Total de visualizações de página

Meus livros de Magia Astrológica no link

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Os conhecimentos astrológicos são apaixonantes e nos encantam

A cara-metade do Almagesto, por assim dizer, era o chamado Tetrabiblos.("4 livros", em grego). Enquanto o primeiro descrevia o movimento dos planetas, o segundo era um guia de como interpretá-los, explicando todas as regras básicas do trabalho astrológico - de como traçar um mapa astral até um método para determinar a duração da vida de uma pessoa no nascimento. Nos séculos seguintes, o Tetrabiblos passaria a ser o guia-padrão para qualquer astrólogo que se prezasse.

Por volta dessa época, também, Ptolomeu e outros astrólogos proeminentes estabeleceram a divisão da astrologia em 4 ramos principais. A divisão tentava cobrir todos os ramos da atividade humana de forma completa e adequada. Assim, surgiram a área mundana (ligada à sociedade como um todo, prevendo coisas como clima, colheitas, guerras e política); natal, baseada na data de nascimento de alguém (ou de alguma coisa, como a fundação de uma sociedade); horária, na qual um mapa astral é traçado com base na hora em que uma questão foi feita ao astrólogo; e eletiva, cujo propósito é escolher (ou eleger, como diz o nome) o melhor momento para se fazer alguma coisa.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Marcadores