Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Falar de Umbanda e de orixá

Falar de Umbanda de uma maneira séria, é praticamente como pregar no deserto. Por dois motivos, primeiro por causa do preconceito religioso que inebriou o inconsciente coletivo, segundo pelo fato daqueles que se dizem portadores dos conhecimentos de Umbanda, ensinarem erradamente ou malandramente pra visar o lucro. E ainda pelo fato de confundirem outras religiões com Umbanda. Mas, o que ainda nos deixa esperançosos é que existem ainda aqui e acolá, alguns poucos sérios e aguerridos lutadores, defendendo a Umbanda e os orixás.

Uma coisa irritante que tambem ocorre na astrologia, e que foi provocada pelos almanaques, é que a maioria das pessoas acham que elas tem um único signo e que tem apenas doze tipos de signos. Quando se fala em em orixás, da mesma forma recebo emails todo dia perguntando "qual é meu orixá?", além disso sempre as mesmas alegações tipo: "a mãe de santo disse que meu orixá é tal, mas, estou em duvida, porque o pai de santo tal disse que era outro...". Bem, não temos um único orixá, temos uma coroa com ação de vários odús e orixás. O que temos é um Orixá de Cabeça, mas, temos juntó, pai e mãe de cabeça, orixá de frente, guias, protetores e orixá ancestral. Além das funções serem bem distintas. Por exemplo, o orixá que cuida de nossa vida amorosa, pode também dependendo de nossa ancestralidade e da posição dele no nosso odú pessoal, reger outras areas, como saúde, profissão ou outras coisas. Mas, geralmente outros orixás é que regem cada area especifica. Por exemplo, alguém que tem Oxóssi como orixá de frente, geralmente tem Ibêjís como orixás da fortuna ou finanças, ao tempo em que tem Oxum como orixá da saúde. Agora se esse orixá será forte pra trazer só benefícios ou se é cármico e traz cobranças, depende dos bloqueios, dos códigos, das fusões, da hierarquias, das outorgas e comandos e da ancestralidade. Tudo é dependente de uma seria analise e aprofundada observação de cada caso. Todo ser humano é único, assim um filho de Ogum pode ser completamente diferente de um outro filho do mesmo orixá.... Os conceitos de Umbanda Astrológica não enxerga ninguém como igual a outro, pode haver sincronia, semelhança, harmonia mas, nunca igualdade...
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores