Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

terça-feira, 2 de julho de 2013

Aquário: o portal do Aguadeiro

Aquário é uma contínua evolução, é um símbolo que tematiza uma contínua labuta pelo progresso, um contínuo trabalho mental. Neste símbolo vê-se o prometeico progresso do homem. Vejamos o porquê. Nenhum símbolo pode ser lido em uma única direção. Alguns são óbvios, pois induzem uma única direção, como o de Sagitário e o de Áries, ou as curvas do Leão, que levam à cabeça do espermatozoide, ou as curvas da Virgem que, no voluptuoso corpo, acabam-nos deixando sem a esperança de sexo. No símbolo de Touro, aprisiona-se uma bolha de ar e ainda põe-se um peso em cima, como se Touro quisesse para si na totalidade dos tempos o fogo da sabedoria de Prometeu. Capricórnio, que não decidiu ainda entre a densidade de seus símbolos, prefere mostrar-se às vezes como uma cabra que espera pelo tempo, às vezes pelo "Tau", símbolo do próprio tempo. Não, Aquário é o signo prometeico que, visto no sentido vertical, leva o homem de uma situação turbulenta a outra pelo espaço interior do ar turbulento do saber. Ele consegue sair de uma margem e chegar a outra, ele sai de seu corpo físico basal e atinge seu corpo mental. É a dicotomia da evolução.
O AGUADEIRO, para passar de uma margem a outra deste rio de conhecimento, ele não navega, ele simplesmente é arremessado pela energia elétrica de seus neurônios, não em estado mediúnico pisciano, ou na lógica virginiana, ou na paciência capricorniana. Em um estado aquariano, o fluxo de idéias é nervoso, é contraditório, a evolução é difícil. A passagem nunca é suave. Aí pergunto: será que ela realmente ocorre? Da teoria elétrica, o símbolo de Aquário é um capacitor dentro de um circuito: após um acúmulo de elétrons em uma posição, e em função do dielétrico interno das duas armaduras, ocorre, em um determinado momento, um fluxo explosivo. Caminhar em Aquário é caminhar em uma senda sem limites e por vezes escura. É o evoluir das épocas, a busca de esclarecimento.
Analisando o símbolo de Aquário, deveríamos desistir de analisá-lo, pois é muito complexo, mas vamos tentar. Nestas duas serras, perdemos as barras ou formas físicas que expressam a noção de uma fácil acomodação e adotamos serrilhas ou ondas, incômodas por natureza, pois em nada indicam estagnação ou aceitação de um estado pré-definido. Tudo está por definir na forma física deste símbolo. O ar aparentemente é solto, mas está em um canal que o induz a uma movimentação contínua, num fluxo forçado. Certamente, não é um fluxo laminar. Ao contrário, temos uma situação de turbulência do ar entre as paredes deste canal com arestas. Dentro de Aquário, você é arremessado para todos os lados. Mas assim é o fluxo do saber e de adquirir mais conhecimentos. Neste símbolo, você está presente em três épocas: no passado – a serrilha ou onda inferior; no presente – a turbulência do ar no interior do símbolo; e no futuro – na serrilha ou onda superior.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores