Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

sábado, 16 de agosto de 2008

Resolvendo os problemas da vida



Chegou a hora de aprender a resolver problemas. Existem muitos tipos de problemas: econômicos, sociais, morais, políticos, religiosos, familiares, etc. e devemos aprender a resolvê-los de forma inteligente. O mais importante para a solução de todo problema é não se identificar com o mesmo. Alguém tem certa tendência para identificar-se com o problema e é tamanha a identificação que de fato nos convertemos no próprio problema.

O resultado de tal identificação é que fracassamos na solução, porque um problema não pode jamais resolver outro problema. Para resolvê-lo se necessita de muitíssima paz e quietude mental. Uma mente inquieta, batalhadora, não pode resolver nenhum problema. Se você o tem muito grave, não se identifique com ele, não se converta em outro problema, retire-se para qualquer lugar de sã descontração, para um bosque ou parque, para a casa de um amigo muito íntimo, etc. Distraia-se com algo distinto, escute boa música e, depois, com sua mente tranqüila e quieta, estando em perfeita paz, procure compreender profundamente o problema recordando, que a solução de todo ele está no próprio problema.

Lembre-se de que sem paz não pode fazer nada novo. Você necessita de quietude e paz para resolver todo problema que se apresente na vida. Necessita pensar de uma maneira completamente nova acerca de qualquer problema que queira resolver e isto só é possível tendo tranqüilidade e paz. Na vida moderna temos muitíssimos problemas e, desgraçadamente, não temos paz. Isto é um verdadeiro quebra-cabeças porque sem paz não podemos resolver problemas. Nós necessitamos de paz e devemos estudar este assunto profundamente. Necessitamos investigar qual é o principal fator que acaba com a paz dentro e fora de nós mesmos, precisamos descobrir qual é a causa do conflito.

Chegou a hora de compreendermos a fundo, em todos os níveis da mente, as contradições íntimas que temos interiormente, porque esse é o principal fator de discórdia e conflito. Quando compreendemos a fundo a causa de urna enfermidade, curamos o enfermo. Quando conhecemos profundamente a causa do conflito, acabamos com ele e o resultado é a paz. Dentro e em torno de nós, existem milhares de contradições que criam conflitos.

Realmente o que existe dentro de nós existe também na sociedade, porque esta é, como já dissemos tantas vezes, uma extensão do indivíduo. Se há contradição e conflito dentro de nós, também há na sociedade. Se o indivíduo não tem paz, a sociedade também não a terá e, nestas condições, toda a propaganda pela paz resulta de fato totalmente inútil. Se nos analisamos judiciosamente, descobrimos que, dentro de nós próprios, existe um estado constante de afirmação e negação: o que queremos ser e o que somos realmente.

Somos pobres e queremos ser milionários, somos soldados e queremos ser generais, somos solteiros e queremos ser casados, somos empregados e queremos ser gerentes, etc. Não é errado querer, o problema é que queremos demais, muito mais do que merecemos ou teremos capacidade de conseguir. Tudo tem limites e o melhor é querer algo de cada vez sem apontar pras varias direções ao mesmo tempo. Afinal o segredo do sucesso é ser organizado.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores