Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

sábado, 7 de janeiro de 2017

Feliz com a atenção e valoroso interesse das pessoas pela Umbanda Astrológica e Magia Sagrada

  Umbanda Astrológica e Magia Sagrada
Feliz com a atenção e valoroso interesse das pessoas pela Umbanda Astrológica e Magia Sagrada

Obrigado pelo sucesso da Umbanda Astrológica e dos meus livros

Pra comprar meus livros é facinho - basta clicar no link e escolher uma loja e o preço mais acessível: Clique aqui e compre o seu antes que termine...

Ou mais opções - clique aqui e veja mais lojas...

Nesse início de ano, eu gostaria de agradecer aos queridos internautas pelo carinho. Pelas dezenas de emails diários, que tendo responder todos, mesmo que não seja a resposta que as pessoas querem, mas, dou alguma satisfação. Pode demorar um pouco, pois o tempo é corrido, mas, todos sempre tem respostas. Se não respondi é porque não chegou na minha caixa de entrada. Estou muito feliz também pelas dezenas de emails semanais que recebo, me cumprimentando pelos meus dois livros, muito feliz pois estão vendendo muito. E fico feliz pelas críticas todas construtivas por mim recebidas.

Eu confesso que com o crescimento e poder de marketing das igrejas pentecostais, a Umbanda e a Astrologia não vendesse mais no Brasil, mas, me surpreendi, com o enorme interesse no tema. E fico feliz pois boa parte do público que tem entrado em contato com dúvidas e interesses sobre signos e orixás, são do meio evangélico. Garotas, mulheres mais experientes, jovens e homens de negócios, mesmo se dizendo evangélicos, sempre acabam se rendendo ao chamado sagrado e buscam saber a mensagem dos ancestrais. Uma bênção divina, pois isso é muito bom saber que nem todo mundo se deixa levar pela 'lavagem mental' que muitos líderes midiáticos, fazem nas pessoas. Mas, quando se é um escolhido, não tem pregação, não tem manipulação pra impedir que a pessoa busque o Sagrado, pois como disse Jesus "a verdade vos libertará"... E sabemos que só a verdade realmente liberta e não pregações dos outros. A fé tem que surgir do coração. Assim as pessoas tem problemas sexuais, emocionais, de saúde, financeiro e só ler a Bíblia e gritar de olhos fechados com uma fé artificial, não resolve. Jesus viveu sob uma liturgia, assim como o sacerdócio hebreu. Moisés tinha seu cajado, tinha suas vestimentas e tinha acesso a Magia Divina. Vejam que até um arcanjo (Rafael) pra curar o pai de Tobias, mandou que ele pescasse um peixe pra fazer um defumador e assim operasse a magia.

Estou muito feliz também, pois estou preparando diversos outros trabalhos, sobre magia, espiritualidade e fé, que em breve trarei aos caros leitores, inclusive cursos, apostilas e livros. Vamos ampliando as pesquisas e os conhecimentos. O livro das Clavículas de Salomão, me surpreendeu, não imaginei que fosse ser tão bem aceito e vendido como está sendo no país inteiro e fora do país. O livro de Umbanda Astrológica, logo que vai pras lojas esgota e termina no estoque. Obrigado aos leitores que se interessam tanto por esses pequenos passos, que na verdade, são minúsculos para um tema tão vasto. Não tem como colocar tudo numa edição, pois ficaria gigante. Mas, vamos trabalhando pra trazer mais dados aprofundados sempre!

2017 é um ano difícil, de um planeta difícil, mas, a fé, é que tornará as coisas mais fáceis. Para o mercado editorial, Saturno não é um bom planeta, pois é um astro que não aponta muito pra expansão como Júpiter, mas, ao mesmo tempo, ele solidifica, estrutura o que é bem começado. Por isso, aposto e creio profundamente, na solidificação positiva da Umbanda Astrológica e toda filosofia dos orixás astrológicos, que só vai expandir. A internet por exemplo, que nos útlimos anos do ciclo do Sol, só apostou em coisas rápidas, fúteis, de diversão e sem conteúdo, terá nessa nova e nesse ano, um refinamento melhor. As pessoas sentirão que precisam buscar conteúdo mais aproveitáveis. Chega de ficar seguindo egocêntricos, que fazem canais vazios na internet e só atiçam ódio, putaria e que quer arrancar seu dinheiro. Perceberão que buscar algo mais plausível, que some conhecimento e que gere bons sentimentos é que realmente engrandece a alma.

Bom 2017 a todos e que os anjos e orixás, tragam muita fartura, amor e sucesso a todos!

Carlinhos Lima

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Ano de duras provações violentas - nos fortifiquemos na fé

  nos fortifiquemos na fé
Ano de duras provações violentas - nos fortifiquemos na fé

O fogo da dor e da transformação


Pois é galera, que a Paz do Senhor, a proteção dos anjos e dos orixás, esteja com todos, pois de paz e amor, estamos precisando muito!

Como todos estão vendo no dia a dia, desse novo ano, deu pra perceber que a violência entrou com todo vapor, descampando pra violência e mortes. Como eu venho deixando claro nos artigos aqui no blogue, Saturno o planeta do ano, tem uma certa alusão, analogia e simbologia de Satanás. Não é a toa que na cultura hebreia afirma-se que Deus descansou no sábado, que é o dia de Saturno. É assim um dia santo, mas, também de sombras, onde até Deus tirou para descansar. Então se Deus está em seu descanso, ele não tá atuando como nos demais dias. Enfim. Saturno tem haver com provação, podemos compará-lo a provação do deserto, tanto do próprio Moisés, quanto de Cristo, quanto foi tentando por Satanás, logo após ser batizado. Saturno também pode ser identificado na história de Tobias, tanto pela doença do velho Tobias, quanto pela dolorosa provação da viúva que perdia um marido atrás do outro. Também, podemos seguir em diversos outros contos e histórias bíblicas, mas, definir Saturno como um grande provador e Senhor do Tempo, já nos revela, mais ou menos sua natureza.

Claro que o tempo é necessário, pois se não há existência não há vida. Mas, com ele vem o fim de tudo que vive, a velhice, o adoecer das células a morte. Saturno vai depurando. Há sim as boas transformações, o amadurecimento as renovações. Mas, no caso de 2017, Saturno não está com uma ação boa de se vê, pois está fraco por signo e tem Plutão dentro de sua casa real, dando as cores de uma transformação severa e dolorosa. Não é a toa que tantas mortes vem nos chocando já desde a virada do ano. Além disso, Urano enfrenta Saturno de um tal forma que diz "governos, lideranças e tradições, não aprisionam mais..." Urano neste caso, mostra-nos uma liberdade, venha ela como vier. Incentivando o anarquismo e o choque com o poder constituído. Claro que haverá trigonos interessantes durante o ano, mas, pra chegarmos as benesses dessas bênçãos cósmicas, temos que ver o que tem que ser corrigido antes. A Fênix não renasce sem ter ardido em chamas doloridas.

Também nos lembremos da imagem do ceifeiro. Muitos estão sendo ceifados nesse ano, prova disso é os condenados em presídios, servindo de joguetes nas mãos malignas do crime organizado. E por falar em ceifeiro, lembremos de túmulo e de cemitério. Lenbrando assim que Omulú e Obaluaê, são os coveiros ou transportes para o outro mundo. Esse ano nada tem haver com Oxum e Oxóssi, como muitos anunciam na internet, especialmente no Youtube! O que este ano tem haver com Oxum e Oxossi? Nem mesmo no Candomblé, onde muitos alegam ser essa a regência, sequer o ano entra num dia de Oxóssi! Nem mesmo de Oxaguiã, mesmo o ano entrando num domingo, o Sol entra na casa 12 do ano astrológico! Mas, respeitemos os oráculos então! Sim respeitemos, mas, o sistema oracular, se conecta as tradições, as vibrações e as eras. Calcular Oxalá, por causa da soma nos revelar o número 10, seria muito superficial. O ano se revela em muito mais conexões. Toda numerologia de simples redução, além de limitadora é incompleta.

Se temos 2017, temos o arcano 17, que é a soma de 1+7 = 8, temos ainda o 2 e como vemos vão se formando conexões mais complexas dos códigos universais. Não podemos usar o arcano 20, pois durante o século tudo este arcano é vibração mestra. Encontramos então o arcano 21, que são 210 décadas, como também a soma da redução final com a vibração mestra. Teremos incontáveis odus agindo sobre a estrutura do tempo: 21+27+17+08+07+01+10+37+28 - esta a estrutura do código do ano = 156: A soma dos 9 Senhores do Tempo, os nove juízes do carma. Formando signo de Ika-Wonrin. Este signo cósmico nos fala em forma proverbial "O ódio é o amor. Sorte sua. Espere, é o seu infortúnio".

Este é um poder que fala muito de guerra - Ele fala de guerra que deve terminar a reinar cordialidade. Você nunca deve interessados ou se preocupar se o seu é melhor ou pior do que os outros para que você evitar as guerras. Não comer milho. Recomenda conviver com os outros para evitar problemas e guerras. É proibida a discutir. 

Além disso ele nos revela o seguinte: Cuidado que pode matar um golpe no pescoço. 

Assim, não é a toa vermos nesse ano, tanta gente sendo decolada, vítima de tiros na cabeça, tantos atentados covardes e chacinas geradas apenas do mal e sem nenhum senso de justiça. 

No entanto, não são todos os senhores que forma os odús governantes. Poderíamos ainda reduzir 1+5+6= 12 e 1+2= 3 nos revelando assim o eixo, intercambial e desafiador de Xangô com a força de Obaluaê e Nanã, com a ação de fogo de Ogum na frente. Por isso todo este clima de guerra sangrenta. Que nos revela o signo oculto do ano Okaransode, que é a revelação de Elegbará. Neste signo Exu dará as cartas até Ogum chegar. Ele nos diz, "o Bem e o Mal são gêmeos". Este odu, chancela o arcano 1 da redução máxima do ano. É tudo que tá oculto que vem a luz e tudo que tá na luz que tem que aniquilar as sombras interiores. Por isso esse nosse sistema podre passa pela dura provação cármico-ancestral dos senhores do Tempo!

Rezemos muito pessoal, por nós, pelo mundo, pelo país, por nossa família, por quem amamos e pra que Deus nunca nos abandone!

Carlinhos Lima
Axé a todos! 

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Operação Lava Jato: Mais poder espiritual em 2017 - muita ação e mais surpresas

  muita ação e mais surpresas
Operação Lava Jato: Mais poder espiritual em 2017 - muita ação e mais surpresas

Lula e os poderosos cada vez mais enrascado


A operação policial mais importante da história da república brasileira OPERAÇÃO LAVA JATO, conduzida pela Polícia Federal, Justiça Federal e Ministério Público Federal, tendo como um dos principais personagens de tudo que se conseguiu apurar até aqui o Juiz Sérgio Moro, como também o Procurador enérgico Deltan Dallagnol, tem além de força física, pois trás uma equipe de dezenas de agentes um poder espiritual enorme. A Operação ao que parece começou bem lá atrás, por volta de 2009, passou por momentos importantes em 2013, mas, só ganhou corpo mesmo em 2014, quando nasceu de verdade e com vigor, sob o signo de Peixes. 

Netuno o condutor da força oculta por trás dessa operação, ajudando assim a trazer a tona tudo que estava escondido no submundo da política e na mente dos corruptos. Netuno, dando as cores a este Sol pisciano, pois formava trígono com Marte e Júpiter - poder de polícia investigativa de tudo que está escondido e poder de justiça, por isso, ficou tão celebre o ato de mandar prender ou mandar conduzir, dentro da força tarefa de Curitiba. 

A Operação Lava Jato, nasceu sob as barbas de Netuno, posicionado na casa 12 e acompanhado de Mercúrio, o que facilitou as delações e dificultou a vida dos advogados. Somando a tudo isso, a Cabeça do Dragão aliada a Marte, mostrando que a Polícia teria poderes como nunca antes teve e que cumpriria uma missão importante para o país. Com a cauda do Dragão na casa da fortuna, mostra-nos o poder dessa operação em recuperar recursos com multas e como encontrou grana desviada dos cofres estatais. Porém, o céu não anuncia apenas sucesso. Plutão no alto do céu, formando um grande quadrado negativo, com Júpiter, Lua e Urano, como também o quinquênio de Vênus com Júpiter, mostra-nos que vencer as estruturas políticas, não é coisa tão simples, por causa das Cortes Superiores, que ainda atuam no velho ritmo da impunidade brasileira.

A parte física da operação, tem energia do signo de Ifá, Irete-Meji, que é um odu que nos lembra que a humildade é fundamental pra conquistarmos nossos objetivos. Vimos assim que toda vez que MPJ ou JF, tentou acelerar as coisas, mostrando vigor antes da hora acabou colocando o carro na frente dos bois. Este odú, alerta a seguir alcançando degrau por degrau sem pular etapas pra conseguir o que quer. Assim, Ifá fala de descanso, calma e humildade, pra não se cansar e nem humilhar as pessoas. Este odu também fala pra evitar a vaidade e agir sempre com cautela pensando acima de tudo na lei. Também diz que quanto mais mulheres tiverem na força tarefa, maiores as chances de sucesso da operação. Aliás, se ao invés de estar nas mãos de Teori estivesse nas mãos de uma ministra, poderia ter um andamento mais eficiente no Supremo.

Do lado da justiça Iwori Ogbè semenando tragédias pra vida dos políticos e poderosos envolvidos em corrupção, pela ação do orixá Olokun. E do lado das sombras, atuando como bloqueios, Otura-Oriko (negativo), fala do risco constante da perda de confiança. Por isso, Sérgio Moro e o MPF, tem que agir sempre no limite da lei e da prudência pra não dá vez aos acusados. Eles só procuram uma brecha pra escaparem das garras da lei. Progredindo os signos de Ifá, vemos a força de Xangô atuando nesse ano de 2017, o que deve tirar ainda mais o sono de todos os poderosos que estão na mira da Lava Jato.

Os Búzios também respondem com Xangô, acompanhado por Oxóssi, Oxum e Exu, assim "Um rei não diz mentiras. Da lenda surge a verdade", ou seja, a justiça trará a verdade e a verdade trará a justiça.  No entanto, o odú revelado pelos búzios nos fala de riscos de traição, que pode ser no meio dos poderosos, haverá muitas surpresas e revelações que deixarão poderosos na corda bamba. Mas, no meio da força tarefa, é muito bom também os líderes da Operação ficarem de olho em toda tropa da equipe, pois poderão haver vazamentos propositais pra melar a operação. Oxalá também confirmando a força de Xangô na Lava Jato, alerta novamente sobre a vaidade e no risco de figurões caírem de seus cargos. Portanto Temer fique de orelha em pé. E membros da operação também cuidado pra não extrapolar a lei, pois os poderosos estão atentos o tempo todo!

Astrologicamente, a Cauda do Dragão transitando a casa 12 e Júpiter energizando Marte e aspectando Netuno, vemos aumentar muito o risco de prisão de muitos poderosos nesse ano 2017, inclusive Lula, pois a justiça será mais cobrada e terá que tomar alguma atitude. A única chance de Lula escapar de toda essa cruzada da Lava jato é se preparar do lado sobrenatural. Advogados e artimanhas políticas pouca eficiência terão para livrá-lo das garras da justiça. Um aspecto negativo que pode trazer alguns transtornos a operação nesse ano, pode ser também algumas desarmonias entre PF e MPF, dando alguma brecha ai pra advogados dos acusados ganharem tempo e até achar alguma saída.

A força espiritual da operação tende a ampliar nesse ano e muito mais surpresas virão. Apenas os empreiteiros, políticos e empresários que tiverem força espiritual, poderão escapar ou diminuir o peso das punições. Os que confiam apenas em advogados e dinheiro, estes cairão mais fácil. A família Lula, que segue confiando apenas na política, conexões sociais que tem e no dinheiro, poderão ter um ano de muitos contratempos. As chances de membros da família Lula serem presos aumentam muito. Há muito potencial astral para que Lula seja preso nesse ano. Além de muitos outros figurões que estão pensando que vão escapar. Mas, não se enganem, haverá também contratempos por parte da operação. Poderá haver excessos e erros. Além de choques no meio do judiciário, especialmente no Supremo.

Compre As Clavículas de Salomão - peça o seu aqui...

Carlinhos Lima

Culto aos orixás: Por que as religiões de matriz africana são o principal alvo de intolerância no Brasil?

Adeptos praticam religião no Terreiro Templo do Oriente, na Zona norte do Rio; muitos já sofreram discriminação, diz líder Luiz Fernando Barros


Divulgado nesta quinta-feira, Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, o documento reacende o debate: por que os adeptos da umbanda e do candomblé, e suas variações, ainda são os mais atacados por conta de sua religião? O tema ganhou as páginas dos jornais recentemente, em casos como o da menina Kaylane Campos, atingida por uma pedrada na cabeça em junho do ano passado, aos 11 anos, no bairro da Penha, na Zona Norte do Rio, quando voltava para casa de um culto e trajava vestimentas religiosas candomblecistas. Também em 2015, no mês de novembro, um terreiro de candomblé foi incendiado em Brasília, sem deixar feridos. Na época, a imprensa local já registrara 12 incêndios semelhantes desde o início daquele ano somente no Distrito Federal. A BBC Brasil ouviu especialistas sobre as razões da hostilidade contra as religiões de origem africana e o que pode ser feito. Para eles, há duas explicações. Por um lado o racismo e a discriminação que remontam à escravidão e que desde o Brasil colônia rotulam tais religiões pelo simples fato de serem de origem africana, e, pelo outro, a ação de movimentos neopentecostais que nos últimos anos teriam se valido de mitos e preconceitos para "demonizar" e insuflar a perseguição a umbandistas e candomblecistas.

Relatório e dados 

Os entrevistados destacam que, pela primeira vez, a CCIR, criada em 2008, aliou os dados estaduais a números nacionais, informações de outros institutos e relatos de três diferentes pesquisas acadêmicas. Os dados do Disque 100, criado pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos, apontam 697 casos de intolerância religiosa entre 2011 e dezembro de 2015, a maioria registrada nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. No Estado do Rio, o Centro de Promoção da Liberdade Religiosa e Direitos Humanos (Ceplir), criado em 2012, registrou 1.014 casos entre julho de 2012 e agosto de 2015, sendo 71% contra adeptos de religiões de matrizes africanas, 7,7% contra evangélicos, 3,8% contra católicos, 3,8% contra judeus e sem religião e 3,8% de ataques contra a liberdade religiosa de forma geral. Dentre as pesquisas citadas, um estudo da PUC-Rio sugere que há subnotificação no tema. Foram ouvidas lideranças de 847 terreiros, que revelaram 430 relatos de intolerância, sendo que apenas 160 foram legalizados com notificação. Do total, somente 58 levaram a algum tipo de ação judicial. O trabalho também aponta que 70% das agressões são verbais e incluem ofensas como "macumbeiro e filho do demônio", mas as manifestações também incluem pichações em muros, postagens na internet e redes sociais, além das mais graves que chegam a invasões de terreiros, furtos, quebra de símbolos sagrados, incêndios e agressões físicas. Ivanir Costa, babalaô registrado há 35 anos e iniciado na Nigéria há 11 anos, está envolvido com a luta contra a intolerância há mais de duas décadas, e encabeçou a redação do relatório, como presidente da CCIR.

Ele diz que a própria ausência de dados consistentes nacionais, que dialoguem entre si, e a subnotificação dos casos, são indícios de como o tema ainda precisa ser levado mais a sério no Brasil. "Há alguns avanços isolados em lugares como o Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia, mas estamos muito aquém do que precisa ser feito neste setor", diz o religioso, que recebeu em 2014 o Prêmio Nacional de Direitos Humanos da Presidência da República pelo trabalho na comissão.

  principal alvo de intolerância no Brasil?
A menina Kailane Campos (à dir.)r foi agredida em 2015 por estar portando vestimentas religiosas; caso teve ampla repercussão

Racismo e neopentecostais 


Para Francisco Rivas Neto, sacerdote e fundador da Faculdade de Teologia com Ênfase em Religiões Afro-Brasileiras (FTU), baseada em São Paulo e a única reconhecida pelo Ministério da Educação como formadora de bacharéis no tema, é impossível dissociar a intolerância do preconceito contra o africano, o escravo e o negro. "Os afro-brasileiros são discriminados, tratados com preconceito, para não dizer demonizados, por sermos de uma tradição africana/afrodescendente. Logo, estamos afirmando que o racismo é causa fundamental do preconceito ao candomblé e demais religiões afro-brasileiras", diz. Já a pesquisadora Denise Pini Fonseca, historiadora, ex-professora da PUC-Rio e coautora do estudo que visitou os mais de 800 terreiros fluminenses, acredita que a origem da intolerância esteja muito mais conectada à crescente influência de alguns grupos neopentecostais no país. "É claro que o racismo tem influência, mas acredito que é muito mais forte o discurso de alguns movimentos neopentecostais que são na realidade um projeto teopolítico que se apropria de símbolos muito poderosos para atingir seus interesses, e que elegeram as religiões de matrizes africanas como alvo", diz. João Luiz Carneiro, doutor em ciências da religião pela PUC-SP, especialista em teologia afro-brasileira pela FTU e autor do livro Religiões Afro-brasileiras: Uma construção teológica (Editora Vozes), defende que os dois fatores estariam completamente conectados. "A ligação entre esses dois fatores está muito bem resolvida na academia. As razões profundas na questão racial e o discurso neopentecostal que reforça no imaginário popular que é o macumbeiro, o sujo, o que faz o mal", indica.

Para ele, é nítido o processo histórico em que boa parte do que é produzido pelo negro brasileiro é desumanizado, desvalorizado ou considerado estranho, exótico, folclórico, e a ascensão do discurso de alguns neopentecostais que estimula a visão da religião africana como ligada ao culto ao demônio, diabo, satanás, rituais satânicos, macumba ou que fazem o mal. Ed René Kivitz, pastor da Igreja Batista, formado em Teologia e mestre em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo e que integra o movimento Missão Integral – que congrega diferentes lideranças evangélicas –, acredita que os casos de intolerância no país são localizados e "fazem parte de um recorte de tempo muito específico que estamos vivendo". "Não faz parte da índole do povo brasileiro e nem da índole cristã, quer seja católica ou evangélica. E evidentemente não faz parte da índole do Evangelho", disse ele à BBC Brasil em junho de 2015, após o ataque à menina Kaylane, no Rio. "Acho que é algo isolado, mas preocupante também para a imagem da Igreja Evangélica, que está sofrendo muito por conta de lideranças radicais que estão construindo no imaginário da sociedade brasileira uma ideia do ser evangélico que não corresponde à grande parcela da nossa população que se identifica como tal."

Casos de intolerância 

Luiz Fernando Barros, de 52 anos, já experimentou diversos exemplos de intolerância ao longo dos 37 anos em que atua como religioso da umbanda. "Já coloquei minha roupa branca religiosa no trabalho e vi que as pessoas queriam caçoar, fazer pouco dos meus valores espirituais. Temos filhos que frequentam escola pública e não podem usar as contas (colares religiosos). Já tive estátuas quebradas no meu templo, tentativas de invasão. Uma irmã nossa foi demitida de um hotel na Zona Sul do Rio quando a gerente descobriu que ela era de umbanda. Não foi o argumento oficial, mas ficou nítido para ela", conta. Ele foi um dos vários pais de santo que revelaram à BBC Brasil em reportagem publicada no ano passado que se viu forçado a aumentar a segurança de seus terreiro após repetidas invasões. Um deles, Pai Costa, de 63 anos e há 45 atuando como líder religioso, já tinha sofrido três invasões na época e teve de gastar R$ 4.500 em sistemas de vigilância.

Outro exemplo é o de Pai Márcio de Jangun, babalorixá, advogado e escritor iniciado há 36 anos no candomblé e com terreiro aberto há 15 anos. Ele diz que a intolerância pode ser sutil e parte do cotidiano, o que também configura discriminação e crime, apesar de não envolver violência física. "Já me recusaram vender flores quando perceberam que seriam usadas em terreiro de candomblé. No transporte público, a pessoa se levanta por não querer ficar sentada do seu lado, se benze. É algo que infelizmente faz parte do cotidiano e que os praticantes de religiões africanas lidam todos os dias no Brasil", diz. No relatório da CCIR há casos como a invasão e depredação do centro de umbanda "A Caminho da Paz", no Cachambi, na Zona Norte do Rio, em fevereiro de 2015, assim como incêndios e destruição de estátuas no Distrito Federal. Também são documentados xingamentos contra crianças judaicas num clube de elite da Zona Sul do Rio, na Lagoa, durante as Mascabadas, olimpíadas de colégios judaicos de todo o país, e o ataque a uma professora de teatro que recebeu uma pedrada na perna aos gritos de "muçulmana maldita" uma semana após os atentados à sede da revista Charlie Hebdo, em Paris, no início do ano passado.

Papel do Estado 

Um dos objetivos de aumentar o escopo do relatório da CCIR é chamar a atenção para o problema e nacionalizar o debate, além de pressionar Estados e o governo federal para a implementação de políticas públicas mais efetivas. Outra meta é cobrar a execução da legislação já existente, que tipifica o crime de intolerância religiosa.

No Rio de Janeiro, apesar de alguns avanços pontuais, os especialistas cobram a implementação de uma delegacia especializada, aprovada por lei em 2011 mas ainda sem previsão para sair do papel. São Paulo e Distrito Federal já criaram tais espaços. Consultado pela BBC Brasil, o governo fluminense confirmou que "não há previsão para a criação" da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância como determinou a Lei Estadual 5931, aprovada em 25/03/2011. O governo ressaltou, no entanto, papel pioneiro com a criação do Centro de Promoção da Liberdade Religiosa & Direitos Humanos, em 2012, e disse que todas as delegacias de polícia do Estado estão aptas a registrarem casos de intolerância religiosa. Na visão dos especialistas, este é justamente um dos principais problemas. "Quando a pessoa vai a uma delegacia, o policial registra a queixa como briga de vizinho, rixa, ameaça. Falha ao não aplicar a lei de intolerância religiosa, que prevê a tipificação penal adequada", diz o professor André Chevarese, do Instituto de História da UFRJ, que coordena o Laboratório de História das Experiências Religiosas. "Além disso, juízes tendem a ser condescendentes, não punem da forma adequada. O Estado falha ainda ao não educar melhor, não incluir mais o ensino sobre África, sobre religiões de matrizes africanas, sobre a importância das culturas africanas para a construção do país", diz. Ivanir Costa, da CCIR, diz que ao longo do tempo já presenciou a entrega de documentos às mãos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma Rousseff, e que ouviu promessas, mas até agora falta vontade política para implementar medidas nacionais mais eficientes, a exemplo do que foi colocado em prática na questão da violência contra a mulher. "Não temos órgãos que acolham denúncias e orientem vítimas em todos os Estados. Não temos uma base de dados nacional, os números são muito discrepantes ao redor do país. Há pouquíssimas delegacias. Delegados, policiais e juízes descumprem a lei. É um cenário muito incipiente ainda", avalia.

Fonte:

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

O Senhor da Terra: Pra ter mais dinheiro e mais saúde, com amor e prazer em 2017

 
Prosperidade em 2017

Salve Obaluaê - oração do Senhor da Riqueza da Terra

Pai Omolú, O Sr. da Terra e o Orixá do Sol

2017 é um ano do elemento Terra, mas, somando todos os fatores astrais do ano astrológico, encontramos uma predominância de fogo, com o elemento terra em segundo lugar e muito atrás. Até mesmo Saturno o regente do ano, transita num signo de fogo (Sagitário). O Ascendente do ano é de fogo (Áries); além de ter um poderoso sttelium em Áries e Marte (fogo) em Touro na casa 2 (regência de Touro e de terra). Ou seja, sempre o fogo se interpondo ou sobrepondo a Terra. Até mesmo no Horóscopo Chinês temos um ano de animal do elemento fogo (Galo de Fogo). E nesse ano de Obaluaê, Senhor da Terra, está imprensado por Ogum, Xangô e Iansã. Isso é um presságio perigoso, pois pode ser um ano onde a terra poderá sofrer mais. Terrenos ficar mais ácidos, mais salobros, mais contaminados e ter mais incêndios florestais, além de nascentes de rios secarem. 

No plano pessoal também pode ser um ano de mais infecções no corpo, especialmente problemas nas articulações ou mesmo digestivas. Além de doenças de pele e doenças psíquicas, com ênfase em problemas espirituais. E por falar em problemas psíquicos, poderão ter muitos problemas de depressão, melancolia, abandono, obsessão, aprisionamento emocional e dor na alma. E no plano físico ou material, ligado ao dinheiro, poderão surgir gastos inesperados, gastos com doenças e tantas outras coisas. Por isso, nos preparemos espiritualmente, fortifiquemos a mente, nos protejamos contra os ardis e encantos de Satã. Evitemos drogas, bebedeiras, brigas, fofocas, lugares inóspitos e cuidemos melhor do nosso corpo, mente e espírito. Rezemos aos anjos e arcanjos que citei nos artigos anteriores. Busquemos a proteção dos orixás, especialmente os que serão os protetores do ano, como Iemanjá (ministra do ano) e Oxalá o fiscal do ano. 

Mas, saudemos em especial, o regente do ano, assim oremos a Obaluaê e Omulú, que nos livre das doenças, da peste e da pobreza ou solidão!

Atotô Babá Mini Orixá. Senhor Omulú e Obaluaê, das almas e dos vivos. Por isso, Nosso Senhor Jesus Cristo, eu lhe imploro, não permita, Senhor, que nenhuma doença se instale em meu organismo. Limpa minha cabeça, meus olhos, minha garganta, minha pele e minha carne. Que sua bênção e a sua luz me recobrem a saúde e a força de meus órgãos. Realize, meu Pai, os meus desejos (faça um pedido importante) e dê a mim apenas o que for de meu merecimento. Perdoe meus erros e minhas faltas. Abra meus caminhos e ilumine minha vida com seu raio de amor misericordioso. Amém - atenção. Esta oração funcionará mais rápido e mais forte, a todo aquele que limpar a mente, pedir perdão aos inimigos, fazer amizades e acabar com brigas idiotas com os familiares. Busque agragar amor e paz, assim virão bênçãos grandiosas...

Axé e Shalom


Carlinhos Lima

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Buscando a benção de Iemanjá pra ter sorte, amor e sucesso em 2017

Salve Iemanjá, regente de 2012

Iemanjá atuando junto com Iansã, como ministra conselheira de Obaluaê - o regente do ano


Nanã e Obaluaê regendo o ano 2017, com Ogum e Iansã, responsáveis pelo plano fisico e vida material no ano. Os filhos de Iemanjá terão como missão ajudar mais as pessoas, investir mais na espiritualidade e cuidar mais de sua mente. Os mediuns de Iemanjá, Oxum, Oxumaré e Nanã, terão uma missão especial de lutarem mais pela manutenção da paz. Iemanjá não é a regente do ano, mas, é uma das principais ministras que auxiliará Obaluaê. Recorramos agora ao mito, onde Omulú e Obaluaê, foram abandonados por Nanã por ela ter achado os dois feios, além de serem portadores da peste e foi Iemanjá que cuidou deles e os criou como mãe. Portanto, Obaluaê, ouve mais Iemanjá que a Nanã. E Iemanjá, neste ano rege a casa 4, as terras, o meio ambiente e as famílias. O homem do campo, terão atenção mais de perto de Iemanjá. Afinal de contas não será um ano fácil. Teremos problemas na terra, no meio ambiente e seca muito forte. Saturno é por si um astro mais frio, prenunciando que possa ser um ano mais frio que 2016, mas, é um ano de muito fogo, misturado a terra e de pouca água. Isso prenuncia um agravamento da crise hídrica, especialmente no Nordeste, mas, também no Sudeste. Assim, já que o governador Alckmin quer doar as bombas que usou no racionamento pro Nordeste, será uma boa ação, mas, deverá ter cuidado pra não precisar dela em breve.

Tende a ser um ano de mais revoltas na natureza, com mais tufões e tempestades. O foco na casa 9, nos deixa a alerta sobre isso. Mais raios, já que Ianã é a segunda ministra a auxiliar Obaluaê. Lembremos aqui de uma outra lenda, que diz que Iansã ao brincar com Omulú, sacudiu sua máscara de palha e descobriu seu rosto. Mas, sua brincadeira, a pegou, pois ela se apaixonou por Omulú. E Omulú, passou a devorá-la de paixão. Enfim, nesse ano, de tanto fogo, podemos ter um grave problema ainda maior com a seca, em diversos locais do país.

Foto reprodução - Angelo Jr. Fotografia


Um outro aspecto preocupante é que todos os governos, das 3 esferas estão falando só em cortar, cortar e demitir, mas, o que a cara desse ano nos mostra é uma tremenda necessidade de paternalismo. Ou seja, os governos terão que gastar muito, especialmente no social. Assim, se o governo só quiser continuar ferrando o trabalhador e cortando, o país terá um ano ainda pior. Não deveriam preocupar-se apenas com a contabilidade, mas, com as necessidades do povo.

Iemanjá será responsável pela família durante todo o ano. Esse já é seu papel na verdade, mas, como vai governar a casa 4 terá um foco ainda maior, pois este tende a ser um ano difícil, com mortes no seio da família, chacinas, feminicidios e muitas separações de casais, por isso, Iemanjá será a encarregada de diminuir isso!

Iwori'Ogbe, terá uma papel importante, pois junto com Xangô e com filtros de Iemanjá, também atuarão com senhores e conselheiros do carma nesse ano 2017. Agirão nas relações, filtrando o amor entre os casais, as uniões políticas e os laços sociais. Não será um bom ano pra adultério e falsidade, poderá ter um alto preço. Será um ano ruim para o mercado do sexo, garotas de programas e acompanhantes de luxo. Se não cuidarem melhor de sua pombagira, terão um ano difícil e perigoso. Muitos poderão contrair doenças psiquicas, espirituais e também físicas, além de alto risco de prisão. As pessoas também que trabalham com sexo de corpo aberto, sem nehuma proteção, estarão mais sujeitas a econstos, feitiços e obsessões. Saturno, tem uma certa alusão a Satã, que de certa forma, nas dimensões gnósticas e mística ocultas, se conectam por diversos tentáculos e simbologias. É a provação, a dor em muitos momentos e a perda de muitos sentidos, pra que possamos cair em si, mas, depois da dor.

Satanás vai entrar no corpo de muitas pessoas que vivem chamando por ele, que vivem ingerindo sua essência (as drogas) e que perdeu o elo com Deus ou com a fé. Muitos vão deixar o demônio entrar, assim como aquele cara em Campinas que matou toda família na noite da virada do ano. As pessoas fazem piadinhas sobre o mal, sobre Satanás, sobre demônios, mas, muitos terão encontros furtivos com ele. Muitos magos negros dançarão em volta da fogueira, pra evocá-lo e muitas pessoas despreparadas, terão ruínas, a ter seu caminho cruzado por Satã neste ano. Não pense que apenas comprando uma Bíblia e pagando dízimos está livre. A fé sem obras é morta, já dizem as escrituras. Tem muita gente que tem dons e fazem piadinhas, preferem gastar com luxo e luxuria e tem pena de comprar uma vela.

Muita gente passa o dia detonando o cartão de crédito, gastando com coisas supérfluas, ai quando acha que precisa de uma consulta, procura ajuda de graça, acha que não tem que pagar por uma consulta e que astrólogo e tarólogo tem que trabalhar de graça, por que Jesus curou de graça. Uma coisa não tem nada haver com a outra. As pessoas as vezes prefere gastar metade do salário em comemorações banais com cerveja e whiskies, mas, na hora de cuidar da espiritualidade, tem pena de comprar uma vela. E é por isso, que elas procuram ajuda, com cara de nojo e crítica e jamais são atendidas. Os orixás tem é pena delas, mas, não tem clemência. Nem Deus teve pena do ganancioso Acã que roubou tesouros de Jericó. Deus não gosta de avarentos, que acha que o celular da moda e o cartão de crédito resolve tudo, mas, na hora de estudar sobre sua espiritualidade, quer xepa, que abusar da boa vontade de quem passa horas estudando, enquanto elas estão na balada, trepando e curtindo a vida. Mas, só procuram ajuda, quando estão ferradas.. Enfim, este ano de Saturno vai ensinar muita coisa pra muita gente despercebida!


Ogbé'Yeku, um outro odú, que estará conectando a energia do ano a força dos ancestrais. Este odú aconselha-nos a usar a inteligência, ao invés de força. Por isso, meditar, orar e preparar o espírito é mais proveitoso. E usar drogas, armas e confiar no dinheiro, só trará ilusão quedas no final. Odu ogbè Yeku é a primeira das combinações de Odu e este é o décimo sétimo na Odu Orunmila ajustado). Portanto o odú ancestral do ano, ou seja o 17° odú. E este odú fala em eliminar o mal que nos rodeia, assim como nosso corpo elimina a urina. Então nada de ingerir drogas pra sujar nosso corpo e alma. Este odú, também é um prenuncio ruim pra governantes que estão sem muito apoio, pois ele fala em remoções do cargo. Anuncia muitos problemas estomacais por causa de nervoso, decepções amorosas e rusgas no casamento. Por isso, é bom tentarmos manter a família pelos pilares da boa espiritualidade.


O Oração de Iemanjá para que seus filhos tenham sorte no ano, que serve também para todos que buscarem sua proteção maternal é:

Odoiá, Odoiá, Iemanjá. Rainha das ondas, Sereia do mar. Como é belo o seu canto, senhora. Quem escuta chora, mãe das águas do oceano, soberana das águas, dê-me sucesso, progresso e vitória em meus caminhos. Abre meus caminhos no amor, cuida de mim, Odoiá, Divina Rainha!a Que a tristeza se afaste de mim e que as águas sagradas do Oceano lavem minha alma e meu ser. Abençõe, mãe, minha família e meus amigos e permita   que o amor seja nossa maior fonte de energia. Sou suas águas, suas ondas e tu cuidas de meus caminhos. Iemanjá, em ti confio. Axé.

No dia de Iemanjá, 2 de fevereiro se morar perto da praia ou rio, leve flores brancas pra ela, pingue continhas de alfazena nas flores e peça a ela proteção, saúde e força espiritual. Pois caso ela veja que você merece suas bençãos, ela trará dadivas completas, como amor, riqueza e sorte. Se não mora perto de rio, ascenda uma vela de 7 dias rosa pra Iemanjá e uma amarela pra Oxum, fazendo o mesmo pedido. Mas, mesmo que tenha levado as rosas pode também ascender as velas. Aliás, se quizer ter mais força espiritual, poderá ascender uma vela rosa toda primeira segunda-feira de cada mes e terá um ano prospero e cheio de amor durante o ano todo. Se por acaso fizer isso ou os rituais e não sentir melhora, algo errado existe em seu carma, assim não estará sendo merecedor, então deve procurar auxilio espiritual de um sacerdote que saiba o que Iemanjá quer de você para abrir seus caminhos.

“Dia 2 de fevereiro - dia de festa no mar”, segundo a música do compositor baiano Dorival Caymi. É o dia em que todos vão deixar os seus presentes nos balaios organizados pelos pescadores do bairro do Rio Vermelho junto com muitas mães de santo de terreiros de Salvador, ao lado da Casa do Peso, dentro da qual há um peji de Yemanjá e uma pequena fonte. Na frente da casa, uma escultura de sereia representando a Mãe d´Água baiana, Yemanjá. Desde cedo formam-se filas para entregar presentes, flores, dinheiro e cartinhas com pedidos, para serem levados à tarde nos balaios que serão jogados em alto mar. É única grande festa religiosa baiana que não tem origem no catolicismo e sim no candomblé. (Dia 2 de fevereiro é dia de N.Sra. das Candeias, na liturgia católica, e esta Nossa Senhora é mais freqüentemente paralelizada com Oxum, a vaidosa deusa das águas doces). Iemanjá, rainha do mar, é também conhecida por dona Janaína, Inaê, Princesa de Aiocá e Maria, no paralelismo com a religião católica. Aiocá é o reino das terras misteriosas da felicidade e da liberdade, imagem das terras natais da África, saudades dos dias livres na floresta (AMADO,1956;137)

Carlinhos Lima - Astrologo, Tarologo, Pesquisador e Mago de Umbanda Astrológica.
Axé a todos - Aranauam, Motumbá, Mucuiú, Kolofé, Axé, Salve, Saravá

Veja mais previsões:

Estudar búzios, magia, astrologia, tarô e orixás, é perigoso?

Pra vencer em 2017, temos que nos libertar e mudar

2017: A Pombagira em trono - Ela comandará a sexualidade e carma sentimental das pessoas

Estudar búzios, magia, astrologia, tarô e orixás, é perigoso?

  é perigoso?
Estudar búzios, magia, astrologia, tarô e orixás, é perigoso?

Pra tudo o homem precisa de outorga e proteção


Todo mundo que entra em contato com os estudos do misticismo, esoterismo, magia e espiritualismo, sentirá muitas coisas, desde uma mistura de medo, fascínio e vontade de aprender sempre mais, a muita confusão. Isso acontece porque estes seguimentos sempre foram muito perseguidos. Instituições que sempre tiveram muito poder, trabalharam ao longo dos tempos pra destruir todos esses conhecimentos, criar estigmas e muito medo. É evidente que a intenção deles nunca foi a verdade ou preocupação com as pessoas de fato, mas, manter poder, a hegemonia filosófica e poder político. Mas, também sabemos que muitas pessoas de boa índole também serviram as religiões e falaram a verdade sobre muitas coisas. A questão é que a humanidade aprender a ser extremista, como vemos hoje em dia na política, e na religião é ainda pior. Assim, por causa do erro de pessoas nefastas, aprendemos a ignorar tudo que vem de um determinado setor. Dessa forma, quem sofreu com os abusos e mentiras das igrejas, hoje em tenta ignorar tudo que vem delas, o que é um erro. Da mesma forma que fanáticos que aprenderam a ser cegos seguidores a qualquer custo, ignora tudo que for contra as suas filosofias religiosas. Eu conheço por exemplo, muitas pessoas que leva a Bíblia tão ao pé da letra que não fazem nada sem consultar uma leitura dos livros antes. Tem pessoas que só tem como verdade o que o padre ou o pastor diz, assim repetem pra si mesmo o dia inteiro "a Bíblia diz...". Ou seja, temos os que não acreditam em nada fora do que lhe ensinaram a acreditar. Pessoas que nasceram sendo forçados a ir a missas, novenas e obedecer a fé cega dos pais. E da mesma forma, tem os que lutam pra não acreditar em nada. É um enorme extremismo, as pessoas aprenderam (e não é de hoje) a ter apenas duas opções: "concordar ou discordar". Tudo isso é muito limitante e só leva o ser humano ao conflito. Ninguém está aberto ao diálogo, a ouvir o outro lado. Não se dão conta que nem tudo que vem do outro lado é mentira e que nem tudo que ela própria defenda, é verdade absoluta.

Nesse momento por exemplo, tem gente se matando no Oriente Médio, sem sequer saber porque de fato estão tirando a vida de seus semelhantes. Apenas seguem ordens insanas de idiotas, que tem o Diabo no coração e querem derramar sangue. As pessoas, só vão evitar essa ação do mal, no dia que pararem pra pensar por conta própria e começar a enxergar que nem tudo que o pastor, o padre, o pai de santo ou o monge é verdade absoluta. Que nem tudo que eles falam é sincero. Eles apenas defendem a verdade deles mas, nem sempre a verdade dos outros servem pra nós também. O padre ou o pastor, pode até achar que a filosofia da Bíblia serve pra ela, mas, jamais poderá garantir que essas filosofias tem a mesma serventia pros outros.

Vimos casos como dos hebreus por exemplo, onde leis, normas e regras eram impostas no deserto, onde as pessoas saíram de uma escravidão física, pra uma ditadura religiosa, só se fazia o que Moisés queria. Até criou-se a expressão "Lei Mosáica", nem lei de Deus era mais o termo e sim o que Moisés deixou. Claro que alegando ser tudo inspirado por Deus, lógico! Porém claramente, muito de todas as leis, claramente uma opinião dos autores, Moisés ou rabinos. Até ai compreensível, pois era um povo indócil, ele estava fazendo tudo com boa fé, certamente até visto com bons olhos por Deus. Ele só queria domar, fazer o bem, organizar a fé do povo. Mas, o que as pessoas tem que entender que os tempos mudam, as culturas mudam, as situações mudam. Aquele povo, naquele lugar árido, em constante conflito e luta pela sobrevivência, tem uma filosofia própria. Não podemos aplicar mandamentos daquele povo, daquele lugar e daquela situação, indefinidamente pelos tempos, como se todos nós tivesses que nos tornar hebreus e seguidores de Moisés. Salvo tudo que diz respeito a moral, a ética e ao amor universal, demais regras e rituais, dizem respeito a as crenças daquele povo! Essa forma de querer ser hegemonia sobre os outros povos, já vimos ao longo dos tempos que nunca deu certo. A mania de querer dizer que "Deus é nosso", que "nosso Deus é o verdadeiro" ou "nosso Deus nos protege e os outros são excluídos", já vimos bem ao longo da história que o papo é mais embaixo e que Deus não compactua com isso. O próprio Cristo agiu diferente e chegou a questionar normas das Leis de Moisés! Portanto, não fique ai pensando que só porque comprou uma Bíblia, virou hebreu, o cristão número 1 e o predileto de Deus! Deus nos julga não por ler ou não a Bíblia, por ser fanático religioso ou por estar todo dia na igreja. Ele julga pelo coração. Então não pense que só porque você se diz cristão, poderá sair apontando o dedo pros outros e julgando. Da mesma forma, não temos o direito de dizer que tudo que vem de outras crenças é tudo mentira. Há mentira em todas as vertentes, assim como também há verdades.

Mas, o que eu quero chamar atenção aqui é também sobre certos comportamentos que temos hoje no meio do espiritualismo. Claro que isso não é de hoje e não acontece só no Brasil, mas, nessa era de internet, tornou-se ainda mais gritante. As pessoas quase destruíram a astrologia, o tarô e conhecimentos sagrados no passado, por banalizar esses conhecimentos secretos, agora está ocorrendo de novo. Sim, banalizar, essa é a principal tática das forças diabólicas, tentam torná-las inócuas. Por isso, sempre surgem os charlatões e demagogos, pra espalhar falsas teorias, praticas vãs e mentiras sobre os conhecimentos sagrados, pra desacreditar. Da mesma forma, só que ao contrário, líderes religiosos, gastam milhões por mês, pra fazer programas, de reafirmação da Bíblia e das novas religiões da moda, pra ganhar mais e mais adeptos. Chegaram a um tal ponto que agora, os cenários só mostram luxo. Atrás dos oradores na TV ficam rodando imagens de carrões importados, iates e dinheiro. E ai temos que lembrar que isso não tem nada de bíblico, pois os Evangelhos dizem "meu Reino não é deste mundo", sem falar nos trechos onde ele nos alerta "virão falsos profetas". E assim, temos que relembrar "quem tem ouvidos ouçam", pois o mestre disse "é melhor perder o mundo do que a alma".

No entanto, é evidente, que não vamos recair nos conceitos cristãos antigos que demonizavam do dinheiro, pois sabemos riqueza também é um dom de Deus. Mas, riquezas ganhas com justiça, verdade e sabedoria e não com manipulação. Os patriarcas bíblicos, assim como orixás que encarnaram, tiveram muitas riquezas, mas, não tomando o suor do rosto dos irmãos. Jacó trabalhou muito, por 14 anos pra ganhar duas esposas e muitos rebanhos Ele não ficou pedindo 10% do que seus vizinhos tinham! Se você quer ser um líder religioso, vá dar aulas, vá trabalhar e criar atividades que possam trazer renda, não cobrar a peso de ouro por pregações inúteis que nem você mesmo acredita nelas.

Na Umbanda, acontece o mesmo. Pessoas que abrem uma casinha, logo amplia e faz um lugar enorme. De repente, já tem diversas unidades de templos. Qual o problema disso? O problema é quando é feito com extorsão! E o que seria extorsão? Mentir, prometer o que não pode cumprir e dizer o que não sabe. Tem pessoas que se dizem de um grau de sacerdócio e passa a se achar dono dos orixás. Começa a cobrar consultas exorbitantes, dizendo receber guias e entidades que sequer ele conhece, além disso, monta incontáveis cursos e começa a enriquecer, além de falar barbaridades em consultas, dizendo-se incorporados em espíritos.

Eu não sou contra cursos, acho na verdade, muito proveitoso pra esclarecimento e divulgar a tradição. Também não sou contra consultoria, mas, não se esqueçam que na magia ou no esoterismo há regras e limites. A pessoas tem que ter em mente que nem todo mundo pode se tornar um babalaô, por isso não deve ser ludibriada. Tem pessoas que passa anos e anos gastando com falsos líderes religiosos mentido e sugando seu dinheiro. Não é todo mundo que pode estudar búzios, não é todo mundo que pode estudar astrologia e não é todo mundo que pode estudar tarô. E muito menos se tornar pai de santo ou sacerdote em qualquer grau iniciático. Se você observar bem, verá que um terreiro se divide em funções. Isso acontece, simbolizando a vida. Ou seja, não é todo mundo que nasceu pra ser chefe de um terreiro, assim como não é todo mundo que veio com outorga pra ser um ogã ou pra jogar búzio. Cada um tem um destino.

O problema é que grandes centros como as grandes capitais, muitas pessoas querem viver de usar as pessoas. Tem gente que quer sustentar-se e manter toda família, e com luxo, as custas das outras pessoas. Dessa forma, quando ele coloca um curso ele não vai nunca dizer a uma pessoa que ela não pode mexer com determinadas coisas, quanto mais inscritos melhor. Que mal há?  Males psicológicos, espirituais e cármicos. Muitas pessoas a estudarem o que seus odus e signos não aprovam, trarão punições pro resto da vida. Já vi pessoas que perderam a mente, ao estudar búzios e astrologia sem ter preparo. É por isso, que pra adentrar qualquer grau num terreiro é preciso de iniciação mesmo sendo filho de pai de santo. Mas, o egocentrismo e excentrismo de certas figuras que vivem de extorquir as pessoas é tão grande, que eles só enxergam sua visão gananciosa.

Se a pessoa é apaixonada por astrologia ou qualquer ciência esotérica, ela pode ler, até pra entender o que é. Tá cheio de livros sobre o tema e é recomendável que leia, mas, a pessoa receberá um chamado e quando adentrar este mundo apaixonante, terá que buscar se preparar. Não estamos falando de um jogo de crianças, estamos falando de oráculos sérios! Não é um joguinho de quebra- cabeças! Dia desses assisti num canal do youtube, um cara dizer que pra ler os búzios ou um mapa astral, "não precisa de intuição pra nada"! A é mesmo? Pois decora os milhares de códigos que um Ifá tem e milhões de combinações que um mapa astrológico tem e tenta filtrar apenas de forma consciente, usando o milésimo de conhecimento adquirido em cursinhos rápidos! A intuição não funciona sozinha, precisa sim do conhecimento, das leituras, do norte dado pelos estudos, mas, não pense que só conhecimento funcionará. A intuição é que faz nosso cérebro filtrar o que focar. Da mesma forma, não pense que consultas de entidades respondem tudo. Entidades não sabem muito lá essas coisas além de nós não. Elas podem até ver o que não conseguimos ver como encarnados, pois estamos limitados, mas, o que elas vai saber não é tão profundo ou de futuro a mais do que nós. Muitas estão em planos intermediários e apenas carregam conceitos delas próprias. Por isso, muitos guias produzem livros psicografados preconceituosos e voltados a um determinado seguimento. É por isso que muitos reformulados da Umbanda, declinaram pra o kardecismo e cristianismo, pois seus guias eram cristãos quando estavam encarnados e não porque eles viram a verdade absoluta do outro lado. Se você consultar um guia na África, mais inclinado ao Islã ou a crenças tribais ele dirá outra coisa! 

É por isso que os grandes babalaôs da África, não confiam exclusivamente em entidades, a incorporação tem outras funções, aliás, orixá não fica na terra por muito tempo, pois seus cavalos não aguentariam! Esse papo de entidade ficar horas e horas dando consultas, quase sempre é balela! Em casos muito raros ele conversas por minutos e vai embora. E outras entidades sequer conversam o revelam  nada! Entidades evoluídas sabem das regras, não ficam fazendo revelações. Esse papo de ficar prevendo queda de aviões ou dizendo que famoso a ou b vai morrer, não passa de pirotecnia. Ninguém pode dizer o dia da morte de outra pessoa, nem prever tragédias. O que se faz em astrologia ou mesmo no Ifá, é mostrar tendências, apontar riscos, analisar uma bifurcação energética que poderá resultar numa catástrofe. Mas então porque algumas previsões se confirmam? Porque alguém chuta um monte de coisa, fala de tudo, de política, de famosos e de dá diversas entrevistas, por ter média nos veículos de comunicação, ai algo sempre acaba combinando. Então volta depois, com ajuda desses apresentadores que também querem audiência, pra dizer que previram, e acabam pegando fama! Mas, o destino existe? Sim, mas, pode ser mudado. Ele é escrito com algumas opções, ai vai ser somado a isso, o livre-arbítrio e o acaso, pra ver o que vamos ter no final.

Mas, não pense que entidade tem o poder de ficar falando da vida dos outros ou prevendo o futuro! Tudo é balela. As entidades evoluídas jamais farão isso. Só espíritos enganadores vão ficar fazendo esse tipo de espetáculo. Tá cheio de vídeo por exemplo, de homens vestido de pombagira, dando consultas horas e horas. Em primeiro lugar, o homem tem que ter como seus guias de serviço, entidades do masculinas e segundo lugar, não ficaria mais que alguns minutos incorporados. E homem pode receber pombagira? Sim pode. Mas, a função é outra, sendo apenas de descarga e muito rápido. É por abusar e distorcer a liturgia e ritualística, que tá cheio de pai de santo e mãe de santo, se revelando homossexuais. Ôpa! Tá descambando pro lado do preconceito? Não meu caro leitor. Nesses dias de hoje, onde o politicamente correto não deixa debater nada, somos sempre forçados e falar a verdade, mesmo que as pessoas não queiram entender. Eu explico!

Quando o médium já é homossexual, se fez no santo sabendo ser homossexual ele já tem sua coroa adaptada a sua ancestralidade, signos e carmas. Mas, quando ele é feito de uma forma, iniciado de uma forma e depois começa a enveredar por outro caminho, é óbvio que tem algo muito errado em sua coroa. Não estou dizendo que ser homossexual é castigo ou não, que é bom ou não. Mas, não é bom pra muitos médiuns em diversas circunstâncias. E não venham com esse papo de preconceito não.  Estou analisando do ponto de vista teológico, filosófico, magistrático e sagrado. Tem muitas mulheres aderindo ao movimento lésbico ou homens se revelando homossexuais, por causa de erros em suas militâncias ritualísticas. E não percebem isso. Especialmente quando muitos abusam da esquerda por causa da ganância! E não tem esse papo de "saiu do armário". Os movimentos gays, defendem logo que "não há ex-gay", o que eu discordo! Mas, é discussão pra outra hora. Mas, quando fala-se em "ex-hétero", ai vem com esse papo de "saiu do armário". Porque só tem que inclinar pra um lado? Se não há ex-gay, também não há ex-hetero. O que pode haver é simpatizantes, pessoas que aderem de forma consciente, mas, se deixar sua essência. Em meu conceito, ninguém nasce gay ou hétero, todos nascemos com uma forma física, mas ,as opções sexuais e comportamentos, vão sendo moldados, a partir do momento que vamos tomando consciência do ambiente ao nosso redor. E é por isso que tem mais hétero do que gays no mundo, porque há uma forte predominância por imposição, de diversos fatores, entre eles fatores religiosos, culturais e sociais.

Uma outra coisa que quero falar aqui pra finalizar é sobre a forma que as pessoas pagam pau, como se diz na gíria das ruas, a gringos. Se o cara chegar da Nigéria, pode não saber fazer um chá, lá onde ele vivia, abre um terreiro no Brasil, fala com sotaque e faz toda ornamentação, ai todo mundo paga o que ele quer, logo ele tá podre de rico. As pessoas tem que entender, que nem todo africano tem mediunidade ou contato com os orixás. Da mesma forma que nem todo japonês luta caratê ou é ninja. Nem todo baiano joga capoeira e nem todo americano conhece a Disney! Não é porque o cara veio da África que ele é um babalaô enviado por Orumilá! Não é porque o cara foi a Àfrica que ele se tornou o senhor dos segredos! Tem gente que tem canais na internet e programas na rádio, onde repete o tempo todo "lá na Àfrica quando eu fui lá ver meu mestre..." ou seja força a barra o tempo todo, como se por ele ir ao continente dos orixás, lhe desse a outorga máxima sobre todos os segredos! Não é por ter amizade com algum babalaô que alguém se torna o deus do saber! Não é também todo babalaô africano que sabe tudo. Muitos nem sabe nada relevante. Vemos discordâncias em todas as religiões. Aliás, pesquisas antroplógicas, deixam claro que a crença aos orixás, ao ifá e a magia africana, veio de outros locais, como por exemplo o Egito, o Oriente Médio e até a Índia. E tudo foi adaptado a cultura africana, assim como a cultura africana, agora se adapta a nossa também! Ninguém é dono da verdade. 

Tem muita gente vendendo curso, querendo ditar regras de Itans africanos. Saibam que  os itans africanos dizem respeito a medicina africana, aos orixás africanos, que levaram em consideração aquela realidade, aquela era, aquelas tribos... Tudo é adaptável ao ambiente, a ancestralidade. Não temos que seguir itans, à risca de forma irrevogável não! Apenas temos o original, que aliás, ninguém mais sabe qual é, apenas pra ter um norte, uma saída e não ficarmos presos a regras antigas. Na verdade, temos que decodificar a astrologia e a Umbanda, não ficar fazendo faculdades de Umbanda, apenas pra repetir coisas difusas, desconexas e que abracem todo mundo pra ter mais lucros!

Axé a todos e muita paz!

Carlinhos Lima

domingo, 1 de janeiro de 2017

Pra vencer em 2017, temos que nos libertar e mudar

  temos que nos libertar e mudar
Pra vencer em 2017, temos que nos libertar e mudar

Pra vencer em 2017, temos que nos libertar e mudar


Pois é galera. 2016 nem bem acabou e 2017 já chegou dando as caras do que nos espera no novo ano de Saturno. Como vimos nas notícias desse primeiro dia, a transição de um ano pra outro, já trouxe de cara, violência atentados terroristas e assim por diante. Como eu relatei aqui em outras análises e mensagens para o ano de Saturno, as questões familiares terão um foco muito grande neste ano. Não pense que o ato de um homem pular o muro de uma casa e matar uma dezena de pessoas, inclusive sua ex-companheira, a mulher que já dividiu seu leito, que é um local sagrada e ainda matar seu próprio filho, pra depois também se matar, seja um ato de loucura! Não, pelo contrário! É um ato de premeditação. Um ato de escuridão, onde as forças do mal, tomam conta da alma da pessoa. 

O homem, sempre foi capaz de atos como estes, bárbaros, desumanos e insanos. Até mesmo a Bíblia nos narra barbaridades que os hebreus faziam, alegando estarem fazendo "em nome de Deus". Bem, não foi discutir aqui estas questões teológicas, mas, reafirmo que o Deus em que eu acredito, jamais incentiva homicídios, chacinas e covardias, pois Deus é amor, verdade, justiça e vida! Dia desses, um seguidor no Twitter num debate sobre essas questões de violência de determinados povos, ele disse que o Judeu pode fazer o que ele quiser, que sempre vai apoiar, mas, outros povos não. Só faltou dizer que os hebreus eram os "donos de Deus". Mais um fanático religioso, sectário que acha que a Bíblia é verdade absoluta de forma integral. Mas, esse papo de dizer que "meu Deus é melhor que o seu", dizer que "meu povo é mais santo e por isso, pode matar", não cola mais. Hoje vivemos numa nova era e só os bárbaros é que vão matar, sempre sem motivos.

Mas, voltando ao ano, lembremos que este ano é ano de Saturno, assim, apenas de não ser preciso mesclar a filosofia cristã a astrologia e estudo dos orixás, sabemos bem que os mitos, os símbolos e os códigos sobrenaturais, sempre serão importantes pra formularmos interpretações. Dessa forma, quero lembrar aos queridos leitores de um personagem muito citado ao longo da história do cristianismo e usado de forma insana e banal nos dias de hoje, pelos mercenários da fé. Me refiro a Satanás, o velho Satã ou o Tentador. Sim, ele mesmo, que para os luciferianos e defensores de estudos mais aprofundados o chamam de "Portador da Luz", conforme o significado no latim nos faz entender.  Bem, na Astrologia, Saturno é o provador, aquele que testa o homem de todas as formas e no cristianismo, Satanás, também desempenha essa mesma figura. Porém com algumas diferenças, mas, que tem as mesmas proporções. Nenhuma cena bíblica traduz ou revela melhor essa analogia ou alusão do que a cena da tentação de Cristo no deserto. 



Eu não foi me aprofundar muito aqui nessas questões de filosofias ocultas, teologia profunda ligada ao gnosticismo e eventos sobrenaturais, mas todos que estão já bem conectados a astrologia espiritualista, captara muito bem toda simbologia revelada aqui. Pois bem, Saturno, muito forte neste ano, bem mais forte que em 2013 quando agiu por regência no ciclo do Sol, será o grande provador ou tentar de todos nós nesse ano. E quando digo mais forte, digo a sua força justamente de purificador ou de torturador mesmo, não de seu lado positivo. Sim, isso mesmo positivo, todos os planetas também tem seu lado positivo, mesmo sendo chamado de maléfico. Da mesma forma que todo planeta que é chamado de benéfico, também tem seu lado negativo. Pois na verdade, não há signo ou planeta ruim - o que há é horóscopos ruins, que perceberemos ao somar todos os fatores e percebermos que um determinado signo não se encaixa de forma progressista e auspiciosa na vida de um indivíduo.

Do mesmo lado, também entre os orixás, o temido Obaluaê, que da mesma forma que os signos, podemos cravar que não tem orixá bom ou ruim, tem orixá benéfico ou desarmonioso, em conformidade a uma estrutura geral de uma pessoal. Uma pessoa pode por exemplo, ter nascido num dia maravilhoso, ter identificado um Ascendente fantástico, mas, o resto do mapa reduzir este portal a nada. Ela pode ter um orixá de cabeça, tido como fantástico, como por exemplo, ser uma pessoa que tem Oxum como orixá de cabeça, mas, não ter sorte no amor, não ter grana e não ter brilho algum! Ué! Mas, porque isso se daria? Porque tem que haver uma estrutura, conexões e não somos regidos por um único orixá. Dessa forma a pessoa pode ter Oxum na cabeça, mas, toda sorte de bloqueios que sufocará essa Oxum, fazendo apenas ela se retrair. Enquanto outras pessoas, pode ter um orixá tido como ruim, mas, ter uma estrutura em volta magnífica que levará ela a brilhar na vida. Por exemplo, uma pessoa que nasce com um orixá de riqueza, numa família pobre e nada poderá fazer pra liberar seu poder expansivo, enquanto outra que tem um orixá pobre, nascer numa família rica, sábia e que o carregará nos braços pra que consiga tudo o que quer! Espera ai, mas, e as pessoas que nascem em situação difícil e supera, dá a volta no carma e vira alguém de sucesso? Podemos citar artistas, cantores, jogadores e empreendedores? Sim, é possível e mais comum do que se imagina! Mas, ai além de ter diversos outros fatores que precisam validar o poder de reação do ori dessa pessoa, há também atitudes desse indivíduo que contarão sobremaneira, como por exemplo, cuidar de sua espiritualidade com maestria e saber aproveitar bem seus dons.

Bem, assim, queremos dizer que não há anos ruins, apenas anos com cargas mais difíceis de enfrentar e que torna tudo mais pesado ainda, pra pessoas que já está com um carma amarrado, lento e cheio de problemas. Pra uma pessoa assim, nem o ano mais auspicioso será impulsionante. Da mesma forma que uma pessoa que se sente livre, leve e solta, terá tanta facilidade num ano catastrófico. Ou seja, somos indivíduos mas, que fazemos parte de um todo, de uma estrutura maior, de carmas coletivos, de inconscientes coletivos e de ancestralidade. Os livros de autoajuda e palestrantes, vendem uma ideia que somos livres, mas, não é bem assim. Muitos lutam e não conseguem se libertar, justamente por ter um carma familiar, uma maldição familiar que o prende e que ela precisa procurar quebrar pra poder progredir. Enquanto outros, nas piores situações, conseguem fluir bem, porque sabe usar bem os dons que trouxe, sua espiritualidade, sua fé e sabem militar bem por essa vida cheia de provações. 

Mas, por que estou falando tudo isso? Porque neste ano de Saturno, seremos provados a expurgar certos carmas, deixar pra trás, lembranças ruins, obsessões, paixões que não nos fazem bem e hábitos negativos. E quem não fizer isso, terá mais problemas. A gente vê hoje em dia pregadores, querendo colocar toda solução da Bíblia e no pagamento de dízimos, como se pagando dízimos a pastores, tudo se resolveria num passe de mágica, mas, o carma não é corruptível, não podemos comprar ou subornar os senhores do carma. Essa grana doada a igrejas não vai pra Deus ou pros ancestrais, apensar de líderes falarem toda hora em "obra, obra e obra", na verdade a grana vai pro jatinho novo, pro templo luxuoso, o apartamento em Miami, a fazenda no Pantanal, a cobertura no condomínio chique e na conta polpuda do banco. Não pense que Deus quer dinheiro ou que ele criou o dízimo pra isso que estamos vendo hoje! Ele criou contribuições para a Casa do Senhor, porque o povo tirado do Egito, perambulava no deserto! E esse povo era o povo hebreu e não o fulano que pega o CNPJ de uma igreja, equipa um salão e começa a cobrar de seus irmãos pobres e desnorteados que nem ele!

E porque eu estou falando em líderes, pessoas que manipulam massas, políticos cheios de artimanhas, se Saturno é símbolo de limitação, obediência a poderosos e leis? Porque as configurações desse ano, tem energias libertadoras! Por exemplo, o trigono de Saturno com Urano e a boa relação com Júpiter. Isso quer dizer que o poder de muitas instituições vão murchar, que a arrecadação de certas igrejas vão diminuir muito e que fiéis vão tirar a trave do olho, caindo em si, percebendo que cristianismo não é só depender de pastores ou padres, mas, de achar Deus dentro de si. E pra isso, precisará entender que somos mental, físico e espiritual. Ou seja, tem nossa própria alma. As bênçãos não virão apenas se o padre benzer ou se o pastor queimar seu dinheiro numa fogueira santa! Somos deuses como disse o Evangelho. O pastor não passa a ter mais poder espiritual do que nós só porque tem um anel no dedo e uma gravata ou um microfone na mão. Nós podemos falar com Deus diretamente! Foi isso que o Cristo nos disse "quando quiseres orar, entra no teu quarto, fecha a porta e ora secretamente para o Pai que tá no céu que te ouve...". Mas, as igrejas, criaram uma ilusão, fazendo as pessoas pensar que só alcançariam graças se beijarem a mão dos seus sacerdotes, se cumprissem seus rituais e liturgias. Mentem sobre casamento, sobre diversos tipos de rituais, como se alguém que não for batizado ou casado, seja impuro! Um absurdo. O próprio Evangelho desmente isso. João não trouxe o batismo pra se tornar meio de negócios, mas, de libertação e a pessoa vai por vontade e fé, não por imposição ou terror psicológico.

Só que Urano ao dar as mãos a Saturno, vai quebrar muitas amarras que bloqueiam a mente de muitas pessoas. Hoje em dia, por exemplo há uma mistura de medo e hipocrisia, que querem nos fazer acreditar como fé. Podemos dar uma rápida olhada por exemplo nas redes sociais e perceber, jovens que se dizem cristãos. Com suas roupas longas, postagens bíblicas, sempre fotos na igreja e abominando diversas coisas que elas dizem ser mundanas! Até ai tudo bem. Porém quando o celular entra ao vivo, que tipo de música tá tocando? 99% das vezes tá tocando músicas mundanas, especialmente musicas bem profanas de funk! Alguma coisa contra o funk? Não, apenas contra a hipocrisia! Quer dizer que não pode gostar de determinadas coisas, mas, de outras é liberado? Quer dizer que as roupas sociais e os gritos na igreja, cobrem a gravidez precoce, os boquetes na juventude e o fogo que arde debaixo da saia? Claro que não! A maior prisão do ser humano sempre foi a hipocrisia, o fanatismo e o sectarismo. Temos que ser originais e não criar imagens administradas pelo politicamente correto religioso.

Saturno vai criar tentáculos que vão pegar muitas pessoas que se esconderam durante a última década em máscaras. Falsos líderes religiosos, políticos cínicos, juízes ruins, policiais corruptos e pessoas falsas. E as pessoas que souberem aproveitar este momento pra tirar a trave do olho, terão maior amplitude de poder espiritual, enquanto outros que preferem continuar atolados nas falsas religiões e pregações, vão continuar como joguetes nas mãos do mal. Sim, não é exagero não. Há forças sobrenaturais, diabólicas agindo nesse mundo, querendo criar guerras como as que vemos nos morros do Brasil que matam inocentes por causa de drogas ou as que destroem a Síria, por causa de idiotices. 

No campo da política brasileira por exemplo, Saturno vai tentar abrir os olhos dos braseiros, pra que despertem a consciência política. Mas, como estão em sono profundo, há muitas décadas, apenas se degladeando entre ideologias ultrapassadas de "direita" ou "esquerda", provavelmente não vão acordar. E assim, será eleito mais um enganador em 2018. O próximo presidente do Brasil, será alguém muito bom com as palavras, que vai ganhar as massas e será pior que o Lula. É alguém que estuda há um bom tempo nos bastidores, sendo esperto e tendo uma resposta vazia pra tudo, mas, solução pra nada. Ou os brasileiros acordam ou ficarão em sofrimento profundo por muitos anos mais.

No Brasil não temos movimentos que defendam o país e o povo. Temos seguimentos que lutam por agendas egoístas. A Direita luta contra a Esquerda, mas, pra rebaixá-la e pra manter privilégios que teve sempre na história do Brasil. Rico sempre teve tudo aqui e os pobres, sempre sem nada. Mas, e as pessoas de direita que não são ricas. Seguem ludibriadas pelo forte lobby das lideranças que controlam os movimentos e a mídia da Direita. Do outro lado, a Esquerda também mente, mente pra tentar tomar o lugar da Direita, só querem poder e manipular o povo, sindicatos e trabalhadores. Ou seja, o povo tá sem rumo, sem representação, só grupos que lutam por poder política e pra manter suas regalias. A Esquerda é um atraso só, numa governou bem em lugar nenhum do mundo e a Direita, só pensa em seu status e bem estar, enquanto os pobres vivem pra lheservir. E o pobre não tem vez, não tem voz e é manipulado de um lado para o outro. 

Quem na Direita no Congresso merece confiança ou elogios? Quem na Esquerda, merece valor e elogios no Congresso? Nenhum, nem de um lado e nem do outro. Políticos de partidos como PSDB e DEM, elegem seus políticos com votos de pessoas que detestam a esquerda e eles saboreiam os votos de vingança. Da mesma forma, políticos da Esquerda, como por exemplo do PT, se elegem com ante-tucanos, que votam sem pensar só por sectarismo. E assim, os políticos continuam rindo, ricos e contra o povo. O PSDB por exemplo, nunca foi Direita, mas, lucra politicamente mentindo ser contra o PT! Basta ver as ideias dos caciques e veremos que nenhum partido do Brasil pode ser considerado de direita, são todos de viés esquerdistas. Mas, nesse joguinho premeditado eles ficam numa balança sem fim, sempre elegendo seus membros e o povo sofrendo. 

Agora Saturno veio pra dar uma sacudida em nossa política e sociedade, não só com a operação Lava Jato, mas, com muitos tumultos sociais criados daqui pra frente. Vamos ver no que vai dar tudo isso. O Lula, cada dia mais apertado, talvez não seja preso por muito tempo, o seu prejuízo maior é o político. Mas, sabemos bem que no Brasil, o judiciário detesta prender quem é do meio político, por isso, duvido que o STF prenda figurões do tamanho do Lula por muito tempo. Logo ele vai pra casa. Mas, o maior encarceramento do Lula será na alma. Ele está cada vez mais derrotado. Só teria uma única forma de ele diminuir estes impactos, que era buscando o poder espiritual que o tornou presidente. Mas, pelo visto, ele e sua família prefere juntar dinheiro que cuidar do que precisaria cuidar. Assim, vai volando nessa luta, achando que advogados humanos são capazes de livrá-lo do carma. Na verdade, os advogados que ele, Eduardo Cunha, Marcelo Odebrecht e outros ricaços precisam é de advogados de outro mundo e não de advogados de carne e osso.

Que o Anjo Cassiel e seus comandados abençoe a todos e que traga-nos saúde, riqueza e paz!

Carlinhos Lima
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Seguidores

Seguidores

Marcadores

orixás (261) magia (257) espiritualidade (181) astrologia (165) (156) amor (118) Umbanda (116) umbanda astrológica (104) sexo (98) CONCEITOS (96) signos (95) Umbanda-Astrologica (93) religião (82) mulher (77) previsões (71) exu (64) conceito (59) pesquisas (58) 2016 (56) anjos (56) carma (52) comportamento (52) signo (52) destino (51) pombagira (51) candomblé (50) astral (49) mediunidade (47) Cabala (45) rituais (43) UMBANDA ASTROLOGICA (41) Astrofísica (38) poder (37) CONCEITOS DE UMBANDA - ASTROLOGICA (33) Livro (30) ancestrais (30) arcanos (30) sucesso (30) espaço (28) fé religião (27) odus (26) oxumaré (26) pesquisa (26) busca (25) comprendendo o simbolismo (25) desejo (25) magia sexual (25) sorte (25) estudos (24) oxum (24) vida (24) Ogum (23) deus (23) PESQUSAS DE UMBANDA ASTROLOGICA (22) ifá (22) pombagiras (22) sexualidade (22) proteção (21) anjo (20) horóscopo (20) protetores (20) energia (19) magos (19) orixas (19) Umbanda-Astrologiaca (18) baralho (18) oxalá (18) Iansã (17) brasil (17) sagrado (17) 2014 (16) Caminhos da fé (16) INICIAÇÃO (16) Obaluaê (16) Saturno (16) UMBANDA ASTROLOGICA E MAGIA (16) astros (16) Comportamento na vida (15) Xangô (15) ano (15) atriz (15) axé (15) dinheiro (15) jesus (15) livro de umbanda astrológica (15) mapa astral (15) CONCEITOS DE UMBANDA (14) Lua (14) Omulú (14) carma sexual (14) oráculos (14) terra (14) Guias (13) Júpiter (13) linhas (13) magia negra (13) odús (13) paixão (13) vibrações (13) Yorimá (12) mapa astrológico (12) ritual (12) 12 signos (11) Marte (11) Orumilá-Ifá (11) caminhos (11) conhecimento (11) nova era (11) planeta (11) Estudo (10) OS SENHORES DO DESTINO (10) REENCARNAÇÃO (10) bem estar (10) ciclos (10) céu (10) história (10) numerologia (10) oração (10) Astrônomos (9) Horóscopo Chinês (9) OFERENDA (9) anjo da guarda (9) clavículas de Salomão (9) estrela (9) luz (9) poderes (9) umbanda-astrológica (9) vibração (9) 72 anjos (8) Caboclos (8) ciência (8) cães (8) homem (8) mestres (8) obsessão (8) oraculo (8) pemba (8) Astronomia (7) CATIMBÓ (7) Era de Aquário (7) Macaco de Fogo (7) busca espiritual (7) cientistas (7) cosmos (7) dons (7) missão (7) solidão (7) agente do carma (6) arcanjos (6) astrólogos (6) chacras (6) essência (6) Câncer (5) EXU GUARDIAO (5) Escorpião (5) Mitologia (5) amarração (5) esquerda (5) feitiço (5) misterios (5) Linha do Destino (4) advinhação (4) ebós (4) era de Aquario (4) macumba (4) mapa astrologico (2)