Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Hierarquias dos orixás - linhas e vibrações



Focando nossa atenção na parcela espiritual destas sete forças primordiais, podemos identificar a existência de sete hierarquias espirituais vinculadas aos sete reinos sagrados.
Cada uma das sete hierarquias espirituais é formada por seres espirituais nos diversos estágios do caminho evolutivo que são: as mônadas espirituais recém criadas, os elementais, os elementares, almas grupos, encantados, espíritos encarnados, protetores, guias, santos, mestres, anjos e Orixás.
A este caminho evolutivo que se inicia na mônada espiritual, recém-criada por Deus, e encontra seu topo evolutivo nos Orixás Primordiais, chamamos de Arapé – O Caminho da Luz; o caminho da evolução espiritual e que todos nós participamos.
Temos como princípio que os Orixás são seres espirituais da maior envergadura espiritual e que são os primeiros espíritos criados por Deus; por isso estão no topo do caminho evolutivo espiritual nunca se manifestam mediunicamente pois são pura luz espiritual, forças divinas. A componente física é a parte mais densa da natureza, a matéria, a massa.
A componente etérica é a resultante de todos os campos eletromagnéticos gerados pelas estruturas materiais existentes no universo, seja uma pedra ou o corpo humano.
A componente estrutural é o campo estrutural, o organizador das formas, formado pelos campos de natureza mental e emocional; o biólogo inglês Rubert Sheldrake chama estes campos estruturais de campos mórficos.
No Núcleo Mata Verde, seguimos uma doutrina umbandista chamada de Sete Reinos Sagrados.
Identificamos sete forças universais que são produzidas pelos sete reinos sagrados e que se manifestam na realidade física, etérica, estrutural e espiritual. O equilíbrio destas sete forças primordiais, em suas diversas manifestações (física, etérica, mental, emocional e espiritual) é o responsável, entre outras coisas, pela existência da vida humana.
Estas sete forças são conhecidas, dentro do ritual de umbanda, pelo nome em Tupi antigo.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores