Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

sábado, 21 de junho de 2014

Enquanto a Umbanda se apaga a hipocrisia cresce



Na Umbanda atual, que aliás, está definhando, praticamente não existe mais Umbanda integral, tudo agora é mistura, temos os que são polêmicos e os que evitam polemizar; temos os modernizadores e os que são irredutíveis tradicionalistas; os defensores da Tradição Oral, mesmo que sequer lutem pra catalogá-la ou compreendê-la e os que se curvam a ditadura cristã vigente. Porém, entre todos esses reformadores ou defensores do "tudo fica como está", não surge praticamente ninguém que tente colocar os "pingos nos is", primeiro porque é mais fácil se acomodar e segundo, por ser mais lucrativo aderir ao sistema dominante. Assim mesmo os que se utilizam de cursos, montam escolas espiritualistas, faculdades de Umbanda ou federações e associações, preferem adotar um sistema cômodo e adaptá-lo as religiões dominantes. E nessa parada o Kardecismo ou Catolicismo sempre ditam as regras.

O sujeito já é perseguido em sua comunidade, estigmatizado, vitima de preconceitos e chamado de "adorador do mal", seria muita coragem ou loucura, ir contra o sistema! O que ainda tem no Candomblé. E que na verdade também é apenas uma parte, pois a outra parte também tá aderindo ao marketing da fé. Ou seja, em Salvador, onde a cultura negra é forte, tem mães de santo que tem até influência política, os  terreiros assumem sua identidade, defendendo suas tradições, costumes e orixás. Mas, em outros cantos, como no Sudeste por exemplo, onde a cultura do ganhar dinheiro é muito forte, a mídia contrária as tradições é poderosissima, ai os adeptos precisam se aliar ao sistema. Ou seja, ao camarada, lançar um terreiro, claro pra ser mais aceito ele vai colocar um nome cristão, como por exemplo, Tenda Espírita de Jesus, Terreiro de Maria, Templo de Santa Barbára e assim por diante. Deixando claro os orixás em segundo plano, mais escondidos.

Você acha que no Brasil onde temos tanta hipocrisia, bibliolatria, marketing poderoso das novas seitas e todo estigmatismo que joga os orixás no panteão do mal e apenas o mundo cristão como se fosse divino, o cara ao decidir ir a um terreiro, lógico, prefere os de nomes "civilizados". Ou seja, se tiver dois terreiros um de frente pro outro com os seguintes nomes: Tenda Espírita Nossa Senhora dos Navegantes e o da frente se chamar Terreiro do Caboclo 7 Lanças ou Terreiro de Iansã, é evidente que o sujeito vai entrar no que tem nome cristão, obvio! Com apenas uma ressalva: as pessoas vão entrar no que tem o nome de orixás, se suas intenções forem mesquinhas e por achar que magia negra é o que ele vai achar pra conseguir o que quer! Tão achando que estou exagerando? É? Pois prestem bem atenção todos vocês que tem terreiro o observem bem quem anda por ai!

A Era de Aquário traz uma conotação ainda mais preconceituosa do que muitos imaginavam, pois essa era de poder difuso e que busca anarquia, parece bagunçar tudo por um momento, mas, acaba se rendendo as ditaduras midiáticas. Não se enganem com Urano, ele preza os mais fortes ou os mais fracos se são maioria, o que revela da mesma forma um poder dominante. Ou seja, as religiões que podem pagar programas de TV e dominam a mídia, serão sempre detentoras do poder e as "donas da verdade". E a Bíblia vai a cada dia ser mais interpretada de forma errada, direcionada apenas a comandar e a dizimar quem não tem poder de reação.

A Umbanda hoje se divide entre os que acham que tudo é válido e que por isso, as diversidades são bem vindas e os que acham que só isso ou aquilo serve, pois se encaixa no mais aceitável. Porém nenhum e nem outro apresenta solução viável pra aumentar o respeito ou reajuste positivo da Umbanda em nosso país. E então ficamos assim. Pessoas tratando a Umbanda com termos pejorativos e estigmatizados, com um grau cada vez maior de preconceito e hipocrisia, aliados a falta de conhecimento do que falam. Porém, sempre que estão ferrados, buscando-a, mesmo sem fé, mas, achando que ela  tem uma força oculta, mágica e sobrenatural, que ao pagar, resolvem seus problemas, pra logo em seguida darem as costas. Esse é o sistema vigente que vai sufocando a cada dia a Umbanda.

Carlinhos Lima.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores