Total de visualizações de página

A pombagira

Meus livros de Magia Astrológica no link

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Sacerdote e mensageiro: nunca ignore as mensagens do Sagrado e dos ancestrais

Não é costume de agora. Mas, as pessoas tem o costume de procurar os oráculos ou ciências divinatórias, apenas quando estão em aflição e desnorteados. Era assim também com os reis de outrora que só procuravam os conselheiros em momentos ruins. E isso é da natureza humana só lembrar do Sagrado quando tá ferrado. É assim que se diferencia os sábios e humildes dos egoístas e insensatos. Pois o homem que é fiel a seus guias de luz, ancestrais e Deus, não busca apenas para pedir, mas, também para agradecer. Não se lembra de Deus ou dos oráculos sagrados apenas quando está aflito, mas, tá sempre atento as vontades de Deus.

Foi assim sem se importar com o divino que uma mulher sem querer descobriu revelações que mudaram sua vida. E que aconteceu da seguinte forma:

Uma mulher da capital paulista, uma executiva de sucesso que há pelo menos dez anos de sua vida vivia em pleno sucesso, promoções, recordes de faturamento um atrás do outro, com bonificações incríveis da empresa, uma saúde muito boa, turismo pelo país e exterior, um amor sólido e bem estar total. Certo dia, sua irmã mais nova que não tinha o mesmo rumo, vivia na noite com relacionamentos descontrolados e que vivia as suas custas, um certo dia, sofrendo de amor, chamou a irmã de sucesso para ir num sacerdote de Ifá que era um sacerdote sério e responsável.

Claro que ela foi levá-la no seu carrão importado, com ar de deboche, com tanto sucesso na vida e tudo dando certo, ela era daquelas que só acreditava no tal do "poder do pensamento positivo", na iniciativa e na eficiência. Ela chegava até a debochar quando se falava em Deus, em sorte e em anjos. Mas, foi levar a irmã no seu Audi do ano e roupas de grife... E ao chegar lá olhava todo ambiente, com um sorriso debochado no canto da boca, enquanto aquele senhor, sério, de roupas simples que arrumava as imagens num altar e ascendia velas em pontos riscados no chão. Acompanhado de dois sobrinhos que eram seus auxiliares, num lugar de um ar muito místico, mais sem luxo, conforto ou badalação daqueles místicos excêntricos que atendem famosos. Mas, ele tinha olhos penetrantes, magia na aura e o ar cheirava a incenso.

Enquanto aguardavam ela perguntou a irmã, porque não foi numa cartomante do centro, que vivesse num lugar mais "agradável"? E a irmã respondeu que foi lá indicada por uma amiga da faculdade que falou muito bem desse senhor. Então chegou a hora da consulta. Mas, a surpresa foi grande, quando antes de jogar o oráculo (búzios) e de formar os odus no Oponifá, ele mirou na irmã bem sucedida e disse-lhe: "moça bonita, de sucesso e elegante, seu orixá manda uma mensagem pra você". A moça incrédula gelou da cabeça aos pés, mas, em poucos segundos voltou em si, caiu na real situação, olhou no relógio de marca no pulso e respondeu: "eu não acredito nessas coisas!', logo repreendida pelo sacerdote que disse: "mas, ainda vai acreditar e precisar".

No entanto, ela se retirou e esperou a irmã lá fora. O sacerdote percebendo que ela não iria querer ouvir, anotou a mensagem num papel e deu pra irmã e disse a jovem: "entregue a ela quando ela lhe pedir". A irmã guardou a mensagem e guardou até o dia em que a irmã realmente pediu! O que estava escrito na mensagem? 
 Bem esta mulher bem sucedida que não tava nem ai para o lado espiritual, direi agora, qual foi a mensagem que um sacerdote de ifá, deu para a irmã dela entregar, quando fosse o momento.

Bem, antes quero falar, que essa moça bem sucedida que citei no outro post, era uma pessoa muito invejada e assediada. Alguém que não tinha fé em nada, apenas na capacidade profissional e que todos a sua volta, muitos que não saiam das igrejas ou da macumba e que não prosperavam como ela. Aliás, essa foi a primeira pergunta dela própria quando veio a se inclinar a espiritualidade! Mas, porque ela mudou e virou espiritualista? O que tinha na mensagem?

Bem após o dia em que ela foi com a irmã a consulta com os orixás, através do sacerdote, foi apenas como acompanhante, debochando até e se achando mais inteligente que a irmã por não acreditar nessas coisas... Enfim, mas, a quem primeiro veio uma mensagem do astral, foi justamente ela, que sequer foi lá atrás disso e nem iria pagar a consulta. Mas, porque isso ocorre? Pois muitas outras pessoas tinham ido lá em busca de respostas e muito poucas saíram satisfeitas com as respostas, além de outras tantas, sequer ter respostas! Sim, muitas não tinha respostas, pois como disse o senhor era sério e se não tinha mensagem, ele simplesmente dizia e não cobrava nada, apenas era sincero. Mas, porque a mulher que nem precisava recebeu uma mensagem? Bem isso são planos que estão além de nossa compreensão, e que ela própria se perguntou! Mas, podemos fazer algumas suposições, até mesmo pelo conteúdo da mensagem. Mas, quem mandou a mensagem? Foi seu guia principal, atuante e mentor, representante de toda ancestralidade da mulher...

A mensagem não era longa, além do mais era bem focada em pontos importantes, um sermão e que não a obrigava a seguir, mas, dizia que em algum momento ela teria que fazer sua escolha... Como realmente aconteceu. Mas, ao contrário do que pensam os críticos, não aconteceu imediato, durou dois longos anos e meio para que ela viesse a chegar na encruzilhada que a mensagem previu... Mas, a que se referia a mensagem? Primeiro ela se referia ao sucesso da mulher e o porque de ela ter este sucesso e depois, como ela perderia parte desse sucesso e o porque...

E essa mensagem foi entregue a sua irmã a sua revelia, pois ela era vaidosa, materialista e não tinha nenhum interesse em espiritualismo. Porém o sacerdote ao entregar a mensagem, pediu a irmã dela que só entregasse quando ela pedisse. Bem ao chegarem em casa, a irmã disse justamente isso, ou seja, que só entregaria a mensagem quando ela pedisse pra ler e que nem ela iria ver o conteúdo, pois era direcionado a sua irmã. No momento ela debochou riu muito e disse: "eu sou uma pessoa de sucesso, resolvo meus problemas com praticidade, com disposição trabalho e sucesso, não preciso de guias espirituais pra nada, minhas ansiedades eu resolvo no shopping e meus problemas, numa boa banheira de motel..." e riu, bastante da cara da irmã...

Dois anos se passaram pra todo o conforto dessa mulher diminuir bastante, com problemas na empresa, rebaixamento de cargo e salário, crise amorosa, problemas de saúde, chegando até a apanhar da esposa de um colega de trabalho, por ter dormido com ele... Enfim sua vida tornou-se de repente num caos total. Mas, como sempre, ela continuou relutante e achando que daria a volta por cima só com seus méritos. E após o inicio da crise, que se deu num retorno de Saturno, ela ainda persistiu mais seis meses, tentando terapeutas, caros, viagens pra todo canto do país e do exterior, torrando suas economias, na certeza que o sucesso retornaria... Porém a crise só agravava mais e mais. Até chegar um ponto de se queixar a sua irmã e ela lembrá-la imediatamente da mensagem. A irmã pediu a ela que lesse a mensagem pra ver se não tinha nada haver com a crise. Mas, como era muito orgulhosa e vaidosa, passou mais dois meses ignorando a mensagem. Todo dia olhava para o papel e não queria dar o braço torcer... Até que num dia muito especial, dia em que ocorreu no céu um eclipse lunar que tocava pontos importantes de seu mapa natal ela abriu a mensagem, leu e ficou por horas, confusa com o que havia lido...

Mas, o que será que tinha na mensagem? 
 Essa mulher bem sucedida, que recebeu uma mensagem do Astral Superior, mesmo sem consultar os oráculos, decidiu abrir a mensagem após declínio de 2 anos e meio de queda no seu sucesso. Ela ficou horas lendo e relendo a mensagem que aquele sacerdote humilde e sem instrução acadêmica havia escrito por ordem do seu próprio guia espiritual, que certamente a acompanhou naquele dia, aproveitamento o momento pra falar algo que devia tá engasgado há muito tempo.

A mensagem se referia inicialmente aos talentos que a moça tinha, o sucesso e as conquistas, como parabenizava ela por ser tão competente em desenvolver seu papel como alguém que realmente almeja o sucesso. Porém a primeira parte da mensagem dizia justamente o seguinte:

"Querida *******, você veio a essa vida com muitos créditos espirituais, com talentos e com bênçãos para ser bem sucedida no âmbito profissional e financeiro. Foi abençoada, ancestralmente, por ter tido uma ultima encarnação onde fez uma trajetória de luta pelos fracos, ajudando muitas pessoas. Assim teve uma infância e adolescência protegida, sendo que o astral nunca interferiu em sua vida, nem mesmo em sonhos. Porém você vem cometendo erros durante sua caminhada, o que vai afastando você da ultima encarnação positiva e reclinando a outras vidas anteriores, onde o egoísmo, a ganância e a vaidade eram sua marca. Muitas pessoas cometem o mesmo erro. Tá cheio de pessoas que nascem em berço de ouro e se envaidece com a vida fácil e com sucesso, acabam perdendo todas as bênçãos e perdendo a proteção.

Porém você resistiu muito até os 30 anos de idade, levando uma vida de sucesso, pois o bom Oxalá, nunca se afastou de ti, pelo fato de ter uma boa ancestralidade e também, mesmo sendo extremamente materialista, sempre foi honesta, nunca roubo, nunca deu golpes, nunca matou e apenas juntou com o suor de seu rosto e talento. Porém o astral superior, esperava mais, esperava uma busca interior maior, alguns momentos de devoção, de caridade as pessoas, de afeto aos amigos e de um menor grau de egoísmo e vaidade, coisa que você nunca fez. Não que tenha que ir na igreja de qualquer denominação, de ir em terreiros ou fazer algum ritual, mas, que tivesse carinho e respeito pelos seus ancestrais, preocupação com o bom comportamento social e com a manutenção da fé, viva em sua alma".

E depois desse sermão, a mensagem dizia o seguinte: "Você chegou até seus quase trinta anos de vida, com sucesso, saúde plena e vigor, mas, nunca se preocupou em doar, em ver quem sofria ao seu lado, nunca deu uma carona, nunca doou nada a ninguém e nunca orou sequer pra perguntar se Deus existe..."

Ao chegar nesse trecho, a moça se arrepiou, sentiu uma forte emoção e começou a chorar. Isso porque lembrou que uma vez ao visitar uma amiga médica num hospital particular, tinha visto uma mãe doente acompanhada por uma filha jovem, que pedia socorro, pois a mulher tava muito doente e desesperara. Porém o hospital não atendeu aquelas pessoas que choravam muito. Ao que a moça veio pedir a ajuda dela pra que ao menos levasse a sua mãe no carro a um outro local, pois ela chorava de dor. No entanto, ela nem deu carona, nem pediu a sua amiga médica pra atender e muito menos pagou uma consulta para aquela mulher chorava de dor. Com seu celular de ultima geração no ouvido, entrava no hospital chique, falando com seu amante, marcando um motel pra mais tarde, ignorando os clamores desesperados e com ar cínico no rosto, passou por cima desse desafio.

E não veio só esse evento, mas, muitos outros, onde além de se negar a ajudar o próximo, ainda tirava uma onda dos menos favorecidos. Por isso dizia a mensagem, "a partir desse ponto, você vai penar, sofrer, perder muito para que reencontre o seu caminho".

E ela passou os dois anos e meio em decadência, adoeceu, perdeu quase todos os seus investimentos, perdeu os amores e só depois de ler a mensagem, começou a meditar e a buscar uma nova postura de vida.

O que ela faz pra se reerguer? 

Ela que nunca se importou para fé ou espiritualidade. E que ao cair e calamidades, resolveu ler a mensagem de seu guia, quero finalizar a história, lembrando que muita gente mundo a fora tá passando pela mesma questão, ou seja, gente que veio ao mundo pra ter sucesso material, mas, para cumprir também sua missão na parte espiritual. O que muito poucos fazem...

Enfim, a mulher ao ler a mensagem, viu que havia um sermão de seu guia e um alerta de que ela cairia e sofreria para reencontrar o caminho. Só que esses avisos não podem acontecer apenas nos sistemas oraculares e espiritualistas não. Na verdade vemos em histórias bíblicas dos hebreus que muitos reis ao errarem e se esquecerem de Deus, eram avisados e caiam.

Bem, após a mulher ler a mensagem, ela ficou pasma e igual a todas as pessoas que passam pela mesma situação, ou seja, confusa. E essa confusão, deixam a pessoa por mais um bom tempo tanto num estado de ostracismo, quanto de indecisão. Primeiro porque é um choque e sair de um estado materialista para um de buscador espiritual é muito difícil e segundo, por causa de tantos preconceitos e distorções que as pessoas ouvem a vida toda. Então as pessoas tendem a tomar 3 caminhos: parte vão atrás de solução rápida, ainda agarrados ao dinheiro, acham que pagando algumas macumbas resolvem; parte dessas pessoas, tendem a buscar mestres em todos os cantos e quase sempre vão pelo caminho errado ou simplesmente decidem mudar baseados em preceitos que lhe enfiam goela abaixo, ou seja, ao invés de seguir seu instinto, intuição e guias de luz, tendem a ir por palpites. E ai já viu né! As asneiras que falam das crenças espiritualistas e o engrandecimento que fazem as judaico-cristãs!

No caso dessa mulher, ela era tão orgulhosa, tão cega de materialismo e tão teimosa, que ela nem se deu conta de que o mesmo guia e no mesmo lugar ela poderia encontrar respostas para o que teria que fazer. Então resolveu pensar e pensar por mais de um ano, perambulando em igrejas da moda, ouvindo as mais diversas histórias e não foi tentar ouvir seu guia de luz no mesmo lugar. E ela jamais voltou lá, decidiu seguir a tal "teologia da prosperidade" pra ver se recuperava seu status e nem se deu conta que ela tinha uma missão espiritualista a cumprir e que por não cumprir foi que caiu. Assim, viveu por mais 5 anos, em templos barulhentos, lendo a Bíblia todo dia, mesmo sem acreditar, seguindo mais as embromações do pastor, até chegar a um ponto onde descobriu um câncer de útero e passou por maus bocados.

Até que um dia ela veio a ter a ideia de voltar lá no senhor humilde pra buscar alguma esperança. Porém ao chegar lá, não existia mais aquela casa, pois o pobre homem já havia morrido, o local tinha virado um comércio do bairro e ela jamais encontrou sua resposta. Por teimosia, materialismo e demora, um ou dois anos depois ela também morreu, sem achar sua resposta pessoal...
 
Por isso, não passemos a vida todo apegado ao materialismo, a incredulidade e a hipocrisia. Busquemos entender os segredos da vida, mesmo que nunca venhamos a conseguir. Mas, pelo menos ao tentar, os seres de luz, verão nosso esforço e tentará nos colocar no caminho certo...
 
Carlinhos Lima.

Nossa vida é difícil e nosso caminho é complicado, mas, a fé é força extra pra enfrentar os desafios


Nossa vida é difícil e nosso caminho é complicado. O ser humano é um organismo vivo muito complexo que se torna ainda mais difícil de entender, porque diferente dos animais irracionais, ele tem outros níveis de consciência além da física e mental, há também a espiritualidade, latente e desafiadora.

E por isso estamos ligados a diversos assuntos, metas, causas e efeitos. Estamos amparados por muitas forças que partem de uma mesma fonte, mas, que agem de formas distintas e variadas. Assim não temos apenas um anjo protetor, um único orixá ou um único signo. Somos regidos por muitas forças, assim como temos muitos chacras em nosso corpo, agindo como centros de energia e muitos cromossomos e neurônios que formam o ser individual que somos.

Tentar harmonizar as forças atuantes dentro de nós é um dos princípios para que possamos ter paz, harmonia e luz. Um homem dividido é um homem inseguro. Temos que ter uma boa afinidade harmônica entre os sentimentos, pensamentos, conceitos, sentidos e instintos. Temos que ter um espírito muito bem integrado ao nosso corpo físico e a nossa mente.

Um setor psicológico em equilíbrio e uma espiritualidade em harmonia é fundamental para que tenhamos sentimentos livres, leves e iluminados. Busquemos sempre a luz, mas, busquemos entender também as trevas, dentro e fora de nós. Pois não é fugindo dos desafios que vamos vencê-los, mas, enfrentando-os...

Carlinhos Lima - Shalom.

Fé - não use a Bíblia para passar por cima da crença dos outros.



Todas as Barreiras de Linguagem, Barreiras Culturais, Barreiras Históricas e Barreiras Geográficas, Problemas de Revisão, Correções e Atualizações Gramaticais, Integridade e Veracidade dos Textos Evangélicos, aqui descritas, reforçam a idéia da impossibilidade de se obter uma tradução fiel das escrituras originais, o que é lógico e até compreensível, pois havia a necessidade de adaptações de termos que não existiam na época ou interpretações que visassem adequar os textos antigos à realidade atual. Porém, a cada tradução muda-se uma palavra.... E já que se substitui uma palavra, por que não colocar outra palavra que seja adequada a uma interpretação subjetiva? Isso para não falar de interesses pessoais de Grupos Religiosos... E pensar que já houve mais de duas mil traduções ... Quantas e quantas mudanças de sentidos dos ensinamentos originais foram feitas ... Quantas e quantas alterações nos ensinamentos de Cristo foram adaptados à direção dos caminhos que a Igreja traçou durante séculos ... Não podemos esquecer o que houve na chamada “Santa Inquisição” em que pessoas eram executadas só porque não concordavam com os Dogmas Católicos ... Quanto orgulho da Igreja! 

 A Bíblia é o produto de culturas que são dramaticamente diferentes entre si. Para apreciar um texto temos que RECONSTRUIR o contexto cultural em que foi escrito. Quais os costumes e o ambiente do povo ? Que tipo de influência sofriam ?

Se não conhecermos o pano de fundo histórico, especialmente o compreendido entre o cativeiro na Babilônia e a chegada do Império Romano, vamos entender muito pouco do livro de Daniel. Muitas profecias lá proferidas se cumprem na História e o conhecimento desses fatos nos abre uma nova perspectiva de entendimento desse livro.

E isso acontece com todos os outros livros. Muitos foram escritos em períodos de guerra ou até de extrema pressão sobre o autor. Além do mais, muitos dos livros da Bíblia foram escritos por mais de um autor, muitos nem foram concluídos, tendo sido concluídos depois por algum copista. O Petateuco por exemplo que é uma coleção de livros atribuídas a Moisés, foi escrito por mais de uma pessoa. O capítulo 1 do Gênesis por exemplo, foi escrito por uma pessoa num estilo hebreu, já o capitulo 2 foi escrito por outra pessoa num estilo babilônico... Por isso não podemos tomá-la como um romance ou um livro que conta uma história real. Além disso, dizer que a Bíblia é a palavra de Deus, é acima de tudo uma ofensa por querer colocar tantas ideias diferentes na boca do Criador, sem saber até que ponto ele concorda com cada uma delas! Essa história também de dizer que a Bíblia foi "inspirada por Deus", foi na verdade o merchan que a Igreja Católica usou em toda sua história pra que ninguém contestasse a veracidade e obedecesse a risca. O que podemos supor é que fragmentos, trechos e muitas revelações foram sim inspirados, mas, não em toda sua totalidade. Muita coisa na Bíblia foi colocada lá de propósito porque a montou e quem redigiu diversas vezes...

Barreiras Geográficas

Muitas cidades, províncias, regiões, rios, mares, entre outros conceitos geográficos aparecerem na Bíblia, muitos dos quais DESAPARECERAM ou contam com pouca informação a seu respeito.

Por isso nem teve como a Antropologia e historiadores, averiguarem os contos e assuntos relatados. O Padre João Ferreira de Almeida, (Padre era um título dado aos pregadores religiosos na época), cuidava de algumas igrejas na região da Malásia e Índia. Junto com sua esposa enfrentou situações difíceis na região. Em 1663, Almeida iniciou a tradução do Novo Testamento direto do grego. Embora o seu trabalho com o grego tenha terminado somente treze anos depois, durante esse período ele iniciou também a tradução do Antigo Testamento a partir dos originais em hebraico.

Em 1681, foi publicada na Holanda a tradução de Almeida do Novo Testamento, porém foi logo recolhida, pois apresentava erros tipográficos E UM TRABALHO URGENTE DE REVISÃO ERA NECESSÁRIO. Uma nova impressão foi finalmente feita doze anos depois, em 1693. João Ferreira de Almeida não chegou a ver o Novo Testamento revisado ser impresso pois faleceu em 1691, na ilha de Java, sem terminar também o Antigo Testamento. Seu trabalho chegou só até o Livro de Ezequiel.

A tradução do Antigo Testamento foi terminada por Jacobus Akker em 1694, mas PROBLEMAS DE REVISÃO novamente atrasaram a publicação do trabalho. Cinqüenta e quatro anos depois, em 1748 foi publicada, na Holanda, o primeiro volume do Antigo Testamento, e em 1753, o segundo volume do trabalho iniciado por Almeida. A primeira impressão da Bíblia completa, em português, em um único volume, aconteceu em Londres, em 1819, com a versão de João Ferreira de Almeida.

Por isso não sabemos até onde tiveram manipulações, o que foi tirado ou incluído, nem o que é ou não original. Por isso não venham querendo dizer que a Bíblia é a "palavra de Deus", pois a boca de Deus é sagrada e não deve "ser forçada" a falar aquilo que ele nem sequer falou se concorda. E sem contar os textos sagrados eliminados da atual Bíblia - Ver pesquisas sobre o Concílio de Nicéia – 325 D.C e no Site Submarino, os Livros que apóiam essa afirmativa.


É certo que toda tradução ou revisão dos Evangelhos, ainda que levada a termo por íntegros peritos bíblicos, nunca deixará de ser um trabalho humano, e como tal, sujeito a falhas. Fez-se uma acurada revisão de pontuação e não foram poucas as incorreções encontradas nos Subtítulos das referências nos Textos Evangélicos. Conclui-se, e com facilidade, que a Bíblia sofreu incontáveis modificações.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores