (46) Cabala (44) pombagira (44) rituais (42) UMBANDA ASTROLOGICA (40) Astrofísica (38) CONCEITOS DE UMBANDA - ASTROLOGICA (33) poder (33) ancestrais (30) arcanos (30) Livro (28) espaço (28) sucesso (28) fé religião (27) pesquisa (26) busca (25) comprendendo o simbolismo (25) sorte (25) oxum (24) oxumaré (24) estudos (23) magia sexual (23) Ogum (22) PESQUSAS DE UMBANDA ASTROLOGICA (22) deus (22) odus (22) pombagiras (22) ifá (21) proteção (21) vida (21) anjo (20) protetores (20) orixas (19) sexualidade (19) Umbanda-Astrologiaca (18) baralho (18) desejo (18) energia (18) horóscopo (18) magos (18) oxalá (18) 2014 (17) Caminhos da fé (16) INICIAÇÃO (16) Obaluaê (16) Saturno (16) UMBANDA ASTROLOGICA E MAGIA (16) astros (16) brasil (16) sagrado (16) Comportamento na vida (15) Iansã (15) ano (15) atriz (15) jesus (15) livro de umbanda astrológica (15) mapa astral (15) CONCEITOS DE UMBANDA (14) Lua (14) Omulú (14) Xangô (14) axé (14) carma sexual (14) oráculos (14) terra (14) dinheiro (13) magia negra (13) odús (13) vibrações (13) Guias (12) Júpiter (12) Yorimá (12) linhas (12) ritual (12) 12 signos (11) caminhos (11) mapa astrológico (11) Estudo (10) Orumilá-Ifá (10) REENCARNAÇÃO (10) bem estar (10) conhecimento (10) céu (10) nova era (10) oração (10) paixão (10) planeta (10) Astrônomos (9) Horóscopo Chinês (9) Marte (9) OFERENDA (9) OS SENHORES DO DESTINO (9) anjo da guarda (9) clavículas de Salomão (9) estrela (9) história (9) numerologia (9) umbanda-astrológica (9) vibração (9) 72 anjos (8) ciclos (8) cães (8) luz (8) mestres (8) oraculo (8) pemba (8) poderes (8) Astronomia (7) CATIMBÓ (7) Caboclos (7) Era de Aquário (7) Macaco de Fogo (7) busca espiritual (7) cientistas (7) ciência (7) cosmos (7) dons (7) missão (7) obsessão (7) solidão (7) agente do carma (6) arcanjos (6) astrólogos (6) chacras (6) essência (6) homem (6) Câncer (5) EXU GUARDIAO (5) Escorpião (5) Mitologia (5) amarração (5) esquerda (5) feitiço (5) misterios (5) Linha do Destino (4) advinhação (4) ebós (4) era de Aquario (4) macumba (4) mapa astrologico (2)