Total de visualizações de página

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Momentos de dúvidas e de encontrar a fé

Momentos de dúvidas e de encontar a fé

Magia, crença, vocação e destino


A busca espiritual e pelo saber astrológico, acontece por diversos motivos. Uma pequena minoria, aceita seus dons mediúnicos, sua vocação religiosa e fé. Estes escolhidos e que aceitam sua missão espiritual, são raros e enviados pelo astral para trabalhar pela espiritualidade, por seus ancestrais e por si mesmo. Mas, são realmente a menor parte dos que seguem buscam o conhecimento espiritual. Em se tratando especialmente dos cultos afrobrasileiros, a grande maioria vai chegar a estes caminhos por imposições da vida. Dizem até ditados populares que a maioria chega a Umbanda ou Candomblé "pela dor". E é verdade sim. A grande maioria só vão a busca dos orixás ou guias de luz, em momentos difíceis, quando se veem obrigados. Obrigações de todo tipo. 

É evidente, que tem os que chegam também pelo amor, pela vocação, puxados por dons que vão aflorando e por uma ancestralidade que lateja dentro da alma, mas, é um número bem menor. Até mesmo dentro das comunidades de terreiro, muitas pessoas militam obrigadas pra manter a tradição, forçadas pelos pais e pra não darem o braço a torcer. No Kardecismo também. Muitas pessoas chegam, após grandes perdas ou questões cármicas que forçam elas a buscarem respostas. Só que no cristianismo, o caminho pela busca é encontrado do mesmo jeito. Sempre se faz promessas, novenas, obrigações e cumpre-se ritos por medo de ir pro inferno, por provações que deixam a pessoa assustada ou por imposição familiar. Mas, no cristianismo, o mundo conta a favor da religião, pois é predominante no Ocidente, já contando muito com o marketing social, que a igreja usou ao longo dos tempos a seu favor. E da mesma forma que as religiões espiritualistas, os que tem vocação natural e amam com carisma sua crença, com uma fé inabalável, também são raros. Sabemos bem quantas pessoas foram enclausuradas nos conventos, mosteiros e na vida religiosa como padres, freiras ou monges, por imposição da família e da igreja. Quantos tiveram problemas psicológicos por ser forçados a viver uma vida religiosa que não era de sua escolha e sim imposta.

Enfim, falam-nos de liberdade, mas, no fundo todos somos escravos de forças que estão acima de nós e toda vez que batemos de frente com essas forças, as consequências são graves e dolorosas. Há também, o modismo. É o que vemos hoje em dia com seitas cristãs. Um marketing poderoso, um projeto de poder que mistura até mesmo política, estilos e comercio. Por isso se paga tantos milhões por programas de TV e rádio. Hoje se fosse catalogar nos tempos e igrejas, quem realmente está lá por livre e espontânea vontade, poderíamos diminuir três quartos dos números que vemos por lá. E quando falo em livre vontade, falo naqueles que foram pro caminho da fé, por inspiração, não por lavagem feita pelo marketing da fé, por um fanatismo fermentado no medo, na ganância e na biliolatria. Pois a primeira estratégia dos pregadores para seu convencimento é dizer que a Bíblia "é completamente a palavra de Deus". Também que este é o único Deus e que ele está acima de todos os outros. E assim, ao levar a este convencimento, quem vai querer ir contra a palavra de Deus? Quem vai querer contestar? Por isso, a grande batalha das igrejas cristãs ao longo dos tempos, foi primeiro, firmar que a Bíblia é "inquestionável", que foi inspirada "pelo próprio Deus" e que o Deus inspirador é o único e verdadeiro Deus. Assim, jamais poderia ser questionado esse livro chamado Bíblia! E vem dando certo há séculos. Ainda hoje essa é a principal arma de convencimento dos pregadores. Ou seja, todas as outras crenças são "apenas mitos, lendas e loucura", mas, a crença dos hebreus é a "única verdadeira". 

E o modismo não ocorre só no âmbito cristão não. Na verdade, há hoje um forte modismo de pessoas que adentram a Wicca por exemplo, por que é uma religião que está muito presente em filmes e livros, especialmente nos Estados Unidos, Inglaterra e Europa. Também o Islamismo, com toda essa exposição, se cria intolerância por um lado, dá um tremendo marketing e visibilidade por outro. O Budismo também é uma religião que cresce muito, mesmo nessa era tecnológica, religiões que remetem ao antigo, ao sagrado espiritualismo e que fala de carma, como também é o caso da Cabalá, vem crescendo muito.

Em se falando de astrologia, tarô e outros diversos oráculos também não é diferente. A magia, está em alta. E todo filme ou série que tenha a magia como ingrediente tornará esse filme ou mesmo livro em grande sucesso. Mesmo que as pessoas digam rejeitar a magia, no seu interior, a magia está grafada e presente. A magia faz parte da vida do homem, do pensamento criativo e de tudo aquilo que todos nós queremos tocar, a magia é uma das mais impressionantes que nos apaixona. Mas, também, tanto aqui no Brasil, por meio das religiões de culto afrobrasileiro, quanto nos outros países que tem religiões milenares, as pessoas tendem a chegar a elas, quando se sentem obrigadas, por meio da dor ou de grande confusão. 

Falar em especial de astrologia, é uma coisa apaixonante. As pessoas ficam encantadas, quando começam a conhecer melhor essa ciência fantástica e milenar. Quanto elas se desarmam de seus preconceitos, medos, intolerâncias e vazios, elas começam a perceber toda mecânica sagrada dessa linda filosofia que mistura arte, magia e até mesmo espiritualidade. Mas como eu já mencionei, os que tem dons naturais e leves são minoria. E mesmo quem tem isso, se sentem na maior parte envolvidas por propagandas negativas, falsas pregações, se deixam levar por estigmas e acabam engolindo as interpretações errâncias e adulteradas da Bíblia. 

Tem muita gente país a fora, que leem este blogue, apenas num único poste sobre os odús, já passou de meio milhão de visitas. O que quer dizer que a busca por respostas sobre o destino, sobre a magia, sobre a espiritualidade, missão de vida e sobre si mesmo e sua natureza, acaba atraindo as pessoas. Mas, de toda essa gente, quando se dedicam mesmo a estudar mais? Quantas pedem um estudo sobre si mesmo? Quantas querem saber mais sobre o que elas sentem latente na alma? Na verdade, um número bem pequeno. Pequeno em comparação as que leem e se encantam com os assuntos. Menos de dez por cento, realmente querem continuar buscando, estudando e conhecendo melhor o que há por trás de tudo. De todos os que entram, uma grande parte, já entram com o nariz empinado, dizem-se conhecedores, que já sabem seu orixá, só porque fizeram uma consulta num lugar qualquer, como se conhecer os orixás mais importantes da coroa astrológica de uma pessoa fosse tão simples e banal assim! Outras, preferem pagar uma coisa supérflua com seu cartão de crédito e dar um passeio no shopping a comprar um livro ou fazer um mapa astral. 

Um fato muito curioso que sempre prestei atenção no decorrer desses vinte anos de estudos da espiritualidade. Trata-se de pessoas soberbas que torcem o nariz, esculhambam, até xingam e riem de tudo. E já aconteceu em meus blogues. Pessoas que passam, fazendo tipo e saem com ironias ou soberba. Ai passa-se tempos, de repente, lá vem elas, cabisbaixas, tristes e desassossegadas. Retornam acabadas, após perder amor ou perder outras coisas, como dinheiro, emprego e até algo mais grave. Elas, do alto de sua arrogância, vem sua vida desabando, por causa do carma e não percebem. Mas, tudo começa a ruir e ruir... Até que chega um momento que elas sentem um estalo e ai voltam lá pra trás, como se estivessem deixado algo valioso na beira da estrada. Tem ainda os teimosos que mesmo com o jugo pesando nas costas, ainda preferem adentrar nas igrejas da moda, ouvir sermões demagogos, pregações cínicas e acham que pagando dízimos, indo a cultos e comprando uma Bíblia, toda sua questão ancestral, espiritual e carmica, estará resolvida. Outro mero engano. Mas, elas até sentirão um certo conforto, por um bom tempo, pois ao tomar uma decisão "reconfortante", elas acalmam o psicológico, param mais a confusão e sentem-se mais seguras. Este é o segredo da aparente mudança repentina, quando essas pessoas escolhem essas supostas "conversões". Porém, seu caminho espiritual está lá; seu carma está lá; seus medos estarão lá! E em algum momento eles estarão de novo a cobrar e a puxar essas pessoas pelo pé.

Não são religiões que resolverão nossos problemas e sim nossas buscas que nos levem a evoluir. Evoluir mentalmente, sentimentalmente e espiritualmente. Não apenas achando segurança nas religiões, que parecem ter maioria de participantes. Como disse Jesus, a porta larga nem sempre será a certa. Por que o cristianismo tem predominância, ele nem sempre servirá como resposta a todo mundo. Claro que tem gente que nasceu pra ser cristão e se sentirá muito bem lá. Pois tudo depende da ancestralidade. Mas, tem gente que tem sua vida traçada por caminhos que levam a outras buscas. Cada pessoa é única e tem um caminho iniciático diferente. 

A pessoa tem também uma falsa sensação de que só pobre tem mediunidade, só pobre gosta de orixá ou de magia, mas, é um engano. Está cheio de mulheres e homens de todas as idades e de todas as classes sociais que buscam por vocação os caminhos da magia e da espiritualidade. Os ricos não buscam ligação apenas com Opus day, Maçonaria e Wicca ou Cristianismo não! Na verdade, há pessoas de alto padrão social que buscam os orixás, a astrologia e outros caminhos menos ligados as elites. Tem poderosos que não saem da casa de mães e pais de santo ou astrólogos e cartomantes. Porém, a grande maioria, faz da forma errada, pois penam que com seu dinheiro podem pagar por tudo e que os outros, resolverão seus problemas sem e eles terem que participar de nada! 

Engana-se também, quem pensa que Umbanda, Candomblé e magia, é apenas coisa de analfabeto, sem cultura ou velho. Eu mesmo recebo diariamente, emails e mensagens de mulheres jovens, universitárias, artistas, pessoas de cultura e poder aquisitivo invejável, querendo saber sobre Pombagira, sobre Orixás, signos e magia. As pessoas mentem no senso do IBGE. Hoje é muito grande o número de patricinhas que praticam magia, tanto antiga, quanto a magia moderna. Tá cheio de universitárias e profissionais de saúde, por exemplo, terapeutas, médicas, psicólogas e professores, que estudam Wicca, Astrologia, Tarô, Umbanda e espiritualismo. E muitas entram em contato constantemente comigo. Contam suas histórias, suas experiências. E fico até emocionado pela confiança. Acho que alguma força superior, que vem dos anjos por Metatrom e dos orixás por Orumilá, que faz com que elas sintam-se a vontade pra falar de suas relações, desejos, experiências sexuais, visões, medos e buscas. Já ouvi histórias fantásticas, emocionantes e de vivências incríveis. Claro que há sempre pessoas tentando se aproveitar, querendo tomar nosso tempo, abusar e nos usar de confidentes sem pagar nada. Mas, a grande maioria é coerente, colabora com a missão dos orixás.  Já recebi presentes fantásticos, como cristais, livros, presentes caros e até mesmo boas doações em dinheiro. E agradeço muito aos orixás, que trazem essas pessoas fantásticas até mim pois de certa forma elas vem pra colaborar com a obra dos ancestrais. Pois quem colabora com a corrente astral dos ancestrais, está também colaborando com sua própria ancestralidade, pois tudo está interligado no Astral.

E neste momento, país ou mundo a fora, tem jovens de todas as idades, lendo meus textos, fazendo suas buscas na internet, lendo livros e preocupadas com sua primeira transa, sua primeira gravidez, seu casamento, suas paixões, profissões, estudos e existência. Procurando saber onde se insere em tudo isso a espiritualidade, a magia e a fé. Há um número enorme de pessoas apaixonadas por astrologia, por magia e por orixás, muito atentas com o lado místico da vida. É um número de pessoas que não aparecem nos sensos e pesquisas. Pessoas que por medo da família, trancam-se e não comentam suas visões, seus medos e desejos. Por isso, tantas meninas adolescentes e tantas mulheres gostam tanto de se abrir e conversar, em busca de uma resposta. Venho conversando por exemplo, com meninas que sequer iniciaram sua vida sexual. Difícil de acreditar nos dias de hoje, mas, há pessoas ainda que sabem preservar o corpo e o espírito. Também conversas com mulheres que sofrem com casamentos que não trazem satisfação ou paixões ardentes que estão tirando o sono. E quase tudo isso tem sim haver com a ancestralidade, com a missão espiritual e com o carma. E agradeço muito o grande sucesso do meu primeiro livro, Os Senhores do Destino, que adentra agora em sua segunda edição. E em breve meu segundo livro sobre as Clavículas de Salomão, que logo estará nas livrarias, falando sobre magia e simbologia, com informações inéditas.

Axé a todos e que a luz guie a todos os buscadores. Shalom

Carlinhos Lima.

Reserve já o seu exemplar dessa edição especial aqui...


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Seguidores

Seguir por Email

Seguidores

Marcadores

orixás (257) magia (252) espiritualidade (180) astrologia (163) (151) Umbanda (113) amor (111) umbanda astrológica (103) sexo (97) CONCEITOS (96) Umbanda-Astrologica (93) signos (91) religião (78) mulher (76) previsões (70) exu (64) conceito (58) pesquisas (58) 2016 (56) anjos (56) carma (51) comportamento (51) pombagira (51) signo (51) destino (50) astral (49) candomblé (48) mediunidade (47) Cabala (44) rituais (43) UMBANDA ASTROLOGICA (40) Astrofísica (38) poder (35) CONCEITOS DE UMBANDA - ASTROLOGICA (33) ancestrais (30) arcanos (30) Livro (29) sucesso (29) espaço (28) fé religião (27) oxumaré (26) pesquisa (26) busca (25) comprendendo o simbolismo (25) desejo (25) odus (25) sorte (25) estudos (24) magia sexual (24) oxum (24) Ogum (23) deus (23) vida (23) PESQUSAS DE UMBANDA ASTROLOGICA (22) pombagiras (22) sexualidade (22) ifá (21) proteção (21) anjo (20) horóscopo (20) protetores (20) energia (19) orixas (19) Umbanda-Astrologiaca (18) baralho (18) magos (18) oxalá (18) Iansã (17) 2014 (16) Caminhos da fé (16) INICIAÇÃO (16) Obaluaê (16) Saturno (16) UMBANDA ASTROLOGICA E MAGIA (16) astros (16) brasil (16) sagrado (16) Comportamento na vida (15) ano (15) atriz (15) axé (15) jesus (15) livro de umbanda astrológica (15) mapa astral (15) CONCEITOS DE UMBANDA (14) Lua (14) Omulú (14) Xangô (14) carma sexual (14) dinheiro (14) oráculos (14) terra (14) magia negra (13) odús (13) paixão (13) vibrações (13) Guias (12) Júpiter (12) Yorimá (12) linhas (12) ritual (12) 12 signos (11) Marte (11) Orumilá-Ifá (11) caminhos (11) mapa astrológico (11) nova era (11) Estudo (10) REENCARNAÇÃO (10) bem estar (10) ciclos (10) conhecimento (10) céu (10) história (10) numerologia (10) oração (10) planeta (10) Astrônomos (9) Horóscopo Chinês (9) OFERENDA (9) OS SENHORES DO DESTINO (9) anjo da guarda (9) clavículas de Salomão (9) estrela (9) poderes (9) umbanda-astrológica (9) vibração (9) 72 anjos (8) Caboclos (8) ciência (8) cães (8) homem (8) luz (8) mestres (8) oraculo (8) pemba (8) Astronomia (7) CATIMBÓ (7) Era de Aquário (7) Macaco de Fogo (7) busca espiritual (7) cientistas (7) cosmos (7) dons (7) missão (7) obsessão (7) solidão (7) agente do carma (6) arcanjos (6) astrólogos (6) chacras (6) essência (6) Câncer (5) EXU GUARDIAO (5) Escorpião (5) Mitologia (5) amarração (5) esquerda (5) feitiço (5) misterios (5) Linha do Destino (4) advinhação (4) ebós (4) era de Aquario (4) macumba (4) mapa astrologico (2)