Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Espaço e Armagedom: asteroide chamado Bennu pode um dia atingir a terra


NASA pode salvar a Terra e responder à pergunta fundamental da humanidade?


Em 2135, o 101955 Bennu pode colidir com o nosso planeta. As chances de um impacto são pequenas e a agência espacial garante que a pesquisa não é apenas para 'evitar o Armagedom'. Cientistas querem analisar a rocha na esperança que ela contenha informações sobre a origem da vida.  
"A aproximação [do asteroide à Terra] no ano 2135 ajustará a órbita de Bennu, potencialmente o colocando em curso de colisão com a Terra naquele século", diz Dante Lauretta, professor de ciência planetária na Universidade de Arizona, citado pelo Independent.

Um asteroide chamado Bennu pode um dia atingir o nosso planeta. É possível que ele guarde o mistério da origem da humanidade.

Descoberto em 1999, o 101955 Bennu tem aproximadamente 500 metros de diâmetro e orbita o Sol a uma velocidade de 100.000 quilômetros por hora. Infelizmente, a órbita do asteroide coincide com a do nosso planeta a cada 6 anos, o que significa que ele pode, um dia, colidir com a Terra. Para se preparar melhor para este evento potencialmente apocalíptico, a NASA envia uma nave espacial OSIRIS-Rex para coletar uma amostra do asteroide.
"[A missão] é a chave para a nossa busca por produtos orgânicos no Bennu", disse Lauretta, de acordo com um comunicado da NASA.
Mas a missão é mais do que evitar Armageddon. De acordo com Lauretta, a missão OSIRIS poderia ajudar a humanidade a compreender melhor suas próprias origens.

Asteroide que poderá se colidir com a terra será explorado pela NASA

O asteroide que tem cerca de 500 metros, viaja no Sistema Solar a uma velocidade de 101.389 quilômetros por hora.

Não, ainda não é motivo para pânico. O asteroide Bennu descoberto em 1999, será explorado pela NASA, agência espacial norte-americana. De acordo com informações do jornal britânico The Times, a agência espacial pretende lançar em setembro deste ano uma sonda que recolherá amostras do asteroide. Em entrevista ao mesmo jornal, o professor de ciências planetárias na Universidade do Arizona, Dante Lauretta, ele explica que a passagem do asteroide entre a Terra e a Lua ocorrerá em 2135. 


O asteroide que tem cerca de 500 metros, viaja no Sistema Solar a uma velocidade de 101.389 quilômetros por hora e pode ser visto de seis em seis anos ao cruzar a órbita da Terra. O Bennu está listado na Tabela de Risco Sentry, que identifica os corpos celestes que tem potencial para atingir a Terra, ou seja, a longo prazo ele poderá vaporizar o nosso planeta. 
A maior preocupação dos cientistas é que a passagem deste asteroide pela Terra "vai alterar a sua órbita", fazendo com que o corpo celeste se coloque em rota de colisão com o nosso planeta. “Vamos tentar identificar as regiões do Bennu mais ricas em moléculas orgânicas, e recolher amostras com maior valor científico, que nos permitam estudar a composição geral do asteroide”, explica Dante Lauretta.

Para se preparar melhor para este evento potencialmente apocalíptico, a NASA envia uma nave espacial OSIRIS-Rex para coletar uma amostra do asteroide.
"[A missão] é a chave para a nossa busca por produtos orgânicos no Bennu", disse Lauretta, de acordo com um comunicado da NASA.
Mas a missão é mais do que evitar Armageddon. De acordo com Lauretta, a missão OSIRIS poderia ajudar a humanidade a compreender melhor suas próprias origens.
"Acreditamos Bennu é uma cápsula do tempo desde os primórdios de nosso sistema solar", disse a cientista ao canal ABC News. "Assim, a amostra pode potencialmente conter respostas para uma das perguntas fundamentais que os seres humanos fazem: ‘De onde viemos, qual a nossa origem?'"
Por enquanto, não há nenhuma razão de pânico. O Bennu tem apenas uma chance em 2700 de colidir com a Terra entre 2175 e 2196.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores