Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Aquele que conhece os arcanos e transita entre os dois mundos - dos deuses e homens!

O símbolo de Mercúrio é fantástico! Muito bem elaborado, mostra sim a conectividade entre Deus ou deuses e os homens. E a cultura do Mensageiro, sempre é usada por vários povos. Na Umbanda as falanges de exus, tanto na forma masculina, quanto na Pomba-gira, amada por alguns e temida por muitos. Tanto pelo fato da incompreensão e medo, como pelo fato de ela ser mesmo perigosa. Ela é de certa forma a mesma vibração de Lilith e outras divindades sombrias. Mas, claro tem diversos graus e mistérios dentro desses conceitos secretos, que poucos magos conhecem, até mesmo dentre alguns que se dizem sacerdotes... Por isso é perigoso sair colocando coisas na encruzilhada sem nem saber pra que serve e se pode ser feito! Especialmente pra fazer mal aos outros. Tenha sempre muita prudência e não se envolva com o que não tem outorga pra fazer!

Vizinho mais próximo do Sol, Mercúrio é o planeta mais rápido do nosso sistema. Na mitologia grega era Hermes, mensageiro e arauto dos deuses. Com asas no chapéu e nos calcanhares para melhor cumprir suas funções, salvou muitos deuses e mortais de situações difíceis, sempre encontrando uma solução para problemas sem saída. Virgílio descreve Hermes como um vívido mensageiro dos deuses que controlava com sua varinha mágica o vento e as nuvens e voava através deles como um pássaro. Assim que nasceu, Hermes quis mostrar aos deuses suas habilidades para ser aceito por eles como divindade: no seu primeiro dia de vida roubou o gado de Apolo e voltou para o berço com ar inocente. Em seguida, exibindo sua genialidade, criou a lira, instrumento símbolo das Artes na cultura ocidental. Dotado de astúcia e capacidade para intermediar, agia entretanto, de forma um tanto dúbia, usando de astúcia e magia para conseguir seus intentos. Semideus mensageiro, desenvolto no furto, enganador com as palavras, Mercúrio foi eleito por sua esperteza o patrono dos comerciantes, dos peregrinos e dos ladrões. Senhor das estradas, tinha acesso aos três mundos: o dos céus, da terra e do Tártaro e desceu ao mundo subterrâneos como intermediário de Júpiter, obtendo um importante acordo com Plutão. Depois de muitas negociações, o temido senhor do Tártaro concordou que Prosérpina passasse parte do ano com sua mãe Deméter – a deusa da terra – que desde o seqüestro da filha deixara de fertilizar nosso planeta. 

No mapa astrológico, Mercúrio mostra como processamos as informações que recebemos e traz revelações sobre o funcionamento do nosso raciocínio concreto e da nossa capacidade de codificar as experiências. Através desse planeta identificamos o abstrato, e o signo no qual se abriga aponta a melhor forma de aprendermos as coisas. Ele é, portanto, o principal ponto de referência sobre nossa capacidade intelectual. Quem tem um Mercúrio proeminente em seu mapa (o planeta angular, em conjunção próxima ao Sol ou Lua, um stellium no signo de Gêmeos, de Virgem, na terceira ou na sexta casa) é dono de uma mente ágil e criativa. Gosta da vida instigante, divertida e diversificada e seu grande poder de comunicação faz com que tenha necessidade de expressar constantemente as suas idéias. 

Já nos cultos afro, Exu é que é o Mensageiro. Esses traços sagrados-profanos que desenham as caractéristicas de Mercúrio , o fazem na mitologia greco-romana e podem ser relacionados aos atributos de deuses de outras mitologias , a exemplo da pouco conhecida , porém tão rica e cheia de sutilezas Mitologia Africana . ” Exu “ do yorubá ” Esu Osije “ - o Mensageiro dos Orixás , – senhor dos mil ardis , o criativo e engenhoso , aquele que se deleita em estratagemas , o que ri no escuro , o que anda ligeiro , o mestre das ambivalências.

Exú que conhecemos através da Umbanda e do Candomblé , a entidade mais temida, mais incompreendida e ao mesmo tempo mais buscada . Ele é o Orixá que rege o jogo de Búzios , uma modalidade divinatória . Diz um mito que Exu é o único Orixá que tinha esse poder , mas decidiu compartilhá-lo com Ifá em troca de receber as oferendas e pedidos antes de qualquer outro Orixá . Exu corresponde a Príapo , a Hermes , a Mercúrio , deuses mensageiros ou protetores da sexualidade masculina : nunca ao Demônio “cristão ” ou pelo “ medo ” inventado pelos “ cristãos ” como ferramenta de poder . Exu é o mensageiro dos deuses , seu poder é o de receber e transportar os pedidos e oferendas dos seres humanos ao Orum, o Mundo dos Deuses. É o Senhor dos Caminhos , das encruzilhadas , das trocas comerciais e de todo tipo de comunicação. Ele representa também a fertilidade da vida , os poderes : sexual , reprodutivo e gerativo . Não podemos nos esquecer de que o sexo , diferentemente do que os “ cristãos ” dizem (uma coisa de luxúria, de pecado) , é na verdade um ato sagrado , em diversas mitologias pagãs . Talvez por isso , por ele representar o poder sexual , os cristãos o comparem com o Demônio . Exu também tem os seguintes epítetos ou atributos : Exu Lonan , o Senhor dos Caminhos ; Exu Osije-Ebo , o Mensageiro Divino ; Exu Bará , o Senhor (do movimento) do Corpo ; Exu Odara , Senhor da Felicidade ; Exu Eleru , o Senhor da Obrigação Ritual ; Exu Yangi , o Senhor da Laterita Vermelha ; Exu Elegbara , o Senhor do Poder da Transmutação ; Exu Agba , aquele que é o ancestral ; Exu Inã, o Senhor do Fogo .
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores