Total de visualizações de página

sábado, 27 de novembro de 2010

Iniciação e intuição são necessarias no Tarô.

[FOT20080623201823.jpg]
Tenho visto ultimamente, alguns tarologos famosos afirmarem que pra se jogar tarô não é preciso nenhum dom mediunico. Isso além de ser ridiculo é longe de ser verdade. Pessoas ceticas que não tem nenhum dom pode até não cairem em achismos e seguirem corretamente o simbolismo das cartas, mas, nunca terão sensibilidade pra decifrar os segredos ocultos das cartas. Além do mais, o tarologo e o tarô tem que se tornar um só na hora da concentração em consuta em tem que fazer parte daquela cena apresentada pelos arcanos, porque senão ele nunca vai conseguir decifrar.

O Arcano XV, por exemplo, é explicado por tarologos famosos, cheios de curriculo, fama e marketing, como um simples simbolo dos desejos humanos e que não tem nada de mistico ou externo neste naipe. Errado! Os Arcanos são sim simbolismos ocultos que represenam variaves coisas. Vejam que variadas crenças acreditam no poder das mandalas e da mesma forma o simbolismo dos naipes, captam as energias inconscientes das pessoas.

O arcano 15 não simboliza apenas os desejos em usos mais ocultos e magisticos ele representa sim uma entidade maligna literal e sobrehumana. Não é a toa que a figura nos mostra um ser horroroso prendendo pessoas por uma corda. O autor quando criou essa carta, quis sim falar dos desejos que prendem o homem na cegueira espiritual, mas, mentalizou o ser que atiça tudo isso e que foi a causa da queda e do pecado de nossos Ancestrais.

Se não tiver o dom, pode dormir e acordar com o taro na mão que nunca passara de um simples estudioso. É por isso que tem muita gente de dinheiro com vasta biblioteca, muitos cursos, nome na midia comprando espaço e escrevendo livros, mas, que não consegue levar nenhuma mensagem significativa as pessoas que querem evoluir. Dai eles partem pra essa onda da moda dizendo que o poder é mental e não espiritual; Que tudo o que se refere a mediunidade é achismo e que o estudo está acima de tudo. Errado! Todos os grandes mestres e profetas formam escolhidos e não se oferecem por vontade propria. Todo buscador na verdade, sente um chamado e quem entrar em cursinhos pra aprender o taro sem ter dom, só vai jogar o dinheiro fora e ficar mais confuso.

Se uma consulta só com intuição é precaria, só com conhecimento simbolico é ridicula. Pois só vai deixar o consulente mais confuso. Afinal o taro, com todo seu simbolismo não é pra estimular a intuição? Pois que eu saiba advinhação não existe! Então qual a utilidade dos simbolos. Vai querer convencer a gente com essa babozeira de mentalismo e misturar psicologia com Tarô!? Como poderia se ajudar uma noiva que quer casar e vem pedir orientação sobre o noivo? Dizendo que o Arcano que saiu mostra que ele é confiavel só por que sua simbologia mostra uma pessoa "positiva"? Isso nunca vai funcionar sem intuição, pois é por meio dela que se lê as cartas sim.

Essa historia de olhar o taro como um alfabeto pode dar certo se a intuição do estudioso fluir bem, pois do contrario ele ira formar palavras contraditorias. Não se sabe de nenhum tarologo que tenha se destacado sem envolvimento com o lado da espiritualidade e do esoterismo. E quem nega isso ta na verdade mentindo, só quer ludibriar as pessoas com seus cursinhos, sem deixar que elas evoluam, pra não tomar seus lugares. Ai vem com essa historia de "metodos classicos".

Essas 78 cartas não estão ali aleatoriamente. Elas têm uma estrutura simbólica que fala de todas as probabilidades da vida humana, tudo que pode ocorrer, decisões, acertos ou desacertos. A estrutura do tarô é como se fosse um diagrama da vida, um mapa. Mas, mesmo assim tendo sido esquematizado, pra que os buscadores possam aprender os metodos dos mestres, tem que ser um escolhido e se for iniciado, terá muito mais desenvolvimento como interprete dos simbolos.

Se você fizer isso, vai acontecer aquilo, se você fizer aquilo outro, acontece outra coisa. Quando você abre um tarô, vai vir uma carta dentro dessa seqüência estrutural e se tem a exata idéia de que ponto da trajetória você se encontra naquela situação. Por exemplo, se você vai comprar um carro, o tarô pode indicar se você está em um momento apenas da sua vontade, num momento de estar realmente concretizando, ou prestes a fazer uma compra errada porque está muito afoito. É claro que pra se interpretar as cartas tem sim que conhecer os metodos e não podemos negar isso, até mesmo os grandes iniciados como Moisés, tiveram seus treinamentos. Mas, sem serem escolhidos pelo Astral Superior e sem a divida proteção e cobertura, não se vai muito longe. A não sem quer sabe usar de sensacionalismo, demagogia e embrulhe.

Existem grupos de cartas que estabelecem isso. O que é mágico é a escolha das cartas. Como a pessoa escolhe uma carta, virada, sem ela ver, de acordo com o que ela deseja.Tanto faz ela escolher olhando ou não cada símbolo, o resultado vai ser o mesmo. A mágica é a pessoa inconscientemente escolher exatamente o símbolo que ela está vivendo. Pois assim que se revela o segredo, por que forças astrais guiam os buscadores neste momento, sem a intervenção do Astral não se revela nada. É por isso que tem pessoas que se torna inviavel fazer qualquer previsão.

Todo o tipo de sistema oracular funciona com ou sem as pessoas presentes. Senão, negaríamos inclusive os princípios espirituais, de você se conectar com Deus, receber uma intuição, poder se conectar com a divindade. Independente de a pessoa querer, ou sequer estar presente, a resposta sai. O tarô não lê o seu cérebro, mas, estamos todos ligados por energias cosmicas que nos conectam a todas as esferas e a todas as dimensões, quando nossa mediunidade flui.

Atraves da interpretação dos simbolos aliados a simbologia o tarlogo lê o registro espiritual, aquilo que está no seu campo áurico. O seu corpo físico é a condensação, é o resultado das suas camadas áuricas. Quando você lê o tarô, você não está lendo o corpo físico da pessoa, você está lendo o que está à volta dela, conectado com todo o universo. A pessoa se conecta com seu eu interior e solicita uma mensagem. O sistema é aleatório.

Terapia com o tarô é conversar com o cliente, saber o que está se passando, ou, a partir do jogo, escolher determinadas cartas e determinados símbolos para ele meditar e visualizar. O símbolo do tarô é usado para ver o que o paciente está precisando complementar na sua psiqué. E pra isso não é preciso só se conhecer simbolos, mas, tambem ter intuição e saber usar a metodologia certa.

Se você lê o que significa o Mago, vê que é início, vontade, desejo. A interpretação do significado da carta é o mesmo em qualquer tarô. Mas, como saber de que forma ele vibra, sem ter uma forte intuição? Eu vejo muitos tarologos se perdendo na pergunta, porque querem seguir os manuais.

Existe tambem uma corrente de tarologos almofadinhas, querendo tirar o brilho do Tarô Egipicio dizendo que o taro é um oraculo novo, que não tem nenhuma ligação com o Egito. Isso além de ridiculo é irritante. O taro não pode ser comparado com lendas, ele tem sim um passado distante, e não nasceu de simbologismos feitos por sensacionalistas. Antoine Court de Gebelin, em 1785, que criou essa história sobre a origem do tarô no Egito. Mas, na verdade ele só tava tendo um insgt, porque o que não tem fundamento logo morre no esquecimento. O grande sonho dele era descobrir os hieróglifos egípcios. Em uma visita que ele fez a uma cartomante, ao olhar as cartas ele imaginou que ali estavam os símbolos do Egito preservados. Foi ele quem traduziu a palavra tarô como “caminho da vida”. Vendeu essa idéia e todo mundo comprou, pois ele era um mitólogo e um lingüista muito renomado. Isso sim é intuição e revelação. Ao contrario de muitos escritores sensacionalistas que querem tirar o brilho do taro, pra continuarem ganhando dinheiro as custas da boa fé dos buscadores.

A tradução que ele fez do tarô pode até ser errada, porque ele falou sobre uma origem errada. É tudo errado, mas caiu na mística do povo porque no fundo ele teve a revelação de uma profunda ligação que o tarô tem com o Egito. O mais antigo e preservado que existe é de 1540, de Marcolini, que fez, na Itália, um manual de como jogar os arcanos. Quem ou como foi feita essa transição, não se sabe. Isso porque, são revelaçoes que pesquisadores ceticos nunca encontrarão a resposta, porque são conhecimentos velados.

Nos registros que se tem sobre o tarô, fica claro que começou como jogo. Aproximadamente 100, 150 anos depois, surgiram os primeiros tratados sobre cartomancia. Mas, isso não quer dizer que o verdadeiro taro, em sua origem tivesse esse formato, nem que tivesse esse nome. Na verdade eles eram grafados em pedra e não em papel.

Só a partir de Gebelin é que o tarô realmente entrou no circuito esotérico e todos os ocultistas passam a estudá-lo. Obviamente, quem desenhou o tarô conhecia as ciências ocultas, era uma pessoa iluminada, um grande espiritualista. Mas demorou mais de 500 anos para ele ser aceito e incorporado. Não porque não tivesse valor ou fundamento, mas, porque o novo ou que faz sentido para nossa evolução sempre tem barreiras e oposições pra ser aceito. Uma dessas barreiras no campo da evolução foi a Igreja que sempre quis disimar novas filosofias importantes. Chega de simplismos. O taro e muito maior do que o que se pensa e metodologia apenas não basta.
[tarot.png]
Carlos Lima - Tarologo.
Postado por Umbanda-Astrologic
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Seguidores

Seguir por Email

Seguidores

Marcadores

orixás (257) magia (253) espiritualidade (180) astrologia (163) (152) Umbanda (113) amor (113) umbanda astrológica (103) sexo (97) CONCEITOS (96) Umbanda-Astrologica (93) signos (91) religião (78) mulher (76) previsões (70) exu (64) conceito (58) pesquisas (58) 2016 (56) anjos (56) carma (51) comportamento (51) pombagira (51) signo (51) destino (50) astral (49) candomblé (48) mediunidade (47) Cabala (44) rituais (43) UMBANDA ASTROLOGICA (40) Astrofísica (38) poder (35) CONCEITOS DE UMBANDA - ASTROLOGICA (33) ancestrais (30) arcanos (30) Livro (29) sucesso (29) espaço (28) fé religião (27) oxumaré (26) pesquisa (26) busca (25) comprendendo o simbolismo (25) desejo (25) odus (25) sorte (25) estudos (24) magia sexual (24) oxum (24) Ogum (23) deus (23) vida (23) PESQUSAS DE UMBANDA ASTROLOGICA (22) pombagiras (22) sexualidade (22) ifá (21) proteção (21) anjo (20) horóscopo (20) protetores (20) energia (19) orixas (19) Umbanda-Astrologiaca (18) baralho (18) magos (18) oxalá (18) Iansã (17) 2014 (16) Caminhos da fé (16) INICIAÇÃO (16) Obaluaê (16) Saturno (16) UMBANDA ASTROLOGICA E MAGIA (16) astros (16) brasil (16) sagrado (16) Comportamento na vida (15) ano (15) atriz (15) axé (15) jesus (15) livro de umbanda astrológica (15) mapa astral (15) CONCEITOS DE UMBANDA (14) Lua (14) Omulú (14) Xangô (14) carma sexual (14) dinheiro (14) oráculos (14) terra (14) magia negra (13) odús (13) paixão (13) vibrações (13) Guias (12) Júpiter (12) Yorimá (12) linhas (12) ritual (12) 12 signos (11) Marte (11) Orumilá-Ifá (11) caminhos (11) mapa astrológico (11) nova era (11) Estudo (10) REENCARNAÇÃO (10) bem estar (10) ciclos (10) conhecimento (10) céu (10) história (10) numerologia (10) oração (10) planeta (10) Astrônomos (9) Horóscopo Chinês (9) OFERENDA (9) OS SENHORES DO DESTINO (9) anjo da guarda (9) clavículas de Salomão (9) estrela (9) poderes (9) umbanda-astrológica (9) vibração (9) 72 anjos (8) Caboclos (8) ciência (8) cães (8) homem (8) luz (8) mestres (8) oraculo (8) pemba (8) Astronomia (7) CATIMBÓ (7) Era de Aquário (7) Macaco de Fogo (7) busca espiritual (7) cientistas (7) cosmos (7) dons (7) missão (7) obsessão (7) solidão (7) agente do carma (6) arcanjos (6) astrólogos (6) chacras (6) essência (6) Câncer (5) EXU GUARDIAO (5) Escorpião (5) Mitologia (5) amarração (5) esquerda (5) feitiço (5) misterios (5) Linha do Destino (4) advinhação (4) ebós (4) era de Aquario (4) macumba (4) mapa astrologico (2)