Total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Mishpatim - Moisés enumera os famosos Dez Mandamentos ao povo hebreu

Mishpatim - Moisés enumera os famosos Dez Mandamentos ao povo hebreu. Na energia, Mishpatim, Moisés começa a passar uma série de regras complementares aos Dez Mandamentos para que o povo hebreu cumpra. A primeira regra dada é: “Quando comprares um escravo hebreu, ele servirá por seis anos e no sétimo sairá livre, de graça [...] Mas se o escravo disser: Eu amei a meu senhor [...] e não sairei livre; então seu senhor o fará chegar aos juízes [...] e seu senhor furará sua orelha com a sovela, e o servirá para sempre” (Êxodo 21:2-6).

O povo hebreu tinha acabado de sair da escravidão no Egito, e a primeira regra que Moisés lhes dá depois de enunciados os Dez Mandamentos é justamente uma regra relacionada à escravidão; mais especificamente, a proibição de se ter um escravo por mais de seis anos. Podemos imaginar que de todas as regras esta é a escolhida para vir em primeiro lugar pois a experiência e a memória da escravidão estavam frescas e vivas na mente do povo. Eles tinham acabado de passar por uma situação amarga e árdua e agora recebiam a incumbência de usar esta experiência de vida como meio de se tornar um povo que defendia a liberdade.

A preocupação bíblica com a liberdade ultrapassa e muito o conceito de não exercer um trabalho forçado. Ser livre, do ponto de vista da Cabalá, é muito mais do que trabalhar no que se quer e seguindo as leis da CLT. O chamado da Torá é para que desfrutemos de uma liberdade do ponto de vista existencial e essencial, e que também permitamos aos outros viver com essa liberdade.

No entanto, a liberdade não é algo fácil. Muitas vezes defendemos a liberdade para nós mesmos; e usurpamos a liberdade dos outros quando ela entra em conflito com os nossos valores. Como então podemos viver num estado de liberdade pessoal, desfrutando deste conceito, mas também fornecendo a liberdade aos outros?

O segredo está no direito de escolha. A liberdade que temos que dar ao próximo é o poder de escolher, e é isso que o versículo vem nos ensinar. Se tivermos um escravo em nossas mãos – não no sentido físico, mas “psicológico” do termo – devemos libertá-lo depois do sétimo ano, a não ser que ele mesmo escolha continuar a viver daquele jeito, por gostar daquele modo de vida. O que o texto pede é que depois de seis anos de trabalho demos ao escravo o direito de escolha, para que ele defina o que quer fazer da sua vida: se ver livre ou continuar servindo para sempre? Daqui podemos aprender que a escravidão do próximo surge quando privamos o outro do direito de escolher por si só. Quando impomos as nossas ideias e visões forçosamente sobre o próximo, forçando que ele aja segundo o que eu quero e vislumbro, estamos adquirindo um escravo. Y. A. Cabalista
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Seguidores

Seguir por Email

Seguidores

Marcadores

orixás (248) magia (246) espiritualidade (178) astrologia (156) (148) Umbanda (111) amor (105) umbanda astrológica (101) CONCEITOS (95) Umbanda-Astrologica (93) signos (88) sexo (83) religião (76) previsões (69) mulher (64) exu (62) pesquisas (58) conceito (57) 2016 (56) anjos (54) carma (50) astral (48) comportamento (48) signo (48) destino (47) mediunidade (47) candomblé (46) Cabala (44) pombagira (44) rituais (42) UMBANDA ASTROLOGICA (40) Astrofísica (38) CONCEITOS DE UMBANDA - ASTROLOGICA (33) poder (33) ancestrais (30) arcanos (30) Livro (28) espaço (28) sucesso (28) fé religião (27) pesquisa (26) busca (25) comprendendo o simbolismo (25) sorte (25) oxum (24) oxumaré (24) estudos (23) magia sexual (23) Ogum (22) PESQUSAS DE UMBANDA ASTROLOGICA (22) deus (22) odus (22) pombagiras (22) ifá (21) proteção (21) vida (21) anjo (20) protetores (20) orixas (19) sexualidade (19) Umbanda-Astrologiaca (18) baralho (18) desejo (18) energia (18) horóscopo (18) magos (18) oxalá (18) 2014 (17) Caminhos da fé (16) INICIAÇÃO (16) Obaluaê (16) Saturno (16) UMBANDA ASTROLOGICA E MAGIA (16) astros (16) brasil (16) sagrado (16) Comportamento na vida (15) Iansã (15) ano (15) atriz (15) jesus (15) livro de umbanda astrológica (15) mapa astral (15) CONCEITOS DE UMBANDA (14) Lua (14) Omulú (14) Xangô (14) axé (14) carma sexual (14) oráculos (14) terra (14) dinheiro (13) magia negra (13) odús (13) vibrações (13) Guias (12) Júpiter (12) Yorimá (12) linhas (12) ritual (12) 12 signos (11) caminhos (11) mapa astrológico (11) Estudo (10) Orumilá-Ifá (10) REENCARNAÇÃO (10) bem estar (10) conhecimento (10) céu (10) nova era (10) oração (10) paixão (10) planeta (10) Astrônomos (9) Horóscopo Chinês (9) Marte (9) OFERENDA (9) OS SENHORES DO DESTINO (9) anjo da guarda (9) clavículas de Salomão (9) estrela (9) história (9) numerologia (9) umbanda-astrológica (9) vibração (9) 72 anjos (8) ciclos (8) cães (8) luz (8) mestres (8) oraculo (8) pemba (8) poderes (8) Astronomia (7) CATIMBÓ (7) Caboclos (7) Era de Aquário (7) Macaco de Fogo (7) busca espiritual (7) cientistas (7) ciência (7) cosmos (7) dons (7) missão (7) obsessão (7) solidão (7) agente do carma (6) arcanjos (6) astrólogos (6) chacras (6) essência (6) homem (6) Câncer (5) EXU GUARDIAO (5) Escorpião (5) Mitologia (5) amarração (5) esquerda (5) feitiço (5) misterios (5) Linha do Destino (4) advinhação (4) ebós (4) era de Aquario (4) macumba (4) mapa astrologico (2)