Total de visualizações de página

A pombagira

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

O astral da atriz Daniele Winits

O astral da atriz Daniele Winits
O astral da atriz Daniele Winits

 Uma fogosa filha de Iansã com Xangô


Daniele Winits é sagitariana com a Lua em Áries, predominância de fogo, pouca terra no mapa e higemonia de cardialidade, o que revela-nos muita teimosia, impulsividade e poder de ação. Essas configurações que indica que ela é uma mulher em que a liberdade está acima de qualquer coisa em sua vida. Independente e dona de seu nariz, Danielle Winits passa, desde aproximadamente 2011, por muitas mudanças em sua vida como um todo. Pois, Plutão é o grande responsável por essa sua fase de vida, que normalmente é bastante difícil. Além da quadratura que Plutão fez com seu Plutão natal nos últimos anos, passou também por Lilith e ainda faz desafios pesados a  Lua, Quíron e Marte em Áries, um setor de fogo, responsável pela criatividade, desejos e sensualidade da linda moça loira. E o mais poderoso de todos os planetas,  Plutão, faz um tenso aspecto com sua Lua natal e com os outros dois citados, dando uma turbulência nas finanças dela e continua trazendo as mudanças, só que carmicamente necessárias à vida de Danielle. Muitas coisas saíram do lugar para que novas sejam colocadas e isso  vai acontecendo para seu crescimento espiritual. E agora quando Saturno passeia no signo de Sagitário, onde ela possui o Sol unido a Netuno, ainda mais diminui sua energia, disposição e torna mais pesada a ação de Plutão. A partir desse período, a atriz começa a reconstruir algumas coisas dentro dela e em seu entorno, que precisou destruir, mas, não vê facilidade nisso, pode passar momentos de incompreensão e solidão. Não deve estar sendo uma fase fácil, pois os aprendizados emocionais são bastante profundos.

Daniele é uma das verdadeiras românticas que há neste mundo, pois sua realidade é o mundo interior da fantasia e da imaginação. As limitações da vida diária podem ser uma chateação para ela, que tenta de todas as formas inserir um quê de místico e de significativo nas situações mais rotineiras. Entretanto, seu romantismo é continuamente desafiado por outro lado de sua personalidade: o medo de que sua segurança material se desestabilize. Embora não goste de prender-se a rotinas que parecem inconsequentes, as vezes ela gosta de uma rotina segura, conforto e proteção. Ela possui uma imensidão de pura e completa vitalidade, demonstrando para os outros, de um modo bastante claro, como é importante viver os próprios desejos e fantasias mesmo que eles não se enquadrem no que se convencionou chamar um "comportamento adequado". Desagrada-lhe profundamente a ideia de ser flagrada em atividades corriqueiras e desinteressantes como, por exemplo, pôr o lixo na rua - não porque Daniele seja incapaz de lidar com esse tipo de coisa nem porque seja fisicamente incapaz, mas simplesmente porque esse tipo de coisa a incomoda e ela não gosta de ser percebida em suas tarefas cotidianas.

Seu lado sombra é bem mais humilde, comum e centrado nas preocupações que regem a vida cotidiana do que poderia parecer. Ele poderia ser resumidamente descrito como a imagem da cidadã pacata (pacata no sentido de boa, decente e solícita perante os demais). Filha de Xangô com Iansã, tendo Ogum de Frente e Pombagira como protetora, a atriz é muito consciente do que quer, mas, nunca pensa em passar por cima das pessoas ou jogar sujo pra consequente o que quer. Ela se ressente de ter sua liberdade cerceada por regras feitas pela comunidade e para a comunidade, pois adora ser diferente e não sente senão desprezo por quem vive uma vida de cordeiro, tentando imitar as imagens impostas pela mídia ou pela publicidade, como uma maria-vai-com-as-outras. Como Dani está profundamente preocupada com sua imagem diante dos olhos dos outros, tende a buscar relacionamentos com pessoas que sejam um espelho no qual possa ver o próprio reflexo. Em outras palavras, ela inclina-se a apaixonar-se inicialmente pelo fato de que alguém se apaixonou por ela porque isso a faz sentir-se segura e digna de ser amada. Para dizer a verdade, nem sempre Dani  está apta a cultivar o relacionamento em meio à difícil transição para um verdadeiro encontro entre dois seres as vezes ela tenta fugir de compromisso, pois preza muito sua liberdade. Se seu parceiro for por natureza emocionalmente mais dependente ou voltado para a vida doméstica do que ela, poderá ter problemas por causa de suas características abertas e amigáveis. Ela precisa ser muito honesta consigo mesma e também muito decidida quanto às regras em todas as relações, pois ela não gosta de surpresas ou algo que invada seus limítes.

Em 2016, Dani vive uma fase importante, de fechamento de ciclos, onde o foco é se acertar não só sentimentalmente, mas, também espiritualmente. Pelo fato de seu mundo ser, em grande medida, preenchido com as experiências, necessidades e sentimentos das pessoas, ela talvez se sinta um tanto intimidada por certos encontros e estados interiores ao longo do próximo ano. A vivência de si mesma como indivíduo à parte pode gerar considerável ansiedade, e o medo fundamental da solidão talvez a faça lutar contra as mudanças enrijecendo os laços e estruturas que lhe dão segurança emocional e material. Porém, mesmo que a instabilidade abale as bases ela tem consciência que é só um tempo de adaptação e que tem que esperar o que a vida lhe trará de bom após esse recesso existencial e no campo das ideias.

É um período de mudanças inesperadas. Essas mudanças, põe a atriz num novo caminho, mais profundo, que necessita mais de estabilidade emocional e de consciência em tudo que a vida lhe representa. Além de lutar pelo direito de ser um indivíduo, Dani pode estar tentando libertar a mente de atitudes, opiniões e pontos de vista restritivos que já superou ou que havia recebido da coletividade sem os avaliar de acordo com sua própria experiência. Durante esta fase, terá que calcular melhor seus valores, seus bens e seus conceitos. Dani é, por natureza, uma sobrevivente e provavelmente encontrará meios de assimilar e expressar essas experiências com resultados extremamente criativos. A percepção psicológica pode ser imensamente útil no processamento daquilo que ela viver agora. E mesmo que Plutão continue causando turbulência emocional até 2018, com altos e baixos e testes, é possível que ela se conscientize de sentimentos compulsivos que lhe deem a impressão de que o destino está interferindo em sua vida. Mas o "destino" no sentido coloquial ­ uma força impessoal que dita os fatos ­ provavelmente não é o termo apropriado. O correto seria concluir que sua história está sendo escrito numa mesma de missão existencial e de escolhas conscientes ou inconscientes, que a levam a tudo isso que está vivenciando no dia a dia. Por isso, estimular em si mesmo a fé, despertando sua confiança e esperança, bem interiores, será uma força muito importante pra continuar firme e forte.

2016 é um ano de instabilidade emocional, podendo pintar problemas familiares, insatisfação sexual e momentos de vazio existencial. Por isso é indicado buscar fortalecimento em meditação, fé, oração e estudar alguma filosofia que lhe dê mais confiança. Talvez as pessoas que entrarem em sua vida neste momento permaneçam apenas pouco tempo, podendo agir como catalisadores da mudança, mas não ser compatíveis a longo prazo. Procure se abrir para a mudança, mas não se prenda demais ao momento tomando decisões de improviso. Numa agir sem pensar é o mais indicado.

Dani é uma mulher sexy, envolvente e cheia de fogo. Para ela vigor e potência é importante, como também dependendo do caso, também o tamanho é relevante. Mas, acima de tudo, a potência e pegada. Mas, com tanto fogo no mapa, pode haver em certos casos ou já houve na juventude, um certo afobamento, dificuldade em ficar molhada, tudo por causa do excesso de energia explosiva, cabendo ao parceiro controlar a situação. Porém nessa fase de vida, mais experiente, mais envolvente e mais equilibrada, Dani vive um momento onde quer a confiança, o carinho e a companhia acima de tudo. Mas, por outro lado, vive uma fase de questionamento, onde questiona-se demais sobre o que quer e sobre o futuro. Procure manter a paciência; é mais provável que precise refletir com calma e admitir sua própria contribuição para o presente impasse. Este será um momento muito frutífero se Daniele encontrar o equilíbrio entre a avaliação realista de seus limites, necessidades e desejos. Até porque está em meio a crise da meia-idade. No momento Dani está vivendo aquilo que alguns psicólogos e sociólogos chamam de "crise da meia-idade". Independente de estar ou não em crise, ela certamente está no fim de um capítulo de sua vida e pronta para o próximo. Muitas velhas atitudes, padrões de toda sua vida, agora podem está sendo questionados internamente. E esse período de autoquestionamento, durará até 2018.

E, num nível mais profundo, talvez você tenha uma sensação intuitiva do sentido das coisas que aconteceram em sua vida, a qual lhe dará a possibilidade de interpretar os fatos à luz de um padrão mais profundo e também de sua própria necessidade de crescer. Dani atingiu um ponto crítico em seu desenvolvimento como pessoa independente, e esta fase será uma espécie de padrão que lhe servirá de base para medir até onde já foi, tanto no plano profissional quanto pessoal. A ideia de que nós colhemos o que plantamos vale nesse momento. É hora de colher tudo o que plantou ou se lamentar, achando que poderia ter feito mais.

Esta fase de vida de Winits  representa sua natureza em seu aspecto mais íntimo e emocional, seus hábitos, suas reações emocionais e sua fé em encontrar apoio na vida. Tanto esse aspecto quanto os bens com os quais ela o identifica, como seu lar e sua terra natal, estarão agora mais sujeitos aos surpreendentes efeitos deste período. Se não for uma pessoa controlada, acabará por reagir a esta influência virando a mesa em algum ponto, extenuando-se ou iludindo-se com a idéia de que nada pode dar errado. Ou pode desperdiçar totalmente algum recurso valioso para descobrir depois que já não tem o que precisa. Às vezes, surge a sensação de que a sorte vai cuidar de tudo que a gente precisa sem esforço nenhum, mas isso também é uma ilusão. O momento é de clímax, quando perceberá se seus esforços tiveram êxito ou estavam fadados ao fracasso. Qualquer que seja o caso, a época é de muita responsabilidade e trabalho, seja para garantir uma conclusão bem-sucedida a seus antigos projetos ou para salvar os melhores deles do fracasso completo. 

Desejo a essa gata, sucesso, amor e prosperidade! Shalom


Carlinhos Lima

Pedindo as bênçãos de Iemanjá

Pedindo as bênçãos de Iemanjá
Pedindo as bênçãos de Iemanjá

Salve a Rainha do Mar


2 de fevereiro, dia que as religiões de matriz afro comemoram o Dia de Iemanjá e para os católicos, Dia de Nossa Senhora dos Navegantes. E no calendário civil é dia do Agente Fiscal. Então esperamos que Iemanjá dê responsabilidade fiscal aos governantes, para que nossa economia não vá pro buraco negro da falta de credibilidade e rombo nas contas públicas.  A Virgem Maria e a Mãe dos Orixás, dê coerência e rumo aos nossos políticos, aos governadores e prefeitos. E que a Lei de responsabilidade fiscal, seja protegida, a segurança restabelecida e que a economia volte a crescer.

No calendário astrológico,  passamos do 12 para o 13 grau zodíaco do signo de Aquário ou 313 graus zodiacais. Esses graus nos mostram um cavaleiro que acabou de se armar e uma ponte sobre um rio. Assim, o zodíaco, nos mostra uma simbologia apropriada no dia de hoje, pra quem se arma com a fé, com a esperança e com amor ao Divino Criador, para enfrentar as adversidades da vida. E Iemanjá, como Mãe da maioria dos orixás, senhora das água sagradas, representando o ventre do mundo e o amor maternal. Que nos abençoa e nos dá luz. 

Essa simbologia dos portais sabeus é apropriada pra todos que fazem da fé sua arma contra o mal. Mas, nesse dia, há grande parte de fiéis oportunistas. Tem aqueles que só vão por brincadeira, como se tudo que se refere a aglomerado de pessoas fosse uma festa e diversão. Também tem aqueles que ignora o ano todo e tenta ganhar um bônus apenas num dia festivo, recebendo uma bênção do Sagrado. Ainda tem os que só procuram quando estão ferrados, como se jogando dados no escuro pra ver se as coisas melhoram, mesmo tendo passado o ano todo na sua mesquinhes, como por exemplo, políticos que quando veem as coisas ruírem, vão em busca de ajuda. Tem ainda os que procuram amor, dinheiro e sucesso. Porém, quando perguntam se acredita em orixás, fazem caras e bocas, como quem diz que nem acredita e nem dúvida. Mas, a maioria nega a vida toda e acha que é coisa do mal. Enfim, o sagrado abençoa apenas quem tem fé verdadeira, jamais dá vez ao oportunismo, a menos que aquilo tenha alguma lição embutida.

No senso do IBGE, os devotos dos orixás sequer aparecem, no país do cristianismo, tudo é "espiritismo", como se orixá fosse apenas baboseira de gente sem cultura. Mas, muitos aproveitam os festejos pra pegar onda na fé dos outros. Porém tem sim os que tem fé viva e que já alcançaram bênçãos e que por isso vão lá pra agradecer. No entanto, hoje na fé, que nasce do marketing religioso, com seitas oportunistas que passam o dia na TV, vendendo um Cristo que não existe, uma fé que é apenas merchan e visando lucros, lucros e poder, a fé no sagrado, na magia e no ancestral divinizado, virou coisa do mal. Mas, a verdade sempre florescerá. Dizer que a fé dos outros é tolerável mas é 'bobagem' é a tática dos que buscam supremacia religiosa. Quando diz que um profeta desceu ou subiu num cavalo de fogo, o mar foi dividido ou que o povo viu isso ou aquilo, ai os líderes manipuladores, dizem "foi história", mas, quando se trata da fé de outras culturas, ai gritam logo "coisa do Diabo" ou "lendas e mitos". Julgar-se dono de Deus, é o que todo ganancioso e obcecado pelo poder espiritual faz. Assim não há diferença entre um mago negro que suga energia das pessoas, pra líderes de menta escura, que suga a grana das pessoas. O dízimo, por exemplo, é explicitado na Escritura Sagrada, que foi criado para os levitas e não pra qualquer um que cria uma entidade religiosa. Já a oferta ao sagrado, é claro mesmo na Bíblia. Ofertar ao Criador e agradecer por tudo que recebemos de Deus. Assim, o povo de fé, contempla e agradece a Iemanjá a Rainha do Mar e símbolo da vida o ventre da Terra.

As configurações, para o dia de hoje, como mostradas no livro OS SENHORES DO DESTINO, na metodologia de Ifastrologia e odulogia ou astrodulogia, temos a energia de odus de magia para este ano. Magia e ancestralidade, com influência direta de Nanã e Oxumaré, que assessoram Iemanjá nesse dia de hoje. Numa lua minguante, junto a Marte, no signo de Escorpião, acentua ainda mais essa energia de transformação, cura e magia. e o Odu Ogunda-Yeku, dando a tonalidade desse dia de Iemanjá e anunciando as vibrações nesse ano de Oxalá. E por falar em Oxalá, o odú Osa'Meji, anunciando para a parte material a soma de energias entre Iemanjá e Oxaguiã, como bom prenúncio de um ano bom para as mulheres que buscam um amor. Assim quem fez a oferenda hoje com fé, poderá ter um ano de mais sucesso na vida sentimental. As Yabás, se revelam nesse dia de hoje, mas, não fazem um bom prenúncio para a área da saúde e também avisa para quem se envolver com drogas ou o mundo da prostituição, que será um ano turbulento e dolorido.

Mulheres que são espancadas pelos companheiros, as Yabás recomendam a se afastarem e recomeçarem uma nova vida, pois pode acabar em tragédia se insistir. E homens covardes que batem em mulher, o castigo está a caminho. É um tempo, onde o amor é o antídoto pra toda sombra que Satã lançou no mundo. Vamos buscar o perdão. Filhos perdoando os pais, pais perdoando os filhos. Evitando brigas com vizinhos, evitando a violência de toda forma. Vamos focar e mentalizar a paz e o amor, pois até as doenças, como as transmitidas pelo mosquito Aedes são geradas pelo inconsciente coletivo sobrecarregado de ódio e vícios.

Hoje também, é dia da Apresentação de Jesus. É um dia também para que apresentemos ao Criador, nossas conquistas e nossos filhos, para agradecer a Deus as bênçãos e as dádivas do alto. A configuração astral está favorável para os que nasceram nos dias: 24 de dezembro, 10 de março, 25 de janeiro, 21 de janeiro, 06 de julho e 06 de novembro. E também, 25 de maio, 28 de setembro e 21 de maio. Ou pessoas com Ascendente em Escorpião, Peixes e Capricórnio, poderá  receber bênçãos especiais de Iemanjá. Já para quem nasceu em 30 de julho, 30 de abril e 23 de setembro, poderá haver cobranças cármicas e por isso é bom observar melhor a vida espiritual. Assim como para os que tem Ascendente em Leão, Aquário e Libra, também precisam cuidar melhor do lado espiritual, em conformidade com as configurações dos odus revelados nesse dia de Iemanjá. E para os filhos de Iemanjá, como para os que tem Iemanjá de Frente, Iemanjá como Orixá de Cabeça, como adjuntó, como protetora ou mesmo como orixá como orixá de muita devoção, a odulogia de hoje, mostra que é preciso cuidar melhor da família, do casamento, tentar aparar as arestas nas relações. As Yabás estarão atentas pra abençoar a todos aqueles que lutam pela família e defendem o amor, mas, também poderão punir os mesquinhos, que fazem tramas, que traem ou que se apossarem do que não é dono.

Oração de Iemanjá pra pedir suas bênçãos:

Odoiá, Odoiá, Iemanjá. Rainha das Ondas, Sereia do Mar. Como é belo o seu canto, senhora. Quem escuta chora, mãe das águas do oceano, soberana das águas, dê-me sucesso, progresso e vitória em meus caminhos. Abre meus caminhos no amor, cuida de mim, Odoiá, Divina Rainha! Que a tristeza se afaste de mim e que as águas sagradas do Oceano lavem minha alma e meu ser. Abençoa, mãe, minha família e meus amigos e permita que o amor seja nossa maior fonte de energia. Sou suas águas, suas ondas e tu cuidas de meus caminhos Iemanjá, em ti confio. Axé.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores